Ilustrador sérvio cria versão em quadrinhos do combate na Torre de Alegria

O ilustrador sérvio Uros Obradovic, também conhecido por Urukki Saki, criou uma pequena HQ baseada em um emblemático trecho de A Guerra dos Tronos. Trata-se nada menos do que as lembranças que Eddard Stark tem em forma de sonho sobre o famoso combate na Torre de Alegria, em que ele e 6 companheiros nortenhos (Howland Reed, Willam Dustin, Ethan Glover, Martyn Cassel, Theo Wull e Mark Ryswell) lutaram contra 3 lendários membros da Guarda Real de Aerys II (Gerold Hightower, Oswell Whent e Arthur Dayne, o Estrela da Manhã).

Há alguns anos já havíamos postado outra versão em quadrinhos do evento, de autoria de Jeff McComsey. Agora, apresentamos a short comic de Urukki Saki, que ficou realmente sensacional, com um tom fantasmagórico que tenta emular o próprio sonho de Eddard.

Clique nas imagens para vê-las em tamanho original:

towerofjoy1

“Sonhou um sonho antigo, sobre três cavaleiros de manto branco, uma torre há muito caída…” “Procurei-os no Tridente.”

towerofjoy2

“Não estávamos lá.” “Seria uma aflição para o Usurpador se tivéssemos estado.” “Quando Porto Real caiu, Sor Jaime matou o vosso rei com uma espada dourada, e eu me perguntei onde estariam.” “Longe, caso contrário Aerys ainda sentaria no Trono de Ferro e nosso falso irmão queimaria nos Sete Infernos.”

towerofjoy3

“Eu vim a Ponta Tempestade para levantar o cerco e os lordes Tyrell e Redwyne baixaram seus estandartes, e todos os seus cavaleiros dobraram o joelho para nos jurar fidelidade. Eu estava certo de que estariam entre eles.” “Nossos joelhos não dobram facilmente” “Sor Willem Darry fugiu para Pedra do Dragão com sua rainha e Príncipe Viserys. Pensei que tivessem zarpado com ele.” “Sor Willem é um bom homem, e leal.” “Mas não da Guarda Real. A Guarda Real não foge.”

towerofjoy4

“Nem ontem, nem hoje. Nós fizemos um juramento.” “E agora começa.” “Não, agora termina.” “Prometa-me, Ned…”

Para quem não se lembra, um excerto completo daquela cena:

Sonhou um sonho antigo, sobre três cavaleiros de manto branco, uma torre há muito caída e Lyanna em sua cama de sangue.
No sonho, os amigos cavalgavam com ele, como o tinham feito em vida. O orgulhoso Martyn Cassei, pai de Jory; o fiel Theo Will; Ethan Glover, que fora escudeiro de Brandon; Sor Mark Ryswell, de fala mansa e coração gentil; o cranogmano, Howland Reed; Lorde Dustin, no seu grande garanhão vermelho. Ned conhecera tão bem o rosto de cada um deles como conhecia o seu, mas os anos sugam as memórias de um homem, mesmo aquelas que ele jurou nunca esque­cer. No sonho, eram apenas sombras, espectros cinzentos montados em cavalos feitos de névoa.
Eram sete, enfrentando três. No sonho, tal como acontecera na vida. Mas aqueles três não eram homens comuns. Esperavam defronte da torre redonda, com as montanhas vermelhas de Dorne às suas costas e os mantos brancos ondulando ao vento. E esses três vultos não eram som­bras; seus rostos eram claros como brasas, mesmo agora. Sor Arthur Dayne, a Espada da Manhã, tinha um sorriso triste nos lábios. O cabo da grande espada chamada Alvorada espreitava-o por sobre o ombro direito. Sor Oswell Whent apoiava-se no joelho, afiando sua lâmina com uma pedra de polir. O morcego negro de sua Casa estendia as asas sobre o elmo esmaltado de branco. Entre os dois, erguia-se o velho e feroz Sor Gerold Hightower, o Touro Branco, Senhor Comandante da Guarda Real.
Procurei-os no Tridente – disse-lhes Ned.
Não estávamos lá – respondeu Sor Gerold.
Seria uma aflição para o Usurpador se tivéssemos estado – continuou Sor Oswell.
Quando Porto Real caiu, Sor Jaime matou o vosso rei com uma espada dourada, e eu me pergunto onde estariam.
Longe – disse Sor Gerold -, caso contrário, Aerys ainda possuiria o Trono de Ferro e o nosso falso irmão estaria ardendo nos sete infernos.
Eu vim a Ponta Tempestade para levantar o cerco – disse-lhes Ned -, e os senhores Tyrell e Redwyne baixaram os estandartes, e todos os seus cavaleiros dobraram os joelhos para nos jurar fidelidade. Tinha certeza de que os encontraria entre eles.
– Nossos joelhos não se dobram facilmente – disse Sor Arthur Dayne.
– Sor Willem Darry fugiu para Pedra do Dragão, com a sua rainha e o Príncipe Viserys, Pen­sei que pudessem ter velejado com ele.
Sor Willem é um homem bom e leal – disse Sor Oswell.
Mas não pertence à Guarda Real – fez notar Sor Gerold. – A Guarda Real não foge.
Nem ontem, nem hoje – confirmou Sor Arthur, e preparou o elmo.
Fizemos um juramento – explicou o velho Sor Gerold.
Os espectros de Ned puseram-se ao seu lado, com espadas fantasmagóricas nas mãos. Eram sete contra três.
E hoje começa – disse Sor Arthur Dayne, a Espada da Manhã. Desembainhou Alvorada e a segurou com ambas as mãos. A lâmina era pálida como vidro leitoso, viva de luz.
Não – disse Ned com tristeza na voz. – Hoje termina – no momento em que eles atacaram juntos numa confusão de aço e sombras, pôde ouvir Lyanna gritar.
Eddard! – ela chamou. Uma tempestade de pétalas de rosa soprou através de um céu ris­cado de sangue, azul como os olhos da morte.
Lorde Eddard – Lyanna chamou de novo.
Prometo – sussurrou ele. – Lya, prometo…

