Cena de despedida de Myrcella seria, originalmente, muito mais violenta

De passagem pela MCM London Comic Con, a atriz Nell Tiger Free, intérprete de Myrcella Baratheon na quinta temporada de Game of Thrones, participou de um painel sobre sua carreira e experiência filmando a série da HBO. Lá, a atriz revelou que a cena da morte de Myrcella (Mother’s Mercy) foi escrita de maneira consideravelmente mais violenta no roteiro original.

“Não sei se devo dizer isso, mas, originalmente, eles me deram bananas amassadas, cobertas em sangue – sangue falso – e meu cérebro estaria por todo o navio. (…) Não gosto de gore, mas eu sabia que seriam apenas bananas, então fiquei bem com isso… Mas eles acabaram cortando essa possibilidade porque queriam que a morte de Myrcella refletisse sua vida, e queriam que fosse doce, o que é raro para Game of Thrones, e o oposto do que aconteceu com o meu marido (sic), que teve uma lança atravessada em seu rosto.”

A descrição que a atriz faz da cena faz parte do roteiro original da episódio, que foi inclusive disponibilizado no site do Emmy há alguns meses. No texto é possível ler:

“Jaime holds his dead daughter in his arms, her hemorrhaged brain-blood covering them both…”

Em tradução:Jaime segura a filha morta em seus braços, enquanto seu cérebro derrama sangue, cobrindo os dois“.

A atriz também comentou que Myrcella provavelmente sempre soube que era filha de Jaime, por não se parecer com Robert. Diferente de Tommen, que era muito jovem e muito inocente, tentando apenas manter-se vivo.

Por último, ela escolheu Tyrion para se sentar no trono de ferro no final da história.


Nell Tiger Free estará ao lado de Sebastian Croft (que interpretou Ned Stark criança) e Carrie Fisher no filme Wonderwellque estreia este ano.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados