George R. R. Martin comenta possível cena de Shireen nos livros

stannis38

Foto: HBO

Depois da polêmica e chocante cena envolvendo o sacrifício de Shireen Baratheon em “The Dance of Dragons”, 9º episódio da 5ª temporada, e do comentário de David Benioff no Inside the Episode, a visão comum sobre o evento ficou sendo a de que “a cena foi ideia de Martin”, e Stannis Baratheon se tornou, justificadamente pelo que a série apresentou, numa figura mais odiada Internet afora do que Ramsay Bolton.

Eu mesmo fui um dos que usou a expressão “ideia do Martin” a princípio, admito, mas logo percebi o erro nessas palavras. Tratar a situação dessa maneira dá margem a uma interpretação errônea do que aconteceu. Vejamos o que é que Benioff diz literalmente disse sobre a cena no featurette:

When George first told us this, it was one of those moments I remember looking at Dan and was just like “oh, that’s so horrible”. And good in the story sense. Because it all comes together, you know. From the beginning, the very first time we saw Stannis and Melisandre, they were sacrificing people, they were burning people alive on the beaches of Dragonstone, and it’s really all come to this. There’s been so much talk about king’s blood, the power of king’s blood, and it leads all ultimatley, fatally, to Shireen’s sacrifice.

Isso, em tradução livre, quer dizer:

Quando George nos contou sobre isso, foi um daqueles momentos em que me lembro de olhar para Dan e ficar tipo “oh, isso é tão horrível”. E tão bom no sentido da história. Porque tudo se junta, sabe. Desde o começo, a primeira vez em que vimos Stannis e Melisandre, eles estavam sacrificando pessoas, queimando pessoas vivas nas praias de Pedra do Dragão, e realmente tudo resultou nisso. Sempre houve tanta conversa sobre sangue de rei, o poder do sangue de rei, e isso leva em última instância, fatalmente, ao sacrifício de Shireen.

O que importa aqui é atentar para o detalhe do que David: “Martin nos contou sobre a cena”. Isso é bastante diferente de dizer “foi ideia de Martin”. Ele não diz que George teria ativamente sugerido a ele, Weiss e Cogman que inserissem a cena tal qual ela ocorreu, ali, naquele momento, naquele episódio, com aquele desenvolvimento. De fato, muito provavelmente não foi isso o que ocorreu, pelo que se depreende. Se fosse esse o caso, George poderia tê-lo feito também em sua marcha para Winterfell original, nos livros, e isso não ocorre. O que mais provavelmente ocorreu é que George tenha contado para eles que essa cena – Shireen ser sacrificada no fogo – eventualmente aconteceria em algum momento em sua história, e os roteiristas se decidiram por inseri-la neste episódio. O por quê dessa decisão, suspeito, é o “fator choque” característico da dupla de produtores.

A declaração de Benioff repercutiu também no Twitter, em que Linda Antonsson, co-autora de O Mundo de Gelo e Fogo e co-webmaster do Westeros.org, publicamente criticou Benioff e Weiss por revelarem no featurette o fato de que a morte de Shireen seria um spoiler. Linda foi bem agressiva em suas críticas, e na verdade não atacava exatamente o fato de a série ter spoilers dos livros (porque isso afinal vai ser comum daqui em diante), mas o ato de revelar expressamente que uma cena nova realmente estará nos livros (afinal, com tantas alterações na série, seria impossível saber o que é spoiler e o que não é, a não ser que os produtores digam claramente que foi George que lhes contou).

Antonsson chegou a sugerir que estaria com vontade de promover um ato dos leitores – que em sua maioria respeitaram os fãs não-leitores e não revelaram spoilers de momentos chocantes da série como a morte de Eddard ou o Casamento Vermelho – para que dessa vez spoilassem o grande evento do final desta temporada em “vingança” contra D&D.

Linda ficou particularmente insatisfeita porque interpretou a fala de Benioff em sua literalidade, no sentido de que nos livros é também Stannis quem ordena o sacrifício da filha, o que indiretamente seria um grande spoiler no sentido de que ele sobrevive à batalha de Winterfell, que foi um cliffhanger deliberado por parte de Martin no final de Dança.

A dúvida quanto à declaração de Benioff também surgiu no que diz respeito a como se dará a cena nos livros: se Stannis terá envolvimento e concordância diretos e expressos na morte de Shireen ou não. Um fã foi ao Not A Blog (pessoal de Martin) perguntar exatamente isso, e George surpreendentemente respondeu, a despeito de já ter reiteradas vezes pedido que as pessoas não postem comentários off-topic sobre Game of Thrones em postagens dele sobre outros assuntos:

GRRM_SHIREEN

Em resumo, mjy6478 perguntou se o próprio Stannis seria de alguma forma responsável pela morte de Shireen nos livros. A resposta de George foi:

Se eu começar a comentar sobre o que pode ou não pode acontecer em cenas que eu ainda não escrevi, estarei “spoilando” meus próprios livros.

Não tenho mais comentários neste momento.

É claro que seria demais esperar que George entrasse nos detalhes perguntados pelo usuário, mas a resposta dele não é tão vazia quanto parece. É importante notar que ele dá a entender que seria uma cena que ele ainda não escreveu, o que pode significar que o contexto em que a cena se dará nos livros seja substancialmente diferente do que ocorreu na TV, afinal já sabemos que a batalha de Winterfell ocorrerá no começo de The Winds of Winter, e presume-se que George esteja um tanto adiantado na escrita do livro.

Ainda hoje, George publicou um novo post que mais uma vez corrobora a ideia de que a inserção da cena no episódio foi ideia dos roteiristas e não dele, e reforça o que muitos de nós sabemos mas que para outros não é assim tão claro: Martin não tem influência direta sobre a série de TV. Em um post em que falou de polêmicas que giram ao seu redor no momento, como o rescaldo do Puppygate, ele disse o seguinte:

Enquanto isso, outras guerras explodem em outras frentes, centradas nos últimos episódios de GAME OF THRONES. Não é minha intenção me envolver nelas, nem deixá-las tomar meu blog ou website, então por favor parem de me mandar emails sobre elas, ou postar comentários off-topic aqui no meu Not A Blog. Travem essas batalhas no Westeros, ou no Tower of The Hand, ou no Boiled Leather, ou no Winter Is Coming, ou no Watchers on the Walls. Qualquer lugar que não aqui, na verdade.

Sim, eu sei que o HOLLYWOOD REPORTER me nomeou “o terceiro escritor mais poderoso de Hollywood” dezembro passado. Vocês ficariam surpresos com o quão pouco isso significa. Eu não posso controlar o que mais ninguém diz ou faz, ou fazê-los parar de dizer ou fazer, seja quanto aos fãs aos profissionais. O que eu posso controlar é o que acontece nos meus livros, então eu vou voltar para o capítulo que estou escrevendo em THE WINDS OF WINTER agora, muito obrigado.

É claro que quando George diz que não pode impedir ninguém de falar ou fazer qualquer coisa é um recado para os que ficaram indignados com a declaração de Benioff  (“os profissionais”) no Inside the Episode, como Linda (“os fãs”), mas o tom da postagem como um todo foi um pedido de “Deixem-me em paz! Eu não mando em nada!”.

stannis19

Foto: HBO

Opinando sobre a cena em si e seus possíveis desdobramentos no livro, minha opinião é a de que é plenamente possível que ela ocorra neles também. Digo, entendo que a morte de Shireen é certa, e acho também possível (mas não certo) que Stannis compactue com ela. Mas não faz mal esclarecer algumas coisas.

Voltando à fala de Weiss, a intenção não é me delongar muito na interpretação dele de que quando vemos “Stannis e Melisandre pela primeira vez eles estão queimando pessoas em Pedra do Dragão”, mas chega a ser impressionante o quão superficial ela é quando se trata dos livros. É claro que a visão se aplica primordialmente à própria série de Benioff, mas não aos livros e à história de George, os quais contraditoriamente Benioff invocou de forma indireta para tentar explicar os motivos da inclusão cena, ao mencionar que Martin a teria lhes revelado.

Benioff não está sozinho na visão de que a característica principal de “Stannis e Melisandre” (os quais ele aparentemente não consegue dissociar um do outro) seja queimar pessoas. Nos livros, o número de pessoas queimadas em Pedra do Dragão não passa de 4: Alester Florent, Guncer Sunglass e os filhos de Lorde Rambton. Diga-se também que nenhum deles o foi por motivos gratuitos, e que seriam provavelmente punidos de alguma forma por seus atos por qualquer outro lorde de Westeros: Florent tentou fazer um acordo com os Lannister às escondidas, Sunglass se recusou a lutar pela causa por não querer abandonar os Sete, e os Rambton atacaram e mataram 4 homens da rainha quando Stannis queimou seu próprio septo. Os três últimos foram queimados por ordem de Selyse, note-se, enquanto Stannis estava em Água Negra. Nunca ninguém foi queimado nos livros simplesmente por não seguir a religião vermelha, e com efeito boa parte dos homens de Stannis seguem os Sete, incluindo Davos, Mão do Rei. Enfim, a fala de Benioff dá a entender que Stannis e Melisandre viviam a sacrificar pessoas aleatórias nas praias por serem infiéis, algo que só ocorre, se muito, na adaptação, como no episódio “The Lion and the Rose” em que Axell Florent foi queimado por se recusar a seguir R’hllor.

Nos livros, Stannis já disse expressamente para Justin Massey que quer que ele lute por Shireen e a ponha no Trono caso ele morra na batalha de Winterfell, e declarou também que não haveria sacrifícios humanos pelo fogo na marcha quando isso lhe foi pedido por Clayton Suggs, este sim um r’hllorista fanático. O capítulo de Asha intitulado “O Sacríficio”, inclusive, dá a entender que ela seria sacrificada na marcha para melhorar a crítica situação em que as tropas se encontravam, mais ou menos como ocorre com Shireen na TV, e inclusive por ter ela também sangue real enquanto filha de Balon (que curiosamente ainda não morreu na série). É possível que os roteiristas tenham se inspirado nesse capítulo para a ideia de incluir a cena, com Shireen, nesse momento, mas no fim das contas o sacrifício de Asha não ocorre nos livros.

A despeito dessas atitudes de Stannis – claramente distantes das de um fanático – acredito que seria sim possível que ele realizasse ou autorizasse o ato de sacrificar sua filha. Isso só ocorreria, porém, em uma situação extrema, em que o personagem acreditasse que enquanto “Azor Ahai, herói messiânico profetizado”, ou ele faria isso ou a própria humanidade estaria condenada. Seria uma situação radical, de tudo ou nada, e não apenas em uma disputa política em que ele está envolvido como a que nos foi (mal) apresentada pela série, em que não faria sentido nenhum dispor de sua herdeira. Não preciso dizer que confio muito mais na capacidade de George para construir um arco crível e dar verossimilhança à situação e à cena, atributos que faltaram em muito na adaptação para a TV, que claramente priorizou mais a criação de simpatia da audiência com Shireen para aumentar o fator choque quando esta morresse, do que com um desenvolvimento da decisão de Stannis que tivesse o mínimo de realismo e coerência.

Há também, é claro, sempre a possibilidade de que o sacrifício de Shireen nos livros ocorra pelas mãos de outras pessoas que não diretamente as de Stannis, sendo as “favoritas” para tanto Melisandre e Selyse, esta também uma fanática. Não se pode deixar de notar a diferença em um ponto fulcral de divergência, em que no texto original as duas e a própria Shireen tenham permanecido em Castelo Negro (por decisão do próprio Stannis, que não arriscaria sua herdeira em batalha), enquanto que na série se decidiu pela diferença: todas elas acompanharam Stannis na marcha. É possível que a infame “carta rosa” (ou “carta do bastardo“) seja o gatilho que motive a sacerdotisa e a rainha a sacrificarem a criança como forma de tentar reviver ou ajudar Stannis em sua causa.

Muitas incertezas e especulações, como deve ser a tônica a partir de agora no que concerne aos possíveis spoilers dos livros que a série trará. Ficam, mais uma vez, a lição de que George R. R. Martin não tem poder de decisão sobre os roteiros de Game of Thrones, e a esperança de que o capítulo de The Winds of Winter que ele declarou estar escrevendo seja um dos últimos.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Jason Costa

    Bom texto, Bino.

    Minha opinião é que Stannis jamais faria isso com a filha em disputa pelo trono. Ao contrário do que a série prega, STannis não quer o trono por ambição, mas porque acredita que tem direito a tal.
    Só seria possível ele permitir tal coisa se o fanatismo dele aumentar progressivamente nos livros ou se for por algo na batalha dos outros. Ou, é claro, partir da ideia de Melisandre, seja para ajudar Stannis em Winterfell ou até Jon Snow.

  • ricardo dos santos junior

    Será que este sexto livro sai em 2016?, eu terminei de ler o dança este ano em janeiro, e não aguento mais de ansiedade, imagina vcs amigos que já estão alguns anos esperando, nossa deve ser difícil esperar tanto tempo heheheh. Chaga logo The Winds of Winter………….

  • Leo Guedes

    Oque me chama atenção é que a serie, pois a melisandre com o Stannis, será que se melisandre disse-se quando ele esta na merda que jogar a Asha mo fogo adiantaria alguma coisa, ou o davos ou o fanático ou o davos ??? brincadeiras a parte não ha como saber a atitude de Stannis SE melisandre estivesse com ele em sua jornada DIFÍCIL, ou alguém quer comparar um fanático qualquer a melisandre de Ashai.

  • GiuSal

    Pobre Shireen, toda uma vida pela frente…
    Com aquela escamagris na face ela seria imbatível em Babilônia, queria ver a Adriana Esteves dar uma tapa na cara dela, rs….

  • Alline Rodrigues

    “cenas que eu ainda não escrevi”, se ele não chegou nessa parte do livro ainda, esse negócio vai ser lançado quando, 2020?

  • The Queen

    Não faz sentido o Stannis extinguir sua própria casa.
    Pelo o que sabemos, ele e a Shireen são os únicos Baratheons vivos. Não são como os Lannister, que tem ramos e mais ramos por aí, ou como os Frey. Aliás, acho que até o final do livro, não vai mais existir membros dos Baratheon.
    Por isso acho que, nos livros, ele não vai concordar com o sacrifício da menina. Mas acho bem provável que ele enlouqueça com o tempo…
    Esperemos pelos próximos capítulos.

  • Anderson Lima

    Pra resumir, GRRM contou para eles que a Shireen morreria nos livros – em algum momento – e eles preferiram colocar a cena agora. Ou seja, é um spoiler mesmo. Ponto final.

  • Cecilia Saraiva

    Ótimo texto! Gostaria de comentar só uma coisa… a atitude da Linda foi ridícula. Sugerir campanha pra jogar spoiler do grande evento do fim da “Dança” (que provavelmente estará no episódio 10) é uma tremenda infantilidade. Vingancinha besta que não prejudicaria em nada os produtores, apenas os outros telespectadores que não leram os livros. Fala sério.

  • HOMEM AMERICA AKA. S. INFERNAL

    Acho que o sacrifício da Shireen pra mim, fico meio obvio que Stannis vai ganha a batalha contra os Boltons, por que se só o sangue do Gendry derrubou 3 reis imagina o que um sacrifício da filha de sangue do próprio Stannis faria…

  • Helder Machado

    Matou a pau, Bini. Texto perfeito!

  • Este post foi muito importante para esclarecer muita coisa para quem ainda não havia percebido o qual pouco é a influência de Martin na serie. E também para esclarecer que, na verdade, os produtores usaram o nome dele para aliviar a culpa de una decisão deles próprios. Para mim é claro que a única intensão da cena foi fazer o choque do episodio 9. Foi desnecessária e destruiu mais um personagem tao bem elaborado nos livros. Alem disso foi um ato muito covarde colocar a cena da Danny após essa. Foi como se eles tivessem tomado a mesma atitude do Stannis de não olhar para a filha enquanto queima. Eles tentaram minimizar o desastre colocando uma cena épica no final. Era uma cena de despedida . mas nao não me surpreende já que o núcleo de Pedra do Dragão foi menosprezado em relação aos outros desde o principio. Parecia que os produtores estavam consertando o núcleo, mas não… Tudo foi planejado para destrui- lo de vez.

  • guirm

    ——-SPOILERS——
    POR FAVOR, SE VC NÃO É LEITOR, NÃO LEIA MEU TEXTO.

    Existe a mínima possibilidade da seguinte hipótese tornar-se realidade?

    Imagino que a Shireen possa ser queimada para ajudar Stannis, porém isso não surtiá o efeito “certo”. Melissandre vai acabar ressucitando Jon Snow, que se mostrará Azor Ahai.

  • Louize H. Milanesi

    Volto a escrever sobre o Edric Storm. Já não me lembro bem, mas se não estou errada, a melissandre só não queimou ele pq o davos deu um jeito de sumir com o guri [apesar de ser bastardo, tambem tinha o sangue real]. ACREDITO que seja possível por alguma situação extrema no livro, que a melissandre queime a shireen sem consentimento.

  • Tamires

    “…e a esperança de que o capítulo de The Winds of Winter que ele declarou estar escrevendo seja um dos últimos” Deus te ouça

  • Fábio Bachi

    Parabéns pelo post galera. Ainda bem que vocês tentam colocar uma luz nas nossas cabeças xD. No primeiro momento (de cabeça quente) também entendi que o próprio Martin teria indicado a morte da Shireen. Depois acabei revendo o vídeo com o Benioff e fiquei na dúvida.

    Acho que o Martin conseguiu manter certo tom de mistério, de se isso vai acontecer nos livros ou não. Eu, duvido que o Stannis em si ordenaria a morte da própria filha, mesmo que na situação mais desesperadora possível. Não dá pra esquecer o que o cara passou em Ponta Tempestade e pareceu nunca abandonar a “esperança”. Ele é teimoso, não ia dar o braço a torcer.

    Pra mim, o cara ainda vai sentar no Trono de Ferro e mostrar o que um rei deve fazer de verdade 😀 por mais que ele tenha seus defeitos ~Melisandre foguetera included~.

    Abraços!

  • Flavio Vasconcelos

    Excelente texto, cada vez mais convencido do oportunismo e dissimulação da dupla Dumb & Dumber.

  • mauricio braglia

    Pelo amor de Deus!!!
    Blindem este velho para ele escrever em Paz

  • Gaius Baltar

    Achei engraçado a ameaça da blogueira, de conclamar uma chuva de spoilers contra os “não-leitores”, como se fossem esses os culpados das decisões dos produtores da série. Até porque é bem diferente receber um spoiler de alguém que tem realmente uma informação privilegiada de receber um spoiler que qualquer pessoa pode se inteirar lendo o livro ou simplesmente pesquisando na net. Enquanto um é um segredo real o outro é apenas desconhecimento.
    O que podemos inferir disso tudo é que GoT foi boa enquanto tinha material original. Agora que pisa em caminhos não desbravados por Martin (pelo menos não publicamente) a série derrapa. Fica a pergunta: não teria sido melhor ir com mais calma nas primeiras temporadas e contar a história com mais detalhes? Havia material, havia base de fãs, havia dinheiro, ou seja, tudo o que falta à maioria das séries que são canceladas. Indo mais devagar hoje estaríamos talvez na metade ou no terço inicial de Tormenta de Espadas, e haveria bastante tempo para Martin terminar pelo menos Ventos do Inverno. Mas agora é tarde, Shireen é morta.

  • Denison Cardoso

    Esses caras não tem um pingo de criatividade. Quando Martin mata alguém importante muda toda a história, D&D matam personagens vivos nos livros só pra manter a “fórmula” da série. Qual a necessidade de ter matado Barristan e Shireen? Bem, Barristan foi basicamente pra fazer acontecer alguma coisa nos episódios que já estavam ficando chatos. Shirren? Só por que o Martin mencionou que poderia acontecer? Agora qual a mudança significativa que a morte desses personagens poderiam fazer nesse momento da história? Nenhuma.
    Decidi que não assistirei a 6° temporada de GoT até ter lido Os Ventos do Inverno.

  • André Luiz Alcântara

    (POSSÍVEIS SPOILERS) Tenho um grande palpite (e bota grande nisso) que nos livros Jon Snow será o príncipe prometido. No entanto, Stannis morreria na Batalha de Winterfell, deixando sua filha com Melisandre e Selise (uso como base o fato da situação não ser favorável e pelo fato de que a Melisandre já começou a ter capítulos em Dança). Melisandre iria ressuscitar Jon, depois de estar convencida de que precisaria dele, e para tal seria necessário um sacrifício (tal qual como aconteceu com a Lady Stoneheart). Nisso, ela iria se virar para Shireen, pois a Melisandre realmente acredita nessa coisa de que sangue real é a solução. Com o sacrifício de Shireen (talvez no final de Ventos ou no começo de Sonho de Primavera), Jon Snow, a patrulha da noite, os selvagens, o resto do exército do Stannis e os homens da rainha tentariam recuperar todas as espadas de aço valiriano (sem sucesso) e começariam uma campanha de “Mate os Outros e viva feliz”. Davos voltaria para o norte com o Rickon e finalmente entenderia tudo o que aconteceu e o que precisava ser feito, e com Rickon uniria todo o Norte na luta. Eventualmente a muralha iria cair e uma de dois finais possíveis (para este arco) aconteceria: Com a ajuda de Bran, eles derrotariam os Outros, ou o Jon iria fazer um acordo com o Rei dos Outros de que ninguém nunca invadiria suas terras, doando todas as terras da dádiva para os selvagens. A muralha talvez seria reconstruída e eu tenho grande certeza de que o Benjen vai ter algum papel nisso tudo. Mas é só mais uma teoria dentre tantas kkkkkkkk

  • amanda

    Sinceramente, não entendo muito bem a relação entre George e os produtores de GOT.

    Não entendo, por exemplo, aquele papo do GM de que foram cortados personagens muito importantes para o desenrolar da história (como os irmãos Tyrell). Será que, de fato, ele sinalizou para os produtores que esses personagens eram cruciais? Acredito que eles não teriam sido cortados se a equipe da série tivesse conhecimento do grau de relevância deles.

    A meu ver, independentemente de ter terminado os livros ou não, George deveria passar as linhas mestras da história para os produtores. Ok, eles sabem qual vai ser o final. Mas eles precisam também saber qual o caminho, ainda que de forma bem sucinta.

    E é aí que está o problema. Sabe-se lá pq, aparentemente essa “espinha dorsal” da história não foi passada. Pode ser que, como ainda está escrevendo, nem o próprio George saiba qual desenrolar dará até chegar ao fim que vislumbrou. Resultado: os caras estão tendo que se virar. Daí pegam uma ou outra informação que GM libera e tentam inserir.

    Eu acho que essa relação deles é muito menos próxima do que alguns acreditam. E acho que há muita vaidade envolvida, principalmente da parte do autor.

  • Angolmois

    Por que os dois viraram os grande vilões pra tudo? Quem escolheu a proposta deles para adaptar os livros foi o próprio George,se ele quisesse participar da efetivamente da série ele teria colocado essa clausula no contrato. Graças a David e Dan os livros viraram série,a HBO topou fazer uma série de fantasia,graças a eles os livros de George finalmente foram conhecidos pelo mundo todo,por mim e por vc,graças a eles os livros venderam bem mais,enchendo o bolso de dinheiro do senhor George. Graças a eles foi criada a série mais cara da tv que fazem as pessoas terem interesse até hj após 5 temporadas.

    Eles não são perfeitos claro,erram com algumas escolhas mas acertaram muito mais.

    Mas agora todos os odeiam,não entendo.

  • Alisson Monteiro

    MINHA OPINIÃO !
    Se realmente for por ordem dele q ele “Mande matar a filha” (Mesmo ficando claramente sem sentido) ele estaria tentando ser Azor ahai, e falhado com isso levando a morte da filha e a vingança contra Melisandre !
    ANTES DE FALAREM
    Não gosto do Stannis nem da Daenerys
    não shippo Jonerys
    E não tenho problema algum em quem vai ficar com o trono, se tiver tanta relevância o trono, ainda nem me importo do suposto Azor ahai, apenas.

  • Daniel Silva Pereira

    Em GOT eu confirmei o problema de ser fã… não nós, mas o produtores, eles são fãs do Cronicas, mas acho que eles NÃO são fãs do núcleo de Stannis, o cara chegou meio vilão e vai morrer vilão na serie (acho um grande spoiler da serie eles criarem um pretendente ao trono tão odiavel, graças a série eu sei que o Stannis não tem vez)

    Vai rolar alguma treta ainda nesse ep 10, mas gente o que seria pior?
    1 – O Stannis sacrificar a filha e ainda sim perder?
    2 – Ou se a história simplesmente seguir ao que se propõe… Um Stannis obcecado pelo poder?

  • Thiago Lins

    Cara, amei o texto. Muito obrigado.

  • Maquiavel: Monsieur du safadôn

    Muito bom o texto. Só uma curiosidade nada haver com o assunto. Vcs vão fazer o Podcasteros sobre os livros que ainda não fizeram?

    Sobre o assunto. Eu acredito que o Stannis dos livros não faria isso com a herdeira, mas nunca se sabe. Se ela morrer, creio que seja diferente realmente. Só sei que o Martin é imprevisível hehe. Diferente dos produtores da série, estava na cara desde que começaram a desenvolver o personagem da Princesa Baratheon que isso ocorreria… e aconteceu. Mas é esperar. O inverno chega, mas “Os Ventos de Inverno” não.

  • Niculas

    Confio mil vezes no Martin…

  • Vinicius Albuquerque

    Antes de tudo, venho fazer um disclaimer de que só lí até o livro 3.

    Realmente, esta parada do Stannis queimar qualquer um por nada na série é muito zoada. Lembro que existe uma fala de Ned Stark (não lembro se na série ou no livro) que ele fala quando Robert quer matar Daenerys. É algo como “Nós marchamos contra o Rei Louco para acabar com a morte de crianças”.

    Por esta frase, percebe-se claramente que o Rei Louco deixa de ter legitimidade no trono quando deixa de ser bom para a sociedade, ficando assim, passível à revoluções.

    Mas se Stannis já está queimando inocentes vivos, então ele não tem mais legitimidade no trono. Quem garante que ele não seria tão terrível quanto o Rei Louco?

    Sendo assim, com Stannis perdendo a cabeça, a próxima pessoa na sucessão seria a Shireen Baratheon.

    A minha esperança é que no livro, ao estar na fogueira, ela pense nisso e convoque os lordes que estão na “platéia” a rebelar contra Stannis e Melisandre, coroando a própria Shireen como Senhora da Pedra do Dragão (ela pode ainda usar a Escamagris como uma profecia de que ela é a Senhora da “Pedra” do Dragão que vai salvar aquele povo).

    Shireen, letrada como é, com a ajuda de Davos como Mão da Rainha, se prometeria ao Bran (Ou Rickon) para manter a aliança do Norte. Ela então lutaria pela Coroa, e Stannis ganharia perdão ao comandar as tropas da rainha nas batalhas (que é o que ele faz de melhor).

  • Lukas

    Na verdade, mataram o Barristan para que Tyrion tomasse o seu lugar. Para que a história de Tyrion não ficasse tão massante quanto nos livros,

  • Bel Ribeiro

    Eu já li umas histórias bem punk sobre essa Linda em sites gringos. Ela é bem fanática e “intensa”. Mas ela e o Elio são considerados autoridades em Martin, então…

  • Eduardo

    Terminei de ler os livros faz uns 3-4 anos e depois só consumi a série, chega a ser engraçado como a série influencia até nos leitores (pelo menos no meu caso). Tinha na memória realmente que o Stannis queimava as pessoas “de bobeira”, claro que não com a frequência que na série e nem por ser apaixonadinho pela Melisandre, mas acabou que isso foi algo que entrou na cabeça mesmo que não fosse o que eu tenha lido.. Depois dessa me darei o trabalho de relê-los para entender o que mais D&D infiltraram em meu cérebro limitado.

  • Claudia

    Será que sai em 2015 ?

  • A relação de fato é muito menos próxima do que alguns acreditam, mas acho que discordamos veementemente quanto aos motivos. A vaidade, se há, me parece ser dos produtores, que parecem querer mostrar que também conseguem escrever tão bem (ou melhor) que o Martin. É só repararmos o quanto começaram a incluir cenas próprias mesmo quando ainda existia material fonte, à medida em que a audiência também aumentava. O auge dessa tentativa de mostrarem seu valor foi o infame diálogo sobre “Primo Orson Lannister e os besouros”, entre Jaime e Tyrion antes do combate entre Oberyn e Gregor.

    Acredito que a decisão de cortar os personagens que Martin disse que terão importância dos livros tenha sido de fato pesada e confirmada pelos produtores, eles não fizeram por ignorância. Simplesmente acharam, e isso provavelmente com razão, que é possível contar a história dos “principais” sem se ater a detalhes que envolvam esses personagens excluídos. A qualidade dessa nova história, porém, é que não dá para garantir.

  • Eu não os odeio. Se vc acompanha os meus posts sabe que eu os elogio muitas vezes e reconheço muitas coisas do que fazem. Assim como elogio o que eu gosto, critico o que não gosto. Afinal opinião cada um tem a sua. E não é porque eles fazem o trabalho de filmar a série que eles estão imunes a criticas. Se até o Martin as vezes eu critico, quem diria eles? Se eu acho que há algo que tenho criticar, que parece pouco crível ou sem lógica alguma eu vou falar. Se eu achar que ficou bom, eu vou falar.

  • Bruno William

    Nossa, excelente o texto! Era exatamente isso que eu tava precisando ler. De verdade…
    Tudo se resume a duas coisas: ou eles estão descaracterizando os personagens, ou eles estão sendo “diretos” demais em moldar a personalidade “final” de tais. Faz algum sentido isso?

  • McPhisto

    Acho que a cena que seria chocante tanto quanto o casamento vermelho segundo o ator que interpreta o Davos deve ser essa da morte da Shireen…

  • No meu entender sim, faz.

  • Refer

    eu tbm tinha pensado nessa possibilidade… o único porém é que o george disse que ainda não escreveu essa cena, o que só pode significar: 1-ou essa cena estará mais para o final do WOW (o que significa que o jon voltará meio lady stoneheart, com parte do corpo em decomposição) ou 2- o george não segue uma sequência cronológica ao escrever seus capítulos.

  • Márcio Aleixo

    Excelente texto mesmo. Vai de encontro com o que eu penso sobre o ocorrido. Além disso, não me agrada esse ar de vilão sobre o Stannis na série. Até em casos extremos não sei se ele ainda queimaria Shireen. Ok, ele concordou com algumas decisões polêmicas por parte da Melisandre, queimando gente, ou assassinando o Renly. Porém, desde o início da luta dele pelo trono na Fúria dos Reis, é claro, que na falta de herdeiros legitimados de Robert (Gendry, por exemplo), a pretensão do Stannis ao trono de Ferro é a única legítima.

  • Hodor

    HODOR

  • Denison Cardoso

    Qual o problema de Tyrion e Barristan estarem juntos? A verdade é que Sons Of The Harpy tava muito chato e tinha que acontecer alguma coisa pra acordar quem tava assistindo.

  • Marianna Albuquerque

    Já ouvi tanto isso de que a história do Tyrion é maçante nos livros 4 e 5, mas discordo. O Martin já disse que o importante mesmo para a construção do personagem do Tyrion nesse momento é a jornada até a Daenerys, não o encontro em si.

    É triste ver que muitos fãs só se interessam quando há acontecimentos chocantes. Sinto que é isso que legitima essa sede de sangue da série de TV. Quem leu atentamente os capítulos de Tyrion percebeu que a beleza está justamente no fato de que o Tyrion, por mais que quisesse ser diferente da irmã e do pai, sempre se apoiou na circunstância de ser um Lannister, com todo o respeito e o temor que isso incutia nas pessoas do povo, nas casas mais baixas e até na corte.

    A trajetória de Tyrion em Essos coloca o personagem em situações em que sua pessoa é realmente desvalorizada, sobretudo pelo fato de que não pode agora usar a riqueza, o nome e a reputação da sua família para agir. Isso dá toda uma nova perspectiva, força-o a usar sua inteligência e seu instinto de sobrevivência, após a fase depressiva em que chega a Pentos. O mais interessante de tudo é a sua relação com Merreca, que apesar de ser uma anã como ele, de algum modo, ele ainda a vê como alguém inferior, digna de pena, como se ele mesmo não se identificasse com ela.

    A humilhação que ele sente ao ter que participar do espetáculo com ela e Porca Bonita transporta o Tyrion para uma outra realidade, despindo-o de parte de sua vaidade. Além de trabalhar o caráter dele, ele conhece de perto diversas situações que não passaria se tivesse chegado diretamente à Dany, o que ampliará sua visão como conselheiro.

  • Rei Ragnar †

    Acho que o Martin simplesmente contou um destino de um dos personagens para os produtores, e eles decidiram antecipar os fatos. Como fazem sempre.

    Se Stannis vier a sacrificar a Shireen não tenho essa certeza que seja apenas por um motivo nobre, como Azor Ahai. Ele pode perfeitamente, e como acho que morre no próximo episódio da série, ter levado um pau na batalha contra os Bolton e como sua última cartada vai fazer essa atrocidade. Claro que também ele pode nem estar envolvido, e a Melisandre fazer sozinha.

    Resumindo: Acredito sim que isso ocorra com a Shireen nos livros, independente de ser o Stannis ou não. Eles não iam invetar a esse ponto. Apenas adiantaram os fatos, como acredito que fizeram com o Barristan.

  • Marianna Albuquerque

    Vou te citar porque você acertou na mosca ao dizer: “O que podemos inferir disso tudo é que GoT foi boa enquanto tinha material original. Agora que pisa em caminhos não desbravados por Martin (pelo menos não publicamente) a série derrapa.” Concordo com você nisso, mas não creio que desacelerar as temporadas passadas seria necessário se eles simplesmente utilizassem todas, ou a maioria, das histórias cortadas dos dois últimos livros, como os núcleos de Arianne Martell, Arys Oakheart, Darkstar e Myrcella, o de Quentyn Martell, o dos Greyjoys, que tanta coisa acontece e cada personagem está numa jornada própria (Victarion, Euron, Asha e Aeron), todo o núcleo das Riverlands, com Randyll Tarly, Peixe Negro, Jaime, Brienne, Lady Stoneheart, Edmure, a irmandade sem estandartes e os Freys, os Manderlys… ter história pra contar eles tinham, mas preferiram cortar uma porrada de personagens interessantes, forçar personagens nas histórias de outros, vide Sansa, desvirtuar as histórias já existentes, ridicularizando Dorne, e deixando Brienne e Jaime sem fazer nada que preste. Isso tudo pra apertar a história em 7 temporadas, quando um livro só serviu pra 2 temporadas, quando a própria HBO já deu carta branca pra fazer 10 temporadas, já que é a série mais lucrativa deles. D&D estão preguiçosos, a sensação que dá é que querem acabar logo.

  • Marianna Albuquerque

    Eu tô relendo todos os livros pra diminuir a ansiedade 🙁

  • Willians Dias

    Só quero dizer uma coisa: O Davos, ao olhar pra Melisandre na cena, não estava plenamente ciente de que ela pretendia queimar a Shireen? Se sim, então porque raios ele foi embora, quando anteriormente arriscou a vida pra salvar o Gendry/Edric Storm? Na boa, por mais que isso venha a ocorrer nos livros, a forma apresentada na série permanece fraca e por puro “shock value”

  • Parabéns pelo texto muito bom mesmo.

    Acredito que nos livros, o Stannis não vai ter nenhum dedo na morte da Shireen, até pq ela está longe dele. Acho que vais er coisa da Selyse e da Melisandre.

  • Maquiavel: Monsieur du safadôn

    Um personagem sem carisma e odiado pela massa. Mas não vejo maldade
    Stannis. Ele não desperdiça seu tempo com falsos elogios e cortesias. Não
    dissimula, nem lisonjeia. Tem um hábito de ranger os dentes
    regularmente, o
    tempo todo preocupado com seu dever e sem largar as formalidades.
    Stannis é um homem sério, rígido, implacável, teimoso, inflexível e
    firme em suas decisões, tem um fortíssimo senso de
    justiça. No entanto, tem muita dificuldade em atrair pessoas
    que apoiem sua pretensão, devido à sua falta de carisma. E agora mata a
    filha(na série. Nego que um cara desses faria isso com a própria
    herdeira, até que os ventos cheguem e provem o contrário. Ainda assim ele é o legítimo rei de Westeros).

    Sobre o próximo livro se o Sacrifício(já que é motivo de ódio ao Stannis agora) deve acontecer pq Martin Falou:
    “Stannis
    ordenou a Massey que fosse a Bravos com Nestoris e usasse o dinheiro do
    Banco de Ferro para contratar mercenários. Ele deixou claro que, mesmo
    que morresse na batalha que se seguiria, Massey deveria completar sua
    missão e colocar Shireen no Trono de Ferro.”

  • Fear of a Blackwater Planet

    Fiquei chateado assim como acontecido com o Ramsay e a Sansa. Agora meio que to na fase da aceitação. Espero que tem alguma consequência realmente importante que nos convença da necessidade desse sacrificio.

    Pelo trailers deixam claro que e tempo vai ficar a favor do Stannis. E assim acho que depois desse sacrifício deve acontecer a morte Balon Greyjoy. Aquele sacrifício que foi feito anteriormente não teve força o suficiente para matar os 3 pretendentes de uma vez. Deve levar em consideração que o Robb morrer na terceira e o Joffrey na quarta ficando o Balon para quinta. Um a cada temporada. Vamos ver o desfecho no último episódio.

  • João Vitor

    Pelo que eu entendi,o Stannis não é obcecado por poder.Ele fala até pra Shireen sobre o destino dele(ele não estava se referindo a ele ser o rei, mas o sim em ser Azor Ahai).Então, ele prefere sacrificar a própria filha para um bem maior, que seria salvar Westeros dos Outros/White Walkers.

    Poucas pessoas sacrificariam a pessoa que mais amam para salvar o mundo. Isso só me fez respeitar mais o Stannis.

  • Carolina Devens Rabelo

    Eu estou com um pouco de dó do Martin. Ou ele tem um péssimo advogado, ou esses D&D são totalmente sem noção, de dar spoiler do livro assim, na cara de pau.
    Deve ser porque eles estão sendo muito criticados por essas mudanças na história e resolveram se esconder atrás do George.
    Não estavam dizendo que a série é a série e os livros são os livros? Então sejam coerentes e ajam como tal. Se eu fosse o George nunca mais contava nada pra esses dois e que eles se virem fazendo fanfic, já que eles gostam tanto.

  • Carolina Devens Rabelo

    Exatamente isso que eu penso. Já escrevi isso em algum outro post. Eles desperdiçaram material dos livros para das lugar a fanfic e spoiler, e isso não faz sentido nenhum. Como se todo mundo tivesse se interessado por Game of Thrones, apenas porque Ned morre na primeira temporada.
    A parte de Tyrion no livro, por exemplo, foi tão resumida, que chega à beirar o ridículo, e nem de longe é massante.
    Deve ser massante se comparar ao choque de queimar alguém vivo ou decepar alguém no meio, estourar os olhos de alguém, etc. Mas se a pessoa gosta disso, que assista logo Jogos Mortais. Os livros do George são inteligentes, não apenas violência gratuita.

  • Carolina Devens Rabelo

    Todo mundo está P da vida com D&D porque se você assistir a primeira temporada, ela é coerente com os livros. Tomando como base a 1ª temporada, eles estão de parabéns.
    Depois da segunda temporada começaram a inventar: Trocaram a origem da mulher do Robb, mudaram muito e resumiram a estória do Tyrion, mudaram a história da Sansa, do Barristan, da Brienne, do Jaime, do bastardo do Robert, serpentes de areia, Ellaria, agora Stannis. Tiraram Arianne, Quentyn, os Greyjoy, Cara-Malhada, Lady Stone Heart, Mãos Frias, além de várias mudançazinhas só “para chocar”.

  • Carolina Devens Rabelo

    É mesmo, só vai sobrar bastardo pra contar a história dos Baratheons.

  • Rodrigo Sousa

    Sinceramente, eu estou desconhecendo os fãs de GoT ultimamente, principalmente os dos livros. Toda decisão diferente de agora em diante vai ser motivo pra jogar pedra em D&D? Tanto a série como os livros sempre funcionaram por chocar mesmo, não entendo porque ultimamente tem se criado toda essa polêmica, primeiro Sansa, agora Shireen… “Ah, mas eles fazem isso só pra chocar e ter audiência”, ué mas é lógico! Além de ser uma série de TV que não pode ficar na mesmice sem usar recursos visuais, é tudo baseado em uma obra que se destacou exatamente por chocar! Será que ASoIF teria feito o mesmo sucesso sem as mortes de Ned, Casamento Vermelho, etc? Pelo menos para mim não teria o mesmo impacto. “Ah, mas Martin choca com propósito na narrativa, eles fazem só pela audiência”, será? Será mesmo?? O próprio Martin já declarou que os personagens dele “tem vida própria. Eles mostram o caminho, ele vai só escrevendo”. Muito do sucesso de Martin se deve ao choque também. E ele faz isso ‘porque é um gênio e tudo vai se encaixar no final”? Não tenho muita certeza. Martin é excelente, mas também quis vender a sua obra se apoiando no artifício do choque, do inesperado. E sinceramente não vejo porque D&D não podem fazer isso também, agora que chegamos no ponto em que, aparentemente, série e livros vão seguir caminhos mais distintos. É só observar o pessoal que acompanha apenas a série. Eles estão revoltados com a cena da Sansa? Ou com a morte de Shireen? Não, pra eles foi apenas mais um capítulo costumeiro de GoT. Tenho medo do que certos fãs vão pensar dos próximos livros de Martin. pois certamente teremos mais cenas chocantes, algumas só pelo choque mesmo.

  • leila.llfm

    Poderiam ter se alongado na adaptação dos livros, sim, seria o ideal, mas a vontade de D&D é fazer só 7 temporadas (mesmo com a HBO querendo 10). Eles poderiam alongar as temporadas para 12 episódios, com o último especial de 2 horas. Coisas assim…

    Às vezes a impressão que tenho é que eles vêem vantagem em mostrar do jeito deles o que vai acontecer. Pode ser uma vantagem para eles. Por ex.: próxima temporada não terão tantas críticas negativas poque os leitores não saberão em quê se basear para fazer suas resenhas.

  • leila.llfm

    Eu a acho direta, sem papas na língua. rs
    Quem sabe com essa fala dela os produtores não recuam e evitar falar de possíveis spoilers na próxima temporada, né?

  • Aegon Blackfyre

    Achei essa revolta da Linda meio desnecessária.

    Ter spoilers dos livros na série, ok.
    Ter spoilers específicos dos livros na série, aí não pode.

    Não acham que isso é meio que se iludir? Tapar o sol com a peneira? O que torna a revolta dela
    meio vazia.

    Qualquer conteúdo novo das Crônicas que passa em GOT eu ja presumo que estarão nos próximos livros, independente de D&D se pronunciar a respeito ou não.

    Já presumo que os zumbis dos WW nascem da maneira como a 4 temporada falou. Ja presumo que a Shireen vai morrer queimada. Ja presumo que aço valiriano de fato mata WW. E tantas outras descobertas que a série faz… Tudo isso vai tá nos livros.

  • Aegon Blackfyre

    Mano, a série ta cagando pra coerência dentro dela mesmo.

    Vc apontou uma ótima falha, dentre diversas.

  • Aegon Blackfyre

    Das duas, uma:

    – O próprio Martin acaba de desconstruir uma teoria feita pelos fãs: a de que Shireen seria morta na fogueira para ressuscitar Jon Snow;
    ou
    – Ele tá mentindo e ainda tá no começo dos Ventos.

    É muito sofrimento, viu. Não aguento mais tanta desinformação com essa coisa de série pra cá, livro pra cá. Vc não sabe o que é verdade e o que é rumor. O Martin diz uma coisa, os produtores outra. A série não vai seguir a rigor os livros, a série vai seguir a rigor os livros.
    (ok, eu li a matéria, muito boa por sinal, mas ainda assim ainda vamos ver muitas pedaladas, pode ter certeza).

    Na real, pq deram uma história tão complexa como GOT para 2 iniciantes? Taí a confusão que deu: personagens descaracterizados, shock value alto, trama toda cagada.

  • leila.llfm

    Já li no EW que ele gostaria que saíssem até a estreia da próxima temporada ou um pouco depois (eles devem atrasar o lançamento para não tirar a audiência do show). Mas são rumores…

    Só sei que os fãs tem que se acalmar; escrever é uma arte difícil.

  • Aegon Blackfyre

    Esse teu palpite é uma teoria FORTE dentro do fandom. Não sei se tu sabia disso, hehehe

    Eu fiz um post aqui exatamente sobre isso. Eu não sei se Jon Snow vai passar o Winds of Winter inteiro morto. Quem vai contar os acontecimentos do Norte? O GRRM ja falou que não haverá novos POVs. Só se fosse a Melisandre. Mas meu palpite é que o desenrolar da morte do Jon será no começo do livro. Se meu palpite estiver certo, GRRM acaba de sepultar uma das teorias mais difundidas pelos fãs.

  • Aegon Blackfyre

    Marianna não merece palmas, mas o Tocantins inteiro haha 😀

  • Aegon Blackfyre

    passa o link ai, Bel

  • João Victor

    Se o Barristan, alguém com grande conhecimento da política e geografia de Westeros estivesse vivo e auxiliando a Daenerys, não teria sentido ela escolher o Tyrion para auxilia-lá.

  • Milene Ste

    Você está influenciado pelo livro! rsrsrsr Aposto que leu. Converse com fãs da série não leitores e verá que a mensagem que a série tá passando não é essa.

  • Milene Ste

    Perfeito hahaha! E por favor me explica o diálogo do Primo Orson e os besouros pois muito se falou na época sobre isso, mas eu realmente não entendi até agora o que de fato aquilo tudo queria dizer! Não tinha sentido algum mesmo?!

  • Tamires

    É até possível, vamos torcer…

  • Gaius Baltar

    Quando eu falei mais lenta quis dizer inserindo justamente essas tramas que você falou Marianna. Foi mais fácil para eles “enxugar” o número de personagens, mas se tivessem seguido um pouco mais o livro teríamos mais tempo em tela de vários personagens interessantes que foram relegados a segundo plano ou suprimidos.

  • Igor Carvalho

    São tantas as pontas soltas. Stannis da série é tão insípido…

  • Gaius Baltar

    O que eu achei engraçado Bel foi ela ameaçar com spoilers que só o são para quem quiser, em retaliação a um spoiler real. Além disso ela está se achando a guia espiritual dos “spoilerizados”?

  • Moisés Araujo Kalile

    Volto a reiterar que não assisto à série e a própria me dá cada vez mais motivos para isso… Vi apenas os episódios que me eram interessantes. Hollywood distorce qualquer coisa em prol de dinheiro (os filmes do Hobbit que o digam…), enquanto eles tinham os livros para se basear a coisa estava tendo um caminho aceitável, mas a partir de agora, tudo pode acontecer… Acho que troco os diretores de Hollywood por diretores de novela e não quero troco… XP… Sugiro que quem não leu, leia, ganha muito mais.

  • Lukas

    Teriam que mostrar um desespero maior de Dany para que ela autorizasse que Tyron, que é de uma família rival, entrasse para seu conselho. Agora que ela não tinha Barristan e exilou Jorah, ela não tinha mais ninguém com conhecimento tão bom de Westeros

  • Robert Forte

    A melhor parte desse post, foi ler que o GRRM está escrevendo um capítulo do novo livro! Hehehe…

  • Henrique Tavares

    Odiar mais que o Ramsay acho exagero, um puta exagero. Um é sádico e mata e mutila e causa dor por prazer. Stannis estava louco e desesperado. Não estou defendendo o Stannis, mas o motivo dele é bem mais cinza do que o de um Joffrey ou Ramsay.

  • Pablo Meireles da Rosa

    mas é engraçado que eles nem se referem ao Balon como rei. Nessa temporada, a Sansa lembra ao Theon: Tu é Theon Greyjoy, filho de Balon Greyjoy, LORDE das Ilhas de Ferro.

  • Pablo Meireles da Rosa

    É. Eu que defendi a correria no início, agora vejo que cagada foi não usarem duas temporadas para adaptarem os dois livros mais recentes. Sdds Arianne, os Greyjoy, os Griff, Merreca (não, Merreca é brinks, já vai tarde)…

  • Augusto Dala Costa

    Entendi o ponto, mas não existe nenhuma “Lei” propriamente dita que invalide a autoridade de um rei só porque ele é meio maluco. Outros Targaryens eram pirados também e ninguém fez nada quanto a isso. Por mais que isso fosse uma coisa que eu gostaria de ver, não acho que os soldados e lordes iriam se rebelar simplesmente por pedido da filha do rei, que tem menos autoridade que ele. Dava pra ver que os soldados estavam bem incomodados na série, mas não fizeram nada. Hoje em dia faz muito sentido se rebelar contra um governo insatisfatório, mas na era medieval (mesmo que seja medieval fantástica) não faz muito sentido. Vide quando Aerys II matou o irmão e pai do Ned e demorou um bom tempo pra alguém pensar em fazer alguma coisa.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Dessa forma, ficará impossível fazer as próximas temporadas sem os livros escritos. A guerra entre produtores e editores foi declarada. Apesar de que o bom senso seria esperar Martin terminar os livros, ou teremos a qualidade dos diálogos caindo gradualmente – posto que não se basearão em nada -, é óbvio que a HBO não se desfará de sua galinha dos ovos de ouro.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Os ótimos textos sobre o caos em “the climb” e da cersei do “power is power” são dos produtores. Às vezes, eles erram, mas acertam também. Apesar de que o diálogo entre Tyrion e Jaime foi pra justificar o injustificável gosto do Montanha por esmagar cabeças.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Ninguém ligou pra morte do Barristan, a não ser os leitores do livro. Na série, ele era basicamente ninguém. Então, não tem nada de manter fórmula.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Era óbvio que a cena da Dany ia ser nesse episódio. O que se pode debater é o fato de porem o sacrifício de Shireen antes da cena da Dany, e não o contrário. Não concordo que o episódio 9 tem de ter algo chocante, mas sim algo grandioso. As batalhas da 2a e 4a temporadas não tiveram nada de chocante.

  • RenanRCV

    Nunca concordei tanto com um texto deste site. Parabéns!

  • Don Ramon

    Também acho. Martin tá perdendo a oportunidade de dar um puxão de orelha deles, sutil – estilo Tyrell.

    Eles precisam sustentar suas próprias escolhas. Sair das costas do Martin. Não vão seguir a série? Não vão criar mais e mais diferenças? Aguentem as críticas.

  • Vaz

    Seria bem legal, mas acho difícil.

  • Gaius Baltar

    Posso (e espero) estar muito errado leila, mas é justamente quando eles querem colocar a marca deles que a coisa desanda.

  • Felagund

    O velho deve estar arrancando os cabelos da barba. Os caras vão terminar a historia dele como bem entenderem e antes dos livros. Fato.
    Eu só espero que ao menos os livros sejam bons. tsc.

  • NightSpy

    Bacana essa teoria.

  • Alvaro Rexs

    O que eu mais gosto nesse blog é que eu conheci o universo dos fãs de uma obra. Antigamente, se eu gostasse de uma coisa, geralmente conversa com um ou dois amigos… ruim ou bom, ficava naquilo mesmo.

    Eu apenas via pela internet os encontros dos fãs de Senhor dos Anéis, Guerra nas Estrelas, Goonies e outros mais.

    E é bom confabular com gente que gosta das mesmas coisas que nós…

    Mas, como tudo do modernismo, também noto dos exageros! As pessoas são altamente revoltadas com as coisas, e não costumam aceitar algo que não foi fabricado exclusivamente por/para eles.

    Eu senti algo semelhante no filmes Transformers… que não saiu do jeito que eu queria… Também achei o Conan novo uma bosta, mas meu sentimento por aí ficou.

    Mas a turma além de tudo, quer fazer sempre mais! Querem se revoltar, fazer protesto, ameaçar o produtor, ridicularizar, menosprezar e etc…

    Gosto é gosto, disso eu sei. Mas encher saco dos outros porque as coisas não estão do seu “gostinho” pra mim é birra de criança mimada (aquelas que ficam esperneando dentro shopping se a mamãe não comprar o brinquedo que elas querem!).

    Outros irão dizer: “Eu tô pagaaaaaando pela assinatura, tenho direito de querer algo de qualidade!”. Com certeza, exigir é sempre bom… só tenha a noção se o que você exige é algo extremamente personalizado!

    Eu acho a série do caralho, algumas coisas na minha imaginação aconteceram de forma divergente do que foi exibido, não tenho nenhum compromisso em defender os produtores (ganho nada com isso) e não faria nem de longe uma série melhor.

    Por esses motivos eu agradeço a D&D, não por terem feitos as coisas do jeito que eu queria, mas por fazerem uma coisa legal pra kct, e que me motiva a sempre assistir! Reconheço que eles fazem um trabalho herculeo para adaptar uma obra tão complexa, e acredito que deva ser chato, muito chato, sofrerem uma enxurrada de críticas por que deram toques pessoais a série.

    Enfim, todo mundo se acha dono de tudo! É o socialismo das idéias… a mente de abelha.

  • Ericsson Castro

    A série é uma coisa, os livros outra, acho que é difícil o pessoal entender isso…

  • Anderson Lima

    Rapaz, já li todos os livros 2 vezes. To pensando em ler mais uma… rsrs
    Considerando que o GRRM pretende lançar o livro antes da 6ª temporada, creio que deva sair sim antes de maio de 2016. Aí até chegar no Brasil acho que vai mais uns 6 meses… Ou seja, só vai chegar aqui no segundo semestre do ano que vem. =/

  • marcelo

    Concordo!!!
    Para entender Stannis, só lendo os livros.

  • Todo mundo sabe disso, e já é o argumento mais idiota que tem. A série é a série e o livro é o livro, mas se não fossem os livros a série não existiria. A série se diz baseada nos livros, então acho normal querer comparar, ou sentir falta de algo que não foi retratado, ou que foi mal retratado. Difícil de entender pra mim é por que alguns fãs se sentem feridos quando D&D são criticados em qualquer instância. Vocês tem medo que a série seja cancelada por causa das críticas? Não se preocupem. Por pior que a temporada seja, ninguém quer que a série acabe. Principalmente a HBO. Abraços!

  • Priscila

    Mais com certeza, apesar de Martin não opinar em nada na série (atualmente), ele esta liberando o conteúdo pra eles, até pq existe um contrato, claro que eles vão usar de desculpa o fato do livro não ter sido lançado para sambar na cara dos fãs FATO, mas duvido muito que eles não tenham o conteúdo dos Ventos do Inverno liberados pra consultas a qualquer momento. Pq vai chover spollers do livro ano q vem (oq não é uma coisa exatamente ruim na minha opinião), e tbm tem muuuitoo conteúdo nos livros já publicados que eles não abordaram, portanto coisa pra fazer é oq não falta, oq falta mesmo é vontade e talvez dinheiro.

  • Ericsson Castro

    Sim, concordo. Porém o Boom com os livros são por causa da série, chuto que 70% de quem leu os livros foi depois da série, o que não e ruim. Da para ler os livros e ver a série de boa, e só separar as coisas, apesar de serem a mesma, rs.

  • Foi isso que eu quis dizer. Na minha análise do episódio eu assisti a cena da Danny antes da do núcleo de Stannis e achei que fazia muito mais sentido.

    Mutias vezes algo grandioso é chocante, não por morrer alguém, mas justamente por ser grandioso. Mais um motivo para a cena da Shireen não ter a mínima necessidade de ter sido filmada sabendo que haveria a cena da Arena.

  • GalahadGraca

    A série cagou no Stannis: Tornou o personagem não um fanático, mas um maluco, pois a sua decisão é absolutamente inexplicável. Tem uma passagem do livro em que Melisandre, se não me engano, pensa o quanto Jon e Stannis são parecidos, e que o verdadeiro Deus deles é a honra. Nos livros, até a Melisandre sabe que o Stannis não é verdadeiramente um devoto de R’hllor. Aí na série ele vira um maluco que acha que para ele sentar no trono de ferro vale tudo, até fazer churrasco da própria filha. Tenham dó, isso foi ridículo. Estão transformando personagens em algo que definitivamente não são.
    A série nessa temporada só conseguiu acertar no núcleo da muralha e Jon.

  • xYanx

    Muito draminha essa gente faz sobre os livros. Eu tenho os livros e preferi não ler, estou curtindo de mais a série.

  • Adriano

    Ótimo…
    Mas que tal os produtores serem um pouco mais cautelosos na elaboração do roteiro, sendo este roteiro de acordo com a construção do personagem ao longo das 5 temporadas.
    Não é só Stannis… Mas Sansa…. Mindinho… Jaime.

  • Romulo Viana

    Sinceramente – e respeitosamente – achei que o texto procura “inocentar um pouco” o autor dos livros.

    Obviamente, haverá diferenças livros x série, mas e daí? Ele deve ter dito o que vai acontecer, e os caras deram a versão deles.

    Como não leitor dos livros, fica claro pra mim o quanto os leitores tem um certo receio de chegar o momento em que se tornarão “não leitores”. Um grande exemplo disso é que a maioria dos leitores dá odiando a atual temporada e os não-leitores tão de boa – claro que questionando as coisas inverossímeis ou mal-feitas, como as cenas de Dorne. Um pouco de falta de expectativa faria muito bem.

    Entendo totalmente a reação dos leitores quando às mudanças e lacunas da adaptação pra TV, totalmente justo; mas se o velho tivesse cumprido o cronograma – previamente acertado com D&D – e terminado os livros, nada disso estaria acontecendo; a responsabilidade das merdas seria inteira dos produtores.

    Aí fica todo mundo: “ah, mas deixa ele ter todo o tempo do mundo, por que sabemos que será genial”. Ok, mas isso me parece um pouco condescendente demais.

  • Dênis Victor

    Só o que eu li foi: Mimimimimimimi.

    A maioria aqui só conheçeu os livros por causa da série. Depois de ler os livros (e se sentirem fãs superiores por isso) ficavam entupindo a internet de spoiler da série, agora ficam cagando goma por que a série está ultrapassando os livros.
    Vão carpir um lote!

    Espero realmente que a sexta temporada saia antes do livro e extremamente fiel a ele. Quem não quiser que não assista.

  • ricardo dos santos junior

    Nossa!!! é muito tempo heheheheh, ainda bem que eu não li (o cavaleiro dos sete reinos) ainda.
    E aqui ao lado da pagina tem um anuncio de (o principe de Westeros), e (o dragão de gelo), mas estre dragão de gelo não é das cronicas de gelo e fogo, pelo que já li aqui nos comentários. obrigado pela informação amigo.

  • Mais um dos vários problemas com a cena.

  • O “engraçado” é o Stannis ter ficado convencido do poder mágico do sangue real a ponto de sacrificar a filha sendo que só 2 dos 3 morreram com as sanguessugas.

  • Rafaela Bastos

    Não me importo que modifiquem acontecimentos. Entendo que seja assim.
    Só acho ruim tornar personagens bons em incoerentes (Stannis, exemplo) e desconstruí-los (Arya que tinha aprendido a mentir e virou uma barata tonta no bordel).
    Sansa ainda dá tempo de mostrar o que aprendeu.

  • Adriano

    Nossa…Conte-me mais pequeno padawan…???
    Com esta quantidade de ódio no coração vc é um forte candidato a se tornar um Sith….
    —————
    Não vi nenhum MIMIMI… Os caras soltaram um Spoiler bruto que não se sabe nem se é verdade absoluta…se é meia verdade ou se é mentira.
    O mais adequado seria eles fazerem a cena e terem responsabilidade ABSOLUTA pelo que fizeram. A meu ver eles foram infantis tipo o guri na escola que bate em outro porque um terceiro mandou….Eles sabiam que ia dar falatório e resolveram tirar o corpo fora: Tipo nós fizemos isto mas foi idealizado pelo Martim nos livros. Não foi profissional.
    Me veio a mente de algo que o Martim falou sobre dar um rumo diferente a um personagem que D&D já tetriam descartado. Seria uma trollada épica se Shireen não morresse. Apenas uma suposição.
    —————–
    Como vc foi agressivo não posso deixar de dar a minha alfinetada:
    O que me deixa MUITO, MAS MUITO tranquilo é que escritores como GRR Martim, Tolkien, King e Cornwell, NUNCA serão superados por caras como Benioff, Weiss ou Cogman.
    Ainda bem que a segunda temporada de True Detective esta ai…. com elenco pra lá de FODA e história que se tiver apenas um terço da genialidade da 1ª temporada já será o suficiente pra me fazer esquecer esta temporada de GoT.
    Sem falar que na sexta feira tem Penny Dreadfull (Vanessa Ives e Cia Ltda são DUCA), e este ano pode sair a segunda temporada de The Leftovers. Então série por série pra mim GoT é só mais uma.

  • Rafaela Bastos

    Mas o aço valiriano matar WW e a forma como eles nascem já estão subtendidas no livro 5, não foi spoiler, só confirmação.

  • D_a_v_z

    Ela não falou que faria, ela falou que da vontade de fazer isso. Mas logo depois no vídeo q eles publicaram no youtube ela disse q n se daria o trabalho de fazer pois os atingidos não seriam D&D e q não tem forma nenhuma de atingir eles do mesmo modo que eles atingiram os fãs dos livros.

  • Leonardo

    Na boa agora quem está se comportando como crianças do verão são os leitores dos livros. Pessoal vamos ser mais racionais.

  • Roberto

    Concordo contigo Grande Bacellar. Uma adaptação pode ser boa ou ruim tendo em conta a sua principal referência: Os livros. Os autores criaram um lindo quadro onde pai e filha se abraçam e se amam e depois, do nada, os caras mandam Stannis torrar a filha. Chocar por chocar sem desenvolver os personagens, já basta os monstros da serra elétrica. A cena foi cruel, mas cruel está sendo essa temporada, exceto o núcleo da Muralha. Abs;

  • guilhermedc

    O que me incomoda particularmente é essa “cruzada” contra os produtores que parece, cada vez mais, incitada por vocês do site. Eu defendo apenas a minha opinião e mais de ninguém, mas acho injusto colocar tudo de ruim na conta de duas pessoas que fazem parte de uma equipe de trabalho que se esforça para fazer o melhor e é claro que a série não existiria sem livros, porém, pelo menos no meu caso, eu não conheceria os livros se não fosse pela série.

  • Você viu os tweets da Linda no texto. Aquilo que é “incitar uma cruzada”. Já viu alguma coisa parecida com isso no site? Não. Pelo contrário. Mesmo não gostando tanto da temporada estamos aqui publicando reviews, podcasts, notícias e sendo chamados de “mimizentos” (ou coisa bem pior) toda semana, simplesmente por defendermos uma opinião. Abs!

  • “Qualquer coisa que não tenha acontecido nos livros ainda está sendo criticado.”

    Não generalize, Italo. A sequência de Hardhome não está nos livros e foi amplamente elogiada aqui no site porque foi boa, e é isso que nós queremos. Abraços!

  • Se ela reamente morrer, acaba com minha teoria de que ela seria a Terceira Cavaleira de Dragões… o que vai ser uma grande decepção, a minha primeira decepção nesses livros.

  • Eu sei, e não retiro uma palavra do que disse, hehehe. Abs!

  • Felipe Dias de Moraes

    ele não foi pra muralha pra ganhar algo, ele foi pra ajudar a patrulha da noite na guerra contra os selvagens

  • Revoredo

    Dizer que algo não aconteceu é spoiler? Até pq, pode ser que nem chegue a acontecer uma batalha por Winterfell, e pode ser que aconteça qualquer coisa com Asha ainda.

  • Romulo Viana

    Sim, e concordo contigo. Andei dando uma fuçada na net e vi um planejamento excelente para 9 temporadas, considerando 7 livros.

    Mas pergunto: seria factível? O Bran teria 19 anos ao fim das 9 temporadas. E se o ator que faz o Mestre Aemon morresse antes da 5a temporada? Há muitas coisas assim para considerarmos. Ou os caras teriam que filmar 2 temporadas por ano e exibir com algum delay, o que também acredito ser inviável, senão eles já teriam feito.

    O que eu – como não leitor – sempre tento pensar é: se os caras sabem o fim da história(o fim resumido) e eles decidiram cortar as Ilhas de ferro, por exemplo, é por que provavelmente eles não terão um papel relevante para o fim da saga.

  • Daniel Silva Pereira

    A série mostra que ele sacrificou ela pelas questões sobre Winterfell apenas, não cita o AA nem os WW

    Eu espero que nos livros seja bem nesse conceito

  • Calvin

    Hum, Stannis queimou sua única herdeira, e agora?

  • Eu digo é o convencimento dele na magia, mesmo que das 3 sanguessugas nem todas tenham sido efetivas. No livro ele protela a decisão ao máximo sobre sacrificar Edric e só aparentemente concorda em queimá-lo quando os 3 reis morrem, ou seja, teria ficado “comprovado” que a magia de sangue funcionou. Na série com 2/3 vivos nem essa “comprovação” (que já é fraca) existiu, e mesmo assim o cara anuiu em queimar não o Edric, mas a própria filha.

  • Calvin

    Quiz dizer que tal como houve com Ricardo III, sua imagem será denegrida por seus adversários, e talvez ele mereça isso.

  • Aegon Blackfyre

    Onde? Não lembro.

    A gente sabe que os zumbis são controlados pelos WW. Não sabemos como. A série foi la e mostrou.

    Aço valirino é diferente de obsidiana/vidro de dragão. O Sam encontra um livro antigo que fala sobre isso, mas é só. Nunca foi posto em prática.

    Além do mais, spoiler não é só fatos novos, mas também fatos nebulosos, que existe uma certa presunção de ser verdadeiro, mas não ter a certeza.

  • Meistre Alex

    Pior que ele já aceita queimar o sobrinho com apenas uma morte, que é logo a do Robb.
    A morte de Balon no livro é misteriosa, poderia se pensar envolver algo sobrenatural. Até a morte de Joffrey poderia se pensar envolver uma entidade sobrenatural. Mas a do Robb é a que não envolve nada de misterioso, duas famílias o traíram e massacraram seu exército, simples, nada de sobrenatural.

  • RedViper

    Não entendi. Ele tem na cabeça que é o salvador, e tem aquela parte que ele olha no fogo depois da derrota na Água Negra e a Melissandre diz a ele que a batalha verdadeira sera no Norte. Não foi a mando da Mel, ele tinha sido derrotado, estava sem um exercito. E como estrategista ele sabe que o Norte está quebrado e precisando que alguém os una. Ele foi lá pra conseguir um exercito, e conseguiu parte dele já. Na série temos a impressão que tudo oque ele faz é pela “pussy power” dela. No livro EU, pelo menos não tenho essa impressão.

  • RedViper

    Na moral a atitude dos produtores foi tipo, quando uma criança faz algo errado, ai a mãe vem tirar satisfação e ele joga culpa no irmão. “Não fui eu… ele que disse…”
    Como ja disse, produtores BUNDÕES!

  • Dênis Victor

    Seus amiguinhos ficaram decepcionados porque alguns dos seus “spoilers” não se concretizaram? Que chato em…

    E como foi descobrir que livro é livro e série é série?

    Como é perceber que uma narrativa de dez horas (adaptada de livros densos) tem que ser mais enxuta, mais corrida e com mudanças que propiciem arcos mais curtos (como a futura “metamorfose relâmpago” da Sansa)?

    Agora, comparar com True Detective que é uma ótima série, mas que já foi pensada nesse formato é o fim da picada…

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Qual o interesse em ajudar a Patrulha contra os selvagens? Eles só estão fugindo dos White Walkers, é tanto que Jon Snow decidiu deixá-los passar. O deus da Melisandre que fez Stannis ir pra Muralha porque a verdadeira guerra seria travada lá, mas, ao invés de ficar lá, ele novamente quer o Trono de Ferro. Não faz sentido, a não ser que ele tivesse ganhado alguma coisa tendo ido pra Muralha, o que não aconteceu, pois nem os selvagens ficaram do lado dele, nem Jon Snow quis virar um Stark, pra assegurar o Norte pro Stannis.

  • Italo, eu e muitos outros criticamos a série em suas inconsistências e incoerências desde muito antes de haver spoilers (confirmados ou não). O problema não é ser diferente, o problema é ser diferente para pior, se utliizando de artifícios baratos de melodrama, clichês, tropes repetitivos e lógica duvidosa (sendo gentil).

  • Então quando vai elogiar, falar bem e bater palmas também é uma “cruzada”?
    É claro que eu vou dar minha opinião quando considero haver problemas, por que não?
    E o fato de a série ter popularizado os livros não a blinda de críticas, absolutamente.

  • Considerou o artigo besteira impensada sobre qualquer coisa?

  • O intuito central dos livros não é ser “a saga do choque”. O da série sim.

    Sobre o assunto, cito o próprio George falando de um dos plots que vai incluir no próximo livro:

    “This is going to drive your readers crazy, but I love it. I’m still weighing whether to go that direction or not. It’s a great twist. It’s easy to do things that are shocking or unexpected, but they have to grow out of characters. They have to grow out of situations. Otherwise, it’s just being shocking for being shocking. But this is something that seems very organic and natural, and I could see how it would happen. And with the various three, four characters involved… it all makes sense. But it’s nothing I’ve ever thought of before. And it’s nothing they can do in the show, because the show has already—on this particular character—made a couple decisions that will preclude it, where in my case I have not made those decisions.”

  • Cecília de Sá

    Mas tiveram as mortes do Renly e do Cortnay Penrose (acho que é isso, o cara que protegia o Edric Storm), isso já bastava para provar o poder da Melisandre.

  • guilhermedc

    Com certeza a série deve ser criticada positiva e negativamente pelo que ela mostra. O que eu sinto com as constantes críticas é que a situação virou pessoal contra os produtores. Sou a favor de criticar a obra, agora xingar os autores (encaixo aqui a série e os livros) eu não concordo, acho injusto. E você deve saber que a sua crítica/opinião influencia muito as pessoas, portanto pense melhor antes de ser agressivo com quem não compartilha as suas ideias.

  • Felagund

    Concordo em gênero, número, e grau. (Y)

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    As críticas até a 4a temporada eram pontuais, quase nulas. Apenas o estupro da Cersei – que foi uma cena bem parecida com o narrado nos livros – teve uma repercussão negativa. Já a 5a, desde sempre os leitores estão quase boicotando, apesar da crítica especializada tanto nacional quanto internacional chuver de elogios – e com Hardhome é bem possível que finalmente a série ganhe o Globo de Ouro e o Emmy. Criticam escolhas da própria história, o que ao meu ver, só acontecem porque se diferenciam dos livros.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Ele precisava ter ido lá pra ganhar um exército? O Banco de Ferro apoiairia ele também se fosse pra tirar os Lannisters do poder.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Eu nunca gostei de Dorne nem dos Greyjoy – acho que os 2 núcleos não deviam nem existir no livro, pois causa um desinteresse muito grande, já tem tanto personagem, martin ainda inventa mais 300 que nem se relacionam diretamente com a disputa pelo trono -, então não passei por esse seu constrangimento kkkk. Mas o que seriado fez com esse núcleo foi realmente imperdóavel. Dava pra cortar todas as cenas tranquilamente que não ia alterar em nada.

  • E essas tantas outras coisas que acontecem de forma abrupta também foram criticadas. Apenas a repercussão foi menor.

  • Talvez os meios que você frequente sejam diferentes dos meus. Não é porque você pessoalmente não as via que as críticas não existiam. Isso só se acentou à medida em que todos os pontos ruins dos plots, que apontei no post anterior, foram gradativamente aumentado, chegando a um patamar nunca antes visto na 5ª temporada. E isso não foi sentido apenas pelos leitores.

    Dizer as escolhas da história são criticadas somente por serem diferentes dos livros ou demonstra ignorância com as críticas ou má-fé para desqualificá-las. Como já disse, pode ser diferente, desde que faça sentido e não insulte a inteligência do espectador. Mas acho que esse ponto de vista você realmente não vai entender.

  • Maria

    Exato, eu ainda estou lendo o quinto livro, ou seja, não sabia que a tal batalha tão esperada não vai rolar afinal. Tem vários capítulos sobre a batalha iminente, todos estão apreensivos. Tb não vou ter surpresa nenhuma quando algúem comentar que talvez seja melhor queimar a Asha, pq já sei que ela não vai mesmo. Ou seja: SPOILER.

  • Camila Flor Cirano Ritter

    Oi pessoal! Acho muito massa ler todas as idéias e discussões! Nunca li os livros, apenas acompanho a série. E a respeito desse assunto, lembro que após o comandante mormont ser atacado por um vagante,o meistre aemon mandou alimentarem os corvos pra enviar para toda westeros pedindo ajuda contra os vagantes. E posteriormente mostra o Davos lendo isso a Stannis. Então imagino que foi por isso que eles foram para o norte. Obvio, associado a profecia da melisandre!

  • Danilo Henrique

    Oficialmente ainda temos o Rei Tommen Baratheon. Mas….

  • Dênis Victor

    “Mindinho, O CARA série, que sabe de tudo e de todos, não conhece Ramsay Snow”

    Não conhece Ramsay Snow? Ta locão?
    Aaaa é… É verdade, ele conheceu o Ramsay Bolton… :p

    “Varys no inicio trabalhava pro Rei Robert espionando e pasmem mandou um assassino pra matar Daenerys…. quatro temporada depois ele quer coloca-la no Trono de Ferro”

    Você acabou de provar o quanto vc (não) manja do personagem (Varys) e da narrativa da série (Tão inocente quanto um Stark… kkkkkk). Não adianta ler a p… do livro e não saber interpretar texto.

    Neve? Se em um ep. estiver chovendo e no seguinte (retratando dias posteriores) não, é erro de continuidade?Vc é o que, a garota do tempo?

    Filha do Oberyn que (ainda) não apareceu e tudo mais relacionado ao núcleo de Dorme que (realmente) é capenga, mas pode melhorar (principalmente incluindo os personagens que faltam) eu nem considero argumento.

    Continue sendo hater com complexo de superioridade literária (mesmo sem saber interpretar aquilo que lê ou até mesmo assiste) que vc vai longe…

  • Fear of a Blackwater Planet

    Essa é a graça da série as mortes podem te acontecido pela sucessão de acontecimentos ou foi por causa do deus vermelho. Ou os dois juntos. Ae cada um tem a sua interpretação do que aconteceu. Melisandre e Stannis acreditam que funcionam pois essas mortes aconteceram após os ritual.

    Um detalhe interessante é que o Stannis tratou o Jon Snow, sendo que foi ele que fez o ritual para que o Robb morresse. Ele ja mandou seu aliados para fogueira, iria colocar o Gendry para queimar também, Mance Rayder para queimar e mandou punir os guardas que deram mole para o Ramsay. Stannis é honesto no que se propõem a fazer.
    Um Rei que decide e não tem volta.

    Uma coisa que a série deixa claro o sangue do Rei para lá da muralha não serve de nada para sacrifício.
    E o que o Davos vai fazer depois desses acontecimentos ?
    Ele poderia ser juntar a Brienne. Ou procurar o Gendry. Escoltar o Sam para cidadela,

    Ou dizer: Fuck the Stannis, Fuck the R’hllor, Fuck the Melisandre, Fuck the Selyse, Fuck the King

  • Gildo Cravo Batinga Neto

    Teoria? Quais os fatos?

  • Gildo Cravo Batinga Neto

    Realmente, não faz o menor sentido. Mas, talvez, a nevasca da série tenha sido pior que a dos livros. Para falar a verdade, nos livros, eles lidam bem com a situação. Apesar de não estarem preparados, estão dispostos a encarar os riscos.

  • Gildo Cravo Batinga Neto

    Na verdade, saindo de Pedra do Dragão, Stannis ganhou vários aliados: clãs, selvagens, corvos, piratas e até o banco de ferro.

  • Adriano

    Galera do site… Melissandre deve ter sacrificado algum infeliz por ai…. Já são três fóruns que só consigo entrar pelo Disqus….
    A bruxa tem poder…. Estejam alerta.

  • Adriano

    Ramsay Bolton ou Snow pouco importa. Mindiinho não sabe quem é o cara…. Sendo Ramsay o herdeiro da Casa Bolton, filho do Lorde Protetor do Norte, legitimado por um decreto e, Mindinho não o conhece…???? Dificil meu rei de aceitar isto…. Sendo que ele colocou um dos seus trunfos a mercê de um completo estranho. Mesmo que Mindinho tenha apenas uma preocupação que é ELE MESMO, Sansa AINDA é a melhor aposta dele pra conquistar o Norte… E ai ele resolve casa-la com uma cara que ele não conhece… KKKKKKKKKKKKKKKK…. Vindo de Mindinho é uma piada ele não ter a mínima idéia e nem sequer procurar e achar alguma informação acerca de Ramsay. Completa descaracterização do personagem. Dificil de aceitar que o cara responsável por algumas das maiores articulações em Westeros (Guerra entre Lannisters e Starks, Morte de Joffrey, União da Casa Tyrell com a Casa Lannister, Casamento de Sansa com Tyrion) tenha dificuldade em conseguir informações consistentes sobre o filho de um lorde que por acaso é o Lorde Protetor do NORTE. O Norte que é o seu alvo…O Norte que vai ser a porta pra conquistar o resto de Westeros. Ele já o Senhor Protetor de Harrenhall… Ele tem uma grande influência sobre o herdeiro do Ninho da àguia…. Meu rei, vc não acha MUITO ESTRANHO, o cara que tem influencia sobre TODOS estes locais (que por ventura é mais da metade de Westeros) não saiba NADA sobre Ramsay Bolton???
    ———————-
    Daenerys não era a aposta de Varys para o Trono…. A aposta SEMPRE foi Aegon.
    O engodo da trama envolvendo Viserys, Daenerys, Aegon, Arianne e Quentyn é bem complexo e acredito que por isto D&D desistiram. Não deu pra incluir o plot de Aegon na série…. Ai sobrou que tiveram que adaptar… O mesmo sobre Dorne…. Myrcella foi pra Dorne pra se casar com um dos filhos de Doran…. Mas não deu pra fazer Arianne e Quentyn e ai adaptaram…mas se esquecem do que foi mostrado nas temporadas anteriores.

    —————-
    Sobre as estações: Neve não é chuva… Nevar em Winterfeel e não nevar na Muralha é plausível, pois no outro dia pode nevar na Muralha e não nevar em Winterfell… è o Norte… O Norte é assim.
    Mas ali é o NINHO…é o Vale…e não cai neve a não ser que se esteja no INVERNO.
    —————
    Não sou HATER…se fosse HATER já teria largado a série… Mas não acho que seja esta maravilha toda… è uma série boa… Mas é só.
    ————–
    Meus amigos que não leram os livros me questionaram algo…talvez vc possa responder:
    – Como diabos vc encaminha o seu filho ÙNICO e HERDEIRO pra um lugar dominado por uma família que: Matou o seu irmão…matou a sua irmã… matou os seus sobrinhos…???
    Estou falando de Doran encaminhar Trystane pra KL…e ainda colocá-lo no Conselho…
    A resposta que vc der eu darei aos meus amigos…. Eu disse que ia pesquisar…. Porque REALMENTE eu não faço a menor idéia…

  • Lulu

    A impressão que me dá é que a série está tendo um “domínio” sobre o livro que eu acho muito estranho… Deixou de ser uma série baseada em um livro como era pra ser, pra se transformar numa “terceirização” da essência da história para a HBO. Não sei se me fiz entender…

  • Lulu

    Pra que desejar mais desgraça pra Sansa?

  • Marcella Said

    Muito fraca essa temporada, não existe defesa para isso. Você não deve ter lido os livros. Faça isso e compare com a série.

  • ingrasado

    engraçado você chamar o cara de hater sendo que você mesmo começou com a agressividade.

    Como muita gente já disse, nao importa se está ou nao no livro, importa é que os produtores não põe o pau na mesa pra assumir as alterações. Além disso, as opções deles são pelo choque e surpresa, para conseguir um ibope que Got ja tem garantido. Lamentável. No mais, continua sendo uma produção sensacional, mas porque ainda tem núcleos que funcionam. O diabo vai ser unir tudo isso com coesão.

  • Alex B. Silva

    Pensando bem faz sentido, uma vez que até o RR Martin revelou o final das crônicas para os responsáveis pela série, caso ele venha bater as botas antes de finalizar os livros. Então se o que os responsáveis pela série estiverem fazendo é dar spoiller dos futuros livros isso é uma baita sacanagem para os leitores dos livros e até mesmo para o RR Martin. Levar spoiller ninguém merece.
    Todas as mortes que acontecem nos livros tem um melhor contexto, são bem escritas, ajudam a compor a trama e fazem mais sentido (Coisa que não acontece na série). Torço para que essas mortes não aconteçam nos livros, mas se acontecerem então tomara que pelo menos essas mortes sejam melhor explicadas (Coisa que o RR Martin fez muito bem nos livros anteriores) e não sejam tão gratuita e sem noção como está acontecendo na série.

  • Alex B. Silva

    Realmente O mindinho nos livros é o que mais sabe jogar e o que mais está vencendo o jogo dos tronos. O cara é simplismente um gênio. Mas na série fizeram um personagem que parece que não sabe medir as consequencias das próprias jogadas.

    Mindinho casar Sansa com o Ramsay só para fazer com que Sersei convoque os exercitos para destruir os boltons por se unirem a mulher que matou o seu filho (Jofrey) parece até um bom plano, uma vez que Sersei daria winterfel para o mindinho. Mas analizado bem é uma baita de uma cagada isso que o mindinho está planejando. Pois mesmo se Sersei conseguir acabar com os Boltons, sansa será executada. Porém com Sersei presa e até correndo o risco de ser condenada a morte, mindinho também toma no toba, uma vez que ninguém irá convocar os exércitos por causa da Sansa, somente a Sersei teria peito para isso, e enquanto isso Sansa vai sendo estuprada e esfolado pelo viado do Ramsay.
    Creio que devemos ver a série como um Spin off dos livros, ou seja, uma versão extraoficial; que não é totalmente baseada nos livros; uma outra forma de contar a história dos sete reinos. E creio que é isso que ainda me faz assistir a série, saber que a série é tipo uma paródia do livro. Se eu botar na cabeça que ela tem que ser que nem está no livro já tinha parado de assistir desde a segunda temporada, pois tá uma paródia mesmo essa série.

  • GiuSal

    E esses comentário que o Martin estaria desenvolvendo 3 novas séries para o HBO?!
    Se for verdade, adeus Ventos de Inverno, podemos sentar e chorar!

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Tá assistindo um seriado diferente do meu

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    No livro, ele pode ter ido pela carta do Savos, mas no seriado, a palavra final foi da Mel.

  • Calvin

    Desculpe, mas é um final feliz demais para o Stannis, duvido que a maior parte do público ficaria satisfeito com isso agora.

  • Leonardo

    Agora é só fazer outro herdeiro. Simples assim.

  • Leonardo

    Essa Linda se comportou como uma criança mimada. Aprendeu com o Joffrey.

  • Leonardo

    Se for não. É verdade.

  • Igor Cavalcante

    Galera, é so uma série de TV, se voces gostam mais do livro (como eu) e não conseguem ver na tv algo que seja diferente (eu gosto da série também, e não me importo de ver mudanças ou sopreis) esperem mais 10 anos para saber do final dessa história…. é um mimimi eterno.

  • Calvin

    Stannis já teria outros, se fosse tão simples. Só se ele enviuvar, e casar de novo.

  • Leandro Pinheiro

    Eu fiquei particularmente decepcionado não pelas mortes violentas ou cruéis, mas, pelo fato de alterarem o que G. Martin escreveu, muitas mortes nem ocorrem, mesmo eu tendo lido os cinco livros, como é o caso de Baristan e Shireen, e o estupro de sansa nunca ocorreu, quem se casou com Ramsay foi a amiga de Sansa de Porto Real, dada a ele como sendo Arya Stark. Muitas dessas cenas podem ser sim spoilers do sexto ou sétimo livro, o que seria péssimo, visto que ainda não foram lançados.

  • Tihales J

    Todos estão criticando Stanis, mas ele não queimaria a própria herdeira sem um motivo forte, e como o sexto livro não saiu ainda, vcs não sabem qual foi esse motivo, que tenho pra mim que será o mesmo na série. Contando q ele sobreviva a batalha de Winterfell, pra mim a criança só morre se Stanis morrer no livro. O Stanis do livro não mataria a filha, eu acho.
    Alerta de spoilers e teorias:

    Jon Snow: Acho q Jon, definitivamente, morreu, mas a estrela vermelha sangrou(pode ser a Marcelya que sangrou com veneno antes de morrer ou a própria Melisandre que irá sangrar antes de cumprir a profecia) e a noite longa se aproxima, é certo que Azor Ahai irá aparecer e no corpo de Jon, como o próprio ator confirmou: “Jon Snow está morto!” Mas Azor Ahai ainda pode ressuscitar usando o corpo sem alma de Jon. Não acham?! O resto da profecia fala que Azor tomará o lugar de um príncipe e não que um príncipe se tornará Azor Ahai, além disso, a Luminífera pode estar no castelo Black. A feiticeira, a estrela, a espada, o herói morto e a escuridão estarem no mesmo lugar não é coincidência. “Jon is death. Azor Ahai reborn!”.

    Sansa Stark: Outro ponto que acho importantíssimo e que quase ninguém está percebendo, é que a Sansa pode vir a ser a Sra. Coração de Pedra, o que seria foda, além de que ela tem motivos ainda mais fortes de vingança do que a falecida mãe. Daí segue o que há nos livros, vingança, confronto com Brienne, vingança, extinção dos Bolton, vingança, morte aos Lannisters restantes, vinganças e mais vinganças, e vai ser bom assistir hehe.

    Bran Stark: Outra, não acho q Bran esteja lá de boa na caverna só comendo e dormindo. Ele tem visões do futuro, poderia muito bem estar a par de tudo que está acontecendo agora, inclusive o que está acontecendo com Jon, Sansa e Arya. É possível, que com seus novos poderes, ele “transplante” a mente de Jon para seu lobo, que viverá na pele do animal por algum tempo.

    Arya Stark: Já a nossa querida Arya, deve aguçar muito os seus outros sentidos, ganhando um up na próxima temporada. Gostaria de ver a Arya com a missão de matar alguém importante e que seja de sua afeição. A Sansa por exemplo. Ia ser foda ver um confronto das duas.

    Danerys: E agra hein Dany, como vai ficar sua personagem?! Bem, é obvio, pelo menos pra mim, que ela vai enrolar os caras lá, os Dothrakis, para lutarem por ela ou algo do tipo. Claro que não vai ser tão fácil fazer isso, mas ela é a mãe dos dragões, rebola bem né, cês sabem. E quando os amigos dela a acharem, ela já vai tá pronta pra botar pra quebrar.

    Tyrion e Varys: Muita gente fala que o Varys é o Cabeça de Serpente lá das harpias, mas acho q isso não procede, o cara só quer um mundo melhor também e com mais livre arbítrio. Já pensou se ele estivesse em King’s Landing – supondo que não fosse suspeito da morte de Tayuin por lá – ia ser punido igual a Cersie. Enfim, Tyrion é muito inteligente, e com Varys então, vão causar na cidade.

    Gostaria de ver mais de outros pontos do mapa de Game of thrones. Que bom seria se pudessemos ver, já na próxima temporada, a base dos Vagantes Brancos, as Ilhas de Ferro, mais de Dorne e mais dos Grey Joys, assim como a criação da Stoneheat na pele de Sansa, porque acreditem, ela não vai muito longe com o Fedor não, o Bolton vai achar ela e massacrar pra caralho, talvez nessa hora a Arya apareça e fique fingindo ser uma Stark, e mais tarde o lorde lá dos Sem bandeiras, encontre o corpo dela e a ressuscite; a não ser que os Grey Joys ou Brienne os resgatem, o que acho um pouco improvável. Enfim, são teorias. Agora quero saber de vcs. O que acham que vai acontecer em Game of Thrones em 2016?

  • Clayton Brandão

    Em nenhum momento fiquei com mais raiva do Stanis do que dos Boltons. Pra falar a verdade continuei torcendo pra que o Stannis destruísse os Boltons. Se causar um impacto forte for uma desculpa pra puxar a torcida pro lado dos Boltons não funcionou comigo.

  • Jose Leitao

    Quando Mr Martin vendeu sua obra à HBO ele abdicou da paternidade da sua própria criação. Tudo que maravilhosamente construiu foi sacrificado ao deus $$$$$. Não adianta ficar tirando o …. da reta se vendeu e pronto. Nessa História da vida real ele é o Stannis.

  • Mike

    Eu sou fã de GOT e True Detective, mas entendo que comparar as duas séries é muito injusto. Primeiro, porque GOT é uma série de fantasia e True Detective trata da “realidade” e, segundo, porque GOT tem centenas de personagens, enquanto TD tem basicamente 2 personagens principais, apoiadas em um pequeno núcleo de apoio. E terceiro, porque cada temporada/história de TD foi planejada para se fechar em apenas 8 episódios, enquanto GOT terá mais de 70…

    O que eu quero dizer com tudo isso? É muito mais fácil amarrar todas as pontas soltas e eliminar incongruências e falhas de roteiroem TD do que em GOT.

  • Mike

    Mas é claro que ter spoilers dos livros na série é ok, meu caro Aegon. A série é baseada nos livros, vc queria o quê? E a revolta da Linda não foi por causa de spoilers na série, mas sim pelo fato dos produtores, deliberadamente, terem soltado um spoiler em entrevista…

  • Mike

    Também não está provado nos livros que R+L=J, mas todo mundo sabe disso. O mesmo vale pro aço valiriano, já estava subeentendido que ele era eficaz contra os WW… o Martin, às vezes, escreve de forma sutil.

  • THE_WOLVERINE

    2 , os Boltons são os que eu mais quero ver morrer nessa porra

  • Diego

    Nos livros todos estão apreensivos com a possibilidade de Melisandre queimar alguém de sangue real para ajudar na guerra. Tanto que temos o traslado do filho de Mance. Talvez não houvesse esse ímpeto de “inquisição espanhola” no núcleo do Stannis, mas a tensão está aumentando nessa direção.

  • Israel de Oliveira

    Quase impossível isso. Se formos considerar que a maior parte das tramas já alcançaram os livros, e as restantes não envolvem personagens tão populares como Daenerys, Tyrion ou Cersei (que com certeza vão aparecer na próxima temporada), ou eles vão lançar spoilers de TWoW e talvez ADoS ou vão criar tramas por conta própria (que costumam ser bastante nonsense), divergindo ainda mais dos livros. De qualquer forma, não verei a 6ª temporada enquanto eu não ler The Winds of Winter.

  • Paloma R F

    Talvez quando ele vendeu a história não achou que a série fosse alcançar os livros.

  • Renatinha

    Amo a série e os livros, vejo os livros como inspiração/adaptação e pronto.
    Não sei pra quê tanta choradeira de quem lê os livros, não gosta da série, não assiste.
    Mas agora que não tem mais livro pra se basear (e chorar) tenho quase certeza que não vai ter gente: nooooooooooossa!
    O que falta pro fãs dos livros é o fator surpresa, que agora eles tem!

  • Renatinha

    O correto nem sempre é ideial, o 4 e 5 livro se passam no mesmo periodo de tempo, salvo o finalzinho do 5 que toma um rumo mais a frente.
    A 4 temporada teria sido um LIXO se fosse apenas o livro 4 entendiante de só mimimi de Cersei.

  • dave120

    R.R. detalha uma morte em 2 paginas, o que a série faz em um minuto.

  • Milene Ste

    Só pela série não é isso que passa. Na série ele é um cara que queimou a filha porque não tinha mais recursos e precisava ganhar a guerra só por ganhar. Além disso, há momentos que beira o fanatismo religioso até. Isso tudo aí que você escreveu, eu entendo que é o que se conclui pelo livro e concordo. Mas na série eu não vi nada disso não.

  • João Vitor

    Realmente, fui ver a cena novamente e vi que o destino( que pensei estar se referindo a ele ser Azor Ahai) que ele estava se referindo era ser Rei. É realmente muito triste ver o personagem perder tanto de sua essência para depois ocorrer uma fatalidade com ele… era essa a ultima imagem do Stannis que a série queria deixar?

  • A questão maior não é pela filha de ter sido sacrificada e sim do próprio Stannis falecer na tola guerra que ele teve. É uma grande piada de um grande Rei lutar com tão pouco soldados, a sua inteligência foi jogada ao lixo.

  • Talvez não, ele mesmo disse que foi o que aconteceu o que as suas palavras ditaram.

  • Mas Stannis não morreu???