Por Dentro do Episódio 6.02: “Home”

home_inside
Nos vídeos com comentários do elenco e roteiristas para o episódio “Home”, primeiramente vemos os produtores comentando as cenas de Bran, Ramsay e Jon.

Sobre os flashbacks eles dizem o quanto sempre consideraram este um recurso de “escrita preguiçosa”, e que mudaram de ideia conforme perceberam que era um elemento importante para a construção deste universo, para compreender as motivações dos personagens. Nesse caso, Benioff considera que este não seja um flashback, mas uma visita ao passado do ponto de vista de um personagem do presente que não viveu aquilo, e que com isso conseguimos interpretar melhor e nos identificar mais com a história.

A morte de Roose é discutida com a sombra da ameaça que um herdeiro legítimo projetou sobre Ramsay, e como o proprio pai ensinou a ele a lidar com os problemas de prontidão, mas que Ramsay segue apenas o imediatismo e não a inteligência. Benioff destaca o jovem Lorde Karstark, que estava ao lado de seu novo senhor o tempo todo, mas que os outros lordes do norte serão um perigo constante para eles.

Weiss destaca por último como Davos sempre foi o lado oposto de Melisandre, e como ele nunca foi fã de seu Deus ou seu programa, mas que ele aposta nela como último recurso. Melisandre por um lado teve a fé em si mesma abalada, mas ainda acredita em seu Deus. Quando ela se aproxima de Jon, ela tem um fio de esperança que se ela fizer tudo certo, ele voltará. Benioff fala que Fantasma, assim como os outros lobos, possuem uma estranha conexão com o seu Stark, um sexto sentido quando Jon está em perigo, e antecipa seu retorno.

No segundo vídeo, Lena (Cersei) e Nikolaj (Jaime) discutem “A Sombra de Cersei”. Eles comentam como Cersei sempre pensou que estaria no topo, mas que agora é uma sombra de si mesma, quebrada. Então é possível ver que ela age com um estranho sentimento de remissão em relação a Tommen e Jaime. Nikolaj destaca o quanto Tommen é alguém vulnerável, e Lena coloca que Cersei perdoa o filho porque tê-lo ao seu lado é a única maneira de sentir-se sã. O vídeo não deixa claro se ela está falando de Tommen ou Jaime, mas a edição pelo menos descreve que ela está falando do filho.

No último vídeo, Tom Wlaschiha (Jaqen) discute “A Segunda Chance de Arya”. Para ele, Jaqen se importa com ela, mas não por quem ela é “na vida real”, apenas pelo seu potencial. Na Casa do Preto e Branco existem regras, e Arya terá que passar por todas essas provações para se tornar “um perfeito homem sem rosto”.


Leia a análise do episódio “Home” aqui, e escute nosso podcast aqui.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados