Leia o roteiro da versão não aprovada do episódio piloto de Game of Thrones

piloto_gameofthrones

Photo: Helen Sloan (HBO)

Muitos de vocês sabem que esse conteúdo não é novo. Essa versão do piloto de Game of Thrones vazou na internet em 2008, antes da primeira temporada ir ao ar pela HBO. Na época, nem o Game of Thrones BR existia (nascemos em 2010). Mas alguém desenterrou o PDF do roteiro um dia desses em uma thread do Reddit  e a gente resolveu compartilhar por aqui.

O piloto original de Game of Thrones foi gravado no fim de 2009. Na época, o diretor responsável foi Thomas McCarthy, que rodou cenas na Escócia e no Marrocos. Parte dessas cenas do piloto original acabaram entrando no episódio definitivo e Thomas foi creditado como produtor consultor de “Winter is Coming”. Como bem sabemos, David e Dan apresentaram a primeira versão do piloto para executivos da HBO e amigos do ramo, mas  ninguém entendeu muito bem o que estava acontecendo na história – sequer perceberam que Jaime e Cersei eram irmãos, por exemplo (assista essa entrevista). Então o piloto foi reescrito e meses depois regravado com direção de Tim Van Patten que filmou cenas na Irlanda do Norte, Malta e Croácia, criando a série que conhecemos hoje.

O texto que está disponível a seguir é uma das primeiras versões do piloto aprovado da série. Na época o conteúdo foi divulgado pelo WIC. É possível notar algumas diferenças interessantes no texto, diálogos que nunca vimos, motivações diferenciadas e um contexto bastante literal, motivo pelo qual David e Dan tiveram que refazê-lo até acertar a versão que conhecemos. Falaremos sobre essas diferenças a seguir:


QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS DESSA VERSÃO PARA A OFICIAL?

 

 

1. O TEXTO É QUASE UMA DESCRIÇÃO DAS CENAS DOS LIVROS

É sabido que a primeira temporada de Game of Thrones é a que mais segue fielmente as cenas do livro que ela adapta (no caso, A Guerra dos Tronos). Ler esse piloto é uma experiência bem interessante porque é possível perceber que não dá pra ser literal nas cenas chaves dos livros sem esconder diversas camadas das características dos personagens.

É muito interessante ver como David e Dan eram mais ‘presos’. As palavras, as cenas, as descrições são cópias dos livros. Isso, é claro, precisou ser modificado. Por que foi necessário colocar no roteiro aspectos históricos e psicológicos com mais rapidez e mais objetividade.

2. TEMOS MAIS WHITE WALKERS

gameofthrones_101

Na série o episódio começa com uma tomada muito bonita com os patrulheiro atravessando a Muralha para o Norte. Mas nessa versão do piloto, o episódio começa com Will encarando os cadáveres no gelo. Os cadávares não estão decapitados ou em mal estado como na versão que assistimos na TV.

Sobre os White Walkers, o roteiro original é mais generoso e eles tem mais tempo de tela. São descritos como seres altos e magros, com carne pálida como leite, uma armadura que “parece ser esculpida em gelo” e espadas translúcidas. Eles falam uns com os outros em uma língua estranha “que se parece com o som de gelo quebrando” (mais sobre isso, aqui).

3. NÃO HÁ UMA INTRODUÇÃO DIDÁTICA SOBRE OS STARKS

arya_piloto
Há um punhado de cenas sobre os Starks que não vemos aqui. Primeiramente, não existe a cena com Bran praticando arco e flecha com Jon e Robb, enquanto Sansa e Arya fazem costura. Não existe aquela cena em que Jon, Theon e Robb se depilam para o banquete real. Não existe a cena em que Cat penteia os cabelos de Sansa enquanto ela sonha com Joffrey. A cena no bosque sagrado com Ned e Catelyn é fria e eles discutem sobre Bran de maneira bem diferente. Arya não veste o elmo para causar.

Sobre a cena inicial com Ned sentenciando o desertor, não há nenhuma cena do desertor sendo capturado. E, assim como no livro, o desertor capturado é Gared, e não Will.

4. THEON ERA MUITO CHATO

theon_grey
No roteiro original, é citado que Theon está constantemente mostrando “desprezo e ironia” e é muito antipático. Na cena em que os Starks acham os filhotes de lobo, por exemplo, é ele que sugere que os bichinhos sejam mortos, e não Ned. Depois a série adicionou mais cenas com Theon, mostrando seu humor e lealdade. Mas na versão antiga ele era um pouquinho mais insuportável.

5. DAENERYS É APRESENTADA ANTES

dany_piloto_1
Dany, que originalmente era interpretada por Tamzin Merchant, foi introduzida muito mais cedo no episódio.

Enquanto no episódio finalizado ela só é apresentada aos 33 minutos, neste roteiro a vemos logo após a cena dos filhotes de lobos. Isso com certeza foi modificado para que o espectador não se confundisse com tantos núcleos, tantas histórias, tantos dramas.

6. NÃO EXISTE A CENA COM CERSEI E JAIME VELANDO JON ARRYN

cersei_jaime_jonarryn
Em ambas as versões do primeiro episódio temos cenas onde Cersei vigia o corpo morto de Jon Arryn. Mas na versão que apresentamos aqui, Cersei conversa com o Meistre Pycelle sobre os momentos finais de Jon Arryn, e o fato de que Arryn ficava dizendo que ‘a semente é forte’. Jaime não está na cena. E é Pycelle quem informa que a esposa de Jon Arryn deixou a capital no momento em que seu marido deu seu último suspiro.

Olha aí o possível poder da síntese: Na versão que foi ao ar, Cersei e Jaime basicamente contam aos telespectadores que são irmãos e estão dormindo juntos durante a cena.

7. TYRION CONHECE ROS EM PORTO REAL

tyrion_ros
Conhecemos Tyrion mais cedo nessa versão do piloto. Ainda em Porto Real ele frequenta um bordel onde é possível escutar homens cantando ‘The Bear and the Maiden Fair’. A cena começa da mesma maneira, com Tyrion fazendo sexo com uma garota ruiva. A diferença crucial aqui é que, como ele está em Porto Real, a moça sabe muito bem quem ele é. Não é necessária uma apresentação, o que é bastante diferente do diálogo que ele tem com Ros em Winterfell. Neste roteiro, Tyrion conversa com a moça sobre Jon Arryn, e diz que seu pai provavelmente será a próxima Mão do Rei. E então Jaime interrompe a conversa, assim como na versão foi ao ar. Mas, em vez de trazer mais meninas para Tyrion, os irmãos têm o seguinte diálogo:

JAIME: Você me disse uma vez que queria ver o Norte. Eu não quero que você perca essa chance.

Tyrion: Quem está indo para o norte?

JAIME: O rei. A rainha. Eu. Você, se você conseguir encontrar suas calças.

Tyrion: Por quê?

JAIME: Bem, eu estou acostumado a isso, mas o resto da corte pode se assustar com a visão de seu punhalzinho molhado.

Tyrion (irritado): Por que estamos indo para o norte?

JAIME: O rei escolheu sua mão. E ninguém vai ficar feliz com isso.

8. A CENA DE ROBERT DA CRIPTA DE LYANNA É MAIS LONGA

robert_cripta
No episódio de TV que foi ao ar, temos Ned Stark e rei Robert visitando a cripta da família Stark para pagarem respeito a Lyanna, irmã morta de Ned. Na versão que foi ao ar, são duas cenas pequenas, separadas: uma sobre Lyanna e outra sobre o convite para ser Mão. Na versão mais antiga do piloto, essa é uma longa e única cena. Eles terminam com Robert dizendo que ele nunca amou seus irmãos, mas Ned era “o irmão que eu escolhi. Nós fomos feitos para ser família”.

9. TYRION E FANTASMA

tyrion_jon

Assim como no livro, Tyrion admira o lobo gigante de Jon Snow. O roteiro original havia criado um momento em que Tyrion acaricia o lobo gigante, dizendo “bonzinho, bonzinho” para tentar se acostumar ao lobo, que ele tem medo mas também fascínio. Algo bem bobo e um detalhe pequeno, mas seria tão legal ter visto isso na série…

10.  O BANQUETE EM WINTERFELL

ned_jaime
Para começar, Sansa não é levada perante a rainha para falar sobre vestidos e bordados, e tanto Jaime quanto Cersei conversam com Catelyn durante a celebração. Também não há nenhuma cena onde Ned e Benjen falam sobre o desertor da Patrulha da Noite e o possível ressurgimento dos Caminhantes Brancos.

No entanto, a cena em que Jaime provoca Ned é mais longa nessa versão:

Enquanto Ned passa por trás do assento de Jaime, Jaime empurra a cadeira para trás, bloqueando o caminho de Ned. Jaime se levanta

JAIME: “Desculpe minha falta de jeito.”

Ele sorri para Ned. Jaime é mais alto e mais largo nos ombros. Eles são considerados dois dos maiores guerreiros dos Sete Reinos, e não pode haver dúvida de que cada um deles se pergunta no momento quem ganharia uma luta.

NED: “Não é uma qualidade que maioria das pessoas associam a você. Com licença “- Ele se move tentando passar, mas Jaime põe a mão no ombro de Ned.

JAIME: “Ouvi dizer que poderemos ser vizinhos em breve. Espero que seja verdade.” Ned preferiria falar com qualquer homem vivo, menos este.

NED: “Sim, o Rei me honrou com a sua oferta.” Mais uma vez ele tenta passar, e novamente Jaime o bloqueia.

JAIME “O Rei prometeu um torneio para comemorar seu novo título … se você aceitar. Seria bom tê-lo em campo. A competição tornou-se um pouco obsoleta. “

NED: “Eu não luto em torneios.”

JAIME: “Não? Está ficando um pouco velho para isso?” Ned está cansado de tentar dar a volta. Ele fica muito perto do homem mais jovem que ele e olha-o mortalmente.

NED: “Eu não luto em torneios porque se eu tiver que lutar contra um homem de verdade, eu não quero que ele saiba do que sou capaz.” O comentário agrada imensamente Jaime, a julgar pelo seu sorriso.

JAIME “Bem dito, bem dito! Eu espero que você aceite a proposta do rei. Embora, é claro, todos nós sabemos que a corte não tem sido boa para os homens Stark.” Ned se endurece com o comentário. Ninguém pode usar espadas durante o banquete, mas a mão instintivamente agarra o punho ausente.

JAIME: “Seu pai e irmão. Sim, eu fui testemunha daquela… tragédia”.

NED: “Eu sei que você foi.”

JAIME: “Acho que é algum consolo saber que a justiça finalmente chegou a seu assassino. Não há necessidade de agradecer-me- oh, eu sinto muito, você nunca o fez “.

NED: “Foi em justiça que você pensou quando enfiou sua espada nas costas de o rei louco?”

JAIME: “Foi nos rins dele que eu estava pensando. No fígado e baço. Fui tão terrível? Depois de todo o sofrimento que o homem causou?” Ned já estava farto. Ele o empurra, finalmente passando. Desta vez, o Regicida o deixou ir, mas não antes de uma última observação. Para um instante o ar de diversão de Jaime se evapora.

JAIME: “O pior rei em mil anos … e as pessoas me tratam como um ladrãozinho do beco.” Mas Ned já se foi, descendo da plataforma elevada. Jaime está sozinho. O único à mesa do banquete que ouviu a conversa entre Jaime e Ned foi Tyrion, que sorri para seu irmão e levanta seu copo num brinde.

Tyrion “Se viesse a acontecer, meu grande irmão, eu apostaria em você – mas eu não apostaria muito.” Ele desce sua caneca de cerveja com um único gole heróico e limpa a espuma de sua boca, satisfeito consigo… Um segundo depois ele percebe: está a uma caneca de passar dos limites. Tyrion se levanta e cambaleia fora da mesa real, sem um adeus. Jaime retoma o seu lugar ao lado de sua irmã, que assiste Tyrion tropeçar para baixo.

Cersei: “Ele é uma bestinha vil.”

JAIME: “Ele trabalha com o que tem.” Seu olhar flutua sobre o ombro de Cersei, para Robert. “Como todos nós.”

 

11. BRAN versus TOMMEN

Essa também foi uma cena deletada na versão que foi ao ar. Inclusive ela foi gravada mas cortada do episódio como é possível ver em imagens de bastidores do vídeo abaixo, em 1 min e 03seg. Bran e Tommen em uma justa com espadas de madeira sendo completamente fofos. Na cena escrita no roteiro, assim como nos livros, Arya deseja se juntar a eles, mas não pode. No entanto não vimos isso na série:

12.  JOFFREY versus ROBB

robb_angry
Na sequência da cena de Tommen e Bran, temos os irmãos mais velhos deixando as coisas mais sérias. Essa também é uma adaptação bastante literal dos livros.

Sor Rodrik: Boa luta. Príncipe Joffrey, Robb, mais uma rodada?

ROBB: Alegremente.

Joffrey, no entanto, parece entediado e permanece entre os seus homens.

JOFFREY: Este é um jogo infantil.

Theon: Isso é porque você é uma criança.

JOFFREY: Robb é uma criança. Eu sou um príncipe. E eu estou cansado bater em Starks com espadas de brinquedo.

ROBB: Você tem mais golpes do que mostrou. Tem medo?

JOFFREY: Oh, estou apavorado. Eu poderia ganhar um arranhão.

Os homens Lannister riem. Jon e Arya assistem com desprezo.

JON: Que merdinha.

Sor Rodrik a Jofffrey: O que você sugere?

JOFFREY: Aço verdadeiro.

ROBB: Feito.

Ser Rodrik coloca uma mão no ombro de Robb: “Muito perigoso. Vou deixá-los usar espadas de torneio com bordas afiadas”.

Um cavaleiro musculoso, com cabelo preto e cicatrizes de queimaduras terríveis em seu rosto se move para a frente: Sandor “O Cão” Clegane, guarda-costas de Joffrey.

O CÃO DE CAÇA: Este é o seu príncipe. Quem é você para dizer que ele não pode ter a espada que quer? Quantos anos você tem, garoto?

ROBB: Dezesseis.

O Cão: Matei um homem aos doze. E não com uma espada sem corte.

Arya assiste com preocupação enquanto Robb mostra seu orgulho ferido.

ROBB (a Sor Rodrik): Deixe-me fazê-lo. Eu posso vencê-lo.

Sor Rodrik: Vença-o com uma lâmina de torneio, então.

Joffrey dá de ombros e começa a se afastar.

JOFFREY: Me procure, menino do norte, quando suas bolas descongelarem.

Os homens Lannister riem. Robb perde a paciência.

ROBB: Eu vou cortar as suas fora, seu cabelinho de mijo.

Os olhos de Jon de Arya se abrem em surpresa. Mas Theon toma o braço de Robb para mantê-lo longe do príncipe. Joffrey finge um bocejo e se vira para seu irmão mais novo.

JOFFREY: Venha, Tommen. Acabou a brincadeira. Deixe as crianças com seus jogos.

Mais risadas dos Lannisters, mais xingamentos de Robb.

Theon continua a manter Robb preso, agora auxiliado por Sor Rodrik, até que os Lannister pareçam estar seguramente longe.

 

13. CATELYN CONVENCE NED A IR PARA PORTO REAL
ned_chocado

A conversa entre Ned e Catelyn é mais próxima dos livros nessa versão, com Catelyn dizendo a Ned que ele deve ir a Porto Real. Não existe o “não deixarei que ele o leve” que ficou conhecido na versão que foi ao ar. Depois que Catelyn recebe a mensagem de Lysa, ela é ainda mais resoluta que Ned vá para o sul com o rei, a que Ned responde: “Eu não sou o seu cão para comando, minha senhora.” Em geral, a relação entre Ned e Catelyn é muito menos amorosa no roteiro do piloto. Aliás, eles não estão deitados na cama quando a cena começa, como vimos na série. Ned é muito mais frio, e Catelyn é muito mais tensa, e são assim em relação aos filhos também como vimos no tópico sobre as cenas sobre os Starks não serem muito didáticas. Ela vê coisas boas com a partida de Ned, como o fato de fazer Sansa rainha. Mas no episódio que foi ao ar, ela se preocupa com a partida da filha e a maneira como ela deseja Joffrey.

 

14. O SEXO ENTRE DANY E DROGO

dany_piloto
A cena do casamento de Dany no piloto gravado originalmente contou até com a participação de George R. R. Martin interpretando um nobre pentoshi que usava roupas extravagantes. George foi cortado na regravação das cenas, assim como uma série de outras coisas que foram pensadas para esse momento.

Temos por exemplo Dany conquistando os dothraki ao mostrar sua habilidade com equitação, quando é presenteada com sua Prata por Drogo. Além disso, algo curioso: Para se preparar para conhecer o khal, Viserys fala para Dany se banhar para tirar o “fedor constante” que ela tem.

Na versão que foi ao ar, Drogo diz “não” a Daenerys constantemente, sendo a única palavra da língua comum que ele conhece. Na versão não aprovada, a linha que a série desenha para demonstrar o “consentimento” de Dany em relação ao sexo acontece quando ele pergunta: “Não?” e ela responde: “Sim.”

Na série de TV vemos apenas um monte de “nãos” de Drogo e o sexo, sendo essa uma cena de abuso mais literal.

 

15. A SEQUÊNCIA DE ABERTURA ERA OUTRA

Na descrição da cena de abertura original, um corvo levava o espectador pelo mapa de Westeros, misturando efeitos e cenas “reais”:

Um par mãos velhas e calejadas escreve uma mensagem em um pequeno rolo de pergaminho. O velho (nunca vemos seu rosto) enrola firmemente o papel, o envolve em uma fita preta, e amarra-o com uma tira de couro nas patas de um corvo negro. O velho então tira o corvo de sua mesa; ele bate suas asas escuras e voa para fora da janela enquanto a câmera se abre.

O corvo voa para longe de Castelo Negro, uma fortaleza grande e antiga ofuscada pelo o que está por trás dela: a Muralha. Mais velha do que a história, tem 800 pés de altura em gelo e pedra que protegendo as fronteiras do norte dos Sete Reinos. À medida que o corvo ganha altitude, a paisagem abaixo dele se transforma em um mapa de Westeros. A Muralha revela se estender por todo o continente, uma fronteira entre a floresta assombrada do norte e as terras civilizadas do sul.

O corvo voa para o sul sobre o mapa, enquanto vemos as regiões: Winterfell, a Estrada do Rei, Fosso Cailin, as Terras do Rio, o Vale Arryn. Ocasionalmente, o corvo mergulha e podemos ver paisagens mais reais: as velhas torres de pedra de Winterfell, cheias de beleza fria. O castelo do Ninho da Águia no alto do Vale de Arryn, um belo edifício que desponta na montanha, impossível de sido feito por engenheiros medievais.

Quando o corvo chega a Porto Real, o mapa novamente fica mais realista enquanto a ave desfila pela sujeira da capital. Ele voa através dos portões abertos da Fortaleza Vermelha, onde vemos enormes paredes vermelhas cor de sangue. Voando através de uma janela aberta para a sala do trono, ele pousar no Trono de Ferro – um trono construído a partir das espadas fundidas de milhares de inimigos derrotados. O corvo então bica suas asas, limpando-as após a longa viagem, sozinho na sala do trono vazio.

Acho que pra ter uma ideia de como isso poderia ter ficado, basta assistir aos primeiros promos da série publicados em 2010. Um corvo de fato levava o espctador a conhecer os personagens da série, veja aqui.

CURIOSIDADES:

Ian_McNeice_as_Illyrio

Ian McNeice como Illyrio Mopatis no episódio piloto original, uma das raras imagens deste episódio.

Como bem sabemos, Daenerys não foi o única personagem a ser substituída por outra atriz durante a produção dos pilotos. Ian McNeice interpretou Illyrio Mopatis no episódio piloto original. Jennifer Ehle era Catelyn Stark, Richard Ridings era Gared e Jamie Campbell Bower era Sor Waymar Royce (veja aqui).

Além disso, o papel do Meistre Pycelle que foi originalmente planejado para estar no episódio piloto como contamos ali em cima, era para ser de Roy Dotrice. Roy é o narrador dos audiobooks de A Song of Ice and Fire e participou da segunda temporada de Game of Thrones como o piromante Hallyne. A cena com Roy como Pycelle foi cortada, mas ele não conseguiria ser Pycelle na primeira temporada porque durante as filmagens ele ficou doente e acabou substituído por Julian Glover.

Uma participação muito interessante no piloto original foi a banda alemã Corvus Corax que se apresentou no banquete que Ned ofereceu a Robert em Winterfell. No entanto, as cenas foram completamente excluídas no corte final do episódio.

Nesse script você não encontrará a cena de flashbacks com o rei louco e Brandon Stark sendo torturado. Para quem não sabe, em um dos primeiros trailers da primeira temporada de Game of Thrones, o “Fear and Blood”, era possível observar uma cena de flashback com o irmão de Ned sendo morto na sala do trono. Você pode assistir ao vídeo, que a HBO mantém no ar desde 2011, clicando aqui (Brandon aparece em 1min e 39seg).

Brandon_Stark_Flashback

Brandon Stark (ator desconhecido) em um flashback da 1ª temporada que nunca foi ao ar

Muita gente acredita que essa cena de flashback estaria no primeiro episódio, Winter is Coming. Mas é possível assumir que essa cena fazia parte de outro episódio, já que ela faz parte do material promocional. Vemos Brandon, que é interpretado por um ator desconhecido, e Aerys II sentado no trono, desfocado no enquadramento. Aerys nessa cena é vivido por Liam Burke. David e Dan comentaram que essa cena foi excluída da série por “falta de tempo” dentro do episódio.

No episódio piloto original de Game of Thrones, o diretor Thomas McCarthy usou filme 35mm para gravar as cenas. Tim Van Patten, seu substituto, usou câmeras digitais para o processo. Como muitas cenas foram misturadas, é possível perceber que algumas delas são em filme (como Ned e Robert nas criptas e vários momentos do banquete) e outras são digitais. No blu-ray da primeira temporada, David e Dan falam que a cena de Sansa falando com Cersei no banquete foi composta de duas cenas filmadas com um ano de diferença: as partes de Sansa eram do piloto original, e as de com Cersei e Catelyn foram emendadas mais tarde, após Michelle Fairley ter sido escolhida para ser Catelyn Tully no lugar de Jennifer Ehle.

Também é possível ver diferenças no penteado dos personagens, com perucas mais longas ou mais curtas, dependendo da cena.

E mais: No piloto original, Daenerys e Viserys usavam lentes de contato violeta. David e Dan tiraram as lentes porque “atores trabalham com os olhos e lentes de contato tiram as emoções do olhar”.

Convidamos você a dividir com a gente suas impressões sobre o roteiro nos comentários.

 


Fontes de pesquisa: [RedditIO9, Wikia + Episódios com comentários do blu-ray da 1ª temporada]

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • lucas

    nossa que D+ gostaria muito de ver a cena a justa de espadas entre Robb E Joffrey e essa abertura deve ser espetacular…

  • LadyTargaryen

    Muito legal! Não perco a esperança de que o piloto venha como um possível bônus na versão definitiva do box quando acabar a série…

    Apesar da abertura atual ser uma das melhores que já existiram na história das séries, essa descrita tbm seria legal. Fiquei imaginando aqui cada detalhe.

    Senti falta da cena do Robb com Joffrey. No piloto que vimos eles deixaram aquele olhar carrancudo do Robb quando vê o Joff pela primeira vez e ficou por ali. Essa cena complementaria a “relação” entre eles.

    Trocaria a quinta temporada inteira por esse flashback na Sala do trono. Ver Aerys, Brandon, Rickcard e companhia seria épico. E a cena em si, sem comentários…

    Também gostaria de ter visto a participação do tio Martin, ele parece mesmo um Magister Pentoshi hauahuahuahua isso me lembra que disseram que apareceria na quarta ou quinta temporada.

    E mais um detalhe: nesse piloto é afirmado que Robb tem 16 anos, então Dany teria 15 no casamento. Na quinta temporada ela deixa subentendido que está com 20, supondo que a cada temporada abrangem um ano da história? Estranho. O tempo em GOT é um mistério escuro e cheio de pegadinhas xD

  • wallace de castro

    a cena do flash back com o Brandon pode ser aproveitada nesta temporada nas visões do Bran

  • canaabico ativo

    mais o video só vai até 1:49 no youtube , parte brandon

  • 1 minuto, 3 segundos.

  • Rodrigo Müller

    Neste teaser da pra ver o Campbell Bower como Waymar Royce e também algumas cenas do piloto: https://www.youtube.com/watch?v=qSqnO8iGz9o

  • canaabico ativo

    nao aparece nada , ou a cegueira da arya me pegou

  • canaabico ativo

    é 1:39 , achei k

  • Matheus Malagueta

    A HBO bem que podia aproveitar essa cena e, bem, com algumas modificações, adicionar o flashback do Brandon em uma das visões de Bran pra sexta temporada (se é que não ficaria muito carregado dessas coisas o núcleo dele, mas eu gostaria muito).

  • Matheus Malagueta

    Exatamente o que eu pensei

  • Pablo Meireles da Rosa

    Mas é a cara do Nedão, hein.

  • Pablo Meireles da Rosa

    Ainda bem que eu nunca tinha visto esse trailer, conta tudo, TUDO. kkk Que música é essa que eles usaram?

  • @ogovernador

    Podiam reaproveitar a cena do flashback do Rei Louco nessa temporada, pelas visões do Bran.

  • @ogovernador

    A provocação entre Jaime e Ned também foi bem mais interesse do que foi ao ar.

  • Shizuka Hiou

    Bem que poderiam aproveitar essa cena da morte do Brandon e Rickcard em uma das visões do Bran nessa sexta temporada, seguida da Torre da Alegria. Seria épico!

  • Danilo Pereira

    Lady, em GoT foram acrescidos três anos após a Rebelião de Robert, Daenerys teve tá com 18-19

  • Vitor

    queria ver a cena do flashblack do rei louco,deveria ter sido foda.

  • Sabrina

    acharia foda.. Mas se for assim, a sexta temporada vai ser feita só de visões do Bran
    hahaha

  • @ogovernador

    Bran é o oculus rift de Westeros hehe

  • LadyTargaryen

    Eu tinha feito o comentário pelo celular, mas depois entrei pelo PC e confirmei no arquivo do roteiro. Tá lá, Daenerys (15).

  • LadyTargaryen

    Verdade! Seria uma boa ideia…

  • Vanzell

    As visões do Bran serão uma forma bem bolada de alongar a história de GOT. Por meio destas visões poderemos entender coisas que até então não haviam sido explicadas. Só torço para que essa ideia não seja utilizada em excesso e prejudique o desenrolar da história (e nem confunda a cabeça dos espectadores).

  • Sabrina

    a sexta temporada vai ter o primeiro episódio mostrando o Bran entrando no transe e o último, o décimo, ele saindo do transe da visão. Ou seja, tudo o que assistirmos vai ser através da visão dele…

    mais ou menos isso

  • Caroline Oliveira

    Gostaria de ver esse flashblack do Rei Louco e bem q podia vazar esse episodio piloto kkkkkk

  • Rickon Stark

    Essa cena do Brandon Stark eu queria muito ver! Quem sabe um dia, em algum bonus de algum box da série.

  • Rickon Stark

    Concordo! Quem sabe eles não usem essa mesma cena… mas se rolasse acho mais provável que regravem a cena. Mas eu gostaria de ver a original.

  • Rickon Stark

    Daenerys tava com 15 na primeira temporada, o Tommen com 7, no entanto agora o Tommen tem 18 e a Daenerys tem 20 kkkkkkkkk e o Joffrey tinha 13 e morreu com 15, totalmente coerente hahaha

  • Rickon Stark

    kkkkk espero que não, Sabrina.

  • Rúbia Nakonetchnyi

    Seria interessante

  • LadyTargaryen

    O tempo deles é maluco mesmo. Vide o babê da Gilly que ainda é um pacotinho de colo hauahuahau

  • Rickon Stark

    Exato, esse é o caso mais bizarro.

  • Sabrina

    hahahaha sqn

  • RedViper

    “O corvo então bica suas asas, limpando-as após a longa viagem, sozinho na sala do trono vazio.” E algo me diz que é assim que acabam as cronicas.
    Obs.: “atores trabalham com os olhos e lentes de contato tiram as emoções do olhar” Como se a Dany expressasse muita emoção. Devia ter deixado os olhos violetas e sobrancelhas brancas!

  • czar

    é verdade ne, ta muito complicado ver trailers hj em dia kkk
    o segundo que soltaram do novo star wars foi sacanagem.

  • Pablo Meireles da Rosa

    Sacanagem pq, cara? Esse sim não contou nada.