Vaza foto dos bastidores de batalha da 6ª temporada

Pouco depois de Kit Harington ser clicado usando vestes Stark durante as filmagens da 6ª temporada de Game of Thrones na Irlanda do Norte, uma nova fotografia circula na Internet, em que vemos figurantes da já noticiada cena de batalha entre nortenhos, da qual Jon Snow provavelmente fará parte.

Na foto, vazada no Imgur provavelmente por algum extra que participou das filmagens, pode-se notar que os guerreiros Stark usam roupa similar àquela de Harington, além dos já recorrentes escudos arrendodados com o lobo gigante gravado:

 

Clique para ver em tamanho original (4208 x 2368)

São também claramente notáveis um escudo e estandartes com o urso dos Mormont. Há ainda outros estandartes, além dos ursos e dos lobos: um deles de fundo laranja-avermelhado e figura em preto, que pode conter a galhada do alce dos Hornwood ou o cavalo negro dos Ryswell, e um não-identificado, com um quadriculado azul e branco com círculos dourados dentro dos quadrados azuis. Alguma pista de qual casa seria essa? Talvez uma versão modificada do brasão dos Flint de Atalaia da Viúva? É possível notar também, no lado de direito da fotografia alguns homens montados, o que indicaria que o exército lealista Stark da série também conta com cavalaria.

Como noticiado anteriormente, a expectativa é que a batalha em questão faça parte do 9º episódio da próxima temporada, a ser dirigido por Miguel Sapochnik.


Game of Thrones retorna em 2016, ainda sem confirmação de data oficial.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Thi

    Hodor!!!!!

  • Danilo Oliveira

    Pergunta, quem vai lidera esse exercito stark ai?

  • Marciel Gomes

    Oh my god !

  • Gabriel Augusto

    Jon Snow liderando os fieis aos Starks contra os Bolton? É isso mesmo produção?

  • Pedro Amorim

    Finalmente os ursos horam seu juramento junto com o povo livre da muralha(não chamem eles de selvagens por que na minha opinião é um insulto)

  • Fabricio

    Tenho uma pergunta:
    No Norte não estava um inverno tão forte que foi preciso um sacrifício para o exercito do Stannis chegar em Winterfell?
    Porque será que nesta duas fotos vazadas não vemos sinais de Neve?
    Nem a tela verde?
    Onde eles estariam reunindo este exercito?
    Será que na Ilha dos Ursos não tem neve?
    Será que o sacrifício da Sheren deu uma trégua maior no clima?
    Vamos nos lembrar, que Davos não morreu, e que estava ao lado do Rei Stannis quando o mesmo fez a oferta a Jon para ser o novo Lord de Winterfferl.
    Davos tem conhecimentos para reunir exércitos e poderia ter usado!
    Acharia muito justo se Davos fosse o braço direito do Jon e o Tormont o seu general!
    Tormont não tem disciplina militar mas Jon e o Davos tem!
    O que vc acham??

  • Looper

    Mds chega logo esse episódio

  • Eduardo Soares

    Finalmente os Starks serão vingados?

  • pablo escobar

    deixa de ser besta ô seu idiota retardado !.

  • Raniere Santos

    Espero que seja contra os Bolton, para retomar Winterfell e o Norte.

  • Beatriz Fernanda

    OMG OMG OMG

  • mic

    Chegou a hora de cortar o membro do Roose e dá-lo para as cabras!

  • GutoTricolor

    The North Remembers…

    Essa sexta temporada está prometendo muito!

  • Sloany Medeiros

    Cade o o botão de pular pro próximo ano? ocasião: episodio nove ou sexto livro!

  • Tiago Losseh

    Pelo visto essa a Sexta Temporada será um tributo aos Starks, e devo ressaltar que muito bem merecido sendo que boa parte do enredo será referente aos Ventos do Inverno. Admito que Quinta Temporada teve mais baixos que altos em relação aos roteiros originais, mas até o momento as informações “vazadas” sobre o andamento de sua sucessora tenha dado uma sensação de redenção a qualidade de roteiro que Game of Thrones teveria ter!

  • Arthur Silva

    The North Rembembers

  • O Norte se lembra SIM!!

  • MauPR

    Hodor?

  • kemily Stark

    Essa temporada vai ser a melhor! O Norte se lembra.

  • Lucas Silva

    Tem um cranogmano na direita.

  • Lucas Silva

    Deixa a neve com a edição. A serie estreia no inverno. E agora é outono la. Quanto ao Tormund e Davos, concordo!

  • Lucas Silva

    Hodor/Wun Wun.

  • Joao Palmadas

    Provavelmente é um erro de continuidade da série.

    Ou pode ser que eles estejam apenas se reunindo para começar a gravar a cena, que terá neve, sim, mas depois de acertados alguns detalhes. Estamos na era dos efeitos especiais.

  • Joao Palmadas

    Nem sinal da Sansa no norte? Melhor, guerra não é com ela.

  • Zeradar

    Com certeza a neve é CG, Davos deve ajuda Melissandre na ressureição e outras coisas.

  • Fábio Vieira

    Bem pensado

  • Arthur Silva

    Jon Snow ou Jon Stark

  • Letícia Corrêa

    Já li em algum lugar que primeiro os starks chegariam no fundo do poço pra depois se reerguer, pelo visto veremos isso na sexta temporada.
    Espero que essa seja uma luta contra os bolton, afinal the north remembers.

  • RedViper

    O Norte se Lembra! Segura essa agora Lannisters, Boltons, Freys, Greyjoys! Segura ESSA!

  • Pô, mas o que Lannisters e Greyjoys fizeram de tão mau para serem comparados a Boltons e Freys (esses sim, traidores)?

  • Adriano

    Tywin foi o principal articulador do Red Wedding….
    Mesmo ele morrendo depois, creio que o pessoal tem a opinião que não era necessário armar algo tão infame.
    Sobre os Greyjoys eles atacaram o Norte pelas costas…. e Theon ainda é um miserável sem personalidade.

  • Pati

    O.o Os Lannisters? Eles só planejaram o casamento vermelho e decapitaram o Ned, coisa pouca mesmo.

  • Pati

    Não acho melhor, eu queria a Sansa chutando bundas, ela merece depois de tudo que passou, mas né a série não vai fazer isso.

  • Pati

    calma amiguinho, ele ta sendo irônico.

  • Caco

    esqueceu de mencionar que os extras estao chamando essa batalha de ´´guerra dos 6 exercitos´´. Será épica essa 6 temporada.

  • kemily Stark

    Eu espero ainda no episodio nove ver Todos os Boltons esfolados, Adornando os Portões de Winterfell

  • @ogovernador

    Tyrion – “O Norte se lembra”

    Tywin – “É bom que se lembrem para saberem o que acontece quando marcham contra o Sul”

  • @ogovernador

    A Batalha dos Bastardos.

  • @ogovernador

    Jon Targaryen! hehehe

  • @ogovernador

    Já pensaram no Wun Wun esmagando o Ramsay?

  • jorge_lito

    TÁ FALTANDO NEVE!!!

  • Adriano

    Pesquisei por horas no link abaixo e não encontrei uma referência mais forte a este estandarte misterioso (quadriculado branco e azul com círculos amarelos ou dourados).
    Link: http://www.westeros.org/Citadel/Heraldry/

    ———————-
    A Casa Poole tem um estandarte com um círculo…porém este círculo é AZUL.
    Então fico com a sugestão do site de que o estandarte pode ser da Casa Flint da Atalaia da Viúva.

  • Adriano

    Quais os exércitos…????

  • Bom, Theon não é os Greyjoy. Estes enquanto casa “apenas” atacaram o Norte, numa guerra por território como inúmeras que já aconteceram ao longo da história de Westeros (inclusive com Starks como protagonistas). Bem diferente de Boltons e Freys.

  • Bom, o conflito se iniciou depois de Catelyn sequestrar Tyrion, ou não? Claro que várias ações Lannister foram brutais e desproporcionais e até desleais, mas para todos os efeitos a primeira ofensa pública direta partiu dos Stark. A partir daí virou guerra.
    Por mais que Tywin tenha planejado o Casamento Vermelho, não foi sob o teto dele e uma aparência de amizade que ele traiu e atacou os Stark (que foi o que fizeram Boltons e Freys), afinal os lobos já eram seus inimigos declarados.

  • Looper

    Isso eles colocam por computador

  • Luiz

    É parece que vem por ai a temporada mais foda e mais épica de Game of Thrones,chega logo 2016!!

  • Sabrina

    Os Greyjoys até ainda vai… Agora os Lannisters? Esses não vai dar pra defender, migo.

  • Sabrina

    E ainda atiraram o Bran de cima da torre 😀
    Eu acho digno…

  • Adriano

    Vc não contra-argumentou de que Theon é um miserável sem personalidade.
    Assim sendo eu presumo que vc concorda que realmente Theon é um miserável sem personalidade.
    —————————————-
    E assim como o pessoal odeia os Lannisters devido as tramóias desleais de Tywin, as canalhices de Cersei e a maldade nua e crua de Joffrey, também tem muita aversão aos Greyjoy pelo que Theon fez: Ele traiu o grande amigo…. Ramsay fez o que fez devido a uma grande ajuda de Theon (mesmo Theon não se dando conta disto na época).
    Gosto dos Homens de Ferro… da mística e da força deles.
    Em ASoIaF eles são os que mais se aproximam dos Dinamarqueses e Noruegueses das Crônicas Saxônicas.

  • Adriano

    O conflito iniciou com uma mentira… Onde Petyr Baelish mentiu pra Catelyn dizendo que a adaga do mercenário que atacou Bran era do Tyrion…. Depois Catelyn prendeu Tyrion da Estalagem do Entroncamento. A guerra começou com uma mentira….

  • Natasha de Castro

    DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUSES!!!!! Eu preciso MUITO disso!

  • Sistina

    Imagina como vai ser épica essa batalha e mais épico ainda o momento que o Jon entrar em Winterfell não mais como bastardo mas como um Stark, lágrimas irão rolar

  • Leandro Soares

    E eu achando que o Norte sofria de Alzheimer.

  • Ronaldo Soares

    Técnicamente quem mandou decapitar Ned Stark foi um Baratheon, o Jofrey.

  • luv

    Que por sua vez, foi um desdobramento do empurrão que o Bran levou do Jaime Lannister (com um dedo da Cersei na história).

  • sem nome

    Na verdade treta toda começou quando Mindinho junto com Lysa planejaram a morte de Jon Arryn, afirmando quando foram os lannisters os responsáveis pela morte de Jon o que fez Robert ir atras de Ned como nova mão do rei e depois de ler a carta mentirosa de Lysa, Ned decidiu ir para Porto Real onde a história sabemos o seu desenrolar. Petyr Baelish é a verdadeira mente diabólica e o pior que gosto de seu personagem ele é calculista e inteligente chega a ser comparado com Tywin, planejou a morte de Jofrey com uma ajudinha de uma certa vovó kk, responsável pela treta que levou Lannisters e Starks pra guerra, traiu Ned, usou Lysa para seu próprio beneficio, virou lord do Ninho da Águia, enganou Cersei, só errou em ter apostado em Stannis contra os Boltons mas ainda sim o cara é muito esperto e traiçoeiro sem falar no seu poder mais foda que é teletransportes daqui a pouco vai ate controlar os outros kkkk

  • Messinho’

    EU JÁ TO TREMENDO ROSANA

  • Marcio Valerio

    Então nesse caso, foram os Tuly’s quem começaram. Afinal, foi a Cat Tully que, sequestrou o anão.

  • Adriano

    Existem teorias de que Petyr Baelish seria o GO…. KKKKKKK

  • lucas

    Lord Jon Stark. Só assistirei esta temporada depois de lêr o sexto livro. Será um mês difícil esse. Mal posso esperar.

  • A mentira não foi obra dos Lannister. E justamente por ser uma mentira é que o ato da Catelyn (Stark) foi um injusto. A mentira existiu, mas não foi ela que iniciou o conflito, e sim a ação da Catelyn. O fato de o elemento motivador da Catelyn para cometer esse ato ser uma mentira não a isenta de responsabilidade, pelo contrário, até aumenta.

  • Lannisters estavam em guerra, iniciada por um injusto cometido pelos Stark (sequestro de Tyrion por Catelyn). Se se for analisar por ofensas públicas, os Lannisters são até mais defensáveis que os Greyjoy, que apesar de não terem traído ninguém, foram quem deu o primeiro passo no conflito com os Stark (ao contrário dos Lannister).

  • Eu não contra-argumentei simplesmente porque não discordo disso. E justamente por isso fiz questão de frisar que Theon não é os Greyjoy como um todo. Theon pode ser equiparado a Freys e Boltons, os Greyjoy como um todo, como foi feito acima, no meu entender, não.

  • Alvaro Rexs

    Mandou bem hein brother! hahahahaha

  • Alvaro Rexs

    Eu esmiucei a foto e não vi o escudo com o Urso dos Mormonts!

  • Israel Dominice

    Acho que a Sansa vai dar algum jeito de encontrar o Jon e a carta do bastardo vai ser do mesmo jeito que é retratado nos livros, só que no lugar da falsa Arya, que o bastardo achava que estava com o Jon na muralha, vai ser a Sansa.
    Bicho é melhor o livro sair antes da nova temporada, mas se não sair foda-se, eu não vou perder essa temporada por nada.

  • A guerra começou na tentativa de assassinato do Bran, q supostamente teria partido do Tyrion, e q veio do Joffrey na realidade, então os Lannisters são culpados.

  • Fabricio

    Vão se lembrar sim!
    Tenho certeza, que o Norte em peso vai se juntar a causa, pois Boltons, Kartarks, Freys e Greyjoys sempre espalharam medo e insegurança no reino.

    Está temporada, tem tudo para ser FODA!!

    Imaginem um exercito liderado por Jon Stark Guardião do Norte, Rei do Norte ou Protetor do Reino?

    Ainda estou confuso… rsrsrsrsrsrsrsrssr

    Jon Rei do norte, Davos sua mão, tendo Melisandre como conselheira até Jon e Davos souberem o que ela fez com a princesa Sheeren.

    Tormund General de confiança do exercito com Nortenhos mais acostumados com frio do que qualquer exercido de Westeros…1 Gigante, 1 Lobo gigante e todos sabendo que estão sendo liderados por um dos poucos a matar um vagante branco nos tempos atuais!!!

  • Fabricio

    O Norte se lembra!
    Tenho certeza, que o Norte em peso vai se juntar a causa, pois Boltons, Kartarks, Freys e Greyjoys sempre espalharam medo e insegurança no reino.

    Está temporada, tem tudo para ser FODA!!

    Imaginem um exercito liderado por Jon Stark Guardião do Norte, Rei do Norte ou Protetor do Reino?

    Ainda estou confuso… rsrsrsrsrsrsrsrssr

    Jon Rei do norte, Davos sua mão, tendo Melisandre como conselheira até Jon e Davos souberem o que ela fez com a princesa Sheeren.

    Tormund General de confiança do exercito com Nortenhos mais acostumados com frio do que qualquer exercido de Westeros…1 Gigante, 1 Lobo gigante e todos sabendo que estão sendo liderados por um dos poucos a matar um vagante branco nos tempos atuais!!!

  • Adriano

    Dois estandartes nas cores verde e branco…. e ainda aparece o que aparenta ser um escudo branco colocado em pé, mas no chão bem na frente do homem que segura o estandarte da Casa Hornwood…

  • Adriano

    Cat já estava desconfiada de que a queda de Bran foi obra de algum Lannister, devido ao fio de cabelo louro que ela encontrou ao investigar a Torre… Na sequencia acontece o atentado e aparece Petyr informando que o dono do punhal é Tyrion… C’mon Sir… Junte estes acontecimentos mais a carta de Lysa Arryn dirigida a ela e pronto: Eu, vc e qualquer outro, agiríamos da mesma forma, se estivéssemos no lugar dela.
    O pessoal tem muito asco aos Lannisters devido ao conjunto da obra:
    – Cersei é de uma canalhice sem tamanho… Humilhou Sansa de todas as maneiras possíveis e a manipulou… A morte de Lady aconteceu exclusivamente por obra dela;
    – Tywin era um brilhante estrategista mais os planos do Red Wedding foram cruéis e desleais ao extremo… Robb ja tinha cometido inúmeros erros táticos e estratégicos… A campanha dele não iria longe e ele obrigatoriamente iria voltar para o Norte (nos livros pelo menos).
    – Joffrey… Bom este tinha alma negra e era de uma malignidade nua e crua…
    ———————-

  • Carlos Santos

    o melhor nome para a batalha lol

  • charles arthur

    como se Catelyn “sequestrou” Tyrion sem motivos, os Lannisters chegaram na terra dela, levaram seu marido e deixaram seu filho tetraplégico, realmente a culpa é toda da Catelyn ¬¬

  • Alvaro Rexs

    Tava na cara! Eu olhei e vi um lobo em pé! Valeu!

  • Carlos Santos

    Não entendo essa obsessão da galera pela legitimidade do Jon como Stark, sei lá seria melhor que ele conquista-se toda sua glória como bastardo mesmo, e assim mostra q foi um bastardo badass q salvo os sete reinos da maior ameaça já existente,
    lembram do diálogo entre ele e tyrion:
    – E você é o bastardo de Ned Stark, não é?
    Jon sentiu-se atravessado por uma sensação de frio. Apertou os lábios e não disse nada.
    – Eu o ofendi? – disse Lannister. – Perdão. Os anões não tem de ter
    tato. Gerações de bobos variegados conquistaram para mim o direito de me
    vestir mal e de dizer qualquer maldita coisa que me venha à cabeça –
    ele sorriu. – Mas você é o bastardo.
    – Lorde Eddard Stark é meu pai – admitiu Jon rigidamente.
    Lannister estudou-lhe o rosto.
    – Sim – disse. – Consigo ver. Você tem em si mais do Norte que seus irmãos.
    – Meio-irmãos – Jon corrigiu. O comentário do anão o agradara, mas tentou não mostrar.
    – Deixe-lhe dar um conselho, bastardo – disse Lannister. – Nunca se
    esqueça de quem é, porque é certo que o mundo não se esquecerá. Faça
    disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com
    esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para magoá-lo.
    É claro sabemos q Jon não é filho de Ned mas mesmo sendo filho de Lyanna e Rhaegar ainda assim ele seria bastardo não ???

  • Fabricio

    Nooooooo.
    Tô aqui pensando nisso agora!!!!
    Seria muito foda!!!

  • Que Lannister levou o marido dela? Ela sequer sabia como Bran havia caído. O motivo dela foi simplesmente injusto.

    Meu ponto aqui é simplesmente que Lannisters e e principalmente Greyjoys são “adversários” dos Stark e vistos como maus se se analisar sob uma ótica starkcêntrica, enquanto que os Frey e Bolton atuaram de forma inegavelmente vil, quaisquer que fossem as casas envolvidas.

  • O fato de supostamente agirmos como a Catelyn tampouco a isenta de responsabilidade nessa situação.

  • E quem sabe disso? O ato de Catelyn foi público, o de Joffrey não, só o leitor descobre isso indiretamente e alguns poucos personagens. Se se for levar em conta ações que são sabidas apenas pelos leitores e personagens, o primeiro ato ofensivo foi o do Jaime, mas também foi secreto. Como elemento causador da guerra aberta, porém, o primeiro o ato foi o da Catelyn.

  • OK.

  • Ótimo ponto Carlos. É a mesma obsessão que muitas pessoas têm de que Tyrion seja na verdade um Targaryen secreto e “queime todos que um dia zombaram dele montado num dragão”.

    Parece até que os próprios leitores entendem que para alguém ter valor tem que ter algum título, nome ou sangue real, e suas motivações, princípios e ações não bastam. Esse pensamento faz justamente perpetuar essa tradição westerosi de deslegitimar “aleijados, bastardos e coisas quebradas”.

    E sim, em condições normais ele seria bastardo mesmo sendo filho de Rhaegar e Lyanna.

  • E não tem ninguém aí dizendo “Segura essa agora MINDINHO!”

  • Felipe Lobato

    Nenhum Lannister levou o marido de Catelyn Tully. Ele foi convidado para Porto Real pelo rei e amigo.

  • Felipe Lobato

    Essa parada de fio de cabelo é coisa da série na verdade…

  • Fabricio

    Não.
    Jofrey era um bastardo, tecnicamente é o Lannister legitimo de sangue puro ainda por cima!

  • Fabricio

    Concordo plenamente!

  • A Catelyn não acordou simplesmente num dia ensolarado e decidiu prender o Tyrion. Não foi pq ela o achou feio ou algo do tipo. O filho dela, 2º herdeiro da Casa Stark teve sua vida quase tirada em 2 situações distintas, por isso ela prendeu ele. Observe q não foi uma ação sem justificativa, foi uma reação aos acontecimentos suspeitos q ocorreram na presença dos Lannisters, os únicos que pareceram ter envolvimento naquele momento. Eles cutucaram uma Loba com vara curta e ela respondeu, simples.

  • Fabricio

    Greyjoy simplesmente acham que todos devem pagar o preço de ferro!
    Acham que pegam o que lhes pertencem!
    Theon Greyjoy Filho da puta traiu o Rob Stark!
    Aquela maldita Ilha de ferro não existem pessoas Honestas!
    Fala a verdade, alguém conhece algum pitrata honesto?????

  • Adriano

    O primeiro ato de guerra foi cometido por Jaime Lannister, quando empurrou Bran da Torre.
    O segundo ato de guerra foi cometido por Joffrey ao contratar um mercenário para por fim a vida de Bran;
    O terceiro ato de guerra veio de Catelyn ao sequestrar Tyrion;
    O quarto ato de guerra foi Jaime Lannister querer uma luta nas ruas de porto real para saber o paradeiro do irmão e desafiar, nada mais nada menos, Lord Eddard Stark, que além de ser o Lorde Protetor do Norte ocupava o cargo de Mão do Rei;
    O quinto ato de guerra foi cometido por Lord Eddard Stark ao modificar a declaração de Robert em seu leito de morte;
    O sexto ato de guerra foi quando o mesmo Lord Eddard cometeu alta traição para com o Rei Joffrey;
    O último e crucial ato de guerra foi a morte de Lord Eddard Stark.
    Diante disto temos:
    – Quatro atos de guerra (um assassinato e três tentativas de assasinatos) praticados pelos Lannisters;
    – Três ato de guerra (sequestro, falsidade ideológica e alta traição) cometido pelos Starks.
    —————-
    Eu diria que em um julgamento, num tribunal de uma corte internacional, seriam muito grande as possibilidades dos Lannisters serem declarados culpados pela Guerra. Pelo menos as provas são mais abundantes em desfavor a eles. Levando-se em conta TODAS as provas contra os Lannisters fossem descobertas e que Lord Eddard traiu o rei Joffrey em favor do Rei LEGÍTIMO: Stannis Baratheon.

  • Moço Virji da Silva

    AAAAAIIIIIIII eu tenho q parar de vir nesse site ‘^’
    Ñ aguento mais ler spoilers
    eu sou um lixoso mermu .-.

  • Moço Virji da Silva

    mas as cabras não são carnívoras moço ‘-‘

  • Andrey

    Haja saco!
    Mas confio que D&D irá acabar com essa festinha da ‘melhor’ maneira possível.
    By what right does the wolf judge the lion?

  • As provas são abundantes como? Tanto não são abundantes que depois dos atos 1 e 2 tudo transcorreu normalmente, sequer havendo conflito entre as casas (se intriga palaciana for conflito King’s Landing nunca esteve em paz).
    O que iniciou a guerra, como ela aconteceu, foi ato de Catelyn, independentemente de suas motivações.

  • Se é bastardo, tecnicamente não é Lannister.

  • A justificativa para ela fazer isso que você invoca na verdade era uma mentira na qual ela resolveu acreditar.

    Se Catelyn, tendo informações, tivesse capturado Joffrey como mandante da tentativa de asssassinato do Brandon estaria plenamente correta. Infelizmente não foi o que aconteceu. Ela capturou um inocente acusando-o de um crime que não cometeu, simples.

    Tem que se fazer um exercício de parar de pensar como torcedores dos Starks e analisar a situação friamente: o ato dela, da forma como aconteceu (e precisamente pelo fato de ela não ter informações suficientemente claras) foi um injusto, quer se queira quer não. Ela acusou um inocente de uma Grande Casa de criminoso e o capturou, o que naturalmente motivou reação por parte dessa outra Grande Casa.

    Queria ver se iam defender tanto assim o sequestro do Tyrion se o Bronn tivesse sido morto pelo Vardis Egen e levado o anão junto. Parece que está tudo bem porque no fim das contas ele (que também é “favoritaço”) se safou, mas pode botar a vida do Vardis na conta do erro de análise e na impulsividade da Catelyn também.

  • Felipe Lobato

    E ela não tinha prova nenhuma disso além da carta de uma irmã que ela não via há anos e cujo caráter não conhecia.

    A loba se sentiu cutucada pelo leão mas apenas estava sendo feita de idiota e não resistiu ao ataque do leão 🙂

  • Vaz

    Concordo contigo, a prisão injusta do tyrion culminou na guerra. O resto, a verdade das coisas, apenas o leitor conhece. A Cat quis fazer justiça com as próprias mãos e errou.

  • Adriano

    Catelyn fez a reunião com Robb e disse que queria discrição pois AINDA não tinha certeza do que realmente aconteceu na Torre.
    As provas dos atos 1 e 2 nos livros e na série, visto sob a ótica dos PERSONAGENS são realmente fracas …. mas pra nós leitores e espectadores são mais do que contundentes.
    O ato de guerra definitivo, no qual até mesmo Tywin Lannister foi contra, foi a decapitação de Ned Stark. Este ato foi o que realmente levou a guerra. catelyn agiu intempestivamente e sem planejamento prévio, de nem ao menos fazer uma acariação entre Petyr Baelish e Tyrion…. este foi o seu maior erro.
    Mas ainda assim um erro bem menor do que a decapitação de Ned Stark.

  • @ogovernador

    Sim cara, é que eu torço pelos Lannisters. Rs.

    Davos como braço-direito do Jon seria incrível.

  • Na verdade depois do sequestro do Tyrion a guerra já teve início quando Tywin arregimentou duas hostes em Rochedo Casterly e enviou Gregor Clegane para raidear as Terras Fluviais.
    Quando Eddard foi executado já haviam ocorrido várias batalhas da Guerra dos Cinco Reis entre forças Starks e Lannisters, incluindo cruciais como Bosque dos Murmúrios.

  • Paola Fajonni

    Gosto do Jon como bastardo. Gosto dele (nos livros) também porque ele é bastardo. O Jon não precisa ser “legitimado” pra “melhorar” como personagem.
    Mas o Jon da série eu não amo como o dos livros; eles são diferentes. Contudo, se tornando Stark (ou Targaryen) em GoT ou em nas Crônicas de Gelo e Fogo, ele sempre sempre será amado.

  • Arthur Silva

    E o Edd :/

  • Arthur Silva

    Isso nunca vai acontecer pois Jon respeita as decisoes de seu pai e seu pai proibiu o esfolamento no Norte, ele tem que servir de comida pro ghost >:)

  • Arthur Silva

    Nem haha ele é um Stark legitimo so pela forma com que age 😛

  • André Pépe

    esqueceu do massacre a Kingslanding orquestrado por tywin covardão , enquanto fingia-se de amigo dos Targaryen?

  • Pati

    Mas antes disso o Jaime empurrou o Bran da janela de uma torre, e a Catelyn prendeu o Tyrion por achar que ele fosse o culpado.

  • Pati

    Acho que nem é isso Carlos, o Jon é um personagem muito amado e tem um grande mistério em sua descendência, ele sofreu por não saber quem era sua mãe, e os leitores querem que ele tenha esse alento, de descobrir sua origem finalmente, a maioria assim como eu torce pela teoria de ele ser filho da Lyanna mais pelo tom romântico disso, se ele não for mesmo filho da Lyanna eu vou continuar amando o personagem e torcendo que ele um dia descubra quem foi sua mãe e que ele chute muitas bundas de Whites Walkers.

  • Culpado de quê? De empurrar Bran da torre? Vamos revisar: Catelyn sempre achou que Bran caiu sozinho. Ela acreditou na mentira, insinuada a ela pela irmã e Mindinho, de que Tyrion teria sido o mandante da tentativa de assassinato de Bran quando este estava desacordado.
    Como já dito exaustivamente, o fato de Jaime ter empurrado Bran, por não ter sido público, não foi causador de guerra nenhuma.

  • Fabricio

    Não.
    Lannisters já tem o passado sujo por traições, incestos, massacres como o de Castlemare e o casamento vermelho!

    Não tem como não odiar e querer está família massacrada e instinta de westeros junto com Freys, Boltons, Greyjoys e Kastarks!

  • Fabricio

    Seu argumento não se sustenta!!
    Lannisters são ruins mesmo!
    Somente Mircela se salva desta corja de assassinos!

  • Renan Beltrame Oliveira

    Uma coisa que sempre passa pela minha cabeça é: se o Ned realmente sabia que o Jon era filho da Lyanna e do Rhaegar, porque deixar ele se juntar a Patrulha da Noite? Por medo da reação do Robert? Porque não proibi-lo de se juntar a patrulha?

  • leandrosr

    Jon, mesmo legitimado, para Ned, não era um Targaryen, mas um Stark e como tal, sendo filho de Lyanna ele não tinha muitas vantagens no futuro como o próprio tio Benjen. Se juntar a Patrulha para os Stark era uma coisa boa.

  • Num mundo medieval não se tem certeza de quase nada, e ela agiu com as melhores informações q tinha (e no fundo ela não estava errada, como sabemos). Ela só teria certeza se chamasse o CSI, ou sei lá. Ela simplesmente sequestrou o Tyrion, q a identificou em lugar público, quando ela queria passar despercebida. Ela já achava q ele era um suspeito e o prendeu. Era melhor ter um Lannister na mão do q ficar chupando dedo. E não tem essa de inocente, vc herda todas as merdas q sua família faz, principalmente em GoT. A Sansa se fudeu pra caramba em Porto Real, msm sendo inocente. Os Lannisters vieram, fuderam o Bran, tentaram mata-lo e ela respondeu a altura.

  • Nossa, agora enfiaram até os Karstark no meio como malvadões. Haja parcialidade.

    Acho que nessas circunstâncias nem vale a pena falar sobre o “imaculado” passado Stark.

  • marcelo

    A grande batalha dos seis exércitos!!!
    Façam suas apostas.

  • Haja fanatismo, amigo!

    “ela agiu com as melhores informações q tinha (e no fundo ela não estava errada, como sabemos)”
    Não? Como sabemos, na verdade, ela estava totalmente errada. Tyrion era culpado exatamente de quê para ser acusado e julgado por combate (e potencialmente ser sentenciado à morte)? O julgamento é pessoal, não da família (por acaso não vimos o próprio Tywin julgando Tyrion? Algum Lannister “herdou as merdas” dele nesse caso?). Uma ofensa injusta a um membro de uma Casa, porém, se estende a toda ela. E que melhores informações eram essas? A palavra de uma irmã distante e de caráter duvidoso e sugestões de um ardiloso mestre da moeda? Não queria nem imaginar quais seriam as piores informações, então.

    Eu não sei como ser mais claro, sinceramente. Vamos ver:
    Catelyn capturar Joffrey e acusá-lo de mandante do atentado a Bran -> correto.
    Catelyn capturar Tyrion (ou qualquer outra pessoa) e acusá-lo de mandante do atentado a Bran -> errado.

    Não tem meio termo. Não existe “vc herda todas as merdas que sua família faz”, e ainda que existisse, Catelyn sequer sabia se havia realmente havido alguma merda praticada por um Lannister (a personagem NÃO tem as informações privilegiadas do leitor). Acreditou em uma mentira e se fundou nela para realizar um ato com consequências terríveis. Por acaso Joffrey, que calhava de ser da mesma casa do injustamente acusado, tinha mandado matar Bran (por conta própria), mas isso o próprio leitor só descobre isso dois livros adiante. E mesmo que ela tivesse visto Joffrey fazer isso com os próprios olhos e outras várias testemunhas também, isso não seria motivo para capturar Tyrion ou qualquer outro Lannister e responsabilizá-lo pelo ato.

    “Era melhor ter um Lannister na mão do q ficar chupando dedo.”
    Será mesmo? Ela não ficou chupando dedo? O Lannister em questão (que era inocente mas ela resolveu acusar mesmo assim, baseada em nada) saiu andando tranquilamente, no fim das contas.

    E além de ter ficado chupando dedo quanto à punição ao Lannister que ela considerava erroneamente responsável, o ato trouxe consequências ruins para ela mesma e milhares de outros. Como consequência da captura, a terra natal dela foi assolada e a que mais sofreu com a guerra, o filho mais velho dela acabou chamando os estandartes, posteriormente se declarou rei e morreu, os dois outros filhos dela desapareceram (e para ela morreram), o marido dela ficou com a perna fodida e posteriormente morreu, e finalmente ela mesma morreu. Palmas, respondeu mesmo à altura.

    É insustentável o ato dela do ponto de vista de uma análise objetiva, e nem como torcedor de Stark dá pra aplaudir muito.

  • Adriano

    Quando digo ato de guerra definitivo me refiro a uma ação em que a paz não é mais possível…. Antes deste ato (a morte de Ned) a paz AINDA era uma possibilidade. E novamente Catelyn interferiu de maneira pueril quando resolveu encaminhar Brienne numa demanda MUITO arriscada e com grandes possibilidades de fracasso.
    ———-

    Como já disse o pessoal defende os Starks e odeia os Lannisters pelos atos cometidos por Tywin, Cersei e Joffrey. Isto esta muito arraigado nos fãs e vai ser MUITO difícil de isto mudar, mesmo que dois destes personagens já tenham morrido e um outro esteja praticamente quebrado.

  • Vc foi claro o suficiente cara, mas não está atentando para um fato.
    Na taberna, ela estava de frente para o principal suspeito de tentar assassinar seu filho.
    “Ah, mas era uma mentira”.
    Ela não tinha nenhum laço da verdade com ela e naquele momento ela tinha o principal suspeito. Oq ela fez? Procurou uma Senhor (ou no caso, a irmã dela), em busca da autoridade de um soberano para q fosse aplicado um julgamento.
    “Ah, mas ele era inocente, se fosse o Joffey, ai sim seria certo”
    Como vc mesmo disse, só fomos saber q o Joffey mandou o assassino 2 livros depois, como vc queria q ela soubesse isso naquele momento? Analise a situação com as informações q ela tinha como personagem. Nós como leitores sabiamos q o Tyrion não tinha feito, por vermos sua personalidade, mas ela não.
    “o ato trouxe consequências ruins para ela mesma e milhares de outros.”
    E como isso tira a legitimidade do ato dela? Ela fez tudo certo, até aquele momento e o q viria a acontecer não deve ser computado.
    E outra, a guerra continuou mesmo quando o Tyrion foi solto, o q não devia acontecer, já q “O julgamento é pessoal, não da família “.
    Ele foi julgado, inocentado e tudo correria bem se os Lannister não tivessem marchado com seus exércitos contra o Norte.

    Não sou fanático, só tento ver de maneira mais aberta. Os Starks desde o começo não foram com más intenções, diferente dos Lannisters, q desde o principio foram com malicia contra os Starks.

    Mas eu entendo o pensamento de q a Catelyn errou, principalmente quando as consequências foram ruins pra ela e para a família.

  • “E como isso tira a legitimidade do ato dela?”
    Não é o fato de ter havido consequências ruins que tira a legitimidade do ato de Catelyn, o ato já é vazio de legitimidade justamente por ser o de acusação de um inocente, com base em nada. Por que Tyrion era o “principal suspeito”? Porque o Mindinho falou que a adaga era dele? Porque ele era anão, apelidado de “Imp” e má fama? Foi um ato impulsivo e baseado em evidências parquíssimas, isso pra mim é algo inegável. É isso o que tira a legitimidade, o fato de o ato ter trazido más consequências é para apontar um problema de outra natureza: até se se ignorar a questão da legitimidade do ato, ele foi ruim também em outros aspectos.

    Como eu disse, o julgamento em si é pessoal, mas quando se acusa injustamente um membro de uma Grande Casa, é altamente provável que esta como um todo vá retaliar (eu já havia apontado isso no post anterior). É inclusive o mesmo motivo pelo qual Robb levantou armas: por entender que Eddard havia sido preso injustamente.

    Os Lannister como um todo não foram “com más intenções” e “malícia” contra os Stark, os caras não saíram de King’s Landing pensando em fazer sacanagens com eles, não foi algo tramado desde o princípio.

    A primeira ofensa de todas – secreta – que foi o empurrão do Bran da Torre pelo Jaime, foi motivada pelo medo dele de ver tudo pelo que ele tinha apreço acabado e morto (Cersei e os filhos) caso Bran falasse: era a vida do menino ou a vida dos seus queridos. É claro que Bran não tinha culpa disso, mas Jaime não saiu naquele dia tencionando “fuder” com Bran.

    Joffrey é um caso dfierente. Ele atentou contra a vida do Bran fria e deliberadamente, e para ele não tem sequer motivação razoável de instinto próprio de sobreviência. Ele mandou matar o menino porque ouviu o suposto pai dizendo que era melhor que ele morresse do que viver aleijado, como uma misericórdia, e o Joffrey em sua mente deturpada e carente de atenção paterna resolveu oferecer essa “dádiva” pro Bran.

    Mas essas coisas são sabidas apenas por nós (e no caso da autoria do Joffrey, pelo Tyrion e pelos pais dele), e no fim das contas o que causou a guerra em si foi mesmo o ato da Catelyn, que foi tão injusto quanto esses dois (precisamente porque ela nem sabia sobre eles), com o agravante crucial de ter sido feito abertamente.

    Eu nem sou fã dos Lannister, mas é que me parece mais que eles foram envolvidos nessa história (e quando se viram no meio dela não se fizeram de rogados e botaram pra fuder mesmo) do que propriamente tramaram e se resolveram a sair do seu canto para sacanear os Starks, as circunstâncias os tornaram casas inimigas. Nesse sentido até os Greyjoy são mais condenáveis por terem do nada resolvido atacar o Norte, e os Frey e Bolton muito mais, porque passaram de vassalos a traidores e usurpadores.

    De qualquer forma, se formos levar pelo histórico das casas, nem os aparentemente sempre honrados e bondosos Stark se salvam, porque para se erguerem como Reis do Norte foderam com muitas Casas de quem eram inimigos por lá também, como vemos nos relatos do Mundo de Gelo e Fogo.

  • Raah

    Penso que a intenção do Ned nunca foi contar a verdade pro Jon, e isso é bem mais claro nos livros. Fora que se Robert viesse a descobrir, Jon ficaria “a salvo” na patrulha da noite.

  • Raah

    Ele é um bastardo, mas não se trata da nossa obsessão por ele ser legitimado, e sim que a própria história nos leva a crer que se, ele quer ser reconhecido, quer ter apoio, ele tem que usar o sobrenome da família, são as leis de westeros que pedem isso e nós como leitores entendemos e acatamos.

  • Adriano

    Ja fiz esta pergunta antes e o cara não me respondeu:
    – Quais são os seis exércitos?????

  • Fabricio

    Não.
    Sequestrou depois de acreditar na mentira do Mindinho, sobre a Adaga pertencer ao Anão!

  • Fabricio

    Depende Carlos Santos!
    Nos dias atuais ele seria o único herdeiro vivo!
    Protetor do reino literalmente, pois seus atos falam por si… Protetor do reino, significa colocar a mão na massa…
    Ou seja, liderar…
    Antes, ele seria mais um bastardo sem direito algum!!
    As Historias são muito bem costuradas e contadas de uma forma simples para que o leitor dos livros e o espectador da serie tenha admiração pelo personagem desde o inicio!

  • Fabricio

    Sabemos q Jon não é filho de Ned mas mesmo sendo filho de Lyanna e Rhaegar ainda assim ele seria bastardo?
    Depende…
    Nos dias atuais ele seria o único herdeiro vivo!
    Protetor do reino literalmente, pois seus atos falam por si… Protetor do reino, significa colocar a mão na massa…
    Ou seja, liderar…
    Antes, ele seria mais um bastardo sem direito algum!!
    As Historias são muito bem costuradas e contadas de uma forma simples para que o leitor dos livros e o espectador da serie tenha admiração pelo personagem desde o inicio!
    Acho que esta 6 temporada vai ser de reviravoltas positivas para a família Stark!
    Vamos conhecer um líder de verdade, para a verdadeira guerra que estar por vir!!!
    Lord Jon Stark, protetor do Norte!
    Sir Davos, braço direito!
    Tormund Terror dos Gigantes, General!
    Exercito de Selvagens + o gigante
    Casa Stark
    Casa Mormunt
    Clâs das Montanhas
    Casa Manderly (Traindo os Boltons)

    O que acham??

  • Fabricio

    Sabemos q Jon não é filho de Ned mas mesmo sendo filho de Lyanna e Rhaegar ainda assim ele seria bastardo?
    Depende…
    Nos dias atuais ele seria o único herdeiro vivo!
    Protetor do reino literalmente, pois seus atos falam por si… Protetor do reino, significa colocar a mão na massa…
    Ou seja, liderar…
    Antes, ele seria mais um bastardo sem direito algum!!
    As Historias são muito bem costuradas e contadas de uma forma simples para que o leitor dos livros e o espectador da serie tenha admiração pelo personagem desde o inicio!
    Acho que esta 6 temporada vai ser de reviravoltas positivas para a família Stark!
    Vamos conhecer um líder de verdade, para a verdadeira guerra que estar por vir!!!
    Lord Jon Stark, protetor do Norte!
    Sir Davos, braço direito!
    Tormund Terror dos Gigantes, General!
    Exercito de Selvagens + o gigante
    Casa Stark
    Casa Mormunt
    Clâs das Montanhas
    Casa Manderly (Traindo os Boltons)

    O que acham??

  • leandrosr

    Para nós como espectadores sim, mas ninguém vai contar suas histórias de bravura, qnd seus próprios companheiros da Patrulha o colocaram como traidor. Eu tb torço pelo Jon, mas estou curioso para saber como um morto-vivo traidor do juramento da patrulha pode liderar qlqr coisa que não um exercito de selvagens.

  • Jose Leitao

    Como ele passou de Bastardo neve ==> Bastardo areia ==> Lord Stark ?
    Como o Leandro falou aí embaixo “como um morto-vivo traidor do juramento da patrulha pode liderar qlqr coisa que não um exercito de selvagens” selvagens esses que não estão dando a mínima para a politica sulista.

  • Jose Leitao

    Nos dias atuais ele é um ex-comandante da patrulha morto por seus pares por traição, ele nunca foi herdeiro de nada.

  • Sabrina

    A Catelyn sequestrou o Tyrion por que supôs que ele fosse o responsável por ter tentado assassinar (segunda vez, que fique claro) o Bran com a adaga. Ela errou a pessoa, mas acertou a família responsável. LANNISTERS.

    Eu acho os Lannisters ótimos como jogadores e realmente eles são quase imbatíveis quando se trata de jogar sujo, o que já foi mais de uma provado que quem joga limpo, se fode. Eu gosto deles como personagens e da força que eles têm, é realmente muito interessante. Mas como eu já disse, não dá pra defendê-los… Eles querem o poder, e fazem qualquer negócio pra permanecer nele (o Ned não queria nem ser a Mão).

  • Lucas

    Continua sendo bastardo, nada muda isso, apenas um Rei pode legitimar um bastardo e não existe nenhum Rei que faria isso… mas há uma Rainha, se a boa Daenerys sentasse a bunda no Trono de Ferro e de alguma maneira provassem que Jon é o bastardo de seu falecido irmão mais velho ( o que me parece impossível, não tem exame de DNA ), não duvido que ela aceitaria legitimá-lo.

  • Já expliquei isso várias vezes nos outros posts. O fato dela ter “acertado a família” não justifica o ato. Você está dizendo que seria correto, ou no mínimo justificável, Tyrion morrer porque alguém contou uma mentira sobre ele, e por acaso o perpetrador original do ato era parente dele (e na verdade o Joffrey era, para todos os efeitos, Baratheon).

  • Diego

    Acho que um campo de batalha não é o lugar da Sansa onde quer que ela esteja, acharia bem mais legal se a Sansa coordenasse toda essa revolta, se ela reunisse os exércitos, tipo os Umbers com o Jon, acharia que isso faria bem mais sentindo e seria mais legal. E pelo jeito é que vai acabar acontecendo na série.

  • Alexandre

    Concordo mas por que três cavaleiros da guarda real protegeriam Lyanna Stark e seu suposto filho ?

  • Alexandre

    Mindinho é o verdadeiro fdpta da história, ele jogou uma casa contra outra e se aproveitou da situação.

    Catelyn foi burra e ingênua, deixou o seu lado mãe protetora falar mais forte e acusou Tyrion injustamente. Mas isso não muda o fato dos lannisters terem ido á Winterfell, recebido á hospitalidade dos nortenhos, comeram e beberam do vinho Stark e no meio da noite terem tentado matar um membro da familia Stark. ”ah mas Catelyn não sabia” E isso muda o que ? Isso justifica o Sir Jaime ter tentado matar o Bran ? O incesto dos irmãos lannisters causaram um monte de tragédias e mesmo estando errados, eles se levataram em guerras e mataram inocentes, enfim, não há honra na casa lannister.

  • Alex Vieira Rêgo

    Não vamos nos esquecer que o Rei do Norte Robb Stark legitimou Jon como seu herdeiro… sendo assim, ele é o primeiro na linhagem de sucessão de Robb… e como o Jovem Lobo morreu, entende-se que neste momento, Jon já é rei do Norte!

  • Na série isso não aconteceu. E nos livros, quem é que sabe disso?

  • Sim. Por quê?

  • leandrosr

    http://wiki.gameofthronesbr.com/index.php/Robb_Stark
    Robb escreveu uma carta sim que foi enviada com seus planos e sugeriu a Catelyn colocar Jon como seu herdeiro, mas não se sabe o que havia na carta. Isso sequer foi ventilado na série. Mais ainda, com o flashback da Torre da alegria vindo aí que vai jogar luz sobre a ascendência do bastardo, colocar outro flashback para nomea-lo Stark fica estranho e muito Deus Ex Machina, mas pode acontecer. Duvido muito, mas pode.

  • Respondeu errado à minha pergunta. Em nenhum momento é dito no livro que ele passa a carta a Maege Mormont, aconselho reler a passagem com mais cuidado. Maege e Galbart Glover são enviados para se encontrarem com Reed para repassarem para ele (e posteriormente para os outros nortenhos) os planos para retomada do Norte. Não há menção a eles serem portadores do decreto. É tão provável que esteja com eles quanto com qualquer outro que estava presente na tenda: Raynald Westerling, Jason Mallister, Greatjon Umber, Edmure Tully, ou até o capitão do Myraham.

    E sim, se não apareceu na série é irrelevante para ela até que se prove o contrário. Penso que você esteja falando da série, já que assume que Jon esteja vivo, se até o considera automaticamente como já Rei do Norte. Como o Leandro disse, pode aparecer essa nomeação em flashback, mas seria algo bem malfeito (como um retconning), e penso que se tivessem interesse de usar essa trama não teria por que excluírem a cena sobre o decreto na tenda. Além do mais, ninguém é rei automaticamente por decreto. Este tem que vir a público e ser reconhecido por vários lordes que vão então aclamar essa pessoa como seu soberano.

  • Adriano

    A profecia….

  • Aí pode ser mesmo.
    Porque se o argumento for que é porque teria um “rei” ou um “herdeiro real” ali, é inválido.

  • Adriano

    Cara isto é um engodo muito grande… eu espero que o Martim explique isto.
    Eu sou um dos partidários de que ali estaria um potencial herdeiro, mas também sou partidário de que Rhaegar levava muito a sério a profecia…. O fato é que se a Rebelião de Robert tivesse fracassado, e se Rhaegar tivesse vencido a Batalha do Tridente, ele estaria com uma batata quente nas mãos, com esta história toda de profecia do príncipe prometido… Principalmente se ele declarasse que esta criança não era bastarda mas sim legítima… Se ele declarasse que fosse bastardo, Dorne iria ficar descontente e só…. Se declarasse legitimidade eu creio que Dorne além de ficar descontente iria questionar a linhagem da sucessão… Seria mais complicado ainda se Lyanna não tivesse morrido….
    Mas como na guerra e no amor não existem os “SES”, esperaremos as explicações do senhor Martim.

  • Gustavo Silveira

    Pra mim a grande diversão do Martin é criar os plots que nos encham de esperanças e depois arrancar tudo de uma vez, igual esparadrapo na pele….
    Ele deve escrever e ficar rindo sozinho imaginando conversas como essa.

  • Gustavo Silveira

    Lyanna é sua refém….
    Este “suposto” filho ainda é só suposto, não fato.

  • Alexandre

    ”Lyanna é sua refém” Achismo…

    ”Este suposto filho ainda é só suposto, não fato”. E não foi o que eu disse ? ¬¬

  • Juliana

    “Robb expõe seus planos sobre nomear seu irmão bastardo como herdeiro, depois ele confiou a Galbart Glover e Maege Mormont a tarefa de levar seu testamento ao Norte e encontrar com Howland Reed, embora os mesmo estejam carregando falsos documentos para que não sejam punidos caso fossem capturados. E assim eles partem com suas missões.

    Então, embora as pessoas no Sul não saibam desse fato, as casas do Norte sabem e estão tramando para atender ao testamento de Robb e tornar Jon o novo Rei do Norte.”

    É bem provável que Robb tenha legitimado Jon.

    Além do mais, se L+R= J estiver certo, Jon não seria necessariamente um bastardo, já que Rhaegar poderia ter se casado com Lyanna… não era incomum que Targaryens tivessem mais de uma esposa.

  • Juliana

    Se L+R= J estiver certo, Jon não seria necessariamente um bastardo, já que Rhaegar poderia ter se casado com Lyanna… não era incomum que Targaryens tivessem mais de uma esposa.

  • Juliana

    Já respondi isso outras vezes, mas…

    Se Lyanna e Rhaegar forem os pais biológicos de Jon, ele não seria necessariamente um bastardo, já que Rhaegar poderia ter se casado com Lyanna… não era incomum que Targaryens tivessem mais de uma esposa.

  • leandrosr

    Mas casamento sem testemunha é igual aquela carta de Robert colocando Joffrey aos cuidados de Ned na primeira temporada lembra? Cersei rasgou na cara dele e ficou por isso msm.

  • Carol

    Se Bran não tivesse sido empurrado não teria ocasionado todos os atos subsequentes.

  • Carol

    Concordo. Independente de ter sido secreto, o fato de Bran estar aleijado foi que proporcionou o desencadear dos atos seguintes.

  • Carol

    Ela agiu como mãe. Ficou cega para muitas questões e acreditou nos fatos que lhe foram mostrados. É uma responsabilidade que ela assumiu, mas sem a pretensão de criar uma guerra, apenas por justiça. Os Lannister aproveitaram o ato falho dela para terem motivos para tirarem Eddard da jogada. Isso já foi uma responsabilidade tomada mesmo sabendo de todas as consequências, apenas pelo fato de poderem concentrar o poder em suas mãos.

  • Juliana

    Comentário com *** Spoiler***

    Não sei como vai ser o desenrolar da série, mas se nos livros apareceu até quem pensávamos que estava morto —– Spoiler——

    como o Aegon e o ex- mão do rei Jon Connington, dando suporte a legitimidade do garoto, (se eles realmente se casaram) deve haver testemunhas desse fato.

    Como há pelo menos uma testemunha do que aconteceu na torre da alegria, Howland Reed.

  • “Justiça” passou longe de ser o que Catelyn fez naquele ato. A pretensão dela com o ato ou o motivo (agir como mãe ou o que quer que fosse), apesar de em certa medida justificarem a nível pessoal, são irrelevantes e não amenizam a gravidade da ofensa pública que ela cometeu, precisamente por ter sido um ato injusto.
    E tem um viés pró-Stark muito grande no entendimento de que os Lannister “aproveitaram o ato falho dela para tirarem Eddard da jogada”. Do jeito que expôs fica parecendo que viram uma “vantagem” no fato de Tyrion ter sido capturado para atacar Eddard, o que não foi o caso. Jaime, pessoalmente (e mpulsivamente como Catelyn), quis lutar contra Eddard na rua por vingança, pelo fato de o irmão que ele prezava havia sido capturado e acusado pela esposa de Eddard, publicamente. Ele certamente não comemorou a captura de Jaime nem se “aproveitou” dela para atacar Eddard, com quem ele pouco se importava.
    Depois desse confronto com Jaime, Eddard continuou normalmente como Mão, só tendo sido “tirado da jogada” bem depois, preso por traição quando Robert morre e ele pretende entregar a coroa para Stannis.

  • Pelo contrário, era bastante incomum até que Targaryens tivessem mais de uma esposa. Só dois fizeram isso como reis, Aegon I e Maegor, e mesmo assim porque tinham o Balerion pra impor isso sobre os outros lordes, que nunca engoliram isso muito bem. Antes deles, que se tem notícia só Aenar quando foi de Valíria pra Dragonstone.

    Bastante improvável que um casamento polígamo (contra todos os costumes e sem dragões para ser imposto), secreto (quem vai atestar? Teria que ser alguém relevante), entre dois lados opostos de uma guerra (sendo inclusive o suposto sequestro um dos elementos motivadores dela) seja aceito normalmente pelos senhores westerosi de quinze anos depois, potencialmente indicando legitimidade de um possível herdeiro real, ou não?

  • Juliana

    Rhaegar foi capaz de “raptar” a moça (na minha opinião fugiram juntos) e começar a guerra, não é loucura pensar que ele tenha se casado com a ela, já que ele era dito com boa pessoa e muito sensível.

    Agora, quem vai aparecer para confirmar essa história e embaçar os acontecimentos? Como os senhores de Westeros vão reagir sobre essa revelação? São questões que o próprio Martin irá explicar e descrever, já que se essa teoria estiver correta, ele tem tudo pensado.

    (Ou não, pois até agora é tudo uma grande TEORIA).

  • Eu não disse que é impossível que Rhaegar e Lyanna se tenham casado, eu apontei que seu argumento de que não era incomum que Targaryens fossem polígamos para justificar e promover essa hipótese é inválido, visto que a poligamia é incomum entre eles, apesar de não inexistente.
    E, claro, apontei também que um casamento desses, mesmo na hipótese de acontecer, seria muito provavelmente invalidado se fosse realizado em tempos de paz e às vistas de todos, e questionei retoricamente qual seria a recepção de um realizado secretamente, em tempos de guerra, quinze anos antes do tempo “presente”.
    Se isso for acontecer, GRRM vai ter que trabalhar muito bem para não apresentar uma trama mirabolante demais e/ou froçada, porque empecilhos pra essa hipótese existem aos montes (que ele mesmo criou, ao estabelecer tradições e costumes dentro do próprio universo).
    Mas é claro, já percebi que você “torce” por essa hipótese, então qualquer tentativa de análise um pouco mais neutra e racional da situação já é em vão.

  • “depois ele confiou a Galbart Glover e Maege Mormont a tarefa de levar seu testamento ao Norte”
    E onde exatamente no livro isso é dito? Na verdade, em lugar nenhum.
    Essa é uma confusão comum, mas a tarefa confiada por Robb Stark a Maege e Glover é outra: transmitir a Howland e posteriormente aos outros nortenhos os planos para a retomada do Norte dos Greyjoy. Não há menção alguma a eles serem portadores do possível decreto de Robb.

  • renata celho

    A maioria morreu no Casamento Vermelho ou não confiam num Snow para governar o Norte. Apenas um Stark pode asumir o comando do Norte , eles só apoiariam John se ele tivesse aceitado , por exemplo , a oferta do Stannis.
    Outra , por mais nobre que seja , John se aliou aos selvagens outro ato imperdoavél para os nortenhos.

  • Anny

    Por que ele não seria Blackfyre?

  • Karoline Lino

    Sério? ok.

    Pq ser Blackfyre não é “ser bastardo de Targaryen”. Os Blackfyre são/foram uma Casa, uma ramificação da Casa Targaryen que foi fundada por um bastardo legitimizado do Aegon sei lá quanto. Logo, são Blackfyre os descendentes dessa ramificação, e apenas estes. Jon continuaria sendo um Snow e um bastardo. Não muda nada.

  • Ricardo Yokoyama

    Pode ser que Jon terá apoio de um Stark, muito provavelmente Bran, ou todos saberão que Jon não somente é Stark, mas também Targaryen. Acredito que a patrulha já era, os que o apoiavam Jon, apesar de terem morrido quase todos se juntarão aos selvagens e acabarão o que resta da patrulha. Afinal foi a patrulha que traiu seu Lord Comandante. Jon não traiu ninguém, ele só pediu para a patrulhar unir as forças com os selvagens para um inimigo muito maior. Jon só esta protegendo o reino dos homens. Os selvagens devem a vida a John, ele será seu novo líder, e sabem que precisarão lutar para unificar o norte, pois os caminhantes vem aí. A questão de um inimigo maior, pode convencer muita gente.

  • Guilherme Alcai

    Faria sim. “O dragão tem 3 cabeças” Daenerys várias vezes pensou isso. E ficou fascinada toda vez que alguem conseguiu empatia com seus dragões (por conta de sangue principalmente).
    No mais, há muitos relatos de Targaryen governando juntos.
    Acho que ela poderia ficar tentada a aceitar os fatos com um simples teste: montar um dos dragões restantes (uma vez excluido Drogon, que já é dela).

  • Mike

    Karoline, não estou afirmando que acredito nisso, mas existe a possibilidade (seja ela remota ou não), de que o Rhaegar possa ter se casado com a Lyanna durante o rapto, tomando-a como uma de suas esposas legítimas, ou ainda de ter legitimado o Jon… nesse caso, o Jon não seria um bastardo.