Análise do episódio 5.09: “The Dance of Dragons” (com spoilers dos livros)

AVISO: O texto abaixo contém spoilers de TODOS os livros das Crônicas de Gelo e Fogo, incluindo eventos que ainda podem ou não ser mostrados no seriado da HBO. Então, por favor, se você ainda não leu tudo, monte no seu dragão e quando puder.

dance-of-dragons

Enquanto “Hardhome” terminou em gelo, “The Dance of Dragons” (título referenciado na Arena de Daznak e na história lida por Shireen) foi puro fogo. O episódio dirigido por David Nutter e escrito por D&D adaptou, parcialmente, os capítulos “O Sacrifício”, “O Sentinela”, “A Garotinha Feia”, “Daenerys IX” (todos de a A Dança dos Dragões) e “Mercy”(Os Ventos do Inverno).

Recepção calorosa

north-of-the-wall

Depois do incrível terrível massacre em Durolar Jon, Tormund e o resto da expedição retornam a um lar ainda mais duro (estranhamente, pelo lado oposto da Muralha) para recolherem os cacos e se prepararem para o inverno – o que certamente será menos difícil com Wun Weg Wun Dar Wun ao lado deles.

No livro, o gigante (que, tristemente, nunca será visto por Shireen na série) tem um papel fundamental na revolta dos patrulheiros. É quando ele mata um dos homens de Selyse que Bowen Marsh e os demais decidem dar um basta naquela situação com os selvagens, assassinando o Senhor Comandante. Na adaptação, nós não temos nenhum dos homens da rainha ou do rei na Muralha (pelo menos não até Davos chegar lá), então é difícil dizer se esse detalhe será explorado ou não. Suponho que a morte brutal de qualquer membro da Patrulha (talvez um dos estupradores que conhecemos em “The Gift”) surtirá o mesmo efeito que a de sor Patrek, mas, depois de assistir a cena dos portões neste episódio, acho que talvez isso nem seja necessário. Os corvos já parecem estar esperando o momento certo para apunhalar Jon pelas costas.

Resta saber quem vai desferir o golpe final. Seria o próprio Bowen Marsh, que esteve presente na sequência? Eu seria capaz de apostar no menino Olly. Se não for ele, por que deram tanto destaque à personalidade unidimensional do garoto? “Uma arma carregada só deve ser colocada no palco se ela for disparada em algum momento da história”, e nós sabemos que o Olly é bom atirador.   

olly

Olly, sempre #bolado

Ostras, mexilhões e conquilhas

Enquanto Mindinho deu a volta nos Sete Reinos e Tyrion cruzou Essos atrás de Daenerys, Mace Tyrell demorou meia temporada para ir de Porto Real a Bravos.

Em seu (not a) blog, George R. R. Martin falou sobre a possível inclusão de um Maegor III na mitologia da série, rei Targaryen que, assim como o Orys I de “Oathkeeper” não faz parte do cânone:

“Eu suspeito que Maegor III seja um erro, embora eu não possa dizer com precisão…

É verdade que a sucessão Targaryen na série de TV é diferente da dos livros; mais notavelmente, o pai do Rei Louco, Jaehaerys II,  foi excluído, como foi estabelecido já na primeira temporada. Da mesma forma que os Roinares ficaram de fora dos títulos reais [embora Daenerys uma vez tenha sido chamada de “Rainha dos Roinares” na série].

Essas mudanças foram simplificações no entanto. Os livros são muito complexos, e os limites práticos de uma série de televisão exigem um pouco mais de simplicidade. Excluir um Rei ou dois cumpre esse papel.

ADICIONAR REIS, porém, é um passo na direção oposta, que é a razão pela qual eu penso que Maegor III tem de ser um erro. E não um que estivesse no roteiro imagino. Bryan Cogman, que é responsável pela continuidade na série de TV, sabe o nome dos Reis Targaryens tão bem quanto eu.

Claro que isso pode ter tido a ver com caracterização, como vocês sugeriram, tendo a intenção de mostrar Mace como um idiota que não conhece a história de Westeros (não é um erro que o Mace dos livros cometeria, mas o personagem da série é uma combinação de Mace e Harys Swyft, e na verdade se parece mais com o segundo).

Óbvio que tudo isso são suposições da minha parte. Vocês deveriam perguntar a David, Dan ou Bryan para uma resposta mais definitiva.

No cânone, existiu apenas um rei Maegor,  já que a reputação de Maegor, o Cruel, foi tão negativa. A Inglaterra só teve um rei John pelas mesmas razões. (O príncipe Aerion Chamaviva deu o nome de Maegor a seu filho, mas isso foi visto como provocação e, de qualquer forma, o garoto nunca sentou no Trono de Ferro).”

Outro personagem que poderia ser muito melhor aproveitado se sua história nos livros fosse seguida é o banqueiro Tycho Nestoris. Ter um ator como Mark Gatiss num papel tão esporádico é uma perda para a série.

A direção de arte e a de fotografia realmente capricharam em Bravos. Os cenários que vemos na cidade estão entre os melhores da série, tanto os externos, como o Porto de Ragman, quanto os internos, como A Casa do Preto e Branco e o bordel.

lanna

O encontro de Arya com um dos membros do Pequeno Conselho em visita ao Banco de Ferro foi retirado de “Mercy”, capítulo liberado de Os Ventos do Inverno que traduzimos aqui no site. No capítulo, ao invés de Mace Tyrell, é sor Harys Swyft que visita Bravos escoltado não pela Guarda Real, mas pelos homens de Gregor Clegane – dentre os quais está Raff, o Querido, um dos nomes na oração de Arya que a série substituiu, sabiamente, por Meryn Trant. Embora muitos detalhes de “Mercy” tenham sido omitidos da sequência, a preferência de Raff por garotas (muito) mais jovens foi transferido para Trant – como se nós precisássemos de mais um motivo para odiá-lo além do fato de que ele matou Syrio Forel, batia em Sansa, e etc.

Interessante notar que, em seu último capítulo no Dança, Arya mata o Homem Magro utilizando outra face, algo que a série podia ter mostrado antes de direcioná-la a outro alvo, misturando assim tudo que ela fez no curso de três livros em um único plot meia boca.

Até o Homem Gentil, que na série aderiu a aparência (a até o sotaque!) de Jaqen, está convenientemente fechando os olhos para os desvios da pupila. Uma garota nunca se tornará ninguém se tudo o que ela faz é riscar nomes da lista de Arya Stark.

Segunda chance

dorne-1

Com Doran finalmente fora daquela sacada, nós finalmente vimos como o Alcázar de Sevilha (a.k.a Jardins de Água) é bonito por dentro. Vimos também como Alexandre Siddig é sensacional. Na cena em que ele confronta Jaime e Ellaria a fim entender suas razões (algo que nós também queremos entender até hoje), o cara consegue dobrar todos à sua vontade, trazendo o pragmatismo afiado com toque suave do Doran nos livros, mas, ao mesmo tempo, adicionando uma marca própria ao personagem. Apesar de sua aparência frágil, a presença intimidante do príncipe torna o ar espesso com a tensão. É realmente uma tristeza que tenhamos visto tão pouco dele nessa temporada. Assim como é uma pena que Dorne tenha sido tão mal trabalhada.

Estamos no penúltimo episódio, e as Serpentes de Areia continuam sendo as garotinhas chatas que não fazem nada digno de nota. Enquanto isso, os talentos de Indira Varna continuaram a ser desperdiçados com ela dando um chilique a cada cena. Eu até tive um pouco de medo que essa teimosia cega (que cairia bem a Arianne, já que ela tinha mais motivos para se rebelar além da vingança) transformasse Ellaria numa personagem detestada pelo público médio, mas pelo menos ela se redimiu ao inocentar Jaime e Myrcella. O ódio contra os Lannisters acabou de uma hora pra outra, ou foi tudo uma piada (de mau gosto), como o joguinho idiota das Serpentes na cela?

sand-snakes

Resumo da ópera: Jaime e Bronn, surpreendentemente, tiveram sucesso em sua missão. Eles conseguiram resgatar Myrcella, e tudo o que lhes custou foi uma inconveniência leve.

Originalmente, Doran envia Nymeria Sand para assumir o lugar de Oberyn no Pequeno Conselho de Tommen. Isso mostra o quanto as mulheres, mesmo bastardas, são valorizadas na Dorne dos livros – e o quanto elas são preteridas na série de TV. Por que motivo Doran abriria mão de sua “refém” e enviaria o próprio herdeiro (que não é o caso de Trystane nos livros) para a jaula do leão? Parece só mais uma desculpa para que os produtores explorem o romance adolescente insosso de Myrcella, mas espero estar errado.

Esse plot foi resolvido de maneira tão horizontal e rasa, que é impossível não fazer a pergunta: todo esse tempo de tela poderia ter sido aproveitado de outra maneira?

dorne

Em uma entrevista recente, a atriz Jessica Henwick (Nym) disse que no último episódio teremos uma grande reviravolta™ envolvendo Dorne e as Serpentes de Areia. Será que Doran finalmente vai declarar seu apoio aos Targaryen? Ele mandará as bastardas de Oberyn para Meereen atrás de Daenerys no lugar de Quentyn, Gerris e Archibald? Trystane é Aegon? Sinceramente, eu não espero nada extraordinário, mas que pelo menos justifique a inclusão do núcleo na temporada. Nós não acreditamos em terceiras chances.

 Sangue de rei

Nós sabíamos o que ia acontecer. David e Dan foram sempre tão óbvios. Por que outro motivo criar cenas de Shireen com Stannis, Goiva e Davos, senão para fazer com que nós nos ligássemos ainda mais a garota antes de assistir ela ser queimada pelo próprio pai?

Assim como Davos, nós sabíamos, mas não quisemos acreditar. Simplesmente por que o Stannis que nós conhecemos nos livros não faria isso, pelo menos não por causa de comida e cavalos que poderiam ajuda-lo a vencer uma única batalha. Afinal, o mesmo Stannis resistiu por um ano, comendo ratos, papel e botas no cerco à Ponta Tempestade, até ser salvo pelas cebolas do contrabandista.

davos-shireen

Ele também não autorizou o sacrifício de Asha, filha de seu inimigo (o já falecido rei das Ilhas de Ferro, Balon Greyjoy), ou dos ‘descrentes’ dentro de seu exército. Por que ele faria isso com a própria filha?

– O que é um cavaleiro sem. um cavalo? – os homens faziam adivinhas. – Um homem de neve com uma espada. – Qualquer cavalo que viesse abaixo era destroçado no mesmo lugar, pela carne. Suas provisões começavam a diminuir também.

Peasebury, Cobb, Foxglove e outros senhores sulistas pediram ao rei para acampar até que a tempestade passasse. Stannis não queria nada daquilo. Nem atenderia aos homens da rainha quando esses vieram pedir para fazer uma oferenda ao seu faminto deus vermelho.

Ela ouvira aquela história de Justin Massey, que era menos devoto do que a maioria.

– Um sacrifício provará que nossa fé ainda arde verdadeira, Majestade – Clayton Suggs disse para o rei. E Godry, o Matador de Gigante, completou:

– Os velhos deuses do Norte mandaram esta tempestade sobre nós. Apenas R’hllor pode pará-la. Devemos dar um descrente para ele.

– Metade do meu exército é feito de descrentes – Stannis respondeu. – Não queimaremos ninguém. Rezem mais. (Capítulo “O Prêmio do Rei”, em A Dança dos Dragões)

Nos livros, as únicas pessoas queimadas com consentimento de Stannis foram traidores e até canibais, tipos que seriam punidos por que qualquer outro rei (ou rainha). Claro que matar seu irmão mais novo usando magia negra é algo monstruoso, mas,  pelos deuses, o cara cortou os dedos do homem que salvou sua vida, o que esperavam que ele fizesse com alguém que queria usurpar seu “lugar de direito”?

George R. R. Martin pode ter confirmado que a princesa morrerá no próximo livro (algo já esperado desde A Fúria dos Reis, onde ela tem sonhos proféticos com o fogo), mas eu suspeito que Stannis não tenha relação com o ato. Não seria a primeira vez que os produtores, provavelmente conhecendo o destino de um personagem, mudam completamente as circunstâncias de sua morte em prol da história que eles querem contar (spoiler alert: Barristan). Detalhe: o autor ainda nem escreveu o capítulo em questão.

shireen-rip

“- Pode ser que venhamos a perder essa batalha. – O rei disse severamente. – Em Bravos você poderá ouvir que eu estou morto. Pode ser até que venha a ser verdade. Você deverá encontrar mercenários mesmo assim.

O cavaleiro hesitou.

– Vossa Graça, se o senhor estiver morto…

– Você se vingará de minha morte, e sentará minha filha no Trono de Ferro. Ou morrerá tentando.” (Capítulo de Theon em “Os Ventos do Inverno”)

E antes que me acusem de usar passagens do livro para criticar a adaptação (sim, sim, “é uma adaptação”, “são mídias diferentes”, série é série, livro é livro” e etc.), tenha em mente que essa é a proposta da análise. Além disso, na própria série tivemos momentos em que Stannis defendeu Shireen. Além da bela cena de ‘Sons of the Harpy’, na terceira temporada (episódio ‘Kissed By Fire’), Stannis insistiu em ver a menina mesmo quando Selyse afirmou que ela era uma distração. Em ‘The Lion and The Rose’, o rei expressamente proibiu que sua esposa batesse na filha, e em ‘The Gift’, ele enxotou Melisandre da tenda quando ela sugeriu o sacrifício da garota, e a enxotou usando a mesma frase que disse em todas essas ocasiões: “She’s my daughter”.

Que tipo de rei, no meio de uma guerra, mata sua única herdeira e, consequentemente, sua linhagem? Ifigênia não era a única filha de Agamenon. Se Stannis ganhar, tropeçar e bater a cabeça no trono de Ferro, a coroa retorna para seus inimigos? Por que ele simplesmente não usou sanguessugas em Shireen, como fizeram ao Gendry? Por que Melisandre não usou seu GPS para localizar o bastardo de Robert? Por que o Cavaleiro das Cebolas, mesmo sabendo o que estava prestes a acontecer, foi obedientemente para a Muralha quando o rei ordenou? Essa escolha da série tem tantos problemas, que eu nem sei por onde começar.

stannis-fdp

Você era o Escolhido! Foi dito que você iria destruir os Sith, não se unir a eles! Trazer o equilíbrio para a Força, não jogá-la nas trevas!

Em termos de atuação, direção e edição, a cena foi poderosíssima. Quem não ficou com os gritos da pobre Kerry Ingram ecoando na cabeça depois de assistir? Até Melisandre demonstrou certa agonia diante daquilo e a dor de Selyse no final foi palpável. Mas o atalho que nos levou a esse momento tétrico foi escuro e cheio de terrores no que diz respeito ao roteiro. Pra que serve lógica e consistência, se você consegue arrancar lágrimas e espasmos da audiência? Ás vezes penso que os roteiristas têm uma lista de “acontecimentos chocantes” que eles vão marcando com um “x” a medida que concluem os episódios, sem se importar direito em como encaixá-los de maneira orgânica, ou até mesmo se eles encaixam.

Citando o Martin mais uma vez:

“É fácil escrever coisas que são chocantes ou inesperadas, mas elas precisam crescer à partir dos personagens. Crescer a partir das situações. De outra forma, seria apenas o choque pelo choque.”

Talvez D&D tenham optado por escrever a cena desta maneira para que os fãs não sintam pena de Stannis ou odeiem Brienne quando ela fizer ele sentir o gosto da Cumpridora de Promessas. Francamente, eu espero que isso aconteça logo.

O filho pródigo

Depois do fim brutal de Shireen e da frieza de Stannis, quem aparece gloriosamente montando um dragão na Arena de Daznak? Coincidência?! É quase como se a série estivesse nos dizendo quem amar e quem odiar. Como se Daenerys não fosse capaz de ganhar os fãs por seus próprios méritos (plot twist: ela é).

tumblr_npoewpLKR11s6bxzqo1_500

A sequência da Arena de Daznak foi realmente melhor do que eu esperava. O cuidado da produção esteve visível em cada detalhe. Os diálogos entre Hizdahr, Tyrion e Dany foram bem elaborados, considerando que os personagens ainda não se encontraram nos livros, e até Emilia Clarke esteve bem enquanto bancava a rainha no estrado (depois disso, nem tanto). A única coisa que eu não gostei muito aqui foi do Daario girando sua adaga a fim de mostrar o quão caricato ele é. O ator que deu vida ao arauto merece destaque, e é engraçado que ele tenha citado as Graças, sendo que as figuras religiosas de Meereen nunca deram o ar da graça (ha!) na série. Onde elas estavam quando Daenerys crucificou os nobres da cidade na quarta temporada? Ou quando ela decidiu executar Mossador?

As lutas dessa primeira parte também foram decentemente coreografadas. Principalmente a segunda, em que Jorah enfrentou oponentes de diferentes culturas e estilos de luta (tínhamos um dothraki, um homem que podia muito bem ser um dançarino de água bravosi e um campeão meereenense). O momento em que o cavaleiro westerosi atirou a lança na direção de Dany, atingindo um Filho da Harpia que estava prestes a matá-la, foi surpreendente. Que belo trabalho Ramin Djawadi fez com a trilha sonora dessa temporada! Prestaram atenção na faixa sinistra que toca enquanto os assassinos emergem em meio à multidão? E por que diabos eles estavam matando os próprios mestres? Até Hizdahr – um dos principais suspeitos de ser o líder do grupo – acabou sobrando. Quem governará Meereen agora? Tyrion?

Por causa da escamagris, muitas pessoas na internet ficaram preocupadas com a cena em que Jorah toca a mão de Daenerys, mas, pelo nesse close, a mão que ele usa é a não contaminada, o que provavelmente impede que sua khaleesi contraia a doença. Ou assim espero.

jorah-dany-hands

Os Imaculados, mais uma vez, mostraram sua incapacidade na hora da luta. Eles não deviam ser uma força de elite? Onde estavam os outros milhares de soldados? Abraçados com prostitutas no bordel?

Em ‘A Dança dos Dragões’, os Filhos da Harpia não aparecem na Arena. Ao invés disso, Daenerys é vítima de uma tentativa de envenenamento que só não dá certo por que Belwas, o Forte, come todos os gafanhotos no lugar dela.  Drogon só aparece depois, e bem diferente daquilo que vimos no domingo. No livro, o dragão pousa na arena para se alimentar do corpo da gladiadora Barsena e do javali com quem ela lutara. Drogon pousa como uma ameaça, e não o herói. Tanto que Daenerys tenta domá-lo com um chicote, mas é carregada para longe dali. Na série, parece que ela monta no filho para salva-lo, já que ele poderia acabar morto se permanecesse no local.

Alguns efeitos especiais realmente pareciam um pouco abaixo do padrão que estamos acostumados a ver na própria série, especialmente nos quadros que mostraram Dany voando montada nas costas do dragão (algo que, em minha opinião, podia ter sido evitado). Mas se compararmos com outras séries, o segmento foi, possivelmente, um dos maiores e mais corajosos da televisão. Algo que, dificilmente, outra produção ousaria tentar fazer. Ainda assim, foi meio difícil entrar no clima. A perda de Shireen fez com que eu só conseguisse apreciar a dança dos dragões devidamente na segunda vez que assisti. Até o Drogon da série sabe que não se deve queimar a própria família.

team-dany

A minha cara quando acabou o episódio.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • DihGamer

    Sobre a cena do Jorah tocando Daenerys ele toca ela com as duas mãos e so olhar as outras cenas apesar que eu acho que fizeram isso so pra assustar os fãs mesmo u_U
    E o momento final da Daenerys eu gostei 😀
    conseguiu me deixar vibrado e cheguei a tremer vendo kkkkk
    mas nem se compara com esse momento no livro que ela leva baforada do Drogon e doma ele com o chicote….
    seria muito mais emocionante :/
    na serie esse final ficou meio Disney

  • Episódio foda! não estou me aguentando para assistir ao último. Tinha que ter duas horas para mostrar tudo que eu espero ver nesse episódio. O que aconteceu com Daenerys depois que montou no dragão (acho que só vamos ver isso na próxima temporada, acredito que eles nem devam mostrar Mereen). Jon Snow vai ter que lidar com as consequências de suas decisões (acho que será o tema principal do próximo episódio). Cercei será julgada? (acredito que será o segundo tema mais explorada do episódio). Stannis conseguirá alguma vantagem com o sacrifício da filha (se mostrar alguma coisa, será bem pouco). O núcleo da Arya também deve ser um pouco explorada para dar um desfecho do que foi mostrada no último episódio. E os Bolton? Será que Sansa vai fazer alguma coisa que preste? Mas agora, estou torcendo de verdade para mostrar alguma pontinha com o Bran. Isso ia ser foda! Vamos aguardar ansiosos o último episódio da serie mais fodástica do momento…

  • Isadora Oliveira

    Duas coisas:
    1- “Por que ele simplesmente não usou sanguessugas em Shireen, como fizeram ao Gendry?”
    2- “Os Imaculados, mais uma vez, mostraram sua incapacidade na hora da luta. Eles não deviam ser uma força de elite? Onde estavam os outros milhares de soldados?”

    PENSEI AS MESMAS COISAS QUANDO ASSISTI
    #olhaofuroaí

  • Jorge Abrantes

    EXCELENTE TEXTO! Bem esclarecedor e elucidativo. Obrigado pessoal do GOT BR pelas explicações. Agora me pergunto se Jon irá morrer mesmo. Já vi alguns dizerem que Jon, nos livros, será salvo pela magia de Melisandre, invocando o poder de ressurreição do Senhor Da Luz. Já na série, alguns dizem que ele sangra muito, mas mesmo assim é salvo por alguns patrulheiros. Eu não li o quinto livro, então não faço a mínima ideia, porém não vejo razão suficiente e necessária para tirar o personagem Jon da História. Se Jon morrer de fato, será, em minha opinião, totalmente desnecessário. Seria igual a morte de Neji em Naruto.

  • Rodolfo Basso

    Rafael, seu ódio por David e Dan chega a ser palpável, mas dizer que a produção deles é sempre tão óbvia é um pouco demais, na minha opinião. Primeiro porque agora que eles estão tendo materiais uma tanto mais “originais” para trabalhar (a sexta temporada, provavelmente, mostre a capacidade deles de fato), e segundo que telespectadores e críticos de televisão não leitores consideram GoT uma das poucas séries que fogem as escolhas feitas pela “televisão comum”, claro que principalmente por conta da história de Martin, mas também pela produção dos roteiristas.

  • Don Ramon

    Uma ótima crítica. Tentando pensar em Campbell eu acho que o certo agora seria uma mudança de comportamento do Stannis, levando em conta que ele “cruzou um limiar”. Ele precisa mergulhar de cabeça na tal crença agora, a série precisa encarar as consequências de sua ridícula escolha.

    Pensando depois do episódio eu acho que ficaria “melhor” queimar a Selyse. Daria um fechamento em seu arco de loucura e causaria o mesmo efeito para o Stannis de queimar sua família, quebrar suas próprias barreiras.

  • Vívian Louise

    Ótima análise, Rafa! Você conseguiu colocar em palavras o que venho sentindo nessa temporada com esse trecho: “Ás vezes penso que os roteiristas têm uma lista de “acontecimentos chocantes” que eles vão marcando com um “x” a medida que concluem os episódios, sem se importar direito em como encaixá-los de maneira orgânica, ou até mesmo se eles encaixam.”
    Ouvi muita gente falando que esse episódio foi ótimo por causa do Drogon e etc, mas eu ainda estou entalada! Sdds ep. 8…

  • João Victor

    Episódio fantástico. Como você mesmo disse, por mais que tenha sido uma escolha triste dos roteiristas, eu achei a cena da morte da Shireen extremamente bem executada. Junto com a espetacular sequência final na arena, foram duas das cenas mais memoráveis da série. Uma que não quero rever tão cedo, e outra que estou vendo diariamente desde domingo.
    Outro ponto que você destacou que concordo totalmente: que trilha sonora perfeita que o Ramjai fez nessa temporada, melhor do que de costume. Forgive Me (morte da Shireen) e The Dance of Dragons, combinando as trilhas anteriores da Daenerys e finalizando com uma nova e extremamente emocionante, são facilmente uma das melhores que já escutei.
    E eu não tô conseguindo conter a ansiedade para a season finale. Diversos atores e o diretor (Nutter) comentaram que será a season finale mais inesquecível e diferente da série, que será ainda melhor que os dois últimos episodios.

  • Shanahan Bulcão

    Ótima análise, como sempre! Só um adendo, figurante trolleira:

  • Como você mesmo disse, a maioria das escolhas que fogem da “televisão comum” também estão nos livros. As escolhas de D&D são óbvias, sim. Ellaria vingativa, Brienne vingativa, Loras gayzão, Stannis obcecado pelo Trono a ponto de queimar a própria herdeira, Sansa chorona, Olly bolado… Enfim, personagens unidimensionais e clichês um em cima do outro.

    E esse ódio palpável não existe. Eu estou criticando agora, mas já elogiei muito, e espero elogiar novamente. Leia as análises do ano passado. Abraços!

  • Eu que agradeço Jorge! Gostava pra caramba do Neji, haha.
    Cuidado com os spoilers cara. Abraços!

  • Muito obrigado, Ramon! Não duvido que a série ainda dê a volta e mostre Stannis como o herói que salvou Winterfell, hahaha. Espero que você esteja certo. Abraços!

  • wons noj2

    disseram que o season final da temporada 4 seria o melhor episodio da seria e nem foi lá essas coisas

  • Eles fazem 10 escolhas questionáveis e jogam uma cena foda logo em seguida pra ninguém questionar, hehe. Um abraço grande Vivian! Muito obrigado!

  • Hahaha! Eu ia mencionar ela no texto, mas não achei a imagem aí apaguei. Os extras nessa cena estavam péssimos. A começar pelos Imaculados. Valeu Shanahan! Abraço!

  • Roberto Pereira

    Ae, Rafael, continuo achando que a situação do Stannis era tão desesperadora e sem saída que ele cedeu a contragosto pra Melissande fazer a bruxaria dela.

    Stannis confia desconfiando na Melissandre, mas ali não dava pra sentar e esperar, seria o fim. Poor Shireen. Em tempo, nunca saberemos como seria a cena original na cabeça do Martin, ou alguém acha que toda essa reação não afeta o que ele escreve?

    A cena da arena no livro é muito melhor construída. Drogon é uma ameaça, não o herói bonzinho salvador dos oprimidos que ficou na tv. E até a Dany fugindo nele ficou tosco. Por que como justificar que Jorah, Tyrion e Daario não foram mortos depois que o dragão foi embora? Chegou a 7ª Cavalaria e salvou o dia?

    Dorne, bom mesmo o ator que faz Príncipe. Só ele e o Hotah já conseguem impor respeito. hahaha Algo me diz que vai ter emboscado e Bronn ou Jaime (que bosta que o Jaime virou na tv, não?) vão se dar mal. A conferir

    Arya, li um site americano, cara reclamando que a Arya é uma assassina ninja muito trapalhona pq fica encarando suas vítimas sem nem disfarçar. É verdade. Podiam ter sido mais cuidadosos. Os roteiristas/diretores não conseguem ser sutis ou acham que o público médio da série é meio retardado. Já não chega Olly a série INTEIRA dando olhar torto pro Senhor Comandante?

    Pra não dizer que não falei das flores, muito bonita a cena de ‘despedida’ (aliás, toda a história deles nos livros e na TV) do Davos e da Shireen. Eu acho crível que por mais que temesse, Davos não acreditasse que Stannis teria coragem de fazer o que fez. Como vai reagir? Continuará servindo o homem que lhe cortou os dedos e lhe fez perder qse todos os filhos na sua guerra?

    MELISSANDRE I HATE YOU.

    Brienne podia/devia acabar com essa bruxa louca. Mas não acho que isso vai acontecer.

  • Mauricio Silva

    Em: “Por causa da escamagris, muitas pessoas na internet ficaram preocupadas com a cena em que Jorah toca a mão de Daenerys, mas, pelo nesse close, a mão que ele usa é a não contaminada, o que provavelmente impede que sua khaleesi contraia a doença. Ou assim espero.”
    Foi mostrado na serie que o Tyrion nao fora infectado pela doença, mesmo tocado pelo “louco de pedra”. – Teoria Tyrion – brother -Dany.
    Targararyans são imunes à doença…alias… Dúvidas da linhagem de Dany? é imune ao fogo!!
    Não dá mais pra comparar os livros com a serie, têm acontecimentos e rumos que nunca serão iguais.

  • Se Mel morrer agora vai ser só mais um furo no roteiro da série já que no episódio “The Climb” ela disse que encontraria Arya novamente. Abraços!

  • Hummm eu pensei que havíamos nos despedido de Dorne. Entao tem mais no próximo. Uma terceira chance. Nossa, serão muitos núcleos! Quero ver como fecharão tudo, inclusive a batalha de Winterfell. Nao sei onde arranjarão tempo para: batalha de winterfell, investida da Arya, Caminhada da Cersei, epilogo, Sansa, Dorne, Adagas na escuridão e fechamento Danny. Precisaria de umas 2 horas para fazer tudo decentemente.

    Eu nao sei qual foi a dos produtores nesta temporada. Os caras tinham 2 ótimos livros para adaptar. Daria para ficar 2 temporadas neles tranquilamente. Mas, eles não apenas foram até o fim dos arcos de quase todos os personagens dos livros como avançaram muito além dos livros. Eu sei que estes dois livros tem muitas coisas políticas e menos ação e poderia ser menos interessante para a audiência em geral, mas ao meu ver, haveria pontos que poderiam fechar melhor e deixar as conclusões para a 6a temporada.

    Por exemplo, Stannis poderia encerrar a temporada partindo da Muralha para Winterfell (sem Shireen, por favor… até já me cansei de falar disso, embora não tenha superado). Cersei poderia terminar sendo presa após várias acusações diferentes a Margaery (esta trama poderia ter sido melhor desenvolvida). Dorne poderia encerrar no capítulo em que Doran enquandra Arianne e as Serpentes e fala seus planos após a rebeldia de Arianne. Só nesses três núcleos poderiamos ter bons fechamentos para a série, sem ela se esbarrar tão perto do Winds Of Winter. A série ainda podia ter colocado o núcleo Greyjoy e terminado após a assembléia com Victarion partindo para Meereen. Sei la´, eles estão tão apressados. Eles tem tanto material para ter como base, mas preferem escrever cosias da cabeça deles usando um ou outro spoiler que o Martin deu a eles. Eu acho que não precisava disso, podiam ir num ritmo mais devagar.

    Parabéns pela análise mais uma vez, Rafa! Aguardando o podcast! Abraço

  • Nossa……. só o que falta ele ter este ato heroico depois de sacrificar a filha! A coerência que já está queimada e em cinzas será dada aos Outros.

  • Fernanda Arantes

    Essa temporada conseguiu se consagrar como a pior da série, mesmo tendo dois episódios muito bons. Talvez seja o gosto amargo que ficou na minha boca depois do episódio 6, antes disso eu estava achando tudo OK. Enquanto Shireen queimava eu só pensava que poderia ser Selyse em seu lugar e como o Stannis do livro acharia isso horrendo. O próprio Davos não estava de acordo com sua personalidade das outras temporadas ou do livro, esses Davos nunca iriam para a Muralha sabendo do destino de sua princesa. Aliás, ele se importou o suficiente com Gendry para salvá-lo e só deu um brinquedo para Shireen? Sério?
    Dorne me dá muita preguiça, foi todo um arco desperdiçado. O recast de Myrcella também não faz muito sentido, visto que a atriz atual não é talentosa, só é mais velha e mais bonita que a anterior. Espero que a série faça como o Festim e exploda os cérebros de todos com Doran se declarando a favor de Dany.
    Já na Muralha, o que vai justificar a viagem longa e cara de Sam e Goiva? Eles vão fugir depois da morte de Jon? Isso é um tanto raso para a história (ainda mais levando em consideração que toda a família aparecerá na próxima temporada).
    Dan e David, eu já os amei, por favor parem de tentar me fazer mudar de ideia.

  • Targaryen não são imunes a doenças, Mauricio. Inclusive, uma das filha de Jaehaerys I com a rainha Alysanne – Maegelle – morreu de escamagris. Abs!

  • Mauricio Silva

    Explica pro Tyrion

  • aUhaUhaUhaUhaUhaUhaUhauhaUhaUhauahUhaUhaUhaUhaUhaUhaUha q da hora

  • Mauricio Silva
  • Acho que ele não vai ouvir.

  • Pois é. É isso mesmo. Para mim é que nem comentei. Eles fizeram que nem o Stannis. Botaram fogo e não tiveram coragem de olhar. Ai tentam apagar o fogo colocando uma cena épica depois. Para mim foi covardia

  • ernesto krapf

    se trocassem ela pela Selyse não iria dar em nada, ela não tem sangue real

  • Vou colar meu comentário do episódio aqui de novo para caso alguém queira discutir algum ponto além dos que o Rafa comentou no texto dele:

    Criei coragem e revi o episódio 9, The Dance Of Dragons. Eu não superei ainda morte da Shireen. Quando vi o episódio pela primeira vez o meu sentimento era de revolta, de ódio pela decisão infeliz tomada pelos produtores. Estava envolvido pelo impacto emocional cena, por ver uma das minhas personagens favoritas sendo sacrificada, pela dramaticidade, pelo som dos gritos ecoando… e lamentei pela descaracterização total de Stannis. O desgosto foi tanto que eu nem sequer liguei para a cena da Arena de Daznak. Então, para poder analisar melhor o episódio, comecei diferente. Iniciei por Meereen e regredi para o começo, deixando para assistir toda a sequência que envolvia Stannis e Shireen de uma vez, ao final. O resultado foi bem mais positivo e só ressaltou o problema na escolha da cena final do episódio… um problema de edição.

    A cena do sacrifício de Shireen marca tanto que foi o assunto principal aqui nos comentários e não a tão aguardada cena de Daznak, que foi apagada, apequenada em relação à cena anterior. O título do episódio faz mais referência a ela do que a cena da Arena. Para mim foi uma péssima decisão da edição e até um desrespeito com os personagens da cena anterior. Era uma cena de despedida de um personagem. Todos naquela cena estavam ótimos em termos de atuação, se esforçaram para filmar aquela atrocidade que teve uma carga emocional enorme. Se fizeram a bosta de optarem por matar a garotinha, que deixassem ela para o final. Pelo menos a despedida de Shireen teria tido um destaque ainda maior e que seria merecido. Vocês viram que Stannis nem sequer olha para a filha enquanto queima né? Pois é, os produtores fizeram exatamente a mesma coisa que ele. Viraram a cara para a cena e botaram a grandiosidade da Arena de Daznak na nossa cara logo em seguida. Para mim, mais ainda do que desrespeito, foi covardia. Fora que, ao não terem feito isso, o investimento na super produção da Arena acabou passando despercebido. Obviamente a cena esteve lá por último por envolver Danerys que é fan-favorite (principalmente entre os non readers) e pelo custo da superprodução …. e, claro, por ter dragões. Mas eu, realmente, não acho que tenha sido uma boa decisão.

    O episódio teve vários núcleos, mas não teve King’s Landing nem Winterfell. Tivemos Dorne, que aqui, de longe, teve as melhores cenas. Tivemos um pouco da Muralha. Tivemos Meerenn e Braavos. Vamos então para cada sequência. Acho que isto ficará longo. Quem tiver paciência, pode ler hahaha.

    ——————————————–

    Meereen: Os últimos 15 minutos do episódio foram dedicados a Meereen, um quarto do episódio. Uma cena aguardadíssima para os leitores dos livros. Eu tinha alta expectativa para ver isso. E isto foi cruel! Alta expectativa…. paguei o preço do ferro e me decepcionei com a cena em muitos aspectos. Mas, a culpa não foi só minha. Como esperaria menos após um episódio excelente como Hardhome? Pois é. Game of Thrones é um pêndulo, oscilando entre a grandiosidade/qualidade e o desastre/fracasso.

    Nos livros, pelo que me lembro, a situação é totalmente diferente do que houve aqui. Foi ruim o que criaram? Não, não foi. Mas foi inverossímil. No livro é como uma celebração ao casamento de Daenerys e Hizdahr e a paz entre Meereen e Yunkai. Drogon não surge para proteger a mãe de um ataque, mas sim atraído pelo cheiro da carne e sangue. Não há o ataque à Rainha como houve aqui. Foi tudo muito diferente. Nos livros, Drogon está agitado e Danny tem que domá-lo para acalmá-lo e é como ali o elo entre mãe e filho seja refeito. Ela doma seu dragão, ela se mostra digna de poder montá-lo. E instintivamente ela monta nele e parte de Meereen.

    Na série, após as lutas, Danny é atacada pelos filhos da Harpia. Ela corre perigo de morte e Drogon (que só podia estar vigiando para chegar tão rápido) é atraído para protegê-la. Pura telepatia. E então ele queima os filhos da Harpia enquanto é atacado por eles. Danny vai até ele para protegê-lo, não para domá-lo. Ela monta nele e voa, abandonando Meereen naquela confusão. Percebem como no final das duas cenas são completamente diferentes? Aqui soou mesmo como um abandono de Meereen, nos livros não!

    Mas e daí? Ficou ruim? Não, para mim não ficou, mas ficou pouco crível, foi forçado. Aqui foi um desvio grande dos livros, mas não descaracteriza ninguém de maneira absurda que não seja possível de permitir separar a série dos livros. Este tipo de coisa eu engulo. E nem é tão difícil

    Vamos aos pontos altos. Visualmente, até a cena do voo, todo estava indo bem. Foi uma produção cinematográfica. Que linda a primeira tomada mostrando a harpia com o rosto destruído, com a câmera subindo pela arena e mostrando o uma vista superior da arena cheia de espectadores. Foi uma construção belíssima! A trilha sonora com o efeito dos aplausos tornou tudo ainda mais épico. E o colar da Danny nesta cena!? Que coisa bonita! Super bem feito! E menos exagerado que o anterior!

    Hizdahr chega atrasado para o início do combate. Suspeito. E diz ter demorado porque estava checando se tudo estava bem. Tudo o que?! Muito suspeito sabendo de tudo que ocorreu, né? Mas, mesmo assim, os filhos da harpia acabam matando ele. Se é que é para ter alguma lógica, eu não consegui enxergar. E me admira muito que, na série, nunca passou pela cabeça da Danny a pergunta “quem é a harpia?” que paira na cabeça dela a todo momento na Dança. Não é possível que ela não pense nisso. O ataque foi organizado, há alguém por trás. Nos livros eu não confio no Daario. Na série ele está bonzinho demais e protege Danny. Hizdarh foi morto no ataque ele teria organizado? Não consegui entender. E vocês?

    Durante todas as cenas de luta, Danny tinha uma cara de desaprovação. Adorei o diálogo entre ela, Hizdahr e Daario sobre quem ganharia o combate: o forte ou o rápido. Daario bancando o charmosão e Danny meio hipnotizada. Achei legal. Então o Grandão ganha e Daario cai de cara no chão. Hizdahr só dá um sorriso. Achei legal.

    Então Sor Jorah surge. Acho que toda análise minha eu elogio o ator que faz o Jorah! Mas não tem como não elogiar, gente! Ele é espetacular. Tem um olhar tão expressivo, uma postura corporal adequada para as emoções que quer passar e ele consegue passar claramente para gente “Danny, tira ele desse lugar”, “perdoa sor Jorah”, “tudo que ele fez foi para te poupar”. Ele é incrível! E foi doloroso quando Danny deu o aval para iniciar a luta e olhar para Sor Jorah. Eu pensei que ele iria para o saco. Sempre que havia oportunidade, ele olhava para Rainha. As lutas dele foram boas. Achei super legal ter tantos estilos de luta diferentes. Tínhamos até um Dothraki e um dançarino da água. E aqui funcionou bem a mistura, diferentemente da cena de Dorne.

    E então, Jorah vence e percebe, sem ninguém ter visto, o ataque dos filhos da harpia. Eu achei tão forçado isso! Mas ok! Vamos ao conflito.

    Na cena que mataram Sor Barristan eu engoli a falta de capacidade dos Imaculados de lutarem encurralados em um local apertado. Aqui eles estavam em uma Arena, local aberto, com espaço para manipularem a lanças. Mesmo com armas de longo alcance, foram quase dizimados por faquinhas de bolo. Fora que era um evento grandioso. Porque tão poucos guardas lá para proteger a Rainha? Onde estão os outros milhares de Imaculados da Danny? Não gostei.

    O que eu achei legal é que havia entre os filhos da harpia tanto escravos quanto nobres, como dá para ver pelos trajes. Isto indica que o regime da Danerys mantém os dois lados insatisfeitos.

    Achei bonito Danny aceitando a mão do Jorah. A troca de olhares foi bonita. Achei bonito também como mostraram Danny frágil e com medo, não aquela Danny que quer se mostrar uma Rainha dura e firme em suas decisões. Aqui ela estava desesperada. Ela procurou a mão de Missandei em busca de apoio. Gostei.

    Sobre a Emilia: é óbvio que ela é diminuída aqui por contracenar com Iain Glenn e Peter. É óbvio que ela é mais inexperiente que eles. Mas não achei ela tão ruim aqui não. Claro, ela não estava tão bem como em Hardhome, mas não estava mal também. Ruim aqui foi a construção da cena do voo que prejudicou a atuação dela. Ela subir no drogon com aquele vestido deve ser muito complicado. Fora o movimento de meio que escalar o dragão, já que ele não é um cavalo. Ele é muito maior, com espinhos. O CGI aqui não ajudou muito também. Algo parecia estranho ali, não estava bonito. Não sei se foi o ângulo da filmagem, se foi só o CGI, se foi a edição, se foi tudo junto…. só sei que não ficou muito bom.

    A cena termina com Danny voando sobre Meereen, sendo observada por Tyrion, Danny , Daario, Missandei enquanto vemos só os imaculados se levantando de fundo.

    ——————————————–

    Muralha: aqui tivemos uma sequência legal, mas nada além disso. Jon chega com os selvagens na muralha. Allister Thorn abre os portões e milhares de selvagens passam para o sul da Muralha. Gostei de ver que entre os salvos estão as filhas da Karsi. Os selvagens em geral parecem desaprovar a atitude do Jon. Jon vê Olly e dá um sorriso. Olly faz um gesto com a cabeça e continua com cara de emburrado e sai. Uma cena legal, mas que não acrescenta muito ao episódio.

    ——————————————–

    Dorne: Aqui, de longe, tivemos as melhores cenas de Dorne. Não que tenha sido bom, mas para os padrões de Dorne desta temporada as cenas foram relativamente melhores. As atuações aqui foram boas (menos a das serpentes na cena do ajoelhamento da Ellaria que foram terríveis).

    Dorne é bonita né? Sensacional o plano de Jaime andando com a câmera no nível do chão se deslocando e mostrando a abobada e as paredes adornadas do local. Achei muito bonito.

    Um detalhe para reflexão: Jaime diz ter recebido o colar de Myrcella enviado na víbora como ameaça de Dorne. Doran Martell e Ellaria fazem cara de que não sabem do que se trata, sugerindo que não foi nenhum deles que fez isso. Quem teria feito? E com que intenção? Para mim, a intenção foi separar Jaime e Cersei. E quem faria isso? Hummmmmmm Há um personagem que está desaparecido desde o episódio S05E03. Suspeito que ele tenha a ver com isso também!

    Em uma das tomadas da cena da reunião a câmera filma a partir de um dos arcos da sala. Achei super bonito! Eu não sei ali o que de fato era cenografia ou que era a edificação natural. Mas ficou legal!

    Achei tosco demais o soco em Bronn e mais ainda a brincadeira das irmãs. Mais uma vez Areo Hotah chegou com sua cara de mal encarado e nos salvou e acabou com o besteirol.

    Gostei muito da cena em que a Ellaria se curva para Doran com a iluminação externa do sol e a sobra na parte interna. Foi muito bem construída. E a Indira estava bem neste episódio. Já Obara continua fazendo biquinhos e caretas em quase toda cena que aparece.

    Na última cena, temos Ellaria muito diferente contracenando com Jaime. Não sei se for armado ou não. Se ela esta fingindo, se ela realmente percebeu que seu plano era uma porcaria. Sei lá. Soou-me estranho. Acho que aqui também nós nos despedimos desta “cidade” até a próxima temporada ou mesmo até o nunca mais, já que não ficou claro para mim que Doran possui algum plano além de enviar Trystanne para ocupar a posição de Oberyn no Pequeno Conselho. Nos livros Nymeria é enviada. Porque fizeram este desvio? Não sei. Não sei nem se faz diferença já que os atores não estão bons de qualquer forma. Mas ao que parece, ele levará Myrcella. E quem ficará em Dorne? Ellaria, Doran e as Serpentes. Doran não parece ter um plano, pelo menos não ficou claro. Ele deu um ultimato em Ellaria. As serpentes não tiveram nenhuma função para a história. Ou Dorne realmente acabou aqui ou Doran tem algum plano que ficará para o futuro, pois aqui não ficou claro. Além do fato de que não tivemos Quentyn nem Arianne. Que plano Doran teria? Não sei. Se o núcleo acabou aqui, ele entrou e saiu da história sem ter acrescentado absolutamente nada.

    ——————————————–

    Braavos: ainda me surpreendo com a riqueza de detalhes que a cidade foi concebida. Poxa, é tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo. Vários figurantes e tantos detalhes, tudo sincronizadinho. Super legal. Aqui Arya prossegue com sua missão do episódio anterior, mas ao chegar perto do Homem Magro ela avista um navio Lannister e, quem sai dele?! Sim, Meryn Trant e o bonachão Mace Tyrell. Gostei como a câmera foca em Trant em primeiro plano na cena no desembarque, como se fosse o olhar da Arya observando. Mace Tyrell surge em um figurino super exagerado! Adorei! Achei super legal. Bem Tyrell mesmo.

    Que coisa mais linda o Banco de Ferro visto por fora. A perspectiva do local ficou super legal com o titã ao fundo. Magnífico! Gostei muito do diálogo de Mace e Tycho. Mace Tyrell teve sua melhor cena aqui. Mesmo ele sendo bonachão e usado muitas vezes de maneira cômica, achei que ficou legal. E teve até uma cantoria! Curti.

    E então temos Arya seguindo Trant até o bordel. Ela percebe que ele gosta de garotas jovens (para não dizer crianças). As cenas no bordel ficaram bem legais. Gostei da iluminação mais escura, meio dourada. Arya olhando pela porta com uma espécie de cortina. Achei legal. E a Maise é ótima né!

    Ao final, Arya vai até Jaqen e diz que o Homem Magro não tinha fome! Hahahahahhaha Super legal! E a réplica de Jaqen? “por isso que ele deve ser magro”. Muito boa! Mas, acho que Jaqen sabe que Arya mentiu para ele. Talvez ela tenha mentido melhor ou ainda ele tenha engolido a história para ver até onde ela vai. Com certeza teremos aspectos de Mercy no próximo episódio. Ela deve usar de sua juventude para seduzir Trant, desviando de sua missão original. Como consequência de desviar-se de sua missão e não conseguir se desapegar de Arya Stark, ela deve acabar cega.

    ——————————————–

    Em algum lugar entre Castelo negro e Winterfell: chegamos ao pior momento de Game Of Thrones, pelo menos para mim. Eu mesmo já comentei aqui no site sobre isso várias vezes desde que saiu o episódio. Meu sentimento ainda é de revolta ainda.

    A sequência se inicia com Melisandre olhando para as chamas, percebendo o ataque que está por vir. A Carice é tão, tão, tão foda, que apesar de tudo que ela faz, eu não consigo desgostar da personagem dela nenhum pouco! O olhar dela é incrível, as expressões faciais. Poxa, sensacional. Adoro essa mulher, não tem jeito.

    O ataque dos 20 homens bons de Ramsey parece ter dado certo. Tivemos até um cavalo em chamas, que foi terrível de se ver. E aí a cena é cortada abruptamente. Não gostei disso. Houve pouco tempo de cena do ataque. Podiam ter cortado a brincadeira das serpentes na cela ou mesmo a cena da Muralha e dramatizado mais aqui. Stannis e Davos conversam sobre as consequências do ataque e Stannis diz querer enforcar os vigias que não viram quem estava atacando.

    Depois temos Stannis despachando Davos para a muralha e negando que ele leve Shireen e Selyse. O intuito aqui foi apenas despachar Davos para que ele não impedisse o sacrifício de Shireen. Aliás, aqui dou os meus parabéns para a jovem atriz Kerry Ingram. Eu já tinha tanto apego a ela e neste episódio ela me conquistou mais e mais. Ela é ótima atriz! O entusiasmo que ela mostra ao falar do livro da Dança dos Dragões é contagiante. Quem não leria depois dela falar com tanto entusiasmo? Ah não, o papai não leu não! Ele sabe corrigir gramática, mas não sabe sobre a história de Westeros hahahahah. Não fez sentindo algum! Toda a conversa com Davos foi super bonita, bem construída. Percebe-se bem a química boa entre os dois atores. Davos dá a ela um veado de madeira, símbolo da casa Baratheon.

    Na cena seguinte, Shireen brinca com o veado. Ao fundo da cena, temos as chamas, como se fosse um presságio do que viria a seguir. Stannis chega e rola uma conversa bonita, bem construída, com atuações impecáveis. Para mim foi doloroso sabendo do que viria a ocorrer. Shireen diz querer ajudar seu pai, pois é sua filha, sua herdeira, a princesa da casa Baratheon.

    E então Shireen marcha na neve segurando seu brinquedinho, seguida por soldados. Que cena bonita, mas trágica. Ela visualiza a fogueira e tenta fugir, chama por seu pai, pois não imaginava que ele estaria por trás disso. E então surge Melisandre para tranquilizar a princesa, com um sorriso. Que atuações maravilhosas! Shireen é amarrada, gritando por seu pai. Ela então visualiza seus pais. Inicialmente Selyse parece achar certo e necessário. Shireen clama pelo pai, mas sem retorno apela pela mãe…. que, surpreendentemente, se comove. Aqui a maternidade falou mais algo. Melisandre ateia fogo à pira. Selyse tenta salvar a filha, mas é contida pelos soldados. Shireen queima e dá um último grito terrível que não esquecerei jamais. Selyse agoniza. Stannis desvia o olhar. Melisandre parece em êxtase. Tudo muito bom em termos de execução e atuação.

    Nossa, Renan, se está tudo bom você vai reclamar? Sim, eu vou. Não pelas cenas em si, mas pelos fatos ocorrido nelas. Aqui nós tivemos o assassinato da única filha e herdeira de Stannis Baratheon. Stannis não tem irmãos. A família Baratheon depende única e exclusivamente dele para prosseguir. Se ele um dia for rei, o seu reinado terá apenas a duração de sua vida. Stannis jamais legitimaria um bastardo (só se for na série, já que destruíram o personagem). Ou seja, a casa Baratheon acaba nele.

    Quais pessoas seguiriam um Rei que matou sua filha em oferta um deus pouquíssimo cultuado em Westeros? Ainda mais que foi para conquistar UMA cidade, não o trono de ferro em si. Stannis está longe demais disso. Ainda mais que o assassinato de parentes é muito mal visto em Westeros.

    Stannis nos livros é primado pelo seu senso de justiça e até pela honra. Davos várias vezes mostra os dedos para falar disso!

    Se sangue de rei que ele queria, porque ele não deu o próprio? Seria mais lógico ele se sacrificar e pedir que os soldados dele lutassem pro Shireen e colocassem ela no trono de ferro, pois a linhagem prosseguiria com ela. Ao sacrificar sua filha, não. Ao que parece Selyse é infértil e parece não estar mais na idade de ter filhos. Se ele queria sangue real, podia ter doado parte do seu sangue caso não se sacrificasse. Talvez cortado algum membro de seu corpo. Ou, talvez uma saída mais interessante, fosse queimar Theon, já que o personagem está fadado à ruína. Ele não tem salvação, nem chance de ter um final agridoce a meu ver. Para mim a escolha de sacrificar Shireen foi péssima! Ainda mais levando em conta que Stannis na série nunca pareceu tão crente nas lorotas da Melisandre. Nos livros isto é ainda mais claro! Stannis pede aos seus súditos que rezem mais ou invés de sacrificar Asha para terem mais chances em batalha e sobreviverem nas condições frias.

    E não adianta culpar o Martin. Shireen pode mesmo ser sacrificada, mas as circunstâncias serão outras. Não acredito nenhum pouco que seja com aval de Stannis, até porque Stannis está em um local e Shireen em outro, lá quentinha com a mamãe bigoduda em Castelo Negro. Acredito que Stannis possa morrer em batalha. Melisandre sacrifica Shireen para trazê-lo de volta e acaba ressuscitando Jon Snow. Para mim esta é uma possibilidade nos livros. O destino de Shireen nos livros será trágico, sua história é trágica. Ela é a criança mais triste de Westeros, renegada pela mãe, com uma doença que a deformou, mas a qual ela por algum motivo conseguiu conter . Quase sempre está sozinha e não tem amigos. Ela terá um papel importante a desempenhar, mesmo que seja com sua morte. Não seria para conquistar uma cidade, não seria com o aval do pai. Nos livros isto além não condizente com os personagens é geograficamente impossível. Por isso tudo digo: esta cena está errada, muito errada.

    Tudo foi orquestrado para esta cena. Milisandre e Selyse foram levadas para a batalha com este intuito. Na muralha Melisandre desempenha um papel importante nos livros. O único POV que temos dela é lá. E, para mim, quando lia a Dança, este era o capítulo que eu mais ansiava por ler. Nele que fica claro que realmente Melisandre tem lorotas, mas ela tem poder. É real. Nele percebemos sua devoção, nele vemos como ela interpreta as chamas. Nele percebemos que ela acerta muitas coisas. E, se não acerta, ela nunca está completamente errada. As chamas não mentem, mas a interpretação delas é humana e, logo, suscetível a erros. A série perdeu a chance de explorar a complexidade da personagem. E Jon Snow não recebeu nenhum alerta do que está por vir.

    O mais cruel é que todos víamos que o foco em Stannis nesta temporada estava diferente. Deram muito destaque a ele. Dos 9 episódios, ele apareceu em 7. Ele nunca teve tanto tempo em cena. Ele foi humanizado. Tudo foi direcionado para… para… para … sacrificar a filha. Ah vá! Poupem-me. Que coisa sem sentido. Estávamos todos felizes que estavam “consertando” todos os erros com o núcleo de Pedra do Dragão desde que foi introduzido, núcleo com o qual as pessoas tinham pouca empatia. No final, não apenas não consertaram como destruíram eles por completo neste episódio! Péssimo.

    Fora que na série pareceu uma ambição pelo poder. Nos livros, Stannis quer o trono não por vontade, mas por achar ser justo, já que Joffrey e Tommen são bastardos. É o senso se justiça que o move, não a ambição.

    E eu me pergunto: o que será de Davos? Davos serve Stannis, mas não concorda com coisas que ele faz. Ele não aceitaria o que Stannis fez. Por outro lado, não há porque ele ir atrás de Rickon Stark já que Sansa está em Winterfell. Não faria sentido, ainda mais servindo um Rei que matou a filha. Para mim a única saída para Davos é a morte, já que não há nenhum outro rei para ele servir.

    ——————————————–

    E assim acaba o episódio 9 desta temporada. Foi rui? Não, não foi. Mas foi inferior ao que eu esperava e nele ocorreu a cena mais odiosa que já vi nessa série e que não fez sentido algum para mim. Não sei aos non readers como foi a recepção da cena em geral. Um amigo meu gostou e, para ele, a cena fez sentido. A gente ficou discutindo bastante isso. Para mim não fez. Eu não engoli e não vou.

    O título era Dança dos Dragões remetendo a escolha de lados que fazemos de acordo com nossas ideias e visões e as consequências destas escolhas. Quem Shireen escolheria? Ela diz que não escolheria nenhum porque ao escolher você condenaria ambos os lados. Achei um diálogo incrível e mostra a sabedoria desta criança, muito mais sábia que o pai. Stannis devia ter se sacrificado por ela e seus homens lutaria para entroná-la. Certamente seria uma rainha melhor. E seria uma decisão mais sábia. Além disso, o título também se refere à cena da arena e pode se referir à dualidade de personalidades da Arya também. Foi um bom episódio, mas aquém das expectativas e com escolhas de enredo e edição bastante ruins. Agora é esperar pelo Season Finale. Que a mãe seja misericordiosa e não cometam mais nenhuma atrocidade!

  • ernesto krapf

    E quem disse que quiseram mostrar o Stannis como vilão?
    Se quisessem isso teriam feito ele gargalhar enquanto a Shireen queimava, mas não, ele ficou ali, olhando aflito, até se virou, ele vai ter que conviver com esse peso pelo resto da vida.

  • Recomendo.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Os sacrifícios seguem a ordem do Senhor da Luz. Se ele quer que Stannis queime a própria filha pra ganhar a guerra, então é isso que tem que ser feito, é esse o preço a ser pago. Se não quer pagar o preço, também não terá o que deseja. É simples assim. Não existe isso de “ah por que não usaram sanguessugas nela?”. Stannis não liga pra herdeiros, apenas pra si, oras ele é o escolhido, segundo a Mel, por que ele iria ligar pra sua sucessão?! O Davos segue as ordens, ele se rebelar por suspeitas não cabia a ele. O Tyrion matar o próprio pai, por mais ruim que ele tenha sido com o anão, também foi algo que achei que ele nunca ia fazer, e no momento, parecia descaracterização. Mas como isso foi Martin quem escreveu, então, tudo bem pros leitores. Acho que a regra sobre chocar a audiência é: “desde que esteja nos livros”.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Olhando bem a cena final, parece que os filhos da harpia abandonam o lugar assim que Dany foge no dragão. Talvez o alvo da vez fosse apenas ela.

  • Leonardo

    Assisto só a série, infelizmente tomei Spoiler porque algumas pessoas parecem sentir necessidade falar o que vai acontecer , perdi o fator surpresa para esse último episódio.

    Lembro do Casamento Vermelho e como eu fiquei depois, acho que entendo agora porque as pessoas que não leram os livros gostam mais da série, assistir as coisas sabendo o que vai acontecer tira 50% da graça.

    Enfim..o lado bom é que isso vai acabar próxima temporada,eu creio que assistir sem esperar o que vai acontecer vai ser muito melhor até pra quem lê o livro, o povo hoje em dia é muito curioso..Spoiler acaba com tudo.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Jon Snow trollando na 1a temporada. Tem volta, Jon!

  • Gauthier Andrade Matos

    Rafa, fiquei com essa mesma sensação ao fim do Ep. A cena da Arena de Daznak foi grandiosa, ousada. Mas usá-la após Stannis queimar sua filha a qual criamos empatia, fez com que A Dança dos Dragões não fosse legal quanto deveria. Aqui em casa já vibramos muito assistindo Oberyn, a Víbora “matar” o Montanha, sofremos com o casamento vermelho; mas nesse evento tão especial quanto deveria ter sido, acredito que foi editado para o episódio errado.
    Estou com a mesma sensação para o próximo. Teremos Cersei na caminhada da penitência, Jon com as adagas na escuridão, Dany “cercada por estranhos”, Arya mudando de face, Sansa fazendo algo grandioso, Varys possivelmente assassinando Kevan, Meistre Pycelle.. Tem muita coisa a pontuar, então acredito que teremos uma mistura de sensações e isso não será muito bom para a season finale.

  • Marcio

    Fiquei na dúvida se teria Dorne no último episódio, foi bom saber que sim, porque gostaria de ver o plot twist que ocorre nos livros (espero que não estraguem). Quero continuar a ver os ótimos Alexandre Siddig e Indira Varma na série, mas em plots melhores de preferência.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Óbvio que os personagens secundários, que têm pouquíssimo tempo de tela, são menos complexos que os principais, como Tyrion, Cersei, Jon, Ned na 1a temporada, Catelyn, Dany – que já foi submissa e foi crescendo até virar rainha. Apesar disso, temos ótimos coadjuvantes como Olenna, Brienne – que não é só vingativa, é uma cavaleira quixotesca também -, o Alto Pardal – óbvio, que esses que a série usou melhor, você não cita.

  • Priscila

    E Dany deu indícios de que ficou “doente” no final da Dança dos Dragões, inclusive os sintomas são muito parecidos com o fluxo sangrento (que é a peste abordada nos livros), depois na cena final ela parece bem melhor, mas não ficou claro se ela “sarou” ou esta doente e apenas melhorou um pouco.

  • Rodolfo Basso

    Bom, pode ser só coisa da minha cabeça então, leio as resenhas desde a terceira temporada se não me engano, e a sensação é de que esse ano as resenhas carregam seu ressentimento, tanto que algumas delas até os comentários destacam isso. Não me entusiasmei com a temporada também, mas no caso também não curti tanto os dois últimos livros, altos e baixos acontecem em todas as histórias e produções.
    E em relação aos personagens, existem pessoas com reações previsiveis, nem todos os personagens podem e são de fato multifacetados, não é porque alguem poderia se transformar em uma pessoa forte, vá de fato fazer (Sansa), não é porque a a reação mais óbvia, previsivel e mesquinha, talvez, de uma personagem à morte de alguem querido seja a vingança, que todos os personagens não possam escolhe-la ou serão mal produzidos (Brienne e Ellaria), e assim por diante.
    Também acho que a série tem diversos defeitos, mas sinto que o site tem levado mais pro lado pessoal, por isso agradeço todas as horas de esforço e trabalho de vocês que me proporcionaram tantas horas interessantes de leitura e discussão, mas até mesmo as respostas dos moderadores na sessão de comentários tem se tornado mais hostil, e como isso tem me trazido mais mal estar do que interesse decidi não acompanhar mais o site, sei que na verdade isso não é de interesse de ninguem, mas só gostaria de explicar ja que passei tantas horas por aqui nos ultimos anos.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Creio que ela irá lutar com a escamagris, provavelmente pra justificar a doença que ela tem depois que voa com o dragão nos livros. Mas óbvio, seu sangue Targaryen não vai deixar ela se tornar um homem de pedra.

  • Coitado.

  • Daqui a pouco o Podcasteros tá aí Renan! Obrigado cara, abraços!

  • Concordo 100%, Fernanda! Acho que Sam vai pra Cidadela pra estudar e substituir Meistre Aemon, e espero que que isso acontece antes da morte de Jon, já que nos livros é ele que dá a ordem. Abraços! 🙂

  • Don Ramon

    né?

  • Marcio

    Um plot interessante pra Stannis seria ele não matar a Shireen (o que manteria a popularidade dele entre os telespectadores), e depois de tudo isso a Brienne o matasse. Isso causaria um grande conflito em quem vê a série, porque ambos os personagens seriam queridos e seria muito difícil ficar contra a Brienne, que é uma personagem adorada. Essa é a mesma sensação que tenho com Stoneheart, porque ela é Catelyn (mas não é, ao mesmo tempo) e quer matar Brienne e Pod, passando uma sensação de grande injustiça, mas envolvendo somente personagens “do bem”. Como seguiram outro caminho, vamos ver o que acontece (mas não achei ruim da forma que foi, o que contradiz sua opinião, mas respeito suas ideias e sua análise).

  • com certeza. Ja me surpreendeu ter mais uma cena em Dorne. Nao esperava por isso

  • O que é que o sangue Targaryen tem a ver com isso?

  • Graziela

    Eu tenho uma dúvida, eu entendi lendo o livro que Stannis já era casado com Selyse durante o cerco à Ponta Tempestade, mas na Wiki diz que eles casaram depois, eu entendi errado? Se alguém puder me responder, obrigada pela atenção.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    E qual o problema com injustiças? Injustiça é o que mais tem nos livros/série.

  • Don Ramon

    Acontece que o Stannis até o presente momento não foi um crente e fez questão de falar o tempo todo na série sobre o seu direito HEREDITÁRIO. Oras, agora ele queima a própria linhagem?

  • Don Ramon

    Rapaz, a primeira temporada é a minha favorita justamente por isso.

  • Se eu não estou gostando da temporada, é óbvio que as análises vão denotar isso. Mas tudo bem, Rodolfo. Me desculpe se eu fui hostil. Você sempre será bem-vindo, se um dia quiser voltar. Abraços!

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Não tira a graça não, cara. A diferença é que vocé se surpreende durante a leitura ao invés de na série. E ter isso reproduzido audiovisualmente é um sonho realizado. Pena que a maioria dos leitores acham que apenas o Martin pode mexer com as emoções deles, se os produtores fazem isso, são apelativos aproveitadores.

  • Curti essa ideia. Fez até sentido para mim. Seria muitíssimo mais crível e chocante. Ainda mais se ocorresse no próprio episódio 9. Pronto. Estaria resolvido e com o “fator choque” que os caras tanto adoram.

  • Eu espero que o Jon o mande para o Sul e não fique só naquela “sugestão” do Aemon.

    Quanto a amar D&D….. tão em baixa para mim no momento. Não superei ainda a Shireen

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    como ele vai se sacrificar? Ele acredita que é o escolhido, o azor ahai. Se fizesse isso, aí sim, seria total descaracterização.

  • Rhau

    Talvez seja essa mistura de sensações que eles estejam buscando. Pois um jeito de deixar todos aguardando ansiosamente a próxima temporada é colocar várias tramas (de todos personagens importantes) e deixar algumas (ou todas) em aberto, para a temporada seguinte. Isso ocorre sempre, é ruim, mas é bom haha

  • Rhau

    HAHAHAH
    Difíceis de matar até o ep. 9 da 1ª temp

  • Nicole

    Italo, a serie transpôs de forma excelente vários personagens como você citou, e destruiu vários outros também. Não é uma questão de argumentar apenas o que a serie tem de ruim, mas…
    No caso, a argumentação foi referente a “vala comum” que foi colocado vários personagens secundários e não aos bons…

  • Obrigado Nicole! 🙂

  • Nicoli JLSantos

    Excelente resenha! Também só consegui apreciar o show do Drogon na arena (não liguei pro momento aerolito) da segunda vez em diante…

  • Marcio

    Não tem problema nenhum (eu disse que tinha?), é justamente a injustiça envolvendo alguns acontecimentos que dá nós na garganta, fazendo a história ficar mais interessante.

  • Devanil Júnior

    Por que ele iria querer a sucessão? Migo, Stannis é um chato mas não é burro. É o comandante mais sábio de Westeros. E ele nunca acreditou direito que era o Azor Ahai.

    Mas concordo quanto ao pessoal que pensa que “só os livros podem chocar”.

  • Fear of a Blackwater Planet

    Gostei da última frase em negrito da análise. Acredito que os Imaculados em sua maioria estavam tomando conta de toda cidade. Os filhos da Harpia sumiram por um tempo na série pelo menos isso pareceu.

    Falando no pessoal que sumiu devo ressaltar que os Segundos Filhos nem apareceram nessa quinta temporada. Só dois morreram pela Harpia. Algo ta me dizendo que o Daario é quem ta por trás dos filhos da Harpia. Quando ele tava deitado com a Daenerys trouxe a ideia de matar todos os mestres restantes no torneio. Fica parecendo que ele quer matar todos os aliados da Khaleesi para ter domínio total sobre ela sem interferência.

    É capaz dos Filhos da Harpia serem os Segundo Filhos disfarçados exterminando os Imaculados (exercito concorrente) e colocando a culpa nos moradores de Meeren.

  • Carolina Costa D’Ávila

    Pessoas podem ou não pegar doenças contagiosas, mesmo tendo contato. Tyrion não pegou por uma aleatoriedade, não por imunidade. De acordo com O Mundo de Gelo e Fogo, vários Targaryens morreram por doenças, e o GRRM disse milhões de vezes que eles não são imunes.

  • Carolina Costa D’Ávila

    Ouvi comentários assim: Daenerys no Drogon = História sem fim. Fala por si só.

  • Oi Graziela. Stannis casou com Selyse em 287 AC. 4 anos depois do cerco e da Rebelião. Mas, se bem me lembro, teve outro cerco à Ponta Tempestade durante a Guerra dos Cinco Reis, com Stannis do lado de fora. Abraços! 🙂

  • Pati

    rapaz, se vai bancar o adovogado do diabo? kkkkkkk

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    O Tyrion “Targaryen” não pegou.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Tudo que ele fez foi seguindo a Mel e não é crente?!

  • Nymeria Sand

    “Ainda assim, foi meio difícil entrar no clima. A perda de Shireen fez
    com que eu só conseguisse apreciar a dança dos dragões devidamente na
    segunda vez que assisti”

    Exatamente!

    Já que eles queriam chocar, poderiam pelo menos nos dar tempo de digerir a cena. Eu não consegui me concentrar em mais nada depois de queimarem a Shireen.

  • Adriano

    “Você era o Escolhido! Foi dito que você iria destruir os Sith, não se unir a eles! Trazer o equilíbrio para a Força, não jogá-la nas trevas!”
    Obi Wan-Kenobi cita para Darth Vader após derrotá-lo em Mustafar…. Forte… Épico… Doloroso.
    Mesmo sabendo que Mestre Yoda previu isto bem antes (Yoda cita a um jovem e assustado Anakin Skywalker :“O medo é o caminho para o lado negro. O medo leva a raiva, a raiva leva ao ódio, o ódio leva ao sofrimento!”). Mesmo sabendo que Anakin iria cair, foi doloroso pra qualquer fã de SW assistir.
    Assim como hj ao assistir a redenção do mesmo Anakin tem um sabor todo especial…. As cenas finais de O Retorno de Jedi, atualmente, tem MUITO mais significado do que quando assisti pela primeira vez. O arco de Anakin Skywalker se fecha.
    Pena que o próximo SW não dará continuidade a este arco pois não teremos Mara Jade Skyalker, Darth Caedus e Jaina Solo.
    ——————————-
    Fazendo um contraponto, não vejo como Stannis conseguir a redenção depois de Shireen…. fica dificil de aceitar o sacrifício. Muito se tem falado de que era a última chance dele, mas peraí:
    – O cara resistiu a um cerco de um ano comendo ratos, cavalos, sopa de livros e outras coisas que somente os deuses antigos sabem.
    Durante os comentários do fórum com Spoilers alguns users fizeram um paralelo com Isaac, Ifigênia e Jesus Cristo: Todos foram alvos de sacrifícios por seus “pais”.
    Porém:
    – Abraão era o alvo de um teste… Deus não tinha em nenhum momento a intenção de matar Isaac e sim de testar Abraão. R’hllor não estava testando Stannis: ele queria sangue.
    – Temos várias versões sobre Agamenon e Ifigênia sendo que em NENHUMA delas, Ifigênia era filha única. Em todos ainda temos Electra e Orestes (não me lembro se tinha outro ou outra). Sendo que em algumas versões o sacrificio não se concretizou… Mas em todas versões Agamenon acaba morto.
    – Jesus Cristo foi enviado à terra pelo pai celestial sabendo de TUDO o que iria passar… Ele não foi enganado pelo pai, que lhe conta uma história bonita sobre como foi contaminado com uma praga mortífera, a maneira como este pai se negou a exilá-lo em uma terra distante e maldita e os esforços que ele fez para curá-lo, para dali a alguns dias queima-lo vivo na fogueira em oferenda pra um deus sanguinário. Não…Jesus veio até a Terra sabendo que ia sofrer e que teria uma morte horrível…. E mesmo assim ele aceitou.

    Eu ERA um dos que busquei defender a série no início, inclusive argumentei favoravelmente a cena do encontro de Jaime e Bronn com os soldados dorneses ( não existem tubarões em Dorne!!!) dizendo que poderia ser contra-informação e na morte de Sor Barristan dizendo que a formação de escudos não seria eficiente em um beco, mas desde o episódio 06 que não dá….. Esta temporada tá dificil.
    Toda ação dos Imaculados e dos Filhos da Harpia fica sob suspeita neste sequencia:
    Na Arena de Daznak no plano sequencia inicial, com vista acima das arquibancadas, dá pra ver que existem muitos Imaculados nos círculos entre as arquibancadas…Como toda tropa de elite da antiguidade (Espartanos, Falange Tebana, Falange Macedônica, Legião Romana), quando esta tropa sofre um ataque e esta tropa esta dispersa, a maneira de contra-atacar é:
    -Se agruparem em pequenos grupos e, os pequenos grupos se juntarem num grupo maior, até terem uma grande formação e ai darem uma resposta eficiente… Mas os caras agem como soldados sem nenhuma tática… Só me pergunto como eles conseguiram derrotar os Dothrakis na Batalha de Qohor (3 mil Imaculados contra 50 mil Dothrakis) agindo assim??
    Ok… Mas ai vamos aos Filhos da Harpia:
    -Estavam em uma vantagem numérica espantosa, diferentemente do que aconteceu no beco (morte de Barristan), atacam um a um… Diabos velho…. Era a chance de matar a invasora…Era atacar com TUDO e TODOS ao mesmo tempo e nem Sor Jorah, Daario, e os Imaculados iriam conseguir deter…Pelo contrário…Todos eles iriam morrer… Eram mais de 50 Filhos da Harpia contra 11 Imaculados, Daario e Sor Jorah. A relação de forças era maior do que na cena do beco… E ai como já disse os caras atacam aos poucos.

    Outro porém e que me incomoda um pouco é que em nenhum momento desde que surgiram os Filhos da Harpia, é feita a pergunta CRUCIAL:
    – Quem é a HARPIA..????
    Se existem os filhos, quem será o mentor..??? Quem organiza os ataques… ?? Quem organizou aquela ação na Arena…???? Será que teremos respostas????
    ——————————————————
    Bela resenha Bacellar….
    Devo dizer que fiquei MUITO contente com a citação de um dos momentos mais marcantes de SW.
    A citação de GRR Martim também é pontual na atual situação em que se encontra a série.
    Abrasss e aguardando o Podcasteros…

  • She-Ra

    Ei… o Jorah pega a Dany pelos dois braços pra ela descer à arena.
    Ou seja, ele não tá nem aí pra sua escamagris…
    Agora imagina se a Dany passa esse vírus pro Drogon? Putz…

  • She-Ra

    Os imaculados devem estar todos se revezando na macumba no pé da cama do Grey Worm.

  • Lucas Camargos

    “Você era o Escolhido! Foi dito que você iria destruir os Sith, não se
    unir a eles! Trazer o equilíbrio para a Força, não jogá-la nas trevas”

    Que referência legendária!

  • Vítor Hugo Guariento

    Também fui assim, a cena de Shireen foi muito mais poderosa em matéria de emoção do que a Arena de Daznak, tanto que a primeira vez que vi quase não prestei atenção. Acho apenas que, com tantos episódios que não ocorreram polêmicas ou cenas interessantes (Hardhome, Casamento de Sansa, Daznak), eles poderiam colocar a cena da Princesa em uma delas…

  • Niculas

    RAFAEL!!!!!!! Otima analise. Vou ficar com saudades das analises e dos podcasteros. Achei o Drogon lindão… Como também tinha em mente que o episodio não superaria o anterior. Abraços!!!!

  • She-Ra

    Ela tá rindo da coreografia da luta dos imaculados!

  • Vinicius Lima Silva

    Para falar a verdade, se você só assiste a série, você deveria evitar esse tipo de post. Se você entra aqui, deve ter a ciência que tomar um spoiler é de alta probabilidade.

    Mas quanto a ideia de perder a graça, aí que tá. Concordo com o Ítalo, não perde não. A cena do Oberyn foi uma das melhores, por exemplo, mesmo eu sabendo o que ia acontecer. A série representou muito bem, e o personagem também foi bem representado. Ainda sinto saudades de Pedro Pascal.

  • Vinicius Lima Silva

    Quanto as emoções, eu sou bem vindo a qualquer coisa boa que os produtores e roteiristas nos ofereçam. O episódio de Durolar, por exemplo, que é bem diferente de como acontece nos livros, a adaptação (leia-se mudança de mídia) foi muito bem executada. As cenas foram bem feitas, o roteiro foi ótimo e tudo no episodio foi construído de forma a ter um climax perfeito. E eles nos entregaram isso. O problema é quando eles fazem uma adaptação porca, por ter que cortar muita coisa e acabam deixando o roteiro cheio de furos, cheio de incoerência e inconsistência.

    Como nos livros isso é raramente percebido, é fácil de ver o porque os mais extremistas achem que só o Martin consegue fazer isso direito.

  • Niculas

    Olha as intimidades com a Melisandre. O último ela colocou sanguessuga no pinto. rsrsrs Mel

  • Devanil Júnior

    Pode ser meio off-topic, mas eu queria agradecer vocês porque eu só curtia a página de vocês e a oficial no Facebook. Hoje fui dar uma explorada e nas duas páginas de GoT e Asoiaf eu vi comentários machistas: em um deles pedindo nudes da Arya. Em outro, zoando incansavelmente o Renly e o Loras. As vezes eu esqueço que Game of Thrones é a série mais popular e que isso traz fãs muito babacas.

    Vida longa ao Game of Thrones BR

  • wons noj2

    uuhaehuaehaeuh exatamente, esse italo é doido

  • wons noj2

    “É simples assim. Não existe isso de “ah por que não usaram sanguessugas nela?”. Stannis não liga pra herdeiros, apenas pra si, oras ele é o escolhido” então vc acha que ele deve fazer tudo que a mel manda? ele gosta só por ela ter poder, ele é inteligente, “ela mandou então ele deve matar a própria filha” não é bem assim.

  • E…?
    É sério que acredita nisso de sangue Targaryen imune a doenças?

  • Adriano

    “Maegelle cuidou de crianças atingidas com Escamagris, mas acabou adquirindo a doença e morreu em 96DD.”
    Fonte:
    http://wiki.gameofthronesbr.com/index.php/Maegelle_Targaryen

  • She-Ra

  • João Victor

    Para mim foi um dos melhores episódios da série. E não falaram que será o melhor, mas o mais grandioso e que mudará completamente o futuro da série.

  • wons noj2

    acho que vai ficar um pouco pro começo da proxima temporada, pq é muita coisa

  • Igor Marcelo

    Concordo contigo, vendo por esse lado os filhos da Harpia mataram, Barristan e quase deram fim no Verme Cinzento que eram bastante próximos da Dany e tinham mais influencia sobre ela do que ele, e agora mataram Hizdahr, sendo que o próprio Daario se mostrava contra o casamento, talvez só esteja eliminando a concorrência.

  • wons noj2

    Sim, e acertaram mil lançam no dragão e não miraram na dany, que era o alvo deles uma vez sequer.

  • Graziela

    Obrigada Rafael, eu entendi errado, um abraço.

  • Adriano

    Só se na série Weiss, Benioff e Cogman adaptarem isto também.
    Sangue Targaryen não é como o sangue de Kal-El.
    Vários Targaryens já morreram de doenças….

  • joao pedro

    isso foi claramente 100% da minha opinião sobre o episódio,mudando de assunto, o podcasteros vai sair amanha?

  • As chamas não mentem…..

  • Leonardo

    Na verdade amigo eu já sei de de tudo,então já não fazia tanta diferença, acredita que escreveram na parte de trás de uma cadeira do ônibus um spoiler ? quando sentei vi logo…fiquei muito puto

    Faz pouco também..estava jogando um jogo online e o cara colocou o nick dele em forma de spoiler, eu juro que não entendo porque essas pessoas fazem isso..só pra prejudicar quem não quer saber..enfim.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Já temos um caso de Targaryen que não se queima, daí pra ser imune a doença, é um pulo. O ruim da mágica é que ela não segue a lógica, então, basta que o Martin queira que acontece. Qual seria a explicação pro Tyrion não pegar? Nem a Dany? E outra: por que Jorah, tão devoto a Dany, não teve o cuidado de não pegar nela, aliás, fez questão de tocá-la.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Na verdade, ele resiste até onde dá, mas sempre faz o que ela quer.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Na série, ele diz não pra Davos, e só vai depois que a Mel diz que a verdadeira guerra é lá. Nos livros, acho que é só por causa do Davos, não tenho certeza.

  • Pois é…. a falta de questionamento “quem é a harpia” na série é o pior erro na adaptação de todo arco dela

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Se ele tivesse preocupado com sucessão, não teria matado seu próprio irmão, que seria o sucessor no caso de ele morrer antes de chegar ao Trono de Ferro.

  • Leonardo

    Italo exatamente,vocês têm o baque durante a leitura..nós temos o baque durante a série, esse que é o legal..ser surpreendido,você sabe apreciar as duas coisas mas a maioria dos leitores sempre ficam chateados(parece um muro das lamentações aqui) depois de cada episódio porque alguma coisa não saiu do jeito que eles imaginaram, acredito que essa próxima temporada vai ser melhor pra todo mundo

    No caso desse episódio de amanhã eu já sei o que vai acontecer, eu vou achar ele um episódio muito bom provavelmente…mas nem se compara com o impacto que teria se eu não soubesse, eu fiquei atordoado(TIPO..ESSA SÉRIE É FODA) depois de Casamento Vermelho e depois do episódio do Oberyn.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Nem nos livros, isto foi respondido, não é mesmo? Creio que com a morte de Hizdahr na série, Barristan Selmy dos livros está prendendo-o erroneamente. Ou será que temos duas Harpias diferentes? O que ficou claro na série é que os filhos da harpia são de todas as classes sociais. Quanto aos Imaculados, o que eu acho é que desde que eles foram libertos pela Dany, eles deixaram de ser um exército de “robôs” e suas habilidades foram se dispersando à medida que eles iam tomando contato com novas liberdades – o que pudemos ver na visita deles ao bordel no início da temporada. Sem contar que a propaganda do careca vendedor já poderia ser bem enganosa. Não acho que mostrar a fragilidade do exército da Dany ou do seu dragão seja um ponto fraco da série, mas sim trazer a fantasia ao ponto mais real possível é uma maneira de trazer credibilidade à história. Quanto à cena da Arena, ficou muito claro que até então, eles pensavam que os filhos da harpia eram poucos e foram surpreendidos. Sem contar que com a promessa de casamento com Hizdahr e a reabertura da Arena, Dany nunca ia imaginar que eles voltassem a atacar. Ou seja, a falha de segurança veio da falta de precaução. Já viu as cenas de batalha nos campos de futebol? 2000 soldados pra combater 50000 torcedores? É mais ou menos isso.

  • E eu inocente esperando o ,#podcasteros

  • Melhor estudar mais o lore.
    Na série não tem absolutamente nada que indique que Targaryens sejam imunes a doenças.
    Nos livros até existe a fala do Viserys nesse sentido, mas que já foi desmentida inúmeras vezes. Dica, se quiser pesquisar: Maegelle.

  • O irmão dele juntou armas contra ele justamente ignorando a sucessão e se declarando rei na frente dele mesmo. Stannis ofereceu a Renly inclusive termos em que o perdoraria e o declararia seu herdeiro, que foram recusados.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Não me refiro à sucessão de Stannis, obviamente, mas à da família Baratheon. Caso Stannis morresse sem alcançar o Trono de Ferro, o que teria a melhor pretensão seria Renly. O que não o impediu de matá-lo. A proposta de fazer Renly herdeiro é quase um insulto, por isso mesmo ele não aceitou, pois, pra isso, ele teria primeiro que conquistar o Trono.

  • Ele não diz “não” a Davos. Ele diz para prendê-lo por ter liberado Gendry. Davos então interrompe lendo a carta de meistre Aemon. Ele não chega a dizer “não” a Davos. Melisandre apenas convence Stannis a levar Davos com ele para o Norte

  • A ofensa partiu primeiro (e na verdade, unicamente) de Renly, ao justamente ignorar a questão sucessória e se declarar rei à frente do Stannis, que, suponho que saiba, é o mais velho deles. A generosidade da oferta residia justamente em que Stannis perdoasse a própria ofensa e que, além disse, Renly ficasse como herdeiro. Onde estaria o “insulto” em questão?
    Diante da recusa do irmão de retirar sua declaração e parar de mover armas, nada mais natural que Stannis o visse como um inimigo, afinal era assim que Renly também o via. O método para a morte é de fato questionável, o motivo não.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Não é porque um Targaryen tem que todos devem ter. Alguns têm, outros não. Deve ser isso, não me interesso muito em me aprofundar na parte mágica da história já que não tem lógica pra ela. O sangue de Kal-El é fraco, não resiste a uma kryptonitazinha.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Miraram, só não acertaram.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    A Dany tem 1,50m e 45kg, o dragão tem uns 10m e 1 tonelada. É bem mais fácil de se acertar.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Na série não tem nada que indique que o Jon consegue wargar no Fantasma. No entanto…

  • Então seu argumento para presumir que ela tenha é qual mesmo?

  • “No entanto…”? O quê, a imagem falsa que saiu do episódio 10?

    E de fato ele pode até wargar, e nesse caso houve pelo menos precedente dentro da própriasérie: outro lobo gigante wargado por outro Stark.

    Existe algum precedente de Targaryen que não ficou doente? Alguma menção a esse respeito? Por que suscitar essa suposição, então?

    O argumento simplesmente não tem fundamento nenhum, mero chute no escuro.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    O insulto é que Stannis ainda não estava no Trono de Ferro, daí que ser herdeiro nesse caso só faria sentido se Stannis efetivamente ganhasse a guerra, o que nem mesmo conseguiu. Se morresse, naturalmente, o próximo a suceder Robert era Renly, então qual a vantagem pra ele?! Talvez se Stannis já estivesse coroado e oferecesse a Renly ser herdeiro, deixaria de ser um insulto. O que leva ao início da discussão: como alguém que mata o irmão está preocupado com sua sucessão?

  • Mike

    Só discordo de uma coisa: não acho que a Melisandre se sentiu agoniada com os gritos da princesa Shireen, acho até que ela estava, de certa forma, satisfeita…

    A propósito, a cena da Arena de Daznak, ficou bem abaixo das minhas expectativas, mas acho que isso é “culpa” minha, porque tinha expectativas altíssimas nessa cena. De qualquer forma, não é que tenha sido ruim, apenas não chegou perto do que eu esperava…

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    O argumento é que mágica não tem lógica. Basta que quem escreva queira. Nos livros, ela sofre de uma doença assim que voa no Drogon, como isso será justificado na série? Acho que com a escamagris. E como vão fazer pra ela não morrer disso, apenas ficar delirando? Apelar pro sangue Targaryen, que afinal, está ligado à mágica dos dragões. Qual o argumento pra Dany conseguir chocar 3 ovos usando 3 defuntos/moribundos? É mágica, não dá pra procurar lógica nisso. É como os feitiços de Melisandre. Não é que 3 sanguessugas sangue real equivalem a 3 mortes de reis; é o que a pessoa precisa naquele momento, com o preço que o Deus da Luz dita naquele momento. Não é à toa que Martin resiste tanto a inserir mágica em seus livros.

  • Beth Salgueiro

    não sei porque o jon não reuniu todo mundo, assim que chegou, pra contar o que tinha acontecido… edd doloroso estava com ele, seus testemunhos eram importantes…

  • Mike

    Não acho que a Brienne matando o Stannis seria uma cena mais chocante do que queimar a princesa Shireen viva. É só observar toda a repercussão que essa cena está tendo aqui no fórum (e em outros também) pra ter a medida… Mas, enfim, acho que a Brienne vai estar envolvida em outros assuntos no season finale, mais precisamente, na tentativa de resgate da Sansa de Winterfell. Resta saber se esse arco também nos reservará outra grande “surpresa” ou não…

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Sério que é falsa? Depois de 4 vazamentos de episódios inteiros, de 3 por dentro do episódio vazarem antes dos próprios episódios, e depois da cena da shireen e da Arena vazarem, não duvido nada que essas fotos sejam verdadeiras.

  • As outras três vazadas são reais, ao que tudo indica. A do olho de warg é editada. Pode até acontecer no episódio, mas a imagem em si é falsa.

  • André Jakob

    Poxa mano, coloque um +1 no seu comentário. Digo o mesmo a todo mundo do site, blog, podcast, vida…

  • Não se precisa de “justificativa” nenhuma para que ela fique doente depois de voar no Drogon na TV, ela pode simplesmente ficar. Que empecilho existe para esse fato ocorrer (se é que vai ocorrer)? Nenhum.

    Hipótese: “sangue Targaryen impede pessoas de se tornarem homens de pedra”.
    Fundamento: “é mágica, não há lógica”.

    É isso?

  • Leonardo Lopes

    Apesar da cena do sacrifício por si só ter sido uma boa cena, forte. No contexto construído ao longo da temporada não segue a lógica do personagem, foi mais uma cena para chocar, como se toda temporada de GOT tivesse que ter uma cena dessas para garantir o sucesso. Trocava muitas cenas chocantes por uma tipo a de Durolar.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Espero que seja falsa. Duvido muito que eles não irão deixar essa dúvida se ele morreu ou não até a próxima temporada.

  • Mike

    Os produtores de GOT nunca deixariam a cena da Shireen pra encerrar o episódio ao invés da Dany voando com o Drogon para longe. O cliffhanger e o próprio impacto visual da cena da Arena de Daznak é muito maior que o do núcleo do Stannis/Shireen, e além disso, a Deanerys pode ser apontada como um dos 3 personagens principais da série, ou seja, é praticamente o jeito perfeito de encerrar o episódio, e deixar todo mundo curioso com o que acontecerá à Daenerys…

  • Mike

    Concordo! Tem muita coisa pra acontecer no season finale: a caminhada da penitência da Cersei; o Jon e as “adagas na escuridão”; a resolução (pelo menos parcial) do núcleo de Winterfell, com o Stannis chegando para confrontar os Bolton; a Arya riscando mais um nome de sua lista; uma cena possivelmente impactante em Dorne (talvez finalmente o príncipe Doran mostre a que veio e revele seu grande plano de vingança); e até mesmo, uma “passada” pelo núcleo de Meereen.

    Haja tempo pra desenvolver tudo isso de forma satisfatória! D&D vão ter que se superar rsrs

  • Exato, é muito mais interessante pra eles que haja a dúvida, penso. É o mesmo cliffhanger que GRRM deixou no livro, mas ainda mais poderoso porque nele Jon não teve uma cena tão grandiosa quanto aquela em “Hardhome”. Muito melhor pra eles encerrarem a temporada com o impacto de o cara que foi alçado ao status de super-herói da série ter (aparentemente) morrido.

  • Jorge Abrantes

    Certo! Espero não ter falado demais! kkkkkkkkk

    Mas é que estou agoniado com a ideia de Jon morrer, pois ele é meu personagem predileto de GOT. Mas vou me conter! kkkkkkkkk

    Abração Bacellar!

  • Mike

    Uma exceção não faz a regra… e, além disso, Tyrion ser um bastardo Targaryen é uma teoria com uma série de restrições (leia-se: falta de evidências significativas). Mas, enfim, mesmo que Tyrion seja filho do Aerys, o fato de ele não ter contraído a escamagris é “pura sorte”, ou melhor, Martin não mataria seu personagem predileto tão cedo…

    Assim, como Tywin Lannister não cagava ouro, os Targaryen não são imunes à doenças ou ao fogo.

  • Gomes, Allan Gomes

    Acho que Varys matando Kevan e Pycelle ficam pra próxima temporada…

  • Mike

    O que é bastante compreensível, já que naquele momento, o Drogon era uma ameaça muito maior aos filhos da Harpia do que a Dany. Ou seja, primeiro eles teriam que se livrar do dragão, ou seriam exterminados.

  • André Jakob

    Olá Rafael, como sempre, uma ótima análise. Suas criticas acertaram em cheio: Muito do que é a duras penas trabalhado no livro é posto em dúvida na série. Eu acho que criticar a leviandade da serie é meio que u jeito de premiar os fãs leitores: A série é foda pra c***,e o livro é infinitamente mais. Rolou umas críticas bocoiós com os efeitos especiais desse episódio e gostei muito de você ter defendido, porque foi tudo muito épico, emocionalmente intenso, e todas as críticas que eu vi foram no sentido de “nhé nhé nhé fundo verde”. Eu gosto muito deste site pois me sinto meio solitário como fã de SOIAF, estudioso da saga e não tenho ninguém com quem conversar sobre. E você Rafael, assim como a Ana Carol e em menor medida o Felipe, conversam comigo sem querer, e eu presto muita atenção. Abração!

  • Caique

    Eu esperava muito mais do episódio, porém ele não me decepcionou! A cena da shirren me deixou mal, com muita raiva (espero que ela sirva pra alguma coisa no próximo episódio, pq se ele queimou a própria filha por nada vou ficar PUTO) KKK. A cena do Drogon na Arena queimando os filhos da harpia foi bem feita pra uma série de TV. Idiotas são aqueles que criticam dizendo que podiam fazer melhores, eu não sou diretor mas eu sei que, uma coisa é vc fazer uma boa coreografia de batalha e outra de um dragão matando geral e uma mulher montando em cima dele. É totalmente diferente e mais díficil de fazer!
    Acredito que boa parte das pessoas que leram todos os livros, viram a 1º temporada da série primeiro.

  • Mike

    Arcos de Redenção são extremamente comuns na literatura universal, não seria a primeira vez que isso aconteceria…

  • Mike

    Não acho que o Stannis da série seja um personagem unidimensional. Inclusive, a própria temporada deixa isso claro, à medida que mostra Stannis em alguns momentos de afeição e de defesa da sua filha, e alguns episódios depois ele é capaz de sacrificar a mesma filha… E Brienne passou as últimas temporadas cumprindo uma promessa feita a Catelyn, e não em uma busca desesperada por vingança. Já a Sansa não passou a temporada toda chorando não, é só observar os diálogos dela com o Theon e a tentativa de manipular seu marido, lembrando que ele era um bastardo e etc.

    Enfim, a 5ª temporada cometeu seus “pecados” sim, mas não acho que personagens unidimensionais seja um deles…

  • Mike

    A Daenerys não ter se queimado na pira do Drogo, ao final da primeira temporada, foi um evento único e atrelado à magia. O próprio Martin já disse que muito provavelmente isso não voltaria a se repetir, e que Targaryens não são imunes ao fogo ou a doenças. A prova derradeira está no 5º livro, quando o Drogon quase queima a Daenerys viva, e chega a queimar seus cabelos…

  • Jhonatan

    Ele sabia que a Mel tinha poder, mas nunca foi grande devoto do Senhor da Luz

  • Mike

    Concordo plenamente, Felipe!! Esse seria o maior cliffhanger da série até o momento, e provavelmente, traria uma ótima repercussão pra GOT (leia-se: maior audiência na próxima temporada).

  • Jhonatan

    Eu preferiria se a série adaptasse os livros 4 e 5 em duas temporadas. Mais tempo para aprofundar os plots atuais, para criar um arco de Dorne decente, e para inserir outros como o dos Greyjoy, do Jovem Grifo e para manter o plot da Sansa. Nos livros ninguem lembrava direito da Jeyne quando ela apareceu em Winterfell, mas ninguem reclamou. Deixasse a Sansa com Mindinho em Winterfell, aprendendo. Se o Tormenta foi dividido em 2 temporadas, porque o Festim e o Dança deveriam ser enxutados em uma só?

  • Eu não diria que isto seria redenção de maneira alguma. De qualquer forma acho que seria possível haver esta visão “heroica” de Stannis. Para mim não seria nem um pouco palatável, mas é possível

  • Se superar? Ah não, depois do S05S09 não acredito. So se for se superarem ainda mais negativamente. huaHUuhauhaHU

  • Sim, eles não deixariam, eu sei. Até porque eles menosprezaram sempre o núcleo de Pedra do Dragão. Mas eu acho que a cena da Shireen ficaria muito melhor ao final. O impacto visual da arena foi bom inicialmente e razoável ao final na cena do vôo em si. Eu tentei até fazer uma foto daquela cena “épica” mas os CGI é tão ruim que a imagem fica feia. Além disso, colocaram tanta luz! Até parece que foi de proposital para minimizar o defeito do CGI. Além disso o este “favoritismo” só existe na série. E um outro ponto é que o que marca os episódios 9 mais marcantes (S01 e S03) são os pontos dramáticos e trágicos. Logo, esta cena, a meu ver, caberia melhor. Mas para mim teria sido ainda melhor se jamais tivesse sido filmada

  • Ah sim, não seria mais chocante do que matar a princesa. Mas seria chocante de qualquer forma já que enviaram Brienne para o Norte. Tenho certeza que ela de fato estará envolvida com a fuga da Sansa

  • AHUaHuhauauhahuhuauhauhaaUhaUHhuahu

    Ou tá rindo do Martin que tomou um golpe dos produtores….

  • Malu

    E o Verme Cinzento, o que aconteceu com ele? Ta vivo?

  • Fernando Caldas

    Quando eu leio esses comentários babacas sobre Renly e Loras, imagino o desserviço aos gays que a serie faz resumindo o Loras apenas em sua sexualidade sem trabalhar o quão além vai a personalidade do personagem ou de qualquer outro homossexual. Fica o desgosto dele não fazer nada por quê a importância dele é ter tido um caso com outro homem pro enredo se desenvolver.

  • Winter

    Tava pensando nisso esses dias, e lembram quando Dany ta com Daario na cama e ele dá a ideia de reunir todos mestres na arena e matá-los? E no trailer do ep. 10, a voz do Tyrion diz “você traiu sua rainha!”. No começo achei que fosse pro Jorah que ele estivesse falando, mas a HBO gosta de botar uma fala no trailer e no episódio ser outra coisa…

  • Saw

    Ótima analise! Shireen 🙁

    Eu ainda não entendi aquele ataque na arena. kd os imaculados? Gente, que agonia. Que furo tosco na historia. Mas o Drogon não só salvou a Dany, mas salvou a cena também. KKK

    Dorne me deixa triste.

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Creio que ele contou pra todos, senão o Sam não estaria tentando lhe botando pra cima.

  • Fear of a Blackwater Planet

    Assim não posso considerar esse comentário que vou fazer uma resposta mas sim uma idéia que me veio agora. Eu vi a cena do Aemon sendo queimado me veio uma ideia.

    Os produtores poderiam te deixar Melisandre, Selyse e Shireen na muralha e quando o tempo piorasse Stannis poderia mandar uma carta para que a Melisandre fizesse o Ritual mas ao invés de usar a Shireen. Usasse o Aemon que tava prestes a morrer. Assim seria matar dois coelhos com um cajadada só. Tipo acabou morrendo um Targaryen assim sem ninguém tirar nenhum proveito dele e uma Baratheon morta só para revoltar o público da série.

    E fica aquela coisa Meistre Aemon disse que: Kill the Boy.
    E o Stannis previsivel da série compreendeu de forma literal

  • Shenlong Maggot

    As analise, estão despreparadas para serie como uma coisa e livros outra. é triste a cena da Shireen, mas mostra o que George sempre gostou nos livros, da as pessoas um choque de realidade, pesquise quantos caso acontecem e você esta brigando com uma serie não com a realidade

  • Tassio Luan

    Os efeitos da Daenerys montando no Drogon me lembrou muito História sem Fim rç Poderiam ter caprichado mais nessa sequência e quando ele voou pela Arena, onde ficou claro seu tamanho inferior. De longe, esse foi o ep 9 mais fraco da série. Torcendo que o finale salve essa temporada fraca.

  • Pâmella Cekiera

    Só digo….. O Stannis merece uma morte horrível e a Melissandre idem!!

  • ITALO GOMES ADVOCACIA

    Porque os 2 livros tem pouquíssimos clímax.

  • Alvaro Rexs

    Os ImaCUlados estão fazendo jus a sílaba sub-central de seus nomes!

  • Muito obrigado Nicoli! Abraços! 🙂

  • Eu que agradeço por acompanhar sempre amigo. Abração!

  • Perfeitos os pontos levantados por você, cara. Abração!

  • Vai ter Podcasteros dos livros Niculas! E o site continua, hehehe! Valeu cara, abraços!

  • É por causa dessa galera que a gente tem que fazer terapia depois de moderar os comentários aqui do site, que nem os caras do Google, hahah. Obrigado Devanil!

  • Quando acabou ela ficou satisfeita mesmo. Mas olhe a cara da atriz enquanto a menina queimava, ela parecia aflita, queria que aquilo terminasse logo, penso eu. A produção tirou até uma foto, olha só:

  • Alvaro Rexs

    O pessoal do blog falou uma coisa certa: Era desnecessário. Eu cortaria na edição e ficaria por isso mesmo.

  • Fiquei feliz ao ler isso André. Quero lembrar que a temporada termina hoje, mas a gente continua o trabalho aqui no site! Muito obrigado e um abraço grande cara!

  • Discordo.

  • Vamos ver se o episódio de hoje salva Dorne também! Abraços Saw! Obrigado!

  • Valeu Gildo! Abraços cara! 🙂

  • Niculas

    Os semanais… Fiquei mal acostumado. kkkk Valeu Rafa

  • Leonardo Lopes

    Porque os livros tem pouca cenas chocantes que os produtores acham que é o que dá audiência, não o jogo dos tronos em si.

  • A Carice é foda! Eu me delicio com toda cena que ela aparece!

    Acho que por mais devota que ela seja, ela sabe que a pessoa que será sacrificada irá sofrer. Então, acho que o que se passa na cabeça dela neste momento e que se reflete em seu rosto seria algo como: “será rápido, princesa. Logo estará acabado e o senhor da Luz estará feliz”. E então, ao final, ela esta satisfeita e em êxtase por ter concluído o que, para ela, foi necessário para o Senhor da Luz

  • GiuSal

    Pena que não adaptaram os Greyjoys, porque na trama de Victarion tem o Moqorro que parece ser mais f0da que a Melissandre. Espero que o Martin faça um encontro dos dois (M & M) e role uma treta para detonar Melissandre.

  • Adriano

    Kryptonita não é doença…. HAAAAA sai desta…
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK….
    Brincks….
    ———————–
    A grande questão é que os Targaryens REALMENTE contraem doenças, são vítimas de pragas e pestes e acabam morrendo por causa disto.
    Pelo menos no lore oficial tem vários que foram vítimas:
    – Maegelle contraiu Escamagris;
    – Daeron II morreu da grande praga da primavera (morreu enquanto reinava);
    – Os filhos de Baelor Quebra-lanças, principes Valarr e Matarys também morreram nesta praga.
    – A própria loucura dos Targaryens (Aerys II e Aerion Chama-Viva são os exemplos mais notáveis) pode ser considerada uma doença.

    O fato é que as pessoas creditam várias características aos Targaryens sem ter base para tanto:
    – Não queimam (diferente de ter “certa” resistência);
    – Não adoecem;
    – Todos os descendentes Targaryens tem cabelo platinado e olhos violetas.
    Tudo isto ai de cima tem contrapontos através da história.
    Mas em nenhum comentário, dos USERS (não falo dos administradores) vejo alguém citar a GRANDE característica dos Targaryens:
    – Os sonhos proféticos. Até os Blackfyre tinham estas característica.

    Mas ai vc vai dizer:
    – Daenerys esteve numa fogueira e não queimou…
    Pra mim isto tem a ver com a volta da magia e dos Dragões… Se aqueles ovos não estivessem com ela…ele teria virado cinzas.

  • Nicole

    Falando nos sonhos proféticos, não me recordo da Daenerys ter nenhum por mais comum que seja entre os Targaryens e Blackfyre!?

  • wons noj2

    Mudando um pouco de assunto? alguem tem alguma idéia de quando vai ser lançado o sexto livro? acabei de terminar o quinto livro e o arco do victarion greyjoy me deixou muito animado pro próximo
    que personagem [email protected] espero que ele esteja na série

  • Rúbia Nakonetchnyi

    Concordo e foi o meu caso eu assisti o primeiro capitulo e me apaixonei pela estória assisti a temporada toda e para saber a continuação comprei o livro e me viciei e passei a ler todos os seguintes e aguardando o sexto livro.

  • leo f

    Tambem discordo.
    Tem muitos acontecimentos, podem nao ser tao bombasticos quanto os do terceiro, mas Dança tem bastante coisa que poderia ser usada! E os Martell e os Greyjoy poderiam ter sido muito bem trabalhados, acho q ninguem reclamaria dos nuncleos novos se eles tivessem bons atores e nao fossem feitos com ess preguica. Pq era melhor nem ter Dorne se fosse pra ser assim

  • Felipe Praxeds

    só aqui de boas esperando os comentários do episódio 10

  • Adriano

    Quaithe pode ser considerado um sonho ou uma visão???
    Ninguém mais a vê…. Exceto Daenerys.
    Em Meereen Dany conversa com ela e logo na sequencia aparece Missandei que pergunta, com quem ela estava conversando.
    Depois no Mar Dothraki ela vê Quaithe novamente…Talvez ela esteja ficando louca ou talvez sejam visões/sonhos.. De qualquer maneira os avisos de Quaithe são proféticos.

  • Coitado do John, para quem tinha esperança dele viver, pelo menos na série não dá mais. A cena daquela mulher gritando nua na frente da Cersei ficou muito boa!

  • Aymée Ferreira

    Altas profecias do episódio 10… Choquei

  • Junior Valadares

    Como você sabia que Brienne ia apresentar a Cumpridora de Promessas para Stannis? Ainda não li o último livro, isso acontece lá?

  • Fabricio

    Será na próxima temporada!

  • Luiza Morelli

    “Até o Drogon da série sabe que nao se deve queimar a própria família.” exatamente! sério, essa série é muito estúpida! Ate porque ter a genialidade do Martin é impossível, daí os produtores botam um plot meia boca que agrada aos nao leitores, que só querem ser chocados e aplaudirem embasbacados sem entender e refletir sobre a história tsc tsc

  • Luiza Morelli

    não, isso é especulação sobre o que pode acontecer na série. No livro a história de Brienne é completamente diferente.

  • Olga Alves

    Poxa, cadê as análises sem spoiler? ;(

  • Mauricio Silva

    Ok. tem maior resistencia (tolerância)
    explicado aki: http://www.gameofthronesbr.com/2011/07/os-targaryens-sao-imunes-ao-fogo.html

  • Anderson Lima

    Alguns. Dany provavelmente não!

  • Rafael MM PP

    Eu sou leitor e a série está me agradando. Engraçado que coincidentemente ou não após a cena do estupro da Sansa parece que é proibido continuar gostando da série. A má vontade aumentou absurdamente. Bem, melhor para quem ainda está curtindo…

  • Higor

    O episódio foi bom (apesar da morte da Shireen), mas foi o pior Ep. 09 da série. Ficou bem atrás do Hardhome e da seasson finale nesta temporada.

  • Léo na estrada

    cade a análise do 10??????????????

  • Eldon Lima da Silva

    Lembrando que Stannis do livro queima os “canibais” , que eram famintos que comeram pessoas já mortas de frio, e mesmo assim não perdoa os caras por ser a lei.

    Lembrando que não quis executar os prisioneiros, que só serviam para cair mais ainda seu estoque de comida, por não estar de acordo com as regras e sua indole.

    Ai me vem o da série queimando a filha? , não amigos , não estamos lidando com a mesma pessoa…

    Ao menos a série teve a decência de mostrar que cerca de 50% das tropas abandonaram eles no dia seguinte (o que é muito pouco até),

    Tinha é que ficar só ele com a Melisandre dentro do acampamento.

    Stannis da série tem moral -64 , é o contrário do livro

  • Vinicius Lima Silva

    Ahh, quando a pessoa faz de sacanagem assim, aí é ruim mesmo :/

  • Jonas Henrique

    Eu acredito que Melissandre queimou Shireen por que alguns dias antes ela viu nas chamas a perda de Stannis por Winterfell, então na tentativa de conseguir alguma visão do verdadeiro Azor Ahai (provavelmente jon (mas não acredito muito nisso)) ela sacrificou do sangue real, teve suas visões e em seguida correu para o norte.
    Ou ela simplesmente queimou por que quis…