George R. R. Martin comenta séries derivadas que está desenvolvendo para a HBO

Na noite deste domingo, George R. R. Martin usou seu Not a Blog para fazer comentários oficiais sobre a notícia de que a HBO está desenvolvendo novas séries derivadas de Game of Thrones.

Foto Henry Söderlund | George R.R. Martin @ Archipelacon.

 

Segundo o autor, em agosto do ano passado começaram as reuniões com a HBO sobre a expansão do universo para a TV. Na época, Martin sugeriu duas possíveis ideias para séries. Uma das ideias que ele sugeriu foi aceita, a outra descartada. Nos meses seguintes, novos roteiristas foram adicionados para desenvolver outras séries: Max Borenstein, Jane Goldman, Brian Helgeland, e Carly Wray. George conta que atualmente está colaborando com todos eles, e ainda mais um roteirista, que ele preferiu não revelar a identidade. Apenas disse se tratar de um ótimo profissional, que conhece Westeros tão bem quanto ele mesmo.

Martin também revelou que todas as histórias em desenvolvimento serão prelúdios, e não contarão com personagens da atual Westeros que conhecemos em Game of Thrones da HBO.

 

Segue a postagem completa, devidamente traduzida:

Enquanto eu estava na estrada pela Califórnia, surgiu a notícia sobre os quatro spinoffs de GAME OF THRONES que HBO está desenvolvendo. E, claro, a notícia se espalhou por toda parte, por toda a internet, e por todo o mundo.

Sim, é verdade. Mais ou menos. Embora, como é muito comum nos dias de hoje, várias distorções e interpretações erradas foram colocadas ao longo do caminho. E na indústria da televisão as coisas acontecem tão rápido, que já temos novos desenvolvimentos nesta história.

Em primeiro lugar, eu não gosto especialmente do termo “spinoff”, e eu não acho que realmente se aplica a esses novos projetos. Estamos falando na verdade de novas histórias colocadas no “universo secundário” (pegando emprestado o termo de Tolkien) de Westeros e do mundo além, o mundo que eu criei para As Crônicas de Gelo e Fogo. É um universo, um mundo muito grande, e se houvesse oito milhões de histórias em Naked City nos anos 50, basta pensar quantas mais poderiam existir em um mundo inteiro, um mundo com milhares de anos de história registrada.

Nenhuma dessas novas séries será um subproduto de GOT no sentido tradicional. Não estamos falando Joey ou AfterMASH ou mesmo Frazier ou Lou Grant, onde os personagens de uma série continuam sua história em outro contexto. Então, todos vocês que estavam esperando pelas novas aventuras do Torta Quente, desculpe decepcioná-los. Cada um dos conceitos atualmente discutidos tratam-se de prequências, e não sequências. Algumas das histórias podem não se passar em Westeros. Em vez de “spinoff” ou “prequel”, no entanto, eu prefiro o termo “série sucessora”. É o termo que tenho usado.

Sim, estou envolvido, há meses. Tive meu primeiro encontro com a HBO sobre a possibilidade de uma série sucessora em agosto, quando apresentei duas possíveis séries. Uma delas está entre os conceitos que estão sendo desenvolvidos, a outra não. Nos meses que se seguiram, outros escritores foram trazidos e lançaram outras idéias. Finalmente a HBO decidiu ir adiante com quatro desenvolvimentos separados, que estão sendo escrito por Max Borenstein, Jane Goldman, Brian Helgeland, e Carly Wray.

Foi afirmado em algumas notícias que eu estou trabalhando com dois dos quatro escritores. Isso não é verdade. Na verdade tenho trabalhado com os quatro. Cada um deles me visitou aqui em Santa Fé, alguns deles mais de uma vez, e passamos dias juntos discutindo suas idéias, a história de Westeros e do mundo além, e diversos detalhes encontrados apenas em The World of Ice & Fire e The Lands of Ice & Fire… Isso quando não estávamos bebendo margaritas e comendo chile rellenos, e visitando o Meow Wolf. Eles são todos incrivelmente talentosos, e estou animado para trabalhar com eles. Entre visitas, estive em contato com eles por telefone, mensagens e e-mails, e espero que teremos muito mais disso à medida que avançamos.

E tem mais. Tínhamos quatro roteiros em desenvolvimento quando cheguei em LA na semana passada, mas no momento em que saí, já tínhamos cinco. Nós adicionamos um quinto escritor aos quatro originais. Não, não irei revelar o nome dele aqui. A HBO anunciou os nomes dos quatro primeiros, e sem dúvida irá anunciar o quinto, bem, uma vez que seu contrato estiver fechado. Ele é um ótimo complemento, um cara incrível e um ótimo escritor, e além de mim e talvez Elio e Linda, eu não conheço ninguém que conheça e ame Westeros como ele.

Algumas das notícias pareciam sugerir que a HBO poderia adicionar quatro novos projetos no calendário para substituir Game of Thrones. Com décadas de experiência na televisão e no cinema, aprendi que nada é realmente certo… Mas acho que é muito improvável que tenhamos quatro (ou cinco) séries. Pelo menos não imediatamente. O que temos aqui é um pedido para quatro – agora cinco – roteiros de pilotos. Quantos pilotos serão filmados, e quantas séries poderão sair disso, ainda não se sabe. (Se fizermos cinco séries que irão ao ar, eu poderia ter que mudar meu nome para Dick Direwolf).

O único objetivo de TODAS as partes envolvidas é fazer que essas novas séries sejam tão boas quanto GAME OF THRONES. Não é tarefa fácil, lembre-se. David Benioff e Dan Weiss serão difíceis de se seguir, como todos aqueles Emmys demonstram.

Eu não posso dizer quais serão os temas das séries (bem, eu poderia, mas não vou), mas vou contar sobre uma ou outra coisa que elas não serão. Isso irá decepcionar alguns de vocês, com certeza, mas melhor fazer isso agora do que mais tarde, eu acho.

Nós não estamos fazendo Dunk & Egg. Eventualmente, claro, eu adoraria fazer, e muitos de vocês também iriam gostar. Mas eu só escrevi e publiquei três novellas até hoje, e há pelo menos sete ou oito ou dez mais que eu quero escrever. Todos nós sabemos quão lento eu sou, e quão rápido um programa de televisão pode se mover. Não quero repetir o que aconteceu com a própria GAME OF THRONES, onde a série chega à frente dos livros. Quando chegar o dia em que terminarei de contar todos os meus contos de Dunk & Egg, então faremos uma série de TV sobre eles… mas esse dia ainda está longe.

Também não estamos fazendo a Rebelião de Robert. Eu sei que milhares de vocês querem isso, eu sei que há uma petição… mas no momento em que eu terminar de escrever AS CRÔNICAS DE GELO E FOGO, vocês saberão todas as coisas importantes que aconteceram na Rebelião de Robert. Não haveria surpresas ou revelações deixadas para uma série, apenas os conflitos cujas resoluções vocês já conhecem. Isso não é uma história que eu quero contar agora; Seria muito como uma história duas vezes contada.

Mais do que isso eu não vou dizer. Sintam-se livres para fazer suas suposições, se quiserem… mas eu não confirmarei ou negarei qualquer coisa, então não esperem respostas.

E sim, antes que alguém me pergunte, EU ESTOU TRABALHANDO EM OS VENTOS DE INVERNO e continuarei trabalhando nele até que esteja pronto. Confesso, gostaria de poder me clonar, ou encontrar uma maneira de espremer mais horas no dia, ou uma maneira de não precisar dormir. Mas as coisas são como são, então continuo fazendo malabarismos. OS VENTOS DE INVERNO, cinco séries sucessoras, FIRE AND BLOOD (que é o GRRMarillion, lembram?), quatro novos livros de Wild Cards, algumas coisas que eu não posso falar sobre ainda… ainda bem que amo o meu trabalho.

 

Vale lembrar que, de acordo com o Twitter oficial de George, seu blog está sendo reformulado e será divulgado em breve.

Quanto ao novo roteirista que George R. R. Martin confia, apostaríamos todas as nossas fichas em Bryan Cogman. Vamos acompanhar.


Game of Thrones retorna em 16 de julho para a 7ª temporada.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados