Roteiro revela diálogo excluído da cena de morte de Stannis em Game of Thrones

Há cerca de dois anos, a HBO exibia a quinta temporada de Game of Thrones, ano em que a produção definitivamente resolveu voar livremente do ponto de vista criativo, mostrando que estava contando uma história ainda mais autoral. Novos desfechos, novos caminhos e muitos spoilers dos livros ainda não publicados de George R. R. Martin começaram a assombrar uma base de fãs que, mesmo sem todo esse drama, já é conhecida por ser intensa em relação à adaptação de David Benioff e D. B. Weiss.

E se a gente contasse pra vocês que a cena da morte de Stannis Baratheon, uma das mais discutidas desta temporada em questão, apresentava originalmente um diálogo que tentaria mostrar uma redenção para o caráter do personagem?

Stephen Dillane, em ‘Mother’s Mercy”, finale da quinta temporada.

A cena de despedida de Stannis voltou a ser pauta nesta semana por conta da recente descoberta de roteiros completos de séries de TV, cedidos pelo site do Emmy. O episódio “Mother’s Mercy” encontra-se na íntegra para leitura e apreciação aqui. A parte específica do texto que iremos abordar hoje encontra-se na página 13, e mostra que a cena original com o diálogo entre um dos pretendentes ao trono e Brienne é um pouco diferente da versão final televisionada, como bem notou um atento fã via Reddit.

Segue o trecho:

[Ele olha para ela, fraco por causa da perda de sangue.]

STANNIS
Bolton tem mulheres lutando por ele?

BRIENNE
Eu não luto pelos Bolton. Sou Brienne de Tarth.

[Isso não tem significado algum para Stannis.]

BRIENNE
Eu era Guarda Real de Renly Baratheon. Estava lá quando ele foi assassinado por uma sombra com o seu rosto.

[Stannis não esperava ter esse confronto hoje, mas foda-se, por que não.]

BRIENNE
Você o matou? Com magia de sangue?

[Stannis acena com a cabeça.]

STANNIS
Sim.

BRIENNE
Em nome de Renly da Casa Baratheon, Primeiro de seu nome, legítimo Rei dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Senhor dos Sete Reinos e Protetor do Reino, eu, Brienne de Tarth, o condeno à morte.

[Stannis acena com a cabeça. Está pronto.]

BRIENNE
Deseja proferir suas últimas palavras?

[Stannis considera.]

STANNIS: Você acredita em vida após a morte?

[Brienne assente com a cabeça]

STANNIS: Eu não. Mas se eu estiver errado, e você certa… quando você chegar do outro lado, diga a Renly que eu sinto muito. Imagino que não irei encontrá-lo, para onde quer que eu vá. E minha filha. Diga a ela… diga a ela…

[‘Sinto muito’ sequer começaria a traduzir o que ele sente sobre Shireen. Seus pensamentos trazem lágrimas aos seus olhos, e ele não quer morrer chorando na frente de uma mulher que ele não conhece.

[Stannis olha para ela.]

STANNIS: Vá, faça o seu dever.

[Brienne levanta a espada e a puxa para baixo com um balanço poderoso.]

 

Os mais atentos já sabem que, na verdade, isso não é tão novidade assim. Na época da exibição do episódio, os produtores da série revelaram que escreveram mais para o momento fatídico encenado por Gwendoline Christie e Stephen Dillane, mas escolheram focar na atuação de Stannis, machucada, resignada e sem palavras.

Inclusive, nos comentários do Blu-ray da 5ª temporada, David e Dan contam:

“Ficamos tão chocados com o desempenho de Dillane que cortamos o diálogo para não interferir no desempenho não-verbal da cena. Olhe para o rosto dele! Olhe para o rosto dele!”

A ideia era que o personagem mostrasse com o seu semblante tudo o que jamais conseguiria dizer. Assista novamente a cena exibida, e compartilhe com a gente sua opinião nos comentários:

A posição de Stephen Dillane sobre sua participação em Game of Thrones você encontra aqui.

O site do Emmy também disponibilizou os roteiros de “The Children” (finale da quarta temporada) e “Battle of the Bastards” (episódio nove da sexta temporada, ganhador do prêmio de melhor roteiro do ano). Os textos de “Baelor” (primeira temporada) e “The Rains of Castamere” (terceira temporada), ambos indicados ao melhor roteiro de série drama em seus respectivos anos, não se encontram disponíveis para consulta.

Para ver páginas completas de Mr. Robot, The Americans e Downton Abbey, clique aqui.


A 7ª temporada de Game of Thrones estreia em 16 de julho as 22h na HBO Brasil com transmissão simultânea mundial.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados