Sophie Turner e roteirista comentam cena final de ‘Unbowed, Unbent, Unbroken’

O texto a seguir possui spoilers do episódio 5.06: “Unbowed, Unbent, Unbroken”. Leia por sua conta.

sansa

A cena de horror que vimos no final do episódio deste domingo, foi comentada por Bryan Cogman e Sophie Turner. Em Unbowed, Unbent, Unbroken, Sansa Stark é abusada por seu marido, Ramsay Bolton, em uma adaptação de uma cena que vemos em A Dança dos Dragões. Nos livros, a garota abusada não é Sansa e a cena é muito mais violenta. No entanto, essa é a segunda vez que Sansa é abusada sexualmente na série, mesmo não sendo nos livros.

A Entertainment Weekly conversou com Bryan Cogman, roteirista do episódio em outubro passado sobre essa cena (já que a revista visitou os sets de filmagens da série da época). O jornalista James Hibberd perguntou:

Como você pode fazer isso com Sansa?
Bryan: Isto é Game of Thrones. Esta não é uma menina tímida indo para sua noite de núpcias com Joffrey. Esta é uma mulher endurecida fazendo uma escolha e ela vê isso como o caminho para voltar para sua terra natal. Sansa tem uma noite de núpcias, de uma maneira que ela nunca pensou que teria, com um dos monstros da série. É muito intenso e horrível e a personagem terá que lidar com isso.

James Hibberd conta que também perguntou (em outubro) se a cena seria tão sádica como a versão de A Dança dos Dragões de George RR Martin, onde a noiva de Ramsay é Jeyne Poole, que também é abusada sexualmente por Theon quando Ramsay os obriga. Cogman pareceu horrorizado com a idéia:
Bryan:
 Não! Deus, não. Não-não-não-não-não. Não. Não deixa de ser uma forma compartilhada de abuso que eles têm de suportar, Sansa e Theon. Mas essa não é a tortura e humilhação extrema que a cena do livro mostra.

 

Para aqueles que suspeitam que Mindinho poderia ter sabido sobre o sadismo de Ramsay, Baelish definitivamente não sabia da situação. Bryan conta que “a diferença entre o Ramsay Snow dos livros e o da série, é que ele não é um psicopata famoso na série. Ele não é conhecido em toda parte como um psicopata. Então Mindinho não sabe sobre ele. Ele sabe que os Boltons são assustadores, bizarros e não confiáveis, e isso é parte de um plano maior.”

 

sansa-thrones

 

[Editado: a entrevista com Sophie também foi feita em outubro passado, antes de Sophie gravar a cena deste episódio. Desde então a atriz deu outras entrevistas em relação a cena, não colocando-a de maneira tão positiva]

A atriz Sophie Turner comentou a cena, dizendo que adorou o resultado. No ano passado, a atriz havia comentado que gravar a cena havia sido uma experiência traumática. Alfie Allen e Iwan Rheon também falaram o mesmo, mas não se sabe ainda se eles falam da mesma cena que ela.

EW: Qual foi sua reação quando você recebeu os scripts e percebeu o que estava para acontecer nesta temporada?
Sophie Turner: Na última temporada, o Alex Graves (diretor) me deu algumas pistas. Ele disse: “Você terá um interesse amoroso na próxima temporada.” E eu fiquei animada, “Terei um interesse amoroso!” Então, eu recebo os scripts e estava tão animada, folheando e de repente, “Ah, você está brincando comigo?!” Eu pensei que o interesse amoroso ia ser alguém como Jaime Lannister ou alguém que iria cuidar de mim. Mas então eu descobri que era Ramsay e que estaria de volta em Winterfell. Eu amo o fato de ela estar de volta para casa para recuperar o que é seu. Mas ao mesmo tempo ela está sendo mantida prisioneira em sua própria casa. Quando li os scripts, me senti tão mal por ela. Mas também me senti animada, porque era tão diferente, e ela iria se encontrar com Theon também, e ver como os dois reagiriam. Theon é um membro do clã Stark, mas ela acha que ele traiu e matou seus irmãos. Há uma relação confusa entre eles.

Você está meio que presa com os dois dos personagens mais confusos da série.
Theon é insano. Eu acho que vai ser a temporada mais desafiadora para mim até agora porque isso é muito emocional para ela. Não é ela chorando o tempo todo, como nas temporadas 2 ou 3, é super confuso.

E há a cena descrita na produção como “a cena onde o romance morre.” Noite de núpcias de Sansa no episódio 6.
Quando li essa cena, eu meio que adorei. Eu adoro o jeito como Ramsay fez Theon assistir. Foi tudo tão confuso. Também foi tão difícil para mim fazê-la. Tenho feito o Bryan Cogman se sentir tão mal por escrever essa cena: “Eu não posso acreditar que você está fazendo isso comigo!” Mas eu secretamente adorei.

Eu acho que a reação dos fãs vai ser muito similar: “Como eles puderam fazer isso com Sansa?”
Eu concordo completamente com eles! Depois de Joffrey, ela fugiu e você acha que ela vai perder a virgindade com um cara que é realmente doce e cuida dela e ela acaba com um cara que é muito pior. Mas eu meio que gosto do fato de que ela não sabe realmente que ele é um psicopata, até aquela noite. Ela tem um pressentimento, mas ela sente mais medo do pai dele. E então, naquela noite tudo piora pra car*lho.

Você já leu a versão do livro?
Não. O Theon também faz parte e ou algo assim, né?

Sim.
Sim, graças a Deus isso não aconteceu! Mas será interessante filmar*.
[*nota de tradução: Sansa ainda não havia gravado a cena]

Uma coisa sobre essa cena, se ainda existem odiadores de Sansa por aí, não tem como não se sentir mal por Sansa agora…
Sim, ou existe algo errado com você. Parece que, após a primeira temporada da série, quando as pessoas estavam odiando Sansa, os produtores devem ter pensado, “Ok, vamos fazer tudo que pudermos para fazê-la a personagem mais abusada e manipulada!”

E Ramsay é uma pessoa muito mais difícil de se manipular do que Joffrey.
Sim, porque você não pode se igualar ao nível dele. Ele é insano. Mentalmente quebrado. Não há nenhuma maneira de compreender suas motivações ou seu pensamento. Portanto, nesta temporada ela tentará descobrir suas intenções e tentar agradá-lo.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Alvaro Rexs

    “Isto é Game of Thrones. Esta não é uma menina tímida indo para sua noite de núpcias com Joffrey.”

    ^

    Sem mais,

  • Marcos Veríssimo

    Esperando os comentários “Ah mas a Sophie é paga pela HBO, claro que ela não vai reclamar da misoginia do D&D!”

  • Leo Guedes

    Ainda acho que quem leu os livros não deveria ser tão puritano numa questão que George jamais se desviou ou diminuiu, estava inojado do estupro porem mais irritado pelo fato de não ser Jeine poole e pra quem leu essa passagem sabe que George foi muito mais profundo em crueldade nesta cena.

  • Martins

    Cogman ficou horrorizado com participação de Theon mas tudo bem só o Ramsay?? E ela acha com razão que Theon é um traidor, pq de fato traiu Casa Stark… isso vai contra a propaganda tão grande feita pela HBO de uma nova Sansa, me pergunto se acontecerá algo que não seja mais violencia sexual ou ela simplesmente fugindo de tudo isso com Brienne.

  • “Eu pensei que o interesse amoroso ia ser alguém como Jaime Lannister ou alguém que iria cuidar de mim.” Ahan. Que nem ele cuidou da Cersei no septo.

  • Johan Rainbowcrystalguy Anders

    Eu achei essa cena fantástica. Muito bem feita. E no livro ela é muito mais pesada.

  • Letícia

    Cade os elogios à Bryan Cogman? Ele não era o queridinho de todo mundo? “ele tem o talento de trazer os livros de volta á série”. Trouxe mesmo. Cena tirada dos livros.

  • jadeilson loped

    eu não achei tão pesada, pra pessoas estarem nesse desespero todo.

  • João

    Em questões técnicas a cena foi ótima, as atuações foram incríveis e tudo mais. Mas só isso mesmo, porque se for levar o resto em consideração (descaracterização da Sansa, desenvolvimento do Theon deixado de lado, banalização de cenas de sexo e violência só pelo shock factor…), desanimei legal.

  • Jo

    Achei ridículo essa cena. Não pelo fato da violência em si. GOT é legal por que convence com uma história realista. Mas essa não tem nada de realista, PTM. Se tivesse acontecido pela multidão, pelo Jofrey, pelo anão, pelo mindinho ou até mesmo pelo Cão. Ia ser tenso mais ia ser mais realista. Agora ela dar esse mundo dessa volta para isso. Para mim foi uma piada forçada que ficou sem graça. Não li o livro mas pelos comentários dizem que la foi uma cena pior com outra, isso não me incomodaria se fosse consequência de eventos mais plausíveis. Até a quarta temporada GOT era sem duvida uma série épica que dava ansiedade de assistir mas essa temporada ta um lixo e esse ultimo episódio quebrou o recorde. Só espero que a temporada não fique até o fim com o Tyrion nessa viagem sem fim e agora a Sansa nessa de querer agrada o psicopata. Pronto falei :p

  • Maquiavel: Monsieur du safadôn

    Pessoal sabia que a Sansa havia pegado a trama da Jayne Poole e depois de um episódio mal escrito e mal dirigido desse, o pior foi, exatamente, a cena que mais ficou parecida com o livro e cuja única alteração foi a exclusão dum detalhe que iria chocar bem mais se
    mostrada (A lambida de Theon)?

  • ExaonYutta

    Essa cena foi um erro de roteiro. APOKSOP Não era pra ser um estupro.

  • Ram_Alen

    É sabido que o Ramsey é o psicopata mais odiado da série/livros. Era mais que condicente com seu personagem tal ato de na noite de núpcias. Mas penso que na cena com a Miranda, esta meio que o desafiou e insultou, e sendo ele tão brutal, não teve uma reação à altura. Então me questiono o “dois pesos e duas medidas” aplicados a Miranda e a Sansa. No mais, acho que também sairia mais estranho se o Ramsey não tivesse abusado da Sansa neste capítulo. O ato é deplorável/abominável, contudo a cena está bem realizada tecnicamente e para a adaptação e caracterização do personagem, necessária.

  • Ram_Alen

    E depois do ocorrido com a Sansa imagino que todo este ódio e repúdio serão revertidos em evolução para a personagem, ou seja, ela teve o seu “kill the girl” de uma maneira pior possível, contudo, pungente. Agora resta saber que vingança nascerá disso. O que está guardado para o Ramsey: Esfolado vivo é pouco…

  • Ram_Alen

    Realmente, o nível de sadismo e desgraça do livro é bem maior. E o nível de desgraça e sadismo de nossa história É PIOR AINDA. Imagina uma série sobre a Guerra do Paraguai, sobre Canudos? Não precisa nem ir para a idade média…
    acho que o agravante que está chocando as pessoas é o fato de miséria sobre miséria acontecendo com a família Stark, Se já não bastasse o todo o sofrimento ocorrido com Sansa, ainda mais isso.

  • Ram_Alen

    Mas será que uma cena dessas não conta para sua experiência como atriz? Imagino o que iriam falar da cena de um filme chamado “Irreversível”. E a Monica Belucci fez questão de fazer a cena, pedindo para o diretor não atenuar em nada o roteiro.O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,monica-bellucci-fala-sobre-cena-de-irreversivel,20030926p74975 O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,monica-bellucci-fala-sobre-cena-de-irreversivel,20030926p74975Depois de ser linchada em “Malena”, você é violentada em “Irreversível”… Monica Belluccci – Não sou masoquista, não (risos). Simplesmente aceitoa(-“Simplesmente aceito papéis degradantes com o intuito de denunciar a violência contra as mulheres”. M.Belucci). Antes de levantar a questão Misoginia acho que poderia ver que a série também se presta a um papel semelhante…

  • hey_johnny

    Ai já é muito puritanismo. É uma noite de núpcias, tem sexo. E é ramsay, tem violência também. Não havia outra forma de se representar essa cena.

  • hey_johnny

    Vão me desculpar, mas essa cena é muito diferente, por exemplo, da do jaime e da cercei, onde existia uma saída muito simples, que era a cercei “se entregar” a jaime, evitando a linha do estupro, ainda mais por depois esse estupro ter sido esquecido pelos personagens. Agora é muito diferente, a única coisa que se pode argumentar, é que não deveria ser a sansa, mas a cena em si era sim necessária, pois é um dos pontos de “quebra” do fedor, onde ele consegue tirar um pouco do theon greyjoy de si, para ajudar a sansa (caso se vá pelo mesmo caminho dos livros). Na verdade, dessa vez os produtores e/ou os produtores, pouparam o público da pior parte. Pra quem vive reclamando do sexo pelo sexo imposto por D&D, têm de convir que dessa vez o Georginho foi muito mais longe.

  • laysguerrero

    O cara justifica essa escolha de roteiro com “Isto é Game of Thrones”. Que péssimo.
    Eu achei a cena foi perturbadora e desnecessária. Os produtores e roteiros estão engajados em fugir completamente dos caminhos de Martin, porém sofrem com falta de criatividade.
    Nunca fui de criticar as adaptações, acho que é necessário. Mas quando você mexe com uma obra de outra pessoa, tem que ter certos limites.
    A história da Sansa segue para ser a pior. A menina sofreu, fugiu, começou a virar uma mulher forte e termina violentada em Winterfell ainda. Sendo que ela ainda é casada com Tyrion, é procurada por assassinato e não podia estar passando por tal situação.
    Enfim, não consigo achar a necessidade dessa escolha de roteiro a não ser impressionar o telespectador com a violência. E ler alguns falaram que é exagero reclamar, pq naquela época era assim mesmo é pior, pq também não justifica tal escolha.

  • Carol BB

    Eu achei a cena boa. Dura de assistir porém, crível, contextualizada e muito bem filmada. Não foi algo tão terrível e horripilante quanto nos livros. Porém, também não foi algo tão leve, que distorcesse a natureza monstruosa de Ramsay.

    E, a verdade é que uma hora isso iria acontecer. A Sansa não continuaria virgem para sempre e, nesse mundo de lobos, leões, e homens esfolados, bem como nas épocas medievais, não seria algo tão chocante/incomum uma noiva perder a virgindade sem nenhum amor, afeto ou carinho no ato…

    Sendo assim, fiquei com uma pontinha de tristeza pela personagem mas, achei que dentro do contexto, foi uma boa cena.

  • LadyTargaryen

    Podem dizer o que for, mas ninguém vai tirar aquela música e os gritos da minha cabeça. Não consegui parar de lembrar daquilo até agora. Não violentaram só a personagem, violentaram os livros e os fãs. Só consigo pensar que entre todas as escolhas optaram pela mais fácil e burra que conseguiram. Se queriam continuar dando visibilidade a personagem, deixar ela viva na história, pq então não adaptaram o capítulo do WoW e a fizeram manipular aquele bosta como fez com o tal Harry? Ou no mínimo uma cena em que ela aceitasse as núpcias com resignação, não precisava da violência. Foi gratuita sim. Uma Sansa manipuladora e dona da situação seria muito mais verossímil. Nessas horas até sinto saudades de ter medo dos possíveis roteiros vazados…

  • Thiago Felippe

    Depois dessa cena não duvido mais que a Sansa Stoneheart seja vdd, e deve ser por isso que Melissandre está vindo junto com Stannis… E seja o que R’ollor quiser…

  • Natasha

    Uma cena de ESTUPRO vc não achou tão pesada? Really?

  • Natasha

    A Sansa sabia que a noite de núpcias ia acontecer. Ela não podia esperar que Ramsay fosse o Tyrion e a “poupasse”.
    Sabendo quem é o Ramsay, não deveríamos achar essa cena tão “estranha”.
    É um estupro. ÓBVIO que é chocante. Mas era uma cena esperada e, sim, foi menos pesada do que a cena dos livros. Vcs esperavam que a Sansa fosse resgatada da torre pela Brienne ANTES das núpcias? Really?

  • Mariana Souza de Alcantara

    Eu não estava preparada pra essa cena, acho que me coloquei no lugar da Sansa, sei lá. Apesar de não ter sido muito gráfica, ela chocou mas me deixou bem curiosa sobre como ela vai agir depois desse breaking point na vida dela.

  • Silvano Ferrari

    Que aconteceria algo assim todos os leitores esperavam, e pelo alarde que foi feito pelos atores envolvidos imaginava que a cena seria mais próxima do que ocorreu nos livros (com a Jeyne), no entanto o grande problema é que como trata-se da Sansa todos (leitores ou não) esperavam alguma reviravolta, como ela aceitar a situação, seguindo os conselhos da Cersei “usar a melhor arma que uma mulher possui”. Acho q ela não deveria ter se mostrado tão contra a situação, entendo que deve ser horrível, inclusive pelo Theon estar alí tb, mas pela construção dela, aprendendo a jogar, aprendendendo a se comportar para sua vingança, acho q a cena deveria ter sido construida diferente, com mais manipulação da Sansa e menos violência… Dizer que se aceita a violência só pq é GOT é sacanagem…

    P.S. O casamento vermelho foi muuuuuito pior!!!!

  • Mara-lu

    Olha esperava que fosse ser pior ( igual aos livros no caso) a cena, mais ainda assim foi meio hard, tanto que eu nem vi direito, agora espero de verdade que isso possa transformar uma sansa fodona no final, por que se colocarem uma cena dessa e a menina não tiver nenhuma vingança no final da temporada ai vai ser chato!!!

  • Felipe Bezerra

    Concordo em partes, pôlemicas a parte, sobre a questão de mais uma cena de estupro ser necessário ou não… a cena do livro é sem dúvidas mais brutal, ainda bem que não chegaram a tanto, e desde de que colocaram a Sansa no papel de Fake Arya, já esperava por isso, a verdade é que nos livros é tudo mais absurdo ainda nesse sentido, quem leu o Capitulo da Arya de WoW, sabe que isso é até “menos” chocante, ainda mais se levarmos em conta a idade da Arya nos livros… Mas voltando a Sansa, acredito, que eles fizeram a primeira vez ser traumática para depois vermos ela, não só aceitar com resignação, como também passar a dominá-lo… Acredito que será feito dessa forma. O grande problema disso é que, casso ocorra, seria apenas a história da Dany com o Drogo sendo revista, o que seria, como voce disse, a saída mais fácil e burra…

  • Danilo Henrique

    Concordo e digo mais.
    Quem leu os livros e assiste a série sabendo o que vai acontecer só pra depois ficar reclamando, deveria então acompanhar algum outro seriado.
    Com certeza se assistir Carrossel, Chiquititas, ou outro do mesmo naipe, não vai ficar chocado.
    A cena foi perturbadora? Sim foi. Até a cara do Theon foi perturbadora.
    Mas sinceramente, com todo o hype que foi criado pra essa cena, que seria horrível, difícil, marcante, eu achei bem fraquinha.

  • Felagund

    Foi horrível a cena. Forte, repulsiva.
    Se o objetivo deles era causar esse impacto? Funcionou.

  • Jessica Borges

    Foi exatamente o que eu pensei! Por que não adaptaram o capítulo que já estava pronto de WoW? e mais ainda, esse casamento nem faz nem sentido nesse momento da série: a Sansa não foi dada como viúva, ninguém deu o Tyrion como morto. A adaptação em sim parece que foi feita só para chocar o público.

  • Olavo Santana

    Foi uma cena realmente perturbadora. Esta temporada está sendo um verdadeiro estorvo. Não só pela terrível adaptação dos livros, algo está me fazendo pensar que esta é a pior temporada até agora.

  • JPaulBeaubier

    Quem disse que ela tava agradando?! Porra, é um estupro, ela só “consentiu” (entre aspas, no sentido de não sair na porrada com ele) porque ela sabe que seria pior se ela revisasse.

  • Don Ramon

    “Os produtores e roteiros estão engajados em fugir completamente dos caminhos de Martin, porém sofrem com falta de criatividade”

    é o maior dos problemas. O arco “original” da Sansa continua emulando coisas já vistas na séries, melhor executadas.

  • JPaulBeaubier

    “No entanto, essa é a segunda vez que Sansa é abusada sexualmente na série, mesmo não sendo nos livros.”

    Qual foi a primeira? Pq eu pensei na cena da partida da Myrcella de Porto Real e da zona que se segue, mas essa cena tb tinha no livro. Qual foi a primeira, então? :/

  • Denise Bordignon

    Concordo! E antes eu estava torcendo para que não acontecesse o que tinha vazado, de tão horrível que era… e o diretor/produtores (sei lá quem) conseguiu fazer a cena de forma muito, mas muito pior!

  • Alvaro Rexs

    Vou fazer um comentário o mais sincero possível!

    Fiquei pensando se eu sou tão crápula, animalizado, misógeno, machista ou punheteiro devido ao fato de não me escandalizar com a cena. Acreditem, eu fiz uma autoanálise. Até assisti novamente a cena para ver se algo me escapou… sei lá… depois de uma tijolada de insultos, o errado poderia ser eu!

    Busquei também alguns filmes que realmente me chocaram, e lembrei dos seguintes trechos:

    1 – Quem quer ser um milionário: Quando os caras cegam o menino com óleo quente para que ele ganhe mais dinheiro pedindo esmolas;

    2- Platoon: Quando o cara esmaga a cabeça do rapaz deficiente a coronhadas;

    3 – Caçador de Pipas: O estupro do menininho;

    4 – Irreversível: Ali sim uma cena chocante de estupro contra um mulher;

    5 – Meninos não choram: Outra cena de estupro seguida se assassinato;

    Entre outros… Conversei com minha esposa, e ela também chegou a mesma conclusão que ficou bem mais enojada e atordoada com estas cenas citadas em comparação com a de Sansa. Pensei depois que a arte tem dessas coisas, ela busca despertar ou tocar em todos os nossos sentimentos… inclusive nos fazendo refletir sobre a grandeza e a pequenez do espírito humano.

    Filosofei também se o fato de eu ser homem (é… esse bicho barbudo e malvado) contaminou minha análise! Aí lembrei de Cinquenta Tons de Cinza… que foi escrito por uma mulher e o filme foi dirigido por uma mulher! Opa… O sexo feminino também é capaz de criar ficções um pouco bizarras.

    Conclui que a tamanha revolta, ao meu ver desproporcional, está encabeçada por três fatos motivadores:

    1) Desconforto com a adaptação da série: Gente… esqueçam isso! Eles vão adaptar. Infelizmente ou felizmente são fórmulas diferentes. A HBO pagou pelo direito de transformar a obra, e o dono, que não somos nós, vendeu esta possibilidade! E acabou! Que gostem ou que não gostem, tá fazendo um sucesso estrondoso.

    2) Afeição real a personagem Sansa: Normal… eu também senti. Mas como eles mesmos falaram, isso é Game of Thrones! Se fosse diferente não faria nem 10% do sucesso que faz. O cara matou Ned Stark como um traidor! UM TRAIDOR! Tudo pode ser esperado!

    3) Palco para debates feministas: Pessoal, por favor! Estão na obra errada. Vocês acham que GoT é o ambiente propício para isso? Aliás, é um ambiente propício para qualquer “ismos”? São as virtudes e os defeitos humanos cuspidos em nossas caras. Se ficar se estressando por qualquer situação, que da cabeça de alguém achou misógena… é enfarte na certa!

    Por fim, agradeço ao site GameofThrones por abrir esse debate, mas não… naõ sou misógeno e punheteiro por não achar a cena tão grotesca!

  • Bruno Lacerda Balbi

    O que pensei quando li isso foi “Ah.. Jaime Lannister que empurrou o Bran da torre pode né?” rs…

  • Felipe Gironi

    Como que o Baelish não sabia da situação? Mesmo que se você considerar que na série o Ramsay não é um psicopata notório tal qual nos livros. Ele largou o cordeiro no meio dos lobos.
    Ele deixou a menina sozinha em um local sem ninguém conhecido (exceto o Theon, que pra ela é um traidor que matou seus dois irmãos), sem nenhuma proteção, sob os “cuidados” do cara que traiu seu irmão e foi responsável direto pela morte dele, de sua mãe, da mulher do irmão, de vários outros lords que a Sansa conhecia e do exército Stark quase inteiro.
    O Petyr seria totalmente ingênuo de achar que estava tudo bem pra Sansa e bastava ela dar uns sorrisos e umas palavras doces que tudo estaria bem, e se tem uma coisa que o Petyr não é, é ser ingênuo.

  • Joao Palmadas

    E também teve a cena do estupro da terapeuta do Tony Soprano, em série da HBO. “The Sopranos” está sendo reprisada, e a cena de estupro passou uns dez dias atrás.

    Alias, eu não quero ser chato, mas as pessoas deveriam assistir a cena de estupro da terapeuta de “The Sopranos” junto com a suposta cena de estupro da cena de Jaime e Cersei na quarta temporada. A cena de “The Sopranos” é um estupro sem qualquer possibilidade de dúvida. A cena de Jaime e Cersei depende de interpretação.

    E eu não estou dizendo que quem interpreta aquilo como estupro está errado.

  • Felipe Gironi

    Jaime Lannister que também teve participação na negociação do Casamento Vermelho pode?
    “Jaime lannister send his regards”

  • Castiel The Angel

    Eles pintam que a Sansa amadureceu, que aprendeu a ser uma manipuladora de primeira com Mindinho, que consegue se virar sozinha com os Boltons. Aí vão lá e botam a personagem na situação mais humilhante e vitimizadora desde a decapitação do Ned. Ou seja, jogaram o desenvolvimento dela no lixo, ela voltou a ser a sOnsa de antes e tudo pelo chockvalue, tudo para demonstrar que Ramsay era maníaco (não tivemos duas temporadas inteiras dele torturando o Theon para mostrar isso?)

  • Castiel The Angel

    Nos livros, não é ela que é atacada em Porto Real no motim, e sim a Lollys, atual esposa do Bronn.

  • luanna

    É perturbador ver certas pessoas dizendo “ela não disse não, ele só consumou o casamento” .Pessoas prestem atenção, ela se casou com ele , não se transformou num buraco que ele pode fazer oque quiser. E é obvio que ela não estava em condições de negar algo. A série é violenta e foi responsabilidade minha assistir , mas como muitas outras mudanças pra piorar cenas que ja eram violentas(a morte de talisa, explicitamente castrar o theon, estupro de cersei e dany) essa cena foi puramente pra chocar. A sansa ainda pode amadurecer e aprender a não se pôr mais em situações de vitima, mas nunca em lugar nenhum , alguém precisa ser estuprada para poder crescer. Injustificavel. Como outras cenas .

  • Castiel The Angel

    Não vejo muita diferença entre as caras de horror do Fedor ao som dos gritos da Sansa para uma imagem da Sansa pelada sendo abusada mesmo. A violência e a sensação ruim é a mesma.

  • Gabriela Montenegro

    Não, isso não é Game of Thrones. Isso era para ser Game of Thrones.

  • Sophie tem apenas 18 anos, ainda tem muito que aprender sobre cultura do estupro e objetificação de mulheres. Quanto ao roteiro misógino escrito por esses caras? Não é nenhuma surpresa, dado o que eles vem escrevendo até aqui. Era exatamente isso que os fãs que não tem um mínimo de senso crítico queriam e irão continuar aplaudindo. Que venham as próximas vítimas dos roteiristas.

  • Joao Palmadas

    Acho que a primeira é quando ela é despida e surrada pela guarda real a mando de Joffrey. O Tyrion salvou ela.

  • Gabriel Ramaldes

    Obviamente, o objetivo deles eram chocar. E com certeza conseguiram.

  • Marcio

    Concordo com sua opinião, mas o que me irritou na cena, especificamente, não foi a existência de um estupro de qualquer natureza (algo que infelizmente existe naquele contexto medieval de casamentos arranjados e guerras). O que me decepcionou foi a descaracterização da personagem. A série tem vendido a imagem de uma Sansa mais forte, que já sofreu muito, amadureceu, decidiu jogar o jogo dos tronos e ir a Winterfell; nesse episódio ela até encarou a Myranda e disse umas verdades ao Theon. No final do episódio, eu esperava alguma atitude dela que coincidisse com toda essa evolução (ela poderia seduzir ou manipular ele, entrar no jogo, fingir, ou até tirar uma faca do vestido e matar ele, que seja). Há pessoas que se chocaram pelo estupro em si e acusaram a série de ser misógina, mas convenhamos que a saga inteira, pelo contexto medieval, envolve esse tipo de situação. Nos livros, Jeyne é uma personagem submissa, cujo desenvolvimento não acompanhamos, então é cruel sim, mas o roteiro é coerente. No caso da série, achei incoerente, preguiçoso e feito só pra dar audiência. O casamento vermelho e outros eventos foram chocantes, mas foram bem escritos e desenvolvidos. Enfim, concordo com você, mas só explicando porque não curti a cena, rs.

  • ni_forlan

    Perfeito!
    Eu não gostei da cena, mas creio que esse era o objetivo, como você disse, a arte muitas vezes é isso, é causar os mais variados tipos de sentimento, Ramsay me causa repulsa e nojo, e creio que seja esse o objetivo mesmo. Game of Thrones expõe o que o ser humano tem de melhor e pior, isso faz parte da série, violência atinge todos, crianças, mulheres, homens, idosos, até animais (R.I.P Lady e Grey Wind) enfim, concordo com tudo o que você disse Alvaro.
    O problema são os rótulos do momento, no caso são, esquerdista, misógino, misândrica e homofóbico. É claro que existem pessoas que realmente se enquadram nesses rótulos, porém eles estão sendo banalizados, atualmente existe uma pré-disposição a encaixar em algum desses rótulos todos que tem uma opinião contrária.

  • Eduardo Fernandes

    Roteiristas de blog de boate, isso sim!!!! Um bando de xaropes que agora nem se importam com a história e com os personagens, só querem chocar o público, estão destruindo o arco da personagem completamente. Várzea!!!!!
    Os roteiristas da série vem exagerando a muito tempo já, não basta o Jaime estruprar a Cersey, Drogo estuprar a Daenerys ou aqueles pilantras na fortaleza do Craster………… é muita patifária o que fizeram com a Sansa, aqueles que pensavam que ela teria uma redenção e crescimento pelo final da 4º temporada, quebraram a cara!!!!!
    Casar ela com o Ramsey foi uma idéia de gente com problemas mentais sérios, sofrimento demais pra um personagem só!!!!
    E parece que vai piorar!!!!! Infelizmente!!!!!

  • Niculas

    Acho que não sou amelhor pessoa para discutir, mas toda vez que vejo a cena na minha cabeça mistura a Sansa que li nos livros e a Sansa da serie que eu gostava da atuação da atriz. Eu me senti mal talvez por conta disso.

  • Felipe

    estou gostando pra caralho da 5ª temporada,me julguem kkkkkk

  • Repetindo o que postei na outra discussão. Vamos esclarecer e tentar desconstruir o mito de que “só estão reclamando por que foi com a Sansa, se fosse a Jeyne estariam aplaudindo porque foi fiel”.

    Sim, nos livros a Jeyne Poole tem o mesmo destino. Mas a Sansa, personagem POV, não tem. E não é por falta de oportunidades pro próprio George, ele poderia ter feito Petyr estuprá-la em qualquer momento ou mesmo que Tyrion consumasse o casamento. Mas optou por não fazê-lo, o desenvolvimento do personagem se dá de outra forma. D&D, por outro lado, parece que estavam esperando por muito tempo pra mostrar isso. O estupro é tão banalizado na série que é simplesmente um artifício para chocar mais. E nesse sentido, nada melhor que uma personagem famosona com quem o público agora tem identificação e cuja atriz crescentemente se tornou um símbolo sexual, e não uma personagem terciária que ficou oculta por várias temporadas/livros.

    A crítica é à decisão criativa dos showrunners, porque agora ficou comprovado que alteraram o arco da Sansa só pra culminar nessa cena que gera hype e buzz em cima da série. E não importa se isso vai ocorrer às custas da desconstruir a personagem (que o próprio autor original escolheu que não fosse estuprada, apesar de ter inúmeras oportunidades para tanto). E esse tipo de decisão criativa, que é recorrente, geralmente passa por exploração de mulheres inegavelmente, ou alguém tem dúvidas de que o George mandou mudar o nome da Jeyne pra Talisa porque deve ter descoberto que o plano era que ela fosse morta no Red Wedding com facada na barriga, por exemplo? Mais um exemplo de gore gratuito, o chocar por chocar, a polêmica pela polêmica. Espancamento entre mulheres ou uma amarrada e morta com flechada no peito, outros exemplos.

    A reclamação é com o MOTIVO da mudança no plot da Sansa, que é agravada pela cena em si. Qual é o propósito disso? “Melhorar” o arco da Sansa dos livros? Ainda nem se sabe como vai ser, afinal. Justificar o “supercrescimento” e “amadurecimento” e “endurecimento” da Sansa a partir de agora? Se for, duvido que pensando em termos de verossimilhança, credibilidade e realismo, coisas que pelas quais a princípio Game of Thrones prezava, não acho que uma adolescente que teve seu pai executado por seu prometido (e com certa influência de atos seus) e toda sua família morta de formas brutais fosse se sair bem depois de ser estuprada por um sádico notório, ainda mais depois de abandonada pelo sujeito que lhe fez casar com esse cara. É só vermos o quão quebrada Jeyne Poole está nos livros.

    Não, o propósito sempre foi CHOCAR, chamar a atenção, apelar, gerar buzz e hype. O recurso fácil quando se tem um roteiro cada vez mais pobre.

    Violência gratuita (geralmente, mas não exclusivamente em relação a mulheres) é sempre o atalho mais fácil de que os produtores-roteiristas se utilizam para chamar a atenção, impactar e chocar. Isso se chama pobreza de escrita.

  • Gomes, Allan Gomes

    Maisie é mais nova e tem mais consciência quanto à objetificação da mulher. Felizmente.

  • Rafael

    A um tempo atrás escrevi aqui dando a minha opinião sobre essa cena antes de acontecer, na época não fazia sentido, na minha opinião, trazer Sansa novamente para o papel de vitima e realmente não faz e não continua fazendo para personagem, acho que os produtores seguiram o caminho fácil de copiar o livro, mas não era necessário.

    Para explicar meu ponto de vista. Acredito que Sansa fugirá e encontrará Stannis, nesse caso ela não poderia manipular Ramsay, ela teria que se sentir insegura, com medo, para fugir desesperadamente, digamos que eles tivessem mudado o roteiro em algo simples, Sansa tentando ser manipulativa, usando o sexo para ter vantagem, mas contudo não desse certo, em “não dar certo” coloque qualquer coisa em que daria o resultado dela fugir desesperada e encontrar Stannis.

    O caminho seguido foi o preguiçoso, pois segue algo que já está no livro apenas trocando o personagem e bagunçado pois não obedece a própria narrativa anterior da personagem.

    Alias, não tenho gostado muito de caminhos que a serie tem seguido, estou achando as coisas muito desleixadas pro meu gosto.Sinceramente, eu estou esperando o livro mais que tudo, faz 2 anos que li o ultimo, é muito tempo para ficar sem saber o que está acontecendo.

  • Wedson Galdino

    Que episódio tão sofrível de se assistir, um dos piores da história da Série, que infelizmente vem caindo muito.

    Os Jardins de Dorne foram tão fáceis de se invadir que deu raiva. Tommen vê a sua mulher ser presa e não faz nada?

    E essa cena de Sansa foi decepcionante, não por se ela que pense numa personagem que eu não tô nem aí, mas NUNCA QUE MINDINHO DEIXARIA ISSO ACONTECER, NUUUUUNCAAAA!

    Game of Thrones já não se mostrava ser uma obra-prima, e agora provou que nunca será mesmo.

  • M.C.R

    É a terceira personagem principal da série que passa por esse tipo de violência gratuita. A próxima será a Arya ? Qual o limite desses caras? Estupro é um medo que a maioria das mulheres têm, mas na série é tratado como fetiche. Não há consequencias depois, nem para o agressor, nem para a mulher.

  • leandrosr

    Só por combate.

  • Myriel

    Sinceramente, fiquei muito decepcionado. Os roteiristas perderam a noção, querem chocar de qualquer forma. A Sansa é uma das minhas personagens femininas favoritas, porque é muito fácil sentir empatia por ela e não tem que fazer o papel de “guerreira” para ser forte. Acredito que Martin não planeja um futuro tão péssimo para a personagem, caso contrário isso já teria ocorrido nos livros passados.

    Isso que aconteceu… muda tudo. E acho que o trauma e as consequências desse fato serão muito mal trabalhados nos próximos episódios e temporadas, porque convenhamos, o roteiro criado exclusivamente para a série está fraquíssimo…

  • Rafael

    Eu concordo contigo, alias acredito que escrevi algo parecido contigo, mas você falou algo que me chamou atenção a um detalhe, os produtores sabem como todas a plot terminam e podem falar com o Martin sobre o que pretendem.

    Talvez, a intenção, além de chocar, é tirar Sansa das garras de Mindinho, enfim, já não me importo mais.

    Como disse no meu post anterior, poderiam segui outro caminho, mas já fizeram a merda, como muitas outras.

  • Jefersson Pedro

    Por isso a Arya é minha preferida por muito menos quer matar meio mundo, meu tipo de mulher <3, sansa me da nojo desde o começo.

    Arya desde o primeiro episodio se mostra melhor personagem ever, seguido pela Dani

    Margery amorzinho tbm <3

    A margery tá jogando o joguinho dos tronos com oque ela tem de melhor em vez de ficar sendo jogada pra lá e pra cá igual a sansa.

  • Jefersson Pedro

    Por isso a Arya é minha preferida por muito menos quer matar meio mundo, meu tipo de mulher <3, sansa me da nojo desde o começo.

    Arya desde o primeiro episodio se mostra melhor personagem ever, seguido pela Dani

    Margery amorzinho tbm <3

    A margery tá jogando o joguinho dos tronos com oque ela tem de melhor em vez de ficar sendo jogada pra lá e pra cá igual a sansa.

    ela joga o joguinho com propriedade.

  • Saw

    Triste construirem a personagem dela em cima de uma força guiada pelo Mindinho e começarem a destruir isso do nada, com um estupro, só pelo ”plot twist”.

    Horrível.

  • Silvano Ferrari

    exatamente…

  • Alvaro Rexs

    Felipe… me desculpe… mas Game of Thrones é gore! Oberyn morrendo foi gore… Matar Lady foi gore… Mostrar dois meninos inocentes queimados mortos é gore. Castrar Theon é gore… A morte de Jofrey é gore…

    Eu acho que o sentimento mesmo é de não termos mais domínio sobre os acontecimentos da série. Acabou! Quem leu os livros e se especializou em GoT está nivelado com quem não leu. Não dá pra prever mais nada! E há uma diferença entre banalizar a violência e saber encaixá-la em um contexto propício.

    Podemos até não gostar da adaptação, mas como mudaram o caminho de Sansa… o que poderíamos esperar de Ramsay numa lua de mel? Rosas e Champanhe? Os caras deixaram subentendido a relação cavalar do bastardo, não houve exposição do corpo da Sophie ou muito menos cenas explícitas de agressão. Não tinha escatologia.

    Com certeza esse estupro, se é que aconteceu (pois não duvido que Ramsay tenha sérios problemas de ereção quando não está espancando alguém) será o divisor de águas na trajetória de Sansa. A gota d’água. Agora sim ela vai partir pra porrada e vingança.

    Ela vai matar a menina e deixar nascer a mulher.

  • Alvaro Rexs

    Drogo não estuprou Daenerys. Não que eu lembre. Na primeira relação ela até estranhou como ele foi cordial.

  • Existe gore e existe gore gratuito. Não que eu ache que você vá conseguir entender a diferença.

    E esse argumento de que “a partir de agora ela vai crescer” é pífio. Uma mulher só cresce e se torna forte se for estuprada?

  • Beatriz Medeiros Noleto

    É porque eles abusaram tanto de estupro e violência algumas pessoas não se chocam mais. Você já espera isso. Eles têm sempre que aumentar a intensidade para superar a última vez, mas não funciona para muitas pessoas, porque é previsível. Eu esperava que não tivesse o estupro porque seria previsível demais e achei também que não acrescentaria nada ao personagem. Vamos ver o que eles farão com isso, mas eu não tenho muita esperança que isso tenha um sentido no final.

  • Alvaro Rexs

    Se você explicar ou desenhar talvez eu do fundo da minha burrice consiga compreender toda a complexidade que só uma mente iluminada como a sua percebe a diferença!

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Sansa não sabe. E Jaime supostamente está em um arco de redenção.

  • Shirley

    Acho que fiquei uns 5 minutos após a cena de boa aberta e pensando: “eu odiei isso!”.
    Ainda estou um pouco confusa, mas não vou julgar ainda. Há muito tempo separei a história de GOT com a dos livros, então, meu julgamento não será por isso. Preciso de mais um tempo e os outros episódios desta temporada para julgar se na minha opinião deveriam seguir por outro caminho.
    Mas ainda estou traumatizada com a cena…, que me deem uma boa razão para que isso tenha acontecido!

  • Estuprou, mas este está nos livros também.

    “Mas todas as noites, em algum momento antes da alvorada, Drogo vinha à sua tenda e a acordava na escuridão para montá-la tão implacavelmente como montava seu garanhão. Possuía-a sempre por trás, à moda dothraki, e Dany sentia-se grata por isso; dessa maneira, o senhor seu marido não podia ver as lágrimas que lhe molhavam o rosto, e podia usar a almofada para abafar seus gritos de dor. Quando acabava, ele fechava os olhos e começava a ressonar baixinho, e Dany se deitava ao seu lado, com o corpo dolorido e machucado, com dores demais para dormir.

    Os dias seguiram-se a outros, e as noites seguiram-se a outras, até Dany compreender que não conseguia suportar aquilo nem mais um momento. Uma noite decidiu que preferia se matar em vez de continuar…”

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Não, não teve. Nenhum dos filhos do Tywin sabia do Casamento Vermelho. Jaime era prisioneiro do Bolton, mas foi bem tratado por ele (na medida do possível) e ao se despedir falou para o Roose “send my regards to the Young Wolf” ou algo assim. Foi o Roose que usou esse pedido da maneira mais macabra possível.

  • hey_johnny

    E qual a diferença para o que o Martin escreveu?

  • Breno Dornelles

    Realmente foi um apelo televisivo…Pegaram a fórmula do Martin de escrever e se apropriaram para impressionar o público de qualquer forma. Mas que ficou phoda ficou…rs..rs.r.s…

  • Alvaro Rexs

    Gente… vamos nos aprofundar. Estamos nivelando a percepção de valores pela nossa ótica. Drogo é um Dothraki. Como você queria que George representasse a situação? Um semi selvagem troglodita de um povo voltado a pilhagens com uma menina inocente de 13 anos? Estão procurando pelo em ovo.

  • Bom, então se você já percebe a diferença e ainda assim utilizou os exemplos acima para dizer que é a mesma coisa, agiu de má-fé.

    Porque gore e violência dentro de um contexto, tendo um sentido dentro da história que se conta são uma coisa. Gore apenas para impactar mostrando sangue e entranhas é outra completamente diferente. E a TV claramente prioriza o segundo, que é naturalmente um recurso barato e apelativo, comum a roteiros fracos.

  • Alina Santos

    Tenho 42 anos, bem casada, mãe de 3 filhos e muito bem resolvida… Achei suas colocações perfeitas! Até que enfim, alguém que pensa como nós aqui em casa rsrsrsrs.

  • Ana Carolina

    A série, que tinha TANTO potencial, se transformou num lixo. Um tipo bizarro de filme de terror onde só importa chocar o expectador.
    Triste.

  • E em que momento eu fiz qualquer juízo de valor a respeito disso, criticando ou elogiando?
    O que fiz foi simplesmente apontar que nos livros também é assim, então esse estupro em específico não se pode botar na conta dos produtores.

  • JasonLannister

    HAHAH eu tbm estaria amando tudo se ganhasse o salário deles!!!!

  • Thalles Lucas

    Primeiramente, se e’ para comentar como sou machista e misogeneo sem me conhecer e’ melhor nem comentar. Mas, voces “fas” nao acham que estao exagerando com os xingamentos e mimi? Sim a cena foi chocante, sim, nao existia no livro, sim, descaracterizou o personagem. Mas voce realmente achava que daria para adaptar duas temporadas de sansa parada no Vale, ou, que ela ia casar com harry o herdeiro e ia ser feliz para sempre. Outra, desde quando uma mulher que sofre estupro se torna fraca e diminui o crescimento da pessoa. Vi um monte de comentarios falando que eles tornaram ela uma personagem fraca por ter sido submetido aquela situacao e virou sonsa de novo, essas pessoas prefiro nem comentar. Mas do mais, got e’ uma serie-filme, tem como objetivo contar uma historia, e por mais chocante que seja isso e’ arte. Nao retratar estrupro seria uma ofensa a este universo brilhantemente escrito por Martin, eg: cena com Jeyne poole foi bem mais chocante do que na serie, a serie nao mostrou nem um quinto que a gangue do montanha fazia com as mulheres, nem o costume de dothraki de estrupar as mulheres (eroeh foi excluida da serie), a serie amenizou bastante o que aconteceu com lollys com a sansa, nem comentaram o fato que robert estrupou a cersei quando ele estava bebado. Tudo isso aconteceu no livro mas so D&D e’ misogino. Acho que voces estao lendo o livro errado entao

  • Alvaro Rexs

    Assim, você é muito radical é um cara difícil de debater. Gore gratuito pra mim é Fome Animal de Peter Jackson, sendo inclusive a proposta do filme.

    Paul Verhoeven, que dirigiu Robocop, Tropas Estelares, Instinto Selvagem e outros é considerado um diretor adepto da violência gratuita. Que até posso concordar, mas que mesmo assim fica muito bom!

    Tropa de Elite e Cidade de Deus na mesma linha.

    Se você joga vídeo game e conhece The Last of Us é cheio de violência e brutalidade, no entando é uma obra prima!

    Eu consigo entender que devem existem questões ideológicas que te fazem tão intransigente, pode ser que seja sua formação acadêmica ou outra coisa… Agora o que não pode é tijolar as pessoas que pensam diferente de você. E que não é a primeira vez.

    Eu me formei em Letras e estou analisando com as ferramentas que tenho. E te digo, violência gratuita é algo muito mais rasteiro, que nem chega perto da sublimidade da obra Game of Thrones.

  • Alvaro, eu não disse que a série inteira é feita com gore gratuito ou com esse intuito. Mas é inegável que existem momentos em que isso transparece, principalmente se comparado ao material fonte. As cenas violentas que existem em ASoIaF têm todas um significado por trás de si, nenhuma é inserida no plot apenas para chocar. O Red Wedding não existe simplesmente para chamar a atenção. O mesmo não acontece em Thrones, porém. Ros morta amarrada com uma flecha no peito acrescenta o quê? Mostrar que Joffrey é um sádico? Mas todo mundo já não sabe disso? Ou é simplesmente pra que as audiências fiquem “ooooooooooh”? Mesma coisa com o caso da Talisa. Eles pegam a receita de inserir cenas fortes, mas excluem a parte do significado que há por trás. Essa é a diferença, mas agora percebo que você já sabe disso, só não concorda.

    E a intransigência vem da falta de paciência com muitos comentários que nem aparecem aqui, mas que temos que moderar dada a ignorância tamanha deles. Não é o seu caso, e admito que não sou o exemplo de cordialidade, mas é que cansa ficar vendo argumentos rasteiros ou ofensas gratuitas.

  • Alvaro Rexs

    Por isso que são fórmulas diferentes, televisão é impacto visual. Se eles não acrescentarem algo assim, que pode ser desnecessário para você ou outros que se aprofundaram nos livros, talvez não prendam os que apenas acompanham a série. Tenho certeza que quem não leu os livros não teve esse sentimento de revolta.

    Agora é bola pra frente… Sansa bonequinha tá morta e enterrada. Inicia-se um novo Game of Thrones, fazer o que?

  • Tayse Rodrigues

    Quando eu percebi o que ia acontecer, comecei a falar alto ”não, não pode ser…não acredito que eles vão fazer essa cena!!!” Foi muito chocante para mim, amo essa personagem e é claro que não queria ver ela passar por isso!

  • Se na literatura, que nem tem a violência visual que a série proporciona, a atenção do leitor consegue ser prendida por inúmeros fatores, será que tem mesmo que inserir uma cena de Ros violentando outra mulher pra prender a audiência?

    Não acho que a desculpa cole, sinceramente.

  • Stephen Norton

    Apenas lamentável. E chega a ser hilário quando lembramos que no livro ela está numa situação totalmente oposta.

    Destruíram Alayne/Littlefinger, meu núcleo favorito dos livros atualmente, e a única coisa que ainda me fazia assistir essa série machista e cheia de soluções fáceis e pobres feitas só para chocar (que eu vinha ignorando por pura boa vontade ao longo de 4 temporadas). Mas não mais. Não voltarei para os próximos episódios.

  • Alvaro Rexs

    Do leitor! Disse bem. Na minha casa somos 4 irmãos, eu sou o único leitor. Se passar um pente fino acho que menos de 10% dos que acompanham a série leram os livros… nem 5%… pra falar a verdade. Pessoalmente eu só conheço um cara que leu, todas as outras pessoas eu encontro neste site. O próprio tamanho do livro intimida! Resumindo a série é feita para todos, e a maioria não é de leitores.

    Eu conversei hoje com pessoas que apenas assistem, não acompanham Blog… enfim, não se aprofundaram na obra… faça o teste! Nenhuma demonstrou tanta aversão ao capítulo! Lógico que não gostaram, como eu também não queria ver Sansa com aquele psicopata, mas pararam por aí. Se limitando a um sonoro: “Tomara que ela bote pra fuder naquele miserável”.

  • LadyTargaryen

    É nessas horas que acho até bom terem limado Arianne, Asha, Val e tantas outras… Poupa-nos o desgosto de ver mais disso.

  • Acho que você não entendeu o que eu quis dizer, não fui claro o bastante. Disse que, se o livro consegue prender a atenção do leitor mesmo que esse sequer consiga visualizar com a clareza as imagens e cenas chocantes que existem no roteiro, imagino que uma série televisiva em que o recurso visual, de exposição do quão impactante é uma cena como o Red Wedding já seja mais do que suficiente pra prender a atenção (que seja só por isso) dos espectadores. O gore que existe no material fonte, que serve a propósitos dentro do plot, já é suficiente para chamar a atenção de quem gosta de assistir só por essas cenas.

    O interesse maior não é em contar uma história, é em inserir cenas chocantes e super plot twists impactantes. E isso gera um público também que só quer ver GoT porque é a “série das mortes”.

    E sem querer discordar mais uma vez mas já o fazendo, por acaso recebi uma mensagem hoje na minha linha do tempo do Facebook de um espectador unsullied (que não leu os livros), que se dizia insatisfeito com o episódio de ontem e pensando em abandonar a série, e perguntou se isso acontecia nos livros. Quando eu disse que não e expliquei o plot original, o cara se decidiu a dropar de vez.

  • Alvaro Rexs

    Por maior que seja força de vontade da pessoa, abandonar a série sem saber como vai acabar é mais difícil que largar o cigarro. E não vai ser esse capítulo que vai libertar as pessoas do vício. Pode anotar que todos que estão dizendo “Pra mim Game of Thrones acabou” domingo que vem estarão assistindo tranquilamente. Só o fato da pessoa vir aqui nesse site ou te cutucar no Face, é pq já está sob efeito da droga chamada GoT!

    Mas valeu! Lancem outra teoria legal aí pra gente discutir, se acalmem se alguém não concordar, e vamos dar andamento! Esse capítulo passou, acabou, Sansa não é mais moça, se deu mal que nem a Lady e pronto.

    As teorias são as melhores partes do site!

  • Mara-lu

    Mais isso foi o que os roteiristas decidiram pra personagem Jefersson, tá que no inicio ela era meio chatinha e a arya sempre foi muito mais esperta do que ela, mais no livro depois a sansa muda, ela começa a entender o verdadeiro “jogo dos Tronos” , na série eles fizeram um tipo diferente de sansa, Acho que a intenção deles de colarem essa cena, seja para transformar a sansa em uma mulher mais “forte” com espirito de vingança, mais de verdade…Não sei se isso vai acontecer nessa temporada não! Agora, já até esperava que eles fossem fazer um tipo de cena assim, fiquei horrorizada, mais não muito surpresa!!!

  • M.C.R

    “Então parou, e puxou-a para o seu colo. Dany estava corada e sem fôlego, com o coração a palpitar no peito. Ele envolveu seu rosto nas mãos enormes e ela o olhou nos olhos.
    – Não? – disse ele, e ela soube que era uma pergunta. Tomou- lhe a mão e a dirigiu para a umidade entre as coxas.
    – Sim – sussurrou ao introduzir o dedo dele dentro de si.”. Essa cena, extremamente terna, foi mostrada na série como um estupro.

  • M.C.R

    Pertubador tb, dizerem que depois disso ela vai amadurecer. Surgiu uma nova espécie de estupro corretivo ?

  • Beatriz Medeiros Noleto

    O problema que eu tenho com essa cena é que me parece que mais uma vez eles mudaram a história sem razão alguma. Teve vários momentos na série que eu pensei “pqp, que m* é essa? porque isso?”, mas eu aguardei para ver como o roteiro desenvolve aquilo. E como eles desenvolvem? Não desenvolvem. Eles não fizeram nada com o fato do Pod impressionar as prostitutas, nem com o Jaime estuprando a Cersei, nem com os homens de ferro fugindo das cadelas do Ramsay, nem com o Joffrey sendo um sádico, pervertido sexual completo. Eles só fizeram isso para ter mais sexo, violência, mulher pelada e comédia abilolada (não nessa ordem).

    Eles cortam personagens e tramas importantes, o povo reclama e aí é aquela coisa: é uma adaptação, são mídias diferentes, tem problema de orçamento, de tempo de filmagem e etc. Mas aí eles acrescentam outras cenas que destoam completamente do livro e que só servem para gastar tempo e dinheiro e querem que a gente engula com a mesma razão. Eu acho que adaptação não significa vale tudo. O mínimo que se requer é coerência.

    Na série todo mundo sabe que Mindinho não é confiável. E ele não fez metade do que o Ramsay fez, nem tem metade do ardil do Mindinho dos livros, porque os Lordes Declarantes o colocaram contra a parede e a Sansa teve de salvá-lo. Então ele é menos ardiloso na série, e tem muito mais reputação por isso, mas das torturas do Ramsay, que não é mais discreto na série, quase ninguém sabe? O Mindinho não sabe?

    E ainda que ele não saiba, ele é dono de bordel, conhece as perversões dos homens, ele vai deixar o “vale- Guardião do Norte” dele sem proteção em Winterfell, sozinha com um cara que ele não conhece? Nos livros, o Mindinho, que não é estúpido, deu um guarda só para ela, e isso porque ele estava presente e ela não estava cercada de gente de caráter duvidoso.

    E para que casá-la e deixá-la perder a virgindade se ele não tinha certeza que o casamento/noivado duraria? Ele certamente trabalha com a possibilidade do Stannis derrotar os Boltons, talvez até conte com isso.

    E a Sansa ainda é casada com Tyrion, não tem quase ninguém testemunhando o casamento e para o resto de Westeros qualquer criança de nasça do ventre dela será um Lannister, não um Bolton.

    E se o motivo da Sansa se casar com o Bolton é mostrar como ela é amadurecida, como mostrado pela conversa com a Myranda, e pela com a conversa com o Mindinho antes (“eu sei o que você quer”) porque ela agiu como se não soubesse o que a aguardava após os casamento? Como se não reconhecesse um psicopata quando vê um? Ela achava que o Ramsay seria bonzinho com ela como o Tyrion foi?

    E qual a razão de mostrar mais um estupro? “Ah, isso é GOT, é o mundo cão etc.” Tá, ninguém sabe disso? Esse ponto já não foi explorado várias vezes? A gente não sabe que mulheres em casamentos arranjados são estupradas, que elas pertencem aos maridos e não têm escolha nenhuma? A gente já não viu a Dany sendo vendida para o Drogo? Ela sendo estuprada pelo Drogo?

    “Ah mas dessa vez foi diferente, ela teve escolha e depois ela vai manipular o Ramsay” A garota teve a família toda assassinada, o único cara que supostamente a está ajudando diz que essa é a única chance de vingança e ela não vê alternativa, mas essa coisa da manipulação a gente não viu ainda… oh, wait!

    E o que ela pode fazer para seduzir alguém como o Ramsay? Ela é novinha ainda, e o Ramsay é louco, não tem como ela imaginar o que excita um cara como esse, muito menos executar. Se do nada ela virar uma super sedutora e manipuladora de super psicopatas vai ser muito irrealista, e a desculpa de que a série mostra a “vida como ela é” vai pela janela também. (No excerto de WoW eu já achei um pouco forçado.)

    Acho que no fim essa conversa de que a Sansa é uma mulher madura etc. vai acabar com ela pedindo socorro e sendo salva pela Brienne como a garota que ela realmente é, porque não tem condição de ser diferente. GOT está cada vez mais parecido com True Blood.

  • LadyTargaryen

    Tava pensando aqui e cheguei a conclusão de que essa cena doentia foi cantada por esses aloprados desde a segunda temporada, só não quisemos acreditar que fosse acontecer. Joffrey, Cão, Motim em KL, Mindinho, todas as cenas com uma tensão sexual perigosa e exagerada, foi um verdadeiro “leilão” de quem chocaria mais ao executar a tarefa.

  • Eduardo Fernandes

    vc pode ver isso nos livros, como o Felipe adicionou os trechos, mas se não for suficiente pra vc, reveja o 2 episódio da série e tire suas conclusões se aquilo não foi estupro!!!!!!
    A verdade é que estão passando dos limites já, GoT é pesado e aquela coisa toda, mas todo cuidado é pouco, fazer as coisas só pra chocar o público é tática de série porcaria e a cada ano eles tomam sempre decisões infelizes, como a Lidianycs escreveu é só esperar pra ver quem será a próxima vitima desses roteiristas. Shireen, Arya ou Myrcella, isso é coisa de escritor misógino mesmo!!!!!!
    E adoro a série, mas não tenho que aplaudir quando eles tomam decisões erradas, mas cada um tem uma visão, agora violência gratuita contra as mulheres é uma coisa a se desprezar e condenar sempre, seja na ficção ou na realidade.

  • Ana Carolina

    O mais lamentável é concluir que os filhos da puta estavam ansiosamente esperando a Sophie completar 18 anos pra colocá-la numa cena dessas.

  • Acho que a Sansa ainda vai surpreender muito. Gostaria de ver o Ramsey morrer pelas mãos dela, uma espécie de Lady Stoneheart.

  • Natasha

    Não sei… No trailler do próximo episódio, em algum momento, a Sansa aparece com bastante ódio, comentando que ainda há amigos dos Starks no Norte… Como eu disse em um comentário anterior, era esperado sim (até pq, como sabemos, o personagem é psicopata. Ele SEMPRE vai machucar. Por prazer, diversão ou whatever), mas é sempre chocante.

  • Tokachi

    Toda segunda eu vejo gente reclamando do episódio do dia anterior e falando que não vai mais assistir à série, mas na outra semana tá repetindo a mesma história. Então acho que a série está cumprindo com seu objetivo e fazendo o pessoal assistir. rs Não que eu esteja defendendo as adaptações, mas pra quem diz que o roteiro tá fraco, que a temporada tá lixo, vocês estão dando audiência demais. Meio contraditório, não?

  • MrD

    – E você é fã dos livros? Tem problema em acontecer com Sansa e com Jeyne Poole não? A série é misógina e Martin não? Os roteiristas apenas mudaram os personagens, a história quem escreveu foi o Martin, e de uma forma MUITO pior. Sophie tem 18 anos retratando Sansa, Quantos anos tem Jeyne no livro? Como seria trazer isso fielmente pra série como tantos fãs puristas prezam?

  • Natasha

    Estou assim também, Shirley. Achei a cena bem produzida e bem interpretada. Mas não sei se gostei. Acho que não. Me chocou demais…

  • Natália Silva

    Ocorre que os abusos ocorridos nos livros tem uma contextualização, tem um desenvolvimento narrativo. E o que temos visto na série não é isso. Ou alguém aqui acha que aquela cena da Cersei sendo estuprada pelo Jaime logo depois do filho ser assassinado acrescentou alguma coisa para os personagens?
    Vi um monte de gente defendendo o estupro da Sansa porque “ela precisa crescer, amadurecer e ficar forte”. Eu quero mesmo que vocês me mostrem uma única mulher nesse mundo que ficou mais forte depois de um estupro. Um ato desse humilha/diminui uma mulher. A própria Jeyne nos livros é exemplo disso.

  • hey_johnny

    E esse é o ponto que eu mais discordo. Eu acho que o estupro vai ser grande parte do amadurecimento dela, no jogo dos tronos é preciso não ter escrúpulos em certos momentos, e eu não imaginava a sansa matando ou mandando matar pessoas, tramando, e principalmente, sendo a lady stoneheart na série, a vingadora do norte. Agora a vingança virá, ela vai estar diferente, talvez um pouco quebrada no ínicio, afinal foi um estupro né, mas depois disso mais cruel em certos aspectos.

  • Sir Ponce

    “No entanto, essa é a segunda vez que Sansa é abusada sexualmente na série, mesmo não sendo nos livros.”

    Qual foi a outra? não lembro.

  • Alvaro Rexs

    Eduardo, você está acompanhando uma obra que não é adequada para você então. Sinceramente, eu não leio ou assisto algo que me ofende. Inclusive minha posição sobre a tão aterradora cena de “violência gratuita” já está descrita em outros comentários. Cuidado ao assumir visões radicais… elas funcionam de ambos os lados.

    Essa palavra “estupro” tá muito usada e polemizada aqui no site.

  • Mike

    kkkkkkkkk

  • Felipe Lopes

    Moça, seu comentário é tão bom que eu peço permissão para citar trechos em discussões futuras.

  • Belle S

    Acho q tem gente fazendo tempestade em copo d`água aqui kkk gente essa cena da Sansa já era meio previsivel ne, ela ia se casar com o Ramsey com quem ela n “faria” de boa vontade e nós sabemos como aquele cara é maluco, o mínimo que podia acontecer era isso mesm. Claro q eu n esperava a parte do Theon nisso mas sinceramente n sei pq tem tanta gente tão chocada, isso já tava meio claro desde que eles a colocaram para casar com o Ramsey, obviamente se o Stannis não invadisse primeiro mas ele decidiu passar séculos na muralha fazendo nada.
    Apesar de n estar chocada n gostei da cena uma vez que esperava uma Sansa -como a Sophie vive dizendo- mais “player” sendo que ela n fez nada nessa temporada que desse a ela este status, só espero que com a guerra entre Stannis e os Boltons a situação dela melhore e q ela consiga entrar em contato com a Brienne

  • Giselly Faria

    Ainda tentando entender o porque de tanto mimimi com essa cena final, gente é game of thrones, a serie foi feita pra chocar mesmo, e é isso que vem fazendo sucesso!
    Sobre desconstruir a personagem da Sansa, acredito que nao houve nada disso, alias acho que esse fato a fará mais forte e a fará conhecer o seu marido e sobre o sadico do Ramsey, ele é louco, doente, perverso, a noite de nupcias deles nao poderia ter sido diferente.
    Adorei a cena e acredito que a serie so tende a melhorar daqui pra frente!

  • Ram_Alen

    Esta é minha última esperança, eheheh

  • Renan

    Achei esse episódio tão fraco que a unica cena que me despertou alguma emoção foi essa. Não reclamo, pelo menos a cena gerou tensão.

  • leila.llfm

    A primeira foi na 2a temporada, quando os plebeus atacaram o Joffrey, na despedida da Myrcella para Dorne, o cão a salvou naquele beco.

  • wons noj

    concordo com cada palavra q vc disse, eles falam “ainn com a jeyne nos livros foi pior”, q coisa escrota cara

  • Roberto Sousa

    Acredito que estão falando do Episódio onde atacaram o Rei, e no meio da confusão ela se perdeu, depois sendo salva pelo Perdigueiro.

  • joao pedro

    acho que se referem aquela vez que ela quase foi estuprada após a patida de Myrcella e o cão salvou ela, nao deve considerar isso como estupro, que equivoco

  • Eduardo Fernandes

    Como eu relatei, cada um tem uma visão!!!!!
    No entanto, não deixo de acompanhar a série ou deixo de ler os livros e sempre fui crítico com o que considero exagerado, seja na Obra do Martin ou a Série do D&D.
    A minha opinião não vai mudar e a sua opinião não vai mudar, quanto a isso tudo bem, mas não venha pautar se a obra é adequada ou não pra mim.
    Cada um tem direito a escolhas, e se a minha opinião é que foi uma cena de ” Estupro ” ou ” Violência Gratuita ” é a minha visão sobre a obra, se não bate com a sua visão sobre o assunto ok!!!!
    Mas não venha me pautar Alvaro, pq quem está sendo Radical é vc!!!!!

  • Marcos Gomes

    Tb nao sei

  • Jenner Azevedo

    Eu acho que do jeito que as coisas andam, não me surpreenderia se a Sansa virasse a Stoneheart. Só é chato ver a serie se distanciando mais e mais da história original… Ou o que é pior, dando spoiler do livro não lançado ainda

  • Demolideus

    O estupro de verdade é com o Mindinho e a Sansa, conseguiram colocar uma puta mancha na caminhada dos personagens, a série se perdeu nesta temporada tomara que se encontre na sexta temporada.

  • Eliomar Marques

    Cara! achei seu texto perfeito, eu me encaixo nos 2 primeiros fatos, mas como vc mesmo disse, o jeito é aceitar. Digo mais, a maioria como eu, foi apresenta a essa obra de arte pela série, poucos conheciam os livro,. agora q a série ta cagando tudo eu só posso lamentar, não vou cuspir no prato feio que comi, só vou trocar por um prato melhor… e comer no feio quando ninguém estiver vendo rs!

  • Gisele Silva

    Assisti ao episódio de madrugada, e até agora lembro dos gritos da Sansa. Eu até estava gostando da série, adorei o episódio, mas esse plot da Sansa não dá pra aguentar.

  • Felipe Queiroz de Paula

    Como podem destruir toda a trajetória da personagem assim. Não faz sentido algum, algum. É o chocar pelo chocar. Tá difícil de assistir…

  • hey_johnny

    E tu não acha que nesse caso específico, personificando o estupro na imagem do personagem mais ultrajante e psicopata da série eles estão condenando o ato, mostrando o tipo de pessoa que realiza tal atrocidade?

  • hey_johnny

    Tywin lannister send his regards…

  • Anderson Stein

    Ta escrito que teria spóilers do episódio 5×6 mas não dos livros…não sabia que Jaynee Poole tava no meio disso.

  • Anderson Lima

    A própria atriz disse que curtiu fazer a cena… e o povo fica tudo chorando por ela… kkkk

  • Anderson Lima

    Não havia outa forma de se representar essa cena? Ah por favor!

  • leleskt2

    depois que ele cortou a linguiça do theon não acho que haja alguma coisa que ele não é capaz
    mas o fim dele devia vir por meio do theon, tomara que isso aconteça e com o seu estilo

  • Leo Guedes

    Sinto que não estou só no mundo :), outros pensam como eu.

  • Leo Guedes

    Concordo

  • Gabriela Fernandes

    De certo modo também gostei, mas juro que esperava que ela tirasse uma faca da manga na hora de tirar a roupa hahaha Tomara que isso role em algum episódio mais a frente, Ramsay merece a pior de todas as mortes na série.

  • mauricio braglia

    nunca senti a morte do ned como nesta sena a filha dele estuprada pelo filho bastardo assassino do irmão dela no propio castelo a sena não foi tão trash quanto a ideia

  • Jean Aurelio

    “Ocorre que os abusos ocorridos nos livros tem uma contextualização” você esta se contradizendo, mais a serie é assim, aborda todos esses temas, violência, sexo, numa época que existia isso. Há existe serie que não tratam nada disso, vão assistir essas.

  • Lara

    Ah gente, eles só quiseram juntar duas histórias em um personagem só. Não que eu tenha gostado, mas dá pra entender a decisão deles.

  • carolinajulianofelix

    Pessoal, será recorde o número de comentários sobre a cena de Sansa?? Bem, pessoal, tudo é uma questão política se a televisão segue ou não a fidelidade do livro… O Senhor dos Anèis sim, 50 TOns de CInza … mais ou menos …então há muito interesse e milhões por trás disso . Fiquem trnauilos pois o final … já vem sendo produzido de comum acordo entre produtores e autor. Eles tem dois publicos seguidores: os que leram os livros e os que apenas conhecem pela tv. Abraços a todos e principalmente a equipe maravilhosa deste blog. Valeu !

  • Oh my sweet summer child, grown up

  • Fabio Luiz

    Arrã, foi isso mesmo… ai carai

  • Myriel

    Espero que nos livros Sansa se case com o Jovem Griff. Gelo e fogo, uma boa rainha e um bom rei, podem até formarem o melhor casal real desde Jaehaerys I e Alyssane. Ambos são personagens que passaram maus bocados, viveram com medo em parte de suas vidas, estiveram fugindo. Mas ambos conhecem o sentido do DEVER, principalmente nessa altura do enredo.

    Mesmo se ambos não terminarem juntos nos livros, essa seria uma adaptação muito melhor para a série que jogá-la nas presas do pior bastardo de Westeros. Depois de tanto sofrimento, a menina que era sonhadora ainda consegue se casar com um príncipe legal. Isso sim é um ‘gore’ que conseguiria aplausos da audiência…

  • Vinicius Martini

    Sansa não é mais burra, esfaquear Rammsay seria sentença de morte e ninguém mata melhor q os Bolton, é preciso saber esperar assim como os Tyrell e Littlefinger fizeram para matar Joffrey no momento certo sem q a culpa cai sobre ela.

  • Daenerys Misândrica

    Eu estou com raiva dos criadores dessa serie num nivel extremo, qual a necessidade de fazer isso com Sansa? qual a necessidade de MAIS UMA cena de estupro? qual a necessidade de fazer essa cena? apenas pra atrair o publico? eu tô quase desistindo de assistir isso e ficar só nos livros mesmo.

  • Daenerys Misândrica

    E parem com essa justificativa (nem sei se isso é alias) que a serie se passa na “idade media” porque não se passa, a serie se passa num mundo fictício a não ser que alguém me comprove que na idade media havia dragões.

  • Daenerys Misândrica

    Thalles você fala isso porque você é homem, você não tem IDEIA de como é uma mulher assistir GOT e ver uma cena como essa da Sansa, então meu caro, por favor, pare de defender os roteiristas a todo custo, tudo tem limites, é obvio que os produtores da mesma já mudaram diversas coisas, mas sério, essa cena? no que agrega no desenrolar da historia colocar uma cena de estupros como essa a não ser por pura audiência? é inadmissível que uma serie como GOT que foi inspirada nos livros tenha como unica contribuição cenas de estupro e violência.

  • Karin Rippel

    Sansa será uma nova Cersei, sem sombra de duvidas!

  • Natália Silva

    Você não prestou atenção no que eu escrevi, né? Dei um claro exemplo de uma descontextualização de estupro na série: a cena entre Cersei e Jaime. Essa cena foi feita somente para chocar, sem implicação nenhuma no desenvolvimento dos personagens.

  • Ewerton Rocha

    Não achei a cena forte… Existem outras na série que superam e muito.
    Sinceramente estava empolgado com essa 5ª temporada, porém até o momento, infelizmente, ela ainda ainda não chegou no seu ponto alto…

  • Dooll Silverd

    Khal Drogo tbm estuprava a Daenerys no começo. Jaime estuprou Cersei no velório do próprio filho. Isso não é nenhuma novidade em GOT, mas não deixa de ser agressivo.

  • Edilson Meireles

    A cena de violência contra a Sansa foi totalmente desnecessária, a personagem merecia uma história melhor e espero que nos livros não tome um rumo parecido.

  • Thiago Barbosa

    O que foi tudo aquilo no episodio 8 da quarta temporada da Sansa descendo as escadas toda forte e autoconfiante ao estilo Rainha Elizabeth e o mindinho falar ‘a vida toda você foi vítima de tragedias, vingue-os’ e agora isso ! Sansa é estuprada , sério sério mesmo!? não, não gostei não foi legal. Pra deixar bem claro eu ODIEI essa cena, que absurdo toda uma construção de personagem jogada no lixo e ainda por cima da forma mais detestável utilizada na série. A temporada esta fria os personagens estão estão tomando formas e decisões ruins; expectativa no chão pro resto da temporada. Winter is Coming resta saber quantos de nós vão querer estar lá pra assistir.

  • Stephen Norton

    O pior de tudo é isso. Ficam dando desculpa de que isso vai mostrar como ela amadureceu, como ela ficou mais forte, bla bla bla… Mas no fim a gente sabe que ela não vai conseguir se virar sozinha, vai precisar da ajuda do Theon, da Brienne e do Pod pra sair dessa. Então, na verdade foi tudo desculpa pra jogar mais uma ceninha de abuso sexual feminino e causar a polêmica de toda semana. Não tem nada de desenvolvimento de personagem, é só exatamente o que ela já passou com Joffrey (abusada constantemente até chegar alguém para salvá-la)

    O que me entristece é que os produtores sempre fizeram essas escolhas e eu ignorava. Ignorei por 4 temporadas. Tiveram que mexer no meu núcleo favorito dos livros (Alayne e Littlefinger) para que caísse a minha ficha. Sinto como se tivesse perdido tempo vendo essa série.

  • Lucas Barbosa

    Foi horrível de assistir? Sim. Foi um estupro? Com certeza.
    Mas também devemos observar que todos nós (talvez até a própria Sansa) sabíamos o que iria acontecer após o casamento dela com Ramsay, o que me deu uma ânsia terrível no momento que eles entraram no Bosque Sagrado de Winterfell. Mas não achei a cena uma desconstrução total da personagem, como muitos andam dizendo. Ela teve os melhores professores de Westeros, sim, mas na arte da manipulação e dos estrategemas. Como a Sophie mesmo disse, NÃO tem como manipular alguém que é simplesmente maníaco. Sansa não aprendeu como se defender de um ataque sexual com Mindinho, até porque todos sabem o que aconteceu com o próprio Mindinho quando ele tentou resolver as coisas pela força (Brandon Stark manda lembranças).

    Foi uma cena trágica, triste, mas isso existia nos livros (embora o plot fosse bem diferente, mas todo mundo sabe das fusões dos núcleos com a HBO) e a situação era até pior (bem pior, sério, bem pior mesmo), e achei muito positiva a atitude do roterista em mostrar apenas o rosto do Theon, o horror dele (que acabou sendo o nosso também). Todos estão revoltados com os produtores por “mais uma cena desnecessária de estupro para saciar os fetiches dos espectadores”, mas o que vocês queriam? Que Sansa desse voluntariamente uma noite de núpcias inesquecível ao seu maridão a ponto de ele se apaixonar de vez por ela? Vocês esperavam que Ramsay fosse gentil e carinhoso com ela? Se era realmente isso que esperavam depois dela se casar com um psicopata pior do que Joffrey, então meu caro, you know nothing.

  • Scheckter

    Eu acho que a cultura machista é tão enraizada na cabeça dos produtores (e da sociedade em geral) que talvez eles nem consigam perceber que a forma como sexo e violência contra as mulheres são tratados nos livros é totalmente diferente da abordagem da série. Tem gente que ainda não entendeu que o problema não é a série mostrar uma cena de estupro, mas usar o estupro repetidas vezes apenas como uma ferramenta para manter ou chocar a audiência. Junte isso ao fato de cortarem personagens femininas interessantes, como a Arianne Martell ou Taena Merryweather… Não tem justificativa.

    Para piorar eles mostram alguns nus masculinos achando que isso equilibra as coisas. De novo: não é mostrar ou deixar de mostrar, é como isso faz sentido na história, é como isso serve para endossar ou condenar um preconceito ou violência, como isso serve para levar a história adiante. Nos livros existe a Arianne, que é uma mulher plenamente dona de sua sexualidade, que é forte e participa ativamente da disputa pelo poder. Isso pode passar batido para alguns, mas a existência de uma personagem assim ajuda a equilibrar as coisas nos livros. Parecia que isso seria feito com a Sansa, mas jogaram essa chance no lixo. “Ah, mas tem a Cersei e tem a Dani”. Não tem não. É muito pouco. As duas são personagens incríveis, mas a Cersei está comprando corda para se enforcar e sendo manipulada pelo Mindinho e a Dani sofrendo a ausência dos seus conselheiros (homens) e sendo encaminhada para um casamento político.

    Também quero dizer que eu não vejo problemas no fato de não seguirem exatamente o que existe no livro. Eles são obrigados a mudar os livros, não dá pra reproduzir tudo. Mas essa cena da Sansa foi um atestado de que a série não tem a mesma filosofia que os livros têm sobre o papel da mulher. E para aqueles que querem dizer “ah, mas o que acontece com Jeyne Poole no livro é pior”, releia os livros buscando entender como o George equilibra as coisas.

    Não vou deixar de ver a série. Existem coisas maravilhosas lá e adoro o universo de Game of Thrones, mas eu, como homem, marido e pai de uma menina me sinto obrigado a dar a minha opinião aqui. Ainda mais porque os moderadores relatam que recebem uma chuva de comentários misóginos.

  • Beatriz Barros

    Primeiramente, achei desnecessário fazer Sansa passar por tal situação, será que tudo o que ela passou não foi suficiente? Fiquei triste pela Sansa, pois ninguém merece passar por uma situação de abuso (detalhe para a atuação de Alfie Allen, foi comovente). Ramsay está sendo tão odiado que a sua morte será comemorada tal como a do Joffrey. Torço para que o sofrimento de Sansa não seja em vão, mas que ela (não Stannis, Brienne ou Mindinho), mas ela, a doce e romântica Sansa Stark, deixe de ser sonsa e tome as rédeas de seu destino, vingando a sua família! Afinal “o norte se lembra” e nós também!

  • Thalles Lucas

    sinceramente daenerys misandrica, mas essa foi a pior explicacao que ja ouvi, que por ser homem eu nao cadeco do sofrimento das mulheres. Ha’ muito tempo o ser humano inventou o conceito que se chama empatia. Nao preciso pertencer algo para apoiar, entender ou defender. Nao sou negro e sou contra racismo assim que voce provalvemente nao e’ judia e cadece do sofrimento dos judeus no nazismo. Temos a capacidade de se colocar no lugar dos outros. E sim para mim foi dificil assistir a sansa sofrer daquele jeito, principalmente enquanto alguns chamam de sonsa eu tenho ela e cersei como minhas personagens preferidas. Mas quando eu fiz o pacto de acompanhar o livro e a serie, eu ja sabia o que ia espera, ja sabia teria que ia ter decapitacao, estrupo, tortura, infanticidio e etc. Porque a serie nao e’ sobre dragoes e intrigas igual todo mundo pensa mas sim sobre o pior da humidade. E se voce acha que a huminidade nao fez isso ou pior, voce ta muito enganada. A realidade prova ser mais cruel do que a ficcao. Do mais tem tudo isso no livro, eles mudaram algumas coisas mas a essencia e’ a mesma. Voce fala de cena de estrupo na serie foi desnecessaria mas martin botou Eroeh, lollys, Jeyne no livro simplesmente para sofrer. As unicas mencoes delas foram que ela foram estupradas. Eles tentaram sintetizar em sansa para nao criar uma personagem a mais para sofrer na serie e sao criticados por ser misogenos e machistas. Talvez o problema nao seja eles mas sim o material fonte, asoiaf tem trechos misoginos por espelhar na realidade. Rele asoaif de novo e tenta ver se as mulheres no livro sao tratada melhores. Talvez o problema nao seja a serie mas sim o conteudo que esta errado para a pessoa.
    Ps. Uma das cenas que mais me chocou de estupro no game of thrones aconteceu no livro quando uma mulher foi estuprada por clegane e theon que teve que “excitar” jeyne. Mas sao personagens “insignificantes” nao tem respaldo como a sansa

  • Abelita Azevedo

    Depois que vi a cena me senti assim!
    que temporada F#@.. viu
    vráááá

  • Danilo Henrique

    Tô contigo cara. As cenas que citou, puxa vida. Tiram o sono.
    Também fiquei nessa de “será que eu sou tão mal assim?”.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Obrigada, permissão dada.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Ela vai ficar com ódio e pedir ajuda. Isso não é desenvolvimento da personagem, ela sempre foi capaz de aproveitar as oportunidades de ajuda quando elas surgem. Nesse momento ela deveria estar aprendendo a se virar sozinha, e colocaram-na em uma situação em que ela não pode fazer nada nem aprender nada.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Pois é. Eu achava um pouco de exagero da Liliane as críticas que ela fazia de objetificação e violência contra as mulheres, afinal isso é parte daquele mundo e do nosso mundo também, até eu comecei a contar quantas vezes teve estupro, ameaça de estupro, homicídio, sexo e mulher nua sem que acrescentasse absolutamente nada à história e às vezes até diminuindo (no caso do Joffrey). No último artigo dela apareceu mais uma cena dessas inúteis: a ameaça de estupro da Meera. Não serviu de nada, não teve consequência nenhuma, não serviu para ilustrar o caráter degradado da Patrulha da Noite, porque eles já estavam estuprando as mulheres do Craster, NADA. Só serviu mesmo para chocar alguns e perder o tempo de outros. Eu não sei se assisto mais à série. Dorne e a história da Sansa está de matar de ruim, mas eu ainda tenho interesse pela Muralha e Stannis.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    O problema é justamente que a Sansa agiu como se não soubesse o que aconteceria depois do casamento. Não condiz com a personalidade que os autores da série dizem que ela está desenvolvendo nem com as conversas que ela teve com a Miranda e com o Mindinho. Eles erraram feio aí porque colocaram a Sansa em uma posição de vítima completa de novo, pior do que antes até, porque aqui nem a cortesia pode salvá-la. Ela fica totalmente à mercê da ajuda dos outros. Nós já vimos isso antes.

  • Fabio Sousa

    Serio cena bizarra, sou muito fã dos livros e acompanho o seriado, pensava que algo assim poderia acontecer, porém fala o que daquela cena, sansa tem sim que toma as rédeas do seu destino, e pqp a direção da serie poderia só um pouco seguir mais a historia do livro, no poste que li aqui (porque parei de ver a serie ou algo assim kkk), concordo com o autor ou autora (não sei quem fez kkk) mas usar mulheres da serie para construir um personagem masculino é ridículo.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    O estupro da Cersei também foi sem noção. Não pelo fato de ter acontecido, mas pelo fato de ter sido totalmente ignorado depois. Até então o Jaime era uma assassino de criança mas que amava a Cersei e salvou a Brienne. Ele estava em um caminho de “redenção” para alguns. Para mim era auto descoberta, porque a gente só estava vendo qualidades que ele já tinha antes mas estavam escondidas, e ele não se arrependeu nem um pouco de ter atirado o Bran da janela.
    Enfim, estupro é um ato que direciona o personagem para a vilania, e eles deveriam ter tratado como tal. Mas eles negaram que foi estupro (eu mesma fiquei com dúvida, confesso, porque eu não queria acreditar naquilo) e ignoraram o fato na série. Nem a Cersei nem o Jaime agem de acordo com o que aconteceu. Ficou a impressão que estupro é uma coisa normal na relação deles, e se é assim, isso tem de ser explicado também, porque a premissa anterior é que era tudo consensual, que não envolvia abuso nenhum. Ficou sem sentido e gratuito, como o estupro da Sansa, que é incoerente com o arco dela.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Infelizmente, a estratégia funciona. Eles não páram de quebrar recordes de audiência.

  • GutoTricolor

    Até agora não entendi se o pessoal está revoltado com o “estupro” (coloquei entre aspas pq sinceramente não sei se pode-se dizer que foi estupro, afinal, eles se casaram e a Sansa sabia que após a cerimônia o casamento seria consumado), ou se é pq foi com a Sansa. Se tivesse sido com outra personagem feminina menos famosa (como a Jeynei Poole) teria gerado essa revolta?

    No livro também tem essa cena, mas não é a Sansa, e ninguém ficou revoltado com o livro.

    A cena é forte? SIM!

    Foi uma cena gratuita? NA MINHA OPINIÃO NÃO, ESTÁ NO CONTEXTO DA HISTÓRIA QUE ESTÁ SENDO CONTADA, TEM RELEVÂNCIA PARA O RUMO QUE OS PERSONAGENS VÃO TOMAR!

    Violência gratuita foi o esfaqueamento da barriga da esposa do Robb, podiam ter matado ela de uma forma menos brutal que não mudaria o contexto do Casamento Vermelho.

    Gratuito foi mostrar o Gregor Clegane massacrando inocentes antes da luta com o Oberyn, todo mundo já sabia que ele era brutal desde a primeira temporada, não precisavam colocar em tela aquela violência gratuita.

    Gratuito são as dezenas de cenas de nudez sem necessidade, que não mudam nada a história.

    Essa é minha opinião, só não venham me dizer que estou defendendo o estupro, por favor.

    Só estou dizendo que não achei a cena gratuita, está no contexto dos livros e tem relevância para a história.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Fazia sentido que ela se tornasse noiva, mas não que se casasse imediatamente. Ela ainda é casada com o Tyrion oficialmente. Qualquer bebê que nasça dela será considerado filho do Tyrion ou será um bastardo e ela uma adúltera. Ela precisa ter o casamento anulado ou o Tyrion precisa aparecer morto. Eles passam por cima disso e não querem nem saber.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Forte como? O que ela pode fazer contra o Ramsay que ela não podia antes? Ela vai pedir ajuda, mais uma vez, alguém vai salvá-la, mais uma vez.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Que tal ler mais atentamente as críticas à cena, ao invés de repetir a mesma ladainha de que ” a série é diferente dos livros” e de que “GOT é mundo cão”? Todo mundo sabe disso, e isso não é razão, é desculpa para roteiro mal feito e preguiçoso.

  • Luther Blisset

    Dizer que GoT é misogino por essa cena seria a mesma coisa que dizer que Django Unchained é racista ou que Schindler’s List é nazista.

  • Bruno Lacerda Balbi

    Mas a Sophie Turner sabe. Estou brincando com o que ela disse, não com o que a sua personagem poderia pensar.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Eles podem ter apelo visual e ainda manter o sentido da história. O sexo gay do Loras teve consequencia para a história, não ficou só na apelação. O problema do estupro da Sansa é que não faz sentido ela se casar agora e que a situação em que ela se encontra é contraditória com rumo que a personagem estava tomando, que era sair da posição de vítima e ser agente do próprio destino. Em Winterfell sob o domínio dos Boltons ela voltou à estaca zero. Ela só pode se utilizar da ajuda que oferecem, e isso ela já sabia fazer antes. Não contribuiu ao desenvolvimento do personagem, portanto.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Foi a primeira vez, na noite de núpcias. Depois ele não teve o mesmo cuidado e passou a estuprá-la. Eu não entendi muito bem qual é a dele, para ser sincera.

  • Daenerys Misândrica

    Todo mundo sabe que não é novidade, mas é ridiculo o que tão fazendo.

  • Daenerys Misândrica

    Não é só por essa cena, desda 1 temporada que é assim.

  • Daenerys Misândrica

    No livro ela deixa de ser “sonsa” como estão falando, e como isso acontece é maravilhoso, é uma pena que a personagem na serie SE amadurecer teve como recurso o estupro.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Antigamente, era considerado impossível o marido estuprar a esposa, porque era dever dela transar com ele. Tinha até nome para isso, o marido cobrava o “débito conjugal” da mulher. É horrível, mas para o sistema de valores de GOT, o Ramsay só consumou o casamento mesmo. A Sansa, se a gente for pensar no que seria o destino normal dela off-screen, estava destinada a ser estuprada em algum momento, pelo menos o estupro no sentido moderno. O que torna essa situação aberrante é o fato dela estar casada com o algoz da família dela.

  • lala1234

    Me matem mas achei a cena do casamento em si, com as lanternas, a neve, o bosque e a cerimônia a mais bonita de todos os casamentos. No que tange à cena de estupro, JURO que achei, pelos comentários dos atores e diretores que seria muitíssimo pior. O que não gostei foi transformar a Sansa novamente em uma personagem fraca e sonsa novamente. Na hora em que ela respondeu a Myranda, pensei que ela fosse ser mais firme com o Ramsey. BTW, que o RB morra de uma vez por todas.

  • Italo

    Quem ta reclamando da cena ser brutal é hipocrita, ja rolou pior em Game of Thrones (e se a cena fosse a que é contada nos livros com Jeyne seria 100x mais chocante.)

    Quem reclama pq mudou o livro, vocês ja sabiam que o arco da Sansa seria ela como Jeyne ha muito tempo, e melhor assim do que ela andando pelo Vale em 10 episódios, eles tão preparando a série para um fim, que nos livros tá bem longe.

    E também temos que levar em consideração as atuações fodásticas dos atores, principalmente de Alfie Allen, vemos totalmente o Reek dos livros!! 🙂

  • lala1234

    Acho o Alfie um dos melhores atores da série, parecia sentindo DE VERDADE o que estava acontecendo ali. As caras, o choro, o medo do RB, realmente tocante e por um instante fiquei até com pena (!!!!) do Theon.

  • Italo

    Agora ela sabe do que ele é capaz, na série Ramsey não é conhecido como louco psycho como nos livros.

  • Italo

    Honestamente, melhor Sansa como Jeyne fazendo alguma coisa do que ela rodopiando pelo Vale em 10 episódios. E também a série ta caminhando pro fim, não tem muito tempo, eles querem fechar em 6/7 temporadas, já os livros nem GRRM sabe.

    E sim, eles colocam a audiência a frente da boa adaptação, não é novidade.

  • Álvaro

    hahaha boa!! Até onde meus conhecimentos de história vão eu nunca ouvi falar de dragões na idade média mas talvez a mídia censurou né…..

  • Lucas Heck Peixoto

    Onde diz que eles estavam ansiosos? Se ela não completasse 18 anos eles com certeza fariam algo que demostraria que essa cena aconteceu.
    Por exemplo: “Sansa se casa e vai para o quarto com o Ramsey, ele manda ela tirar a roupa. Depois teria um foco no Theon querendo sair e se ouve a voz do Ramsey dizendo para ele ficar e assistir, Theon fecha a porta e acaba” Não teria cena, mas insinuaria oque teria ocorrido e não seria a ultima cena do episodio.

    Ele aproveitaram que ela completou sua maioridade e fizeram para ser realmente chocante!
    E foi!

  • Lucas Heck Peixoto

    A cena da Meera serviu para demonstrar o caráter do irmão dela.

  • GutoTricolor

    Tb achei que a cena seria mais forte.
    Na minha modesta opinião, as reações estão um pouco exageradas.

    Mas cada um tem sua opinião…

  • Madyana Torres

    Olha, não é a brutalidade da cena em si. Eu só não tô entendendo pq toda vez que tem uma mulher mais forte na história (livros) a série a corta ou a diminui. A graça de ler os livros é que tanto faz, homens e mulheres infinitamente cruéis e poderosos.

    A cena com Cersei sendo estuprada pelo irmão, por exemplo, foi completamente sem propósito pra história, diferente dessa com Sansa. Como uma mulher fã da série, vc acaba juntando tudo e perdendo a animação. :/

  • Madyana Torres

    Sim, acho se Ramsay se comportasse como Tyrion não teria sentido nenhum. A irritação é pq os roteiristas já enfraqueceram ou retiraram todas as personagens femininas e quando escrevem algo novo pra uma mulher lá vai ela ser estuprada e sofrer de novo… Enfim, espero que se redimam.

  • spaizer

    Quanto a cena não vejo ela nada mais como parte do show, estava no livro (com outra personagem e de outra maneira, mas estava), estava alinhada com o que Ramsay faria, e já aconteceu várias vezes durante a série. Com Daenerys quando ela fez 14 anos e se casando com um cara que nem queria, e com Cersei com o irmão (essa cena sim achei desnecessária), e até acontece em outras séries como Vikings. O estupro ou sexo-não consensual, chamem como quiser, existia na idade média onde se é inspirada GOT, então não tem pq ficar chocado com isso, por muitas vezes pode ser usado como sexismo barato? Pode, mas sempre tem um contexto (exceto na cena da Cersei e Jaime no septo, aquilo como disse achei desnecessário, nem me lembro sequer de ter aquilo no livro). Agora com a Danny ela passou por cima daquilo se tornando uma mulher de atitude e poderosa, a série não é esse “diminuimento da mulher” como diz na crítica do site não, Daenerys é o exemplo de menina que se torna mulher com o decorrer da história, assim como outras mulheres de atitude como Asha Greyjoy e Catelyn Tully, agora com Arya e Sansa crescendo e se tornando grandes mulheres. Vale lembrar que estão todos atiçados com o tal estupro dela achando que isso minimiza a personagem, mas não, ainda temos água pra correr e veremos como ela lidará com isso, eu mesmo tenho quase certeza que isso apenas a fará mais forte.

    Agora quanto ao roteiro, eu no lugar dos produtores faria a mesma coisa, mandaria ela se casar com o atual herdeiro do norte, ao invés de casá-la com o herdeiro do Vale. Pq? Todos sabemos que a série saí cara e quanto mais cortes poderem fazer para cortar nucleos menores e favorecerem os maiores, melhor. No ninho da águia só tinhamos uma Sansa fora de ação aprendendo maquinações, a 5ª temporada já está monótona com o que tem, imagina se tivessemos Sansa no ninho só para casá-la com um cara que nem sequer apareceu nos livros ainda. Fora que levando ela para o norte conseguiram ainda dar um futuro para Brienne e Podrick que estão carente pela falta de Lady Coração de Pedra, e ainda darem mais atenção para a ótima atuação do Alfie Allen como Theon-Fedor.

    Volto a repetir, a história da Sansa não acaba nesse episódio, esperem ao menos o final da temporada para verem como ela dará a volta por cima, assim como foi com a Danny. Ou não, se seguir a adaptação que tenho em mente dos livros tudo caminhará para ela sofrer bastante e então ser resgata por Brienne, Podrick e Theon. Ai sim, após essa temporada teremos uma Sansa ja endurecida e preparada para jogar o jogo dos tronos, pq convenhamos, a Sansa dos livros ainda tb está só em treinamento, um treinamento seguro com Mindinho, enquanto a da série deu um passo mais além, chegando a se casar, algo que só acontecerá com ela no próximo livro, conforme Martin.

  • spaizer

    A cena da Cersei tb achei desnecessária, mas fora isso não a nada de “mulher mais forte na história (livros) a série a corta ou a diminui”, Daenerys esta ai para provar isso, ela aprendeu, cresceu e se tornou a mulher mais poderosa da série, isso pq nem sequer escolheu casar, foi vendida, agora Sansa não, o Mindinho deu a ela uma escolha, ela resolveu seguir em frente.

    E a história da Sansa ainda não acabou, pra mim isso só vai torná-la mais forte com o passar do tempo, assim como foi com a Danny, tudo caminha para ela se tornar uma mulher poderosasa.

  • spaizer

    Pra mim isso só serve para mostrar que por mais que alguém ache estar forte em um momento, tudo pode acontecer para mostrar como ela ainda é fraca. Mas não achei uma cena barata e sem propósito como foi com Cersei e Jaime no septo, eu creio que isso apenas fará a personagem Sansa mais forte com o passar do tempo, e fora que ela teve a escolha de voltar atrás, mas decidiu se casar com o Ramsay, uma escolha que a Daenerys com a mesma idade não teve na época.

  • Daenerys Misândrica

    Nem a historia nem a biologia rsrsrsr

  • GutoTricolor

    Acho que ainda temos muitas mulheres fortes na série, e nem todas são tratadas como vitimas ou objeto sexual.

    Olenna, Brienne, Arya, Cersei, Olarya, Daenerys, entre outras.

    Acho que todos personagens na série, de qualquer sexo, estão sujeitos a sofrer com violência ou humilhações, e tem vários exemplos disso.

  • Alvaro Rexs

    Brienne foi aumentada, mandou o Cão pro saco. Mindinho foi diminuído, virou um paspalhão.

    Eu lembro que quando o Cão bateu naquele homem e roubou o dinheiro dele, Arya perguntou o porquê dele ter feito aquilo, ele disse que o velho iria morrer de todo jeito, porque era fraco para aquele mundo.

    Acho que Sansa era fraca para aquele mundo, mesmo comendo o pão que o diabo amassou em Porto Real, continuou presa a ilusões.

    Se esse casamento com Ramsay não mudá-la, ela vai ter o mesmo destino do velho e sua filha.

    Arya compreendeu o universo que a rodeia, por isso nunca deixou que passassem por cima dela, pelo contrário, está se preparando para enfrentá-lo. Com certeza se fosse ela no lugar de Sansa, espetaria Agulha no bucho do psicopata, mesmo que fosse esfolada depois.

    Sansa não tem essa personalidade, ou não tinha, esta é a personagem Sansa… um bibelô de porcelana em tempos cruéis.

  • Alvaro Rexs

    Personagens centrais de Game Of Thrones:

    Mulheres Vivas: Cersei, Arya, Sansa, Brienne e Daenerys.
    Morta Viva no livro/Morta na série: Catelyn.

    Homens Vivos: Jon Snow (aparentemente semi vivo) , Jaime, Tyrion, Bran, Davos e Stannis (sem Pov).
    Morto: Eddard.

    Não centrais, mas influentes:

    Mulheres: Margaery (sem POV), Melisandre, Asha, Arianne (excluída da série).

    Homens: Robb (sem POV, morto), Victarion, Theon, Mindinho (sem POV) e Varys.

    Poderia dizer que a melhor conselheira de Daenerys é Missandei, pois todos os outros, a exceção de Daario foram detonados.

    É só uma questão de ponto de vista um pouco mais otimista!

  • Ana Carolina

    Ah, vc acha mesmo que a HBO se arriscaria às criticas de colocar uma menor numa cena dessas? Mesmo que fosse só insinuação.
    É, chocou. E é só isso que os roteiristas tem capacidade de fazer.
    Enquanto a verdadeira Sansa está crescendo e se tornando uma manipuladora sob os cuidados do Mindinho, na série optaram por transformar uma das personagens mais importantes das crônicas num instrumento pra chocar o expectador.
    Medíocre.

  • Ayanne

    Abuso sexual não é configurado apenas pela penetração, meu amigo.

  • Ayanne

    Desconstruíram todo o personagem. O rumo que Sansa estava tomando a levava a um caminho mais forte e menos inocente. Ela deveria ter entrado no quarto mais confiante, mesmo sabendo o que a aguardava. Teria sido muito mais coerente com a nova fase dela. Foi gratuito. Cena feita apenas com a intenção de chocar e dar uma levantada na temporada que está MUITO FRACA. Triste que os roteiristas sempre recorram à nudez feminina, super-exposição de relações homossexuais (desconstruindo também todo o personagem do Loras que é um dos maiores cavaleiros dos Sete Reinos, o que é totalmente ignorado na série. Reduziram as cenas dele a apenas a opção sexual dele), violência e estupro da mulher. Tem muitas maneiras mais interessantes de prender a atenção do telespectador e ESSA NÃO É UMA DELAS. Siga o rumo dos livros que já é agradável o suficiente.
    “Aaaah, mas isso é GOT, não é um conto de fadas” Sim, todos sabemos disso. Em GOT tem SEXO CONSENSUAL e SENSUAL e gostoso de se ler (e seria gostoso também de se assistir), tem estupro também, mas eles resumem todas as relações importantes à apenas a segunda opção. Vejamos a cena da Danny e Drogo na noite de núpcias: No livro essa cena foi SENSUAL demais. Foi excitante de se ler. Resumiram a estupro.
    Cena da Cersei no septo: Um reencontro dos amantes, sexo totalmente consensual e sexy, resumido a estupro.
    PAREEEEM de acabar com as nossas personagens femininas FORTES e apenas as caracterizarem como objeto sexual. CARAMBA. Cadê Arianne Martell toda maravilhosa e resolvida sexualmente e (para usar bem as palavras de Martin) “fodendo” porque tem vontade? Isso prenderia tanto o público feminino quanto o masculino.
    Obs: Estava ADORANDO a mudança da série em relação à Sansa, porque seus capítulos dos livros estavam muito maçantes. Mas estava esperando uma reviravolta e não uma volta às origens da personagem mais fodida da série. Chateada apenas.

  • DF

    Bem, temos 2 formas de ver a questão. A primeira, a apresentada nos livros, com seus devidos contextos e a outra personagem sendo abusada (Jeyne). A Sansa como uma personagem na qual a ‘força’ estava sendo construída com base nas vivências e orientações de seu tutor, Mindinho, no vale. Esse fato, por vezes, me fez ter a impressão de que a própria Sansa era apenas uma peça para uma estrategema usada por ele na ânsia por algum objetivo maior deveras desconhecido até então. Por outro lado, na série, temos uma personagem que também está em mutação da sonsa e passiva Sansa,para uma personagem de uma mulher forte. Não gosto dos resumos e cruzamentos da série, mas entendi que o propósito é fazer essas mesclas com o fim de chegar a ‘atalhos’ na história, que, honestamente, mesmo sendo fã incondicional do livro, reconheço que seria quase impossível -senão enfadonho ou quase impossível- contar com riqueza de detalhes. Mas bem, pondo-a como noiva de Ramsay, era esperada e, no mínimo, lógica a compreensão de que tal cena será passível de acontecer. Acho mesmo que houve um bom senso da hbo por retratá-la de forma menos, muuuito menos agressiva que a descrita no livro. E que ela, pelo contexto da história, não se trata de abordagem sexista, e nem de enfeites televisivos visando satisfazer ninguem, mas de contar com um mínimo de coerência, com as devidas adaptações, fato que viria depois do casamento. E ela estar confiante antes condiz sim com a construção que a série traz, de que Ramsay não era o famoso psicopata estampado nos livros.

  • Afroda

    Nem todas as mulheres fortes da historia são cortadas ou diminuídas. Daenerys foi estuprada mais ainda é rainha e se casou e apaixonou com o homem que abusou dela(e os roteiristas não fizeram nada além do que seguir o livro, pelo menos dessa vez), Arya é uma sobrevivente e já atravessou Westeros e agora tá treinando em Braavos na maior compania de assassinos, Asha se mostrou mais forte que o Theon, Brienne já matou mais que o Bronn, Mellissandre é mão do rei, e isso tudo estou citando só a série.

  • Nay

    “estupro” (coloquei entre aspas pq sinceramente não sei se pode-se dizer que foi estupro, afinal, eles se casaram e a Sansa sabia que após a cerimônia o casamento seria consumado)” – CARALHO qualquer ato CONTRA a vontade de uma mulher é estupro! Vamos começar a levar isso a sério, pelo amor de Deus. Posso casar com quem for, se eu não te dei permissão parça É ESTUPRO! E não me vem com “ahhhhh mas isso era normal naquele contexto” porque sua cabeça não é daquela época. Ou é? Sorry, mas é foda ler isso ai parça…. reflita! Estupro foi sim!!!!! Não ouvi ela dizendo “mete com força na frente desse cara ai que eu gosto”. Então FOI ESTUPRO SIM! Ou então vamos presumir que ela tinha tesão no cara e que quis perder a virgindade dela na frente do fedor… dai eu peço pra descer que foi demais. Beijos de luz

  • Cid D´Avila

    “Mindinho não sabia” que Ramsey era um psicopata?
    Putz… Por que será que o estandarte dos Bolton é um homem esfolado?

  • Carol BB

    lógico que sabia. A questão é que ele só se importa com si proprio. Pelo menos nisso o roteiro da HBO foi fiel aos livros…

  • Adriano

    Toma o meu like… vc foi demais…
    Dificil alguns entenderem isto… Eu sou casado e sei que algumas vezes a minha esposa não quer.. e eu não insisto… Pois eu a amo e a respeito acima de tudo.
    Acho que alguns caras não são casados pra saber de certas coisas ou são uns sem noção mesmo…

  • Hemerson Braga

    Desculpa a ignorância mas que eu me lembre, no livro não foi diferente a primeira vez da Daenerys com o Khal Drogo? ( Tipo totalmente diferente do roteiro da HBO)

  • Márcia Neves

    Eu acho que o Mindinho não está nem aí para a Sansa, ele usa as pessoas – especialmente as mulheres – para alcançar seus objetivos.

  • The Joker

    Msm se soubesse n faria diferença pra ele

  • The Joker

    Agree

  • Letícia Drumond

    Na minha opinião Cid uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Bem, deixe eu me explicar. De fato o estandarte dos Boltons é um homem esfolado e também essa família tem todo um histórico de violência. No entanto, os Stark aboliram o esfolamento e acredita-se que os Boltons respeitaram essa imposição. Fora isso, deve-se lembrar que o Lorde Bolton é sim cruel, mas o que marca mais seu personagem é sua extrema frieza, marcada principalmente pelo tom de voz calmo e uníssono. Já o Ramsey é outra espécie de coisa, ele é sádico e leva essa sadismo ao extremo de satisfação de seus prazeres. Portanto, não dá para se analisar o complexo personagem que ele é somente através do estandarte e do histórico de esfolamento da família. De modo que, é sim possível imaginar que o Mindinho não conhecia a personalidade de Ramsey.

  • GutoTricolor

    Olha, nem vou entrar nessa discussão de foi estupro ou não foi, pq não é esse o ponto central do meu comentário e já disse trocentas vezes… parça.

  • GutoTricolor

    Tb sou casado tá, só pra registrar.

  • Juliana

    Exatamente, depois de tudo o que a Sansa passou, eu pensei que ela estaria madura e forte, sedenta de vingança…Mas o que eu vi foi a Sansa das temporadas passadas, uma menina fraca e submissa, que sofre calada. Não há personagem na série que sofreu tanto quanto ela. Queria que ao menos ela não fosse mais virgem, justamente para não perde-la por um psicopata!! #AcordaSansa

  • Alanna Oliveira

    na minha opinião ele vê a Catelin na Sansa.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Como assim?

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Sansa não rodopiou pelo Vale. Ela mostrou toda a situação do Vale e seus nobres, revelou informação relevantíssima (sobre a carta) e plantou as sementes de muita coisa importante que vem pela frente.

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Ramsay não é conhecido como psicopata em uma série que todo mundo sabe que o Mindinho é traiçoeiro. Vai entender.
    E o Mindinho, que é quem é, não sabe também.
    Eles não páram de tirar circunstâncias convenientes da cartola quando não sabem o que fazer.

  • Cid D´Avila

    “(…) Em GOT tem SEXO CONSENSUAL e SENSUAL e gostoso de se ler. (…)”
    Acho que você está confundindo GOT (Game of Thrones – A série de TV) com os livros. “Game of Thrones” é o nome da série de TV e também o título do primeiro livro da série escrita (Há uma pequena porém significativa diferença, pois o livro tem o artigo “A”: A Game of Thrones). É normal as pessoas misturarem as coisas, mas não podemos esquecer que são obras diferentes, com formatos narrativos, ritmos e abordagens distintos.
    Muito já se falou aqui e em outros lugares sobre essas diferenças. E acredito que muito ainda se irá falar. Entretanto, penso que as sobreposições de análises e interpretações de determinados detalhes fatalmente se mesclam em pontos específicos das duas obras. Ainda mais quando esses pontos geram reações polêmicas envolvendo temas tabus que atingem diretamente a sociedade. Este é mais um grande mérito da criação de George Martin e também da criação de Benioff & Weiss.

  • Chris Hoffmann

    Sim, cara. Agora é só estuprar todas as mulheres “fracas” pra elas se tornarem fortes, porque afinal, o estupro serve pra isso mesmo e essa é a ÚNICA forma delas serem fodas.

  • Chris Hoffmann

    “e nem todas são tratadas como vítimas ou objeto sexual”:
    Daenerys só foi estuprada.
    Cersei também só foi estuprada.
    Arya provavelmente será estuprada, quem leu “Merci”, sabe do que estou falando.
    Brienne quase foi estuprada.
    Verdade, elas não são objetos sexuais e muito menos são tratadas como vítimas, porque um estuprozinho de “leves” ajuda muito na construção de uma personagem.

  • Chris Hoffmann

    Me dei ao trabalho de pegar o significado de estupro aqui, porque aparentemente, tu não sabe o que é.

    Significado de Estupro: s.m. Ato de forçar ou de obrigar uma mulher, através de violência ou de ameaças, a praticar o ato sexual contra sua própria vontade: muitas mulheres sofrem com o estupro, mas têm medo de denunciar.
    Crime que consiste na ação de forçar alguém a praticar relações sexuais contra a sua própria vontade.
    Sinônimo de estupro: forçamento e violação.

  • Chris Hoffmann

    Por que a grande maioria dos que defendem cenas como essas são homens? Eu sou homem, e não consigo engolir essa atrocidade, por isso me pergunto isso. Por quê? E tem mais, por que esses mesmos caras que defendem a cena, defendem também, com todos os argumentos possíveis e impossíveis, que não foi estupro?

  • osman Fergusson

    eu defendo a cena. foi estupro sim. e foi brilhante a atuação de todos.

  • osman Fergusson

    mas vale lembrar também que ele disse a Cersei que Sansa está em Winterfell. ou seja, o plano é mais importante pra ele. seja qual for…

  • Nay

    Então ~parça~ pode não ser o ponto central do seu comentário, mas é um ponto digno de nota e reflexão sim. Vide as estatísticas de mulheres que sofrem violência sexual no Brasil e no mundo. E vide a cultura do estupro. Obrigada, de nada.

  • GutoTricolor

    Então parça, que tal vc procurar algum lugar onde realmente façam apologia ao estupro ou onde as pessoas não respeitam as mulheres pra vc defender seu ponto de vista? Aqui estamos só discutindo uma OBRA DE FICÇÃO que todos tem conhecimento desde o lançamento do primeiro livro que trata de todo tipode violência, contra homens, mulheres e crianças.
    Ninguém aqui vai sair praticando estupro e outros tipos de violência relatados na série e nos livros, pois somos adultos, pessoas de bem e sabemos diferenciar as coisas. Não vi ninguém aqui fazendo apologia ao que a conteceu com a
    Sansa, tipo…OH, O RAMSEY PEGOU ESSA GOSTOSA DE JEITO, O CARA É MACHO DE VERDADE!
    Então por favor, menos exagero aí…

    Sou casado e trato minha esposa como uma Khaleesi, tenho mãe, irmã, vó, tias, primas… nunca fiz e nunca vou fazer apologia ao estupro… PARÇA!

    OBS: Pq meu comentário foi removido se não ofendi ninguém? Ela pode ser agressiva comigo e eu não posso responder? Dei uma amenizada no tom, mas por favor, publiquem! Até pq já li comentários muito mais agressivos que foram publicados. Grato!

  • Nay

    Como a resposta foi pra mim, então vamos lá:
    Primeiro eu não entendi o porque do convite para eu me retirar, dado que a proposta do tópico é discutir a cena final do ep. Só dar uma olhadinha no título do tópico. Lê lá…. A ultima cena do ep foi um estupro, no caso o estupro de Sansa. Se a cena da OBRA DE FICÇÃO foi um estupro nada mais natural do que discutir isso. Realmente não entendi o convite. Se o site é pra discutir a obra do Martin, que tem todo tipo de violência como vc disse, então porque você não quer que eu fale de estupro? De qualquer forma, recuso educadamente seu convite, porque sim! =)
    Lide com isso…
    Parça não entendi também porque vc defende que ninguém aqui vai sair fazendo o que foi feito na série. Reli meu comentário e em nenhum momento eu digo isso. Mas digo sim que nossa sociedade relativiza estupro e fiz uma observação acerca da ideia que vc traz. Alias, eu até coloquei entre aspas. É a respeito do conteúdo que está entre aspas que eu respondo, e somente a isso. Não sei o que as pessoas daqui fazem de suas vidas.
    Sim, Sansa foi estuprada (reafirmo isso). Não, Sansa (e nem nenhuma mulher) é obrigada a manter qualquer prática sexual só pq se casou. Se ainda lhe resta dúvidas, talvez o choro do fedor, ou os gritos bizarros de Sansa te dêem uma dica do porque aquilo foi um estupro. Se ainda assim houver dúvidas, te sugiro acompanhar as demais postagens aqui do site, que falaram bastante sobre o fato. Se mesmo assim restar dúvidas busque ler sobre o tema e sobre a cultura do estupro que mencionei no outro comentário. Me dei ao trabalho de comentar seu post porque usar casamento como “justificativa/relativização/atenuação” pra um estupro é uma ideia problemática, mesmo quando nos referimos a uma obra que se passa no passado. Se na “época de Sansa” isso era “consumar casamento”, hoje damos o nome de ESTUPRO a essa prática =)
    Milhares de mulheres são estupradas por maridos no mundo todo.
    Se vc acha isso exagero… bem…. acho que nem preciso dizer mais nada porque já ficou bem claro o ponto de vista…..
    Eu tenho mãe, irmã e pai. Meu pai fez um transplante de coração no ano passado e está muito bem! Eu tive um cachorro chamado Cauê, que sinto muita falta. Estou escrevendo um projeto de mestrado atualmente e bastante animada com a perspectiva de ser mestre um dia. Tudo isso eu digo a título de curiosidade, porque assim como seu comentário isso nada tem a ver com o estupro de Sansa. Mas como você compartilhou da sua esposa e família comigo eu achei que poderia ser educado falar da minha tbm. Muito amor pra sua família parça 😉
    PS: Se o seu comentário precisou ser removido repense o que anda escrevendo! Sobre eu ser agressiva com você, eu também analisei minha fala nesse sentido e não encontrei onde fiz isso. Se foi o “caralho” que eu escrevi, foi só uma expressão mesmo, não se referia a vc. Nem te conheço. E na verdade se você reler vai ver que eu até escrevi “sorry dizer isso”, o que reforça a ideia de que não fui agressiva. Se fui, só me mostrar onde e eu peço desculpas, pois humildade pra reconhecer quando falamos merda é tudo! 😉
    Minha sugestão é vc refletir o pq isto está te incomodando tanto.
    Beijos de luz parça!

  • GutoTricolor

    Parça, desculpe, mas leia seu primeiro comentário e vc verá que a incomodada foi vc. E não te convidei pra sair, só disse que vc devia procurar um lugar onde façam apologia ao estupro, pois da forma como vc se exaltou no primeiro comentário, parecia que eu tinha estuprado alguém. Mas blz, já deu né…

  • Nay

    Sim, me incomoda cultura do estupro, nisso estas certo. A apologia foi feita.
    De tão ~exaltada~ que estava não foi meu comentário que foi moderado 😉

  • GutoTricolor

    Olha, a única coisa que está sendo estuprada aqui é minha paciência, kkkk… Nossa, onde foi feita apologia ao estupro no meu comentário? Pq eu disse que não tinha certeza se foi estupro? Isso não é fazer apologia… Fazer apologia é compactuar, apoiar, divulgar. Eu ia deixar pra lá essa discussão que já deu, mas não posso aceitar que vc diga que fiz apologia ao estupro, isso tb é grave e não aceito. Vc tem todo direito de concordar com meu comentário ou não, mas daí dizer que fiz apologia ao estupro vc exagerou, e muito!

  • Beatriz Medeiros Noleto

    Mas ela viu o Theon antes do casamento. Como ela não percebe que ele é um psicopata completo?

  • Nay

    Sobre seu comentário me limitei a comentar a parte que coloquei entre aspas. E só a isso. Já disse isso, mas repito e apresento novamente a parte que me refiro:
    “ESTUPRO” (coloquei entre aspas pq sinceramente NÃO SEI se pode-se dizer que foi estupro, afinal, ELES SE CASARAM e a Sansa SABIA que após a cerimônia o casamento seria consumado)” – (grifos meus)
    Você afirma que não sabe se foi estupro porque a Sansa SABIA que o Ramsey ia consumar o casamento. Esse “ela sabia” sugere que o ato ocorreu a partir de uma “decisão” que Sansa teria tomado, decisão de se casar, logo, ela estava ciente (e concordou) de que o marido iria consumar o casamento. Essa ideia coloca em Sansa a responsabilidade pelo o que aconteceu. A apologia ao estupro está na ideia que essa sua frase traz de que a partir do “consentimento” de Sansa (em se casar) o Ramsey então tinha DIREITO de “consumar” o casamento, e consumar DA FORMA QUE ELE QUISESSE. E portanto, se a forma que ele quis foi a que assistimos na série, então isso não foi um estupro, dado que o Ramsey estava em seu direito “de marido”.
    “Mas porque essa ideia é apologia ao estupro?”, você pode estar se perguntando….
    Essa ideia parça existe até hoje. Não é incomum que maridos estuprem suas esposas porque se sentem no “direito de marido”. E olha que interessante, o argumento é exatamente o mesmo:
    “Se casou comigo então eu tenho direito sobre o seu corpo”, ou na linguagem da serie “A Sansa sabia que após a cerimônia o casamento seria consumado”.
    O erro nessa ideia está no simples fato de que o CONSENTIMENTO SEXUAL não está DE FORMA ALGUMA ligada à instituição do casamento. O consentimento ao sexo SÓ ESTÁ LIGADO AO D-E-S-E-J-O de Sansa. A apologia ao estupro está no fato de que muitos estupros ocorrem porque os homens e a sociedade de forma geral NÃO SABE o que é consentimento. Estupros ocorrem porque homens acham (achar está diretamente às ideias que uma dada pessoa tem sobre o mundo, ideias que são construídas socialmente) que as mulheres são propriedade. Portanto, defender ideias como a sua, de que o consentimento pro sexo de Sansa estava ligado ao casamento dela (e não ao desejo de Sansa) é apoiar estupro. É exatamente a ideia por trás dos maridos que estupram suas esposas. É reforçar uma ideia que motiva estupros diariamente. Uma ideia que parece inocente mas que não é. É uma ideia que tira DA MULHER o protagonismo de seu corpo. É como dizer que após o casamento o corpo já não é da mulher, mas sim do marido.

    “Ser casado com a vítima não exime o marido de ser um criminoso.

    Leia a matéria completa em: Sem consentimento? Sem sexo – Geledés http://www.geledes.org.br/sem-consentimento-sem-sexo/#ixzz3bN59txI6

    “Acabarmos com a cultura do estupro é um processo social, coletivo, mas também individual. Nós temos que encarar nossos corpos como nossos e de mais ninguém, além de repensarmos o sexo, transformando-o no que realmente é: prazeroso e consensual. Qualquer coisa fora disso é agressão.
    Leia a matéria completa em: A cultura do estupro gritando – e ninguém ouve – Geledés http://www.geledes.org.br/cultura-estupro-gritando-e-ninguem-ouve/#ixzz3bN4kKHYQ

    Se tiver rolando uma dúvida sobre o que é consentimento, sugiro esse texto aqui: http://www.geledes.org.br/sem-consentimento-sem-sexo/

    Isso não é exagero…. o corpo é meu, o corpo é de SANSA…. e eu não vou ler calada a nada que coloque NOSSO desejo nas mãos dos outros. Não vou ler calada relativização de estupro. Sua paciência nunca será estuprada, paciência não é estuprada, mas MULHERES são estupradas todos os dias! E isso não é pouca coisa! Isso é um absurdo!

  • GutoTricolor

    Nay, não era a minha intenção relativizar um estupro, eu estava discutindo o contexto da série e dos livros, que tem várias cenas como essa e só agora o pessoal se revoltou pq o estupro foi com a Sansa. Se mesmo assim eu relativizei, não foi minha intenção, pq eu não estava escrevendo sobre estupro, eu estava escrevendo sobre uma cena de uma série. Vc pegou um pedaço do meu comentário que fora de contexto parece que estou relativizando um estupro, mas se analisar como um todo, meu comentário não é sobre o estupro.
    Se tudo que a gente ler for analisar de forma literal ou frases soltas, fica complicado, eu por exemplo poderia comprar uma bela briga com vc por me acusar de apologia ao estupro.
    Eu entendi teu ponto de vista, e concordo, estupro não é só quando um brutamontes pega uma garota no beco, estupro pode acontecer dentro do casamento sob 4 paredes. Ok! Concordo!

    Quanto a frase que gerou nossa discussão, eu quis dizer mulheres e homens usam seu corpo muitas vezes para conseguir seus objetivos, DENTRO DO CONTEXTO DA SÉRIE, isso já aconteceu inúmeras vezes! A Daeneyrs usou o corpo para conquistar o Drogo e tentar convencê-lo a fazer o que ela queria. A Cersei cansou de usar o corpo para manipular os outros. Nos livros, a Arianne usou o corpo para manipular o cara da Guarda Real em Dorne. Vc já leu ou assistiu Garota Exemplar? A personagem simula um sequestro com estupro para justificar um assassinato. Talvez a Sansa tenha imaginado que conseguiria usar o corpo para manipular o Ramsey, ela sabia que teria que transar com ele, pois aceitou casar-se, e NO CONTEXTO DA SÉRIE, casamento significa consumação sexual. Mas ela não conhecia o Ramsey e foi estuprada, ela quis fazer um jogo e perdeu. Foi isso que eu quis dizer no meu comentário, ela sabia que teria que transar com o Ramsey, ela teve chance de não casar (o Mindinho deu essa possibilidade a ela), mas ela aceitou. Só que ela não conhecia a natureza violenta do Ramsey. Agora tudo bem, concordo contigo que foi estupro!

  • Nay

    Então pronto. Porque desde o inicio estou falando uma unica coisa: Sim! Aquela cena foi uma cena de estupro!
    E: Não! Não use o casamento dela como um atenuante pro que aconteceu… porque esse tipo de atenuação faz parte de um sistema que culmina em violência contra a mulher ainda nos dias de hoje.
    Era só isso…

  • GutoTricolor

    Ok, então estamos entendidos, finalmente, kkk…

  • Itay De Andrade Martins

    Mindinho pouco se importa soh ker tirar proveito se liguem !!

  • Itay De Andrade Martins

    Verdade !!

  • Itay De Andrade Martins

    Nd haver ela fazer chorinho na hora h

  • Jefersson Pedro

    me parece que a santa tá a poucos epis fazer algo mitico, se oque eu espero acontecer pobres boltons HAHAHAHAHAHAH, mas mesmo assim n tenho como gostar dela, foi sonsa até ser enrabada wtf, mas talvez eu gostaria da dos livros enfim se eu ler o livro eu n vou ver a serie geralmente eu leio coisas que não me agradaria ver adaptado e assisto coisas que são interessantes se forem interpretador ou animados.