Dizia-se que Rhaegar chamara àquele lugar de torre da alegria, mas para Ned era uma memória amarga. Tinham sido sete contra três, mas só dois sobreviveram: o próprio Eddard Stark e o pequeno cranogmano, Howland Reed

E aí, curtiram a versão do ilustrador sérvio para essa passagem? Algo a dizer a respeito dela? Os comentários estão abertos!

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Roberto Pereira

    Ficou sensacional. Esse cara é muito bom. Vou procurar outros trabalhos dele na internet.

  • Guest

    Esse trecho, sozinho, daria um episódio ótimo, se os produtores tivessem resolvido filmá-lo. Mas já que não há mais como entrar na série, bem que poderia ser um filme de cinema, ou mesmo um telefilme.

  • Adriano

    O que dizer desta passagem…. apenas uma palavra: ÉPICA…
    Na acepção mais literal da palavra.

  • Márcio Silveira

    Uma coisa que nunca parei pra pensar… Os sobreviventes deste trecho… Apenas Eddard e Howland Reed. Se as conspirações sobre o passado de Jon Snow ter mesmo relação com esta cena, só Reed poderá contar a verdade sobre o que aconteceu após entrarem na torre. Acho que a honra de Ned era tão grande que ele nunca dividiu a verdade para mais ninguém além de Reed.

  • LyannaStarkWIC

    Eles podiam fazer alguns episódios especiais entre as temporadas explorando a rebelião de Robert

  • Messinho’

    Sonho no dia de ver isso na telinha ou na telona

  • uau!

  • Carlos Abreu

    Agora outra pessoa pode saber o que aconteceu também. Bran.

  • Felagund

    Sonho que um dia, quando GOT acabar, que a HBO faça um spin off abordando a Rebelião de Robert. Iria ser épico ver esses personagens sensacionais na tela.

  • Ana Lúcia Silva Costa

    Muito bacana…. com certeza, daria um baita filme, Rs.
    as expressões dos cavaleiros da Guarda Real São de doer o coração. Pqp, Rhaegar, que cagada Vc fez…

  • Pati

    A grande esperança sempre foi um POV dele para revelar as memórias daquele dia aos leitores, porém o Martin já afirmou que não haverá novos personagens com POV, infelizmente.

  • Victor

    Uma minissérie… Puts, mesmo sabendo o final da história, ia ser incrível

  • Andinho Schütz

    Eu sempre imagino a HBO fazendo isso quando a série alcanças os livros. É algo que eu gostaria muito de assistir.

  • Mike

    Simplesmente espetacular o trabalho do ilustrador!!

  • Vitor

    3 cavaleiros Épicos. Essa Batalha deveria ter sido Foda demais, espero que a verdade Sobre Jon seja Revelada logo.só uma Pergunta quanto tempo Levou a Guerra do Usurpador? Para Lyanna engravida? Levou meses neh?

  • Gildo Cravo Batinga Neto

    Fantástico, cada uma das três espadas refletindo a alma do cavaleiro. Luz, força e perícia.

  • Gildo Cravo Batinga Neto

    Dá pra ver o elmo de morcego da casa Whent pela frente. Justamente quando Sir Oswell empunha a espada.

    Lembrando que a casa Whent já dominou Harrenhal mas aparentemente perdeu durante a Rebelião de Robert Barateon.

  • Calvin

    A prioridade da Guarda Real é proteger o rei, certo; por que então três de seus membros ficaram com Lyanna, não seria mais adequado depois das mortes de Rhaegar, Aerys e Aegon irem até Viseys, o rei de direito? Não é algo que faz muito sentido, não é. Mesmo se Jon estivesse junto com ela não é algo aparentemente muito lógico, significaria que optaram por proteger o bastardo de um príncipe no lugar de seu soberano. Uma explicação que já ouvi é que talvez Viserys nunca tenha sido o rei de direito na verdade, aquele dentro da Torre da Alegria é que era. Como a poligamia já foi permitida aos Targaryen, pode ser que nunca tenha deixado de ser (apenas caído em desuso), e Rhaegar resolvido reviver a prática casando com Lyanna. Tornando Jon, pelas regras de sucessão, o legitimo herdeiro.

  • Bruno Lacerda Balbi

    De acordo com a wiki, “quase um ano”

  • Paulo Sérgio

    acho que mais ou menos 1 ano…

  • Paloma R F

    Faz todo o sentido, principalmente na fala do Arthur Dayne quando diz “E hoje começa”, pois a Lyanna poderia ter acabado de ter o bebê.

  • Vaz

    O Aerys II estava vivo, então ele ainda era o rei a ser defendido. Essa ideia do rei estar na torre só faz sentido se ela for muito longe da fortaleza vermelha e a guarda real não ter chance alguma de defender Aerys. Não lembro agora.

  • RedViper

    Pra mim eles ficaram la porque o Rhaegar pedio pra protegerem a Lyanna mesmo. Pra mim é claro que ele não raptou ela e os dois se amavam.

  • Márcio Silveira

    É… Se a resposta ao mistério vier de Reed, será um encontro dele com algum personagem com POV… Mas com certeza Martin já tem muito bem estabelecido como esta história nos será contada

  • Márcio Silveira

    Veremos adiante como isao tudo nos será revelado…

  • ademir salgueiro

    qro logo ver Arya, Sansa, Bran, Tyrion triunfando.
    Cersei tendo um final feliz de redenção
    o resto pode morrer.

  • ademir salgueiro

    A série já vai alcançar os livros em todos os arcos de personagens até o final dessa temporada

  • a prioridade da GR é a que escreveu, sim.

    mas o rei pode determinar que alguns cavaleiros do manto branco devem proteger outros membros da família real (no 1º dos contos de dunk & egg é exatamente isso que ocorre no julgamento por 7).

    disso deve ser bem simples imaginar a cadeia de comando partindo do rei até chegar ao pq dos 3 cavaleiros estarem onde estavam.

    outra coisa, viserys (e daenerys, após ele) só pode reivindicar ao trono depois que todos os filhos de rhaegar estiverem mortos.

  • Adriano

    Eles estavam obedecendo ordens diretas de Rhaegar e não do Rei Aerys II…. ùnica explicação para estarem ali.
    Se Rhaegar tomasse esta atitude que vc citou, ele estaria a ponto de gerar uma insatisfação enorme….isto se vencesse a Rebelião… Como não venceu ficou o dito pelo não dito.

  • Leandro Soares

    O cavaleiro da árvore que ri e Ned Stark.

  • Márcio Silveira

    Cersei com final feliz de redenção? Acho que isso desapontaria uma cacetada de gente que quer vê-la morrendo de todas as maneiras possíveis…

  • Márcio Silveira

    Cara… Talvez a arte de George Martin seja tão viciante porque os personagens são verdadeiramente humanos. Não há certos e errados… Há pontos de vista de motivações… Claro que a maldade em alguns personagens estão além desta premissa, como é o caso de Cersei (embora sua motivação para o mal seja, evidentemente, o amor por seus filhos, o que a veste com um pouco de humanidade).

    Quando leio esta cena, imagino estes 3 da GR e suas motivações. Suas ações são dirigidas pela honra, dever e o voto máximo da GR. Se nós acompanhássemos esta cena do POV de um deles 3, agora estaríamos lamentando ainda mais as suas mortes.

    Fico pensando no grande mal entendido que se instalou neste núcleo da rebelião de Robert e como muita coisa poderia ter sido evitada.

  • Calvin

    A Batalha da Torre da Alegria se deu depois da queda de Porto Real, portanto depois da morte de Aerys. Eles podem ter pensado em ir a Aerys depois da Batalha do Tridente, acabando por decidir que eram mais necessários onde estavam; a Rebelião acabou de uma forma bastante inesperada, ninguém poderia prever que o rei louco abriria os portões da cidade para os Lannister e acabaria morto por um de seus próprios Guardas Reais.

  • Calvin

    Os targaryen praticam o incesto apesar de ir contra a moral dos Sete Reinos, pode ser que Rhaegar pensasse que as pessoas também poderiam aceitar que tivesse duas esposas. Mas por precaução resolvido manter segredo até o fim da rebelião.

  • Vitor

    Os Targaryen deram molinho perderam o Poder por bobagem…

  • Calvin

    Entre os targaryen, desde a Dança dos Dragões, homens tem preferencia sobre as mulheres na sucessão, dessa forma Viserys estaria na frente da filha de Rhaegar; entretanto isso não faz diferença nesse caso, o combate na Torre da Alegria ocorreu depois da invasão da Fortaleza Vermelha, aonde morreram Aerys e os filhos de Elia (embora atualmente haja dúvidas sobre a morte de Aegon). E já que citou o Julgamento de Sete que ocorre no primeiro conto, nele acontece algo ao qual acho reforça meu argumento de que a Guarda Real não pode ir contra suas “prioridades”; me refiro a estratégia usada pelo príncipe Baelor de atacar os Mantos Brancos, pois como o juramento deles proibia derramar sangue não poderiam revidar.

  • Calvin

    Não, perdeu durante a Guerra dos Cinco Reis para os Lannister. Parece que atualmente está extinta.

  • Tiago Lemos

    Vocês não sabem de nada! Snows… rsrsrsrs

  • Adriano

    Então vamos supor muitas questões, tipo uma realidade alternativa:
    – A rebelião esta derrotada..
    – Robert é morto na Batalha do Trident e não houve o saque a porto real, por Tywin Lannister..
    – Aegon esta VIVO…
    – Diante deste quadro, Rhaegar resolve se casar secretamente com Lyanna Stark e meses depois apresenta ela e seu filho Jon Targaryen I ao seu pai e a corte e exige que Lyanna seja aceita como sua segunda esposa..
    —————————-
    Agora minhas conjecturas sobre este quadro alternativo:
    – A Fé dos Sete JAMAIS iria aceitar isto, e não legitimaria esta união, e Rhaegar teria uma crise religiosa nas mãos..
    – Não penso que Dorne aceitaria tal disparate de maneira tão passiva..
    – Doran iria exigir que a linha de sucessão fosse respeitada, com relação ao seu sobrinho, Aegon e que as prerrogativas de Elia como rainha consorte sejam preservadas….e isto geraria muito desconforto e insatisfação se não fosse atendido
    – Jon Targaryen I entraria na linha de sucessão…
    – Rhaegar ama Lyanna e o amor é a morte do dever….
    ————–
    O que o futuro reservaria:
    – Prevejo inúmeros problemas com esta linha de pensamento…Sendo inclusive a possibilidade de uma guerra com Dorne , pela manutenção do Status Quo com relação a Elia e Aegon
    – Futuramente uma guerra no formato de uma nova Dança com Dragões (só que desta vez sem Dragões), pela manutenção das regras de sucessão com relação a Aegon…
    – Guerra com a Fé dos Sete de maneira imediata.

  • Vitor Diego

    O Cavaleiro da arvore que ri é provavelmente Lianna Stark.

  • leandrosr

    Mas haviam várias outras frentes de batalha mais importantes do que a torre da alegria, como Ned mesmo cita. Ficar ali, tem que ter um motivo claro.

  • leandrosr

    Adriano, mas tem o fato de que Rhaegar acreditava na profecia e só isso. Ele acreditava que o dragão teria três cabeças, por isso queria três filhos, não acho que ele fosse brigar pela sucessão de algum deles fora da linha normal, mas aguardar o curso natural dos fatos.

  • é vdd.

    acabei n escrevendo mais sobre a sucessão pra me ater na questão da gr.

    voltando ao meu ponto, o que imagino que aconteceu foi que o rei (aerys) determinou que os 3 gr deveriam proteger o príncipe e herdeiro (aegon) e ele por n estar no local disse pros mesmos gr guardarem quem ele havia determinado (liana e jon – supondo vdd que r + l = j).

    pelo que sabemos 3 ficaram (e morreram) na torre da alegria; jaime ficou com refém em porto real; barristan lutou no tridente e sobreviveu; lewin martell morreu no tridente. o último gr ou estava no tridente ou estava em pedra do dragão, morrendo de qualquer maneira.

  • Calvin

    Fico pensando se alguém dos Dayne, dos Hightower, ou quem sabe de ambas as casas, não sabe de algo. Se Sor Gerold ou Sor Arthur não teriam enviado alguma mensagem a seus parentes?

  • GiuSal

    Cersei, de ouro será sua coroa, e de ouro sua mortalha.
    Que luxo!

  • Carol BB

    Concordo!

  • Carol BB

    Eu acho que eles estavam lá a pedido do Rhaegar. Até porqe, a sequencia cronológica de mortes foi Rhaegar (no Tridente) , depois Aerys (pelo Jaime), e por último Rhaenys, Aegon e Elia. Enquanto tudo isso acontecia, os três guardas reais já estavam na torre da Alegria. Depois do saque à Kings Landing que o Ned cavalgou até Storms End, e depois até a torre da Alegria, onde teve o econtro que foi retratado nos quadrinhos.

    Ou seja, enquanto o Rei Aerys, e seus herdeiros estavam vivos, os três cavaleiros já protegiam Lyanna.

    Acho que a única explicação para esse fato é uma suposta lealdade ao pedido de Rhaegar, que provavelmente amava muito Lyanna, e queria que o filho deles sobrevivesse e fosse abrigado, seja qual fosse o destino da guerra.

    É possível que Aegon tivesse sido levado para a Torre da Alegria para ser protegido, junto com Lyanna, e portanto, tenha sobrevivido, e daí, o Aegon/Young Griff não seria uma farsa….

  • Carol BB

    Eles podiam fazer um filme sobre isso!

  • Carol BB

    Com certeza, e não é a toa que os Reed ajudam o Bran. Certamente o destino do Bran junto ao Corvo de 3 olhos tem alguma ligação com o passado e com o destino do Jon Snow.
    Alguns dizem quem Bran será capaz de controlar um dos dragões de Dany… Ou que ajudará Jon a fazer isso…
    Eu não sei de nada, mas tenho certeza que a participação dos Reed nesses dois eventos decisivos, tem uma ligação.

  • Adriano

    Lyanna Stark ajudou Howland Reed contra os 3 escudeiros…
    Porém acho improvável que ela tenha capacidade para derrotar 3 cavaleiros em combate.

  • Adriano

    Ok… Porém Doran e Dorne ja estavam insatisfeitos com o tratamento que Rhaegar estava dispensando a Elia…
    Ele aparecer na corte com uma segunda esposa e um filho, seriam uma afronta e um disparate… Doran pode ter paciência..mas daí a ter sangue de barata são outros quinhentos….Rhaegare o Trono estariam humilhando a família Martell.

  • leandrosr

    Concordo, mas meu ponto é que Rhaegar acreditava na profecia e por isso precisava de um terceiro filho. Para ele seria tipo, o destino da humanidade, então irritar Dorne não era a preocupação dele. Pra ser mais exato, apesar da babação de Sor Barristan em cima da imagem de Rhaegar, política externa não era o forte dele…

  • ademir salgueiro

    ela é a alma da casa lannisters, ñ merece morrer, apenas sofrer

  • Letícia

    Cara, essa história é foda, cheia de mistérios! No início do Fúria dos Reis, aparece o Meistre de Pedra do Dragão relembrando o dia em que os pais de Robert morreram. Ele conta que os Baratheon estavam em uma viagem pelas 9 cidades livres em uma missão real na qual o objetivo era encontrar um noiva para o príncipe Rhaegar. Quando li isso eu pensei : “nossa, será que não tem nenhuma moça bonita de boa família para ele casar em todo Westeros?” Mas aí entendi: ele esta procurando uma mulher específica. Rhaegar vivia para a profecia do priíncipe prometido e talvez ela especificasse um tipo específico de mulher, talvez um tipo físico, ou um tipo de sangue, sei lá. Acho que no frigir dos ovos, já meio desesperado para encontrar ela logo, ele aceitou a proposta da mãe da Elia pensando que ela fechava essas caracteristicas. E acho que fechava pois ele planejou três filhos com ela e disse que era de Aegon a Canção de Gelo e Fogo. Eu chutaria que ele possa ter tido um sonho Targaryen e visto essa tal mulher morena com sangue dos primeiros homens. A Elia se encaixa nisso, ela tem sangue roinar e dos primeiros homens. Entretanto, tudo indica que a verdadeira mulher era a Lyanna Stark, a quem ele só veio conhecer 5 anos depois.

  • Letícia

    eu acho estranho é o Ned ter matado o Arthur Dayne, o irmão dele ter desonrado a Ashara Dayne, ele ter supostamente um filho bastardo com a aia da Ashara e a Casa Dayne não ter nenhum remorso da Casa Stark, pelo contrário, até chamam o Edric Dayne de “Ned” e todos sabem que a Wylla é mãe ou pelo menos amantou o pequeno Jon. Isso é estranho!!!

  • Letícia

    A Lyanna é descrita como um “centauro” no Dança, ou seja, cavalgava muito bem. Aliás tem várias passagens que confirmam isso. No Guerra dos tronos, o próprio Ned disse que a Lya teria sido um homem de armas se o pai deles tivesse deixado. Ela poderia ter sido o cavaleiro sim.

  • Letícia

    Cara você realmente pensou nas consequências, tudo o que o Rhaegar não fez! rsrsrs
    Mas realmente acho que o lance ai era a profecia. De novo aponto que a história apresenta erros em termos das motivações dos personagens. Tem uma fala do Jaime, em que ele fala de uma conversa que teve com Rhaegar antes dele partir para o tridente na qual ele dizia que depois da batalha, ele iria convocar o conselho e fazer modificações no reino, e que se arrependia de não ter feito isso antes. Fica claro que ele estava falando do Rei Aerys e de finalmente tomar seu lugar. Acho que ele pretendia viver e se pretendia isso, ele teria que lidar com o filho bastardo e ou com a segunda esposa e filho que ele arranjou na Torre da Alegria.Mas a história parece não se importar com isso…afinal…ele morreu!

  • Letícia

    Pq o Aegon seria levado para a Torre da Alegria? Para se tornar outro alvo? Se eles quisessem esconder o bebê , o ideal seria tirar ele de Westeros ou escondê-lo com uma mãe de baixo nascimento. Com Lyanna o bebê seria claramente um alvo e estaria correndo riscos maiores. Seria mais inteligente mandar um dos cavaleiros proteger o bebê sozinho e deixar só dois lá.

  • Letícia

    “Mas por precaução resolvido manter segredo até o fim da rebelião.” Escondeu o casamento mas deixou todo mundo saber que tinha sequestrado uma senhora de alto nascimento e a mantinha cativa enquanto a estuprava??? Que estanho né??? É mais provável que ele tenho tido motivos muito importantes para sequestrar Lyanna, bem para além do que a corte iria pensar. Tais como a profecia, ou tirar a Lyanna da vista do Rei Aerys que estava atrás do cavaleiro da arvore que ri.

  • Letícia

    Só Targaryens pode controlar dragões. O Corvo de Sangue fala sobre voar para Bran no sentido de que ele vai voar dentro de Corvos, naõ acho que tenha relação alguma com dragões. Se fosse um Targ, Jon poderia ter essa habilidade, mas não acho que isso irá ocorrer. Eu vejo Jon com o Azor Ahai. Se assim for, ele estará ocupado demais com sua espada incandescente para montar dragões.

  • Letícia

    Eu vejo que é dele mesmo que saberemos o que ocorreu no Torneio e na Torre. Tinha represeiros por lá, ele certamente vai contar.

  • Daniel

    creio que o Martin vá esclarecer essa história através de Howland Reed, o unico sobrevivente deste combate e que ainda está jogando o jogo. tenho certeza que ele vai ser peça importante no desfecho da saga justamente por tudo o que viu neste episódio.

  • Daniel

    O plot de redenção da Casa Lannister ja está com o Jaime. Só vejo ruina do desfecho da Cersei.

  • Calvin

    Tem a que citei, que é a que por enquanto faz mais sentido pra mim. Não é possível que pensassem que Ned era um perigo para Lyanna, por que não a entregaram em troca da promessa de poderem tentar se juntar a Viserys. Será que não era outra pessoa que estavam protegendo; alguém que, por ser uma ameaça a Robert, acreditavam que mesmo sendo seu sobrinho, Ned poderia querer eliminar.

  • Rose Eneas Vacco

    Na verdade me parece que foi o Ned..
    Lobinho= Benjen
    Lobo Silencioso=Ned
    Lobo Selvagem=Brandon
    “O cragnomano viu a donzela com sorridentes olhos púrpuras dançando com a espada branca, uma serpente vermelha e o senhor dos grifos,e por fim com o lobo silencioso… mas só depois que o lobo selvagem falou com ea em nome do irmão, que era tímido demais para sair do seu banco”.
    Veja, o prometido da história é o Brandon… O Ned não a desonrou, ele talvez tivesse se apaixonado por ela (vice-versa), só que não tinham como saber que o rei louco mataria o pai e o filho e a responsabilidade de casar-se com a Tully, recaiu sobre o Ned, ele honrou o acordo do pai.. Quando ela se jogou ao mar, pelo coração partido, provavelmente, foi quando soube que o Ned se casara com a Catelyn…
    Tanto que quando a Arya está conversando com o Ned (senhor de Tombastela) ele pergunta “o senhor seu pai nunca falou dela?””minha tia Allyria diz que a senhora Ashara e o seu pai de apaixonaram em Harrenhal” Se o Jon Snow nasceu e a Lyanna morreu na cama de sangue, precisou de uma Ama para alimentá-lo (Wylla) que dividiu com o Ned (Tombastela) porque o Ned após a batalha na torre da alegria foi devover a espada a casa Dayne, isso deve ter levantado comentários a respeito de quem supostamente seria a mãe do Jon. Então, esses fatos não são estranhos…

  • Leandro Soares

    Vamos lá.
    1- Lyanna estava junto dos irmãos, tanto é que no final do torneio recebeu a flor.
    O Vassalo dos Stark some, durante o torneio. Ele queria apenas sua honra de volta.

    2- Depois que Rhaegar captura Lyanna e estourou a rebelião de Robert, foi Reed que se tornou braço direito de Ned Stark.

    3- Não teria lógica dos filhos conhecerem a história se não fosse Howland o cavaleiro da árvore que ri. Quem contaria a história de um pai covarde?

  • Rose Eneas Vacco

    Na verdade, acredito que ele não a estuprava e sim, ambos estavam apaixonados… e acredito que tenham fugido juntos!

    Eles podem ter se casado escondido sim (por isso o Robert acreditava que ela havia sido sequestrada e estuprada), os Targaryen tinham fé nos sete, mas isso não os impediu de casarem-se com irmãos), então acredito que não haveria tantos problemas com relação fé.

    Eu acredito fielmente que ela era o cavaleiro da Árvore que ri, mas duvido que o rei Aerys tivesse qualquer pensamento a respeito, eles acreditavam demais que era um cara, imagina pensar que uma mulher derrotaria tantos cavaleiros?
    Agora o fato dele ter posto a Elia Martell de lado ao sequestrar a Lyanna é algo que pode ter sim ter “magoado”Dorne, mas não a ponto de não aceitarem, o costume de Dorne é diferente, lá um homem mantém esposa e concubinas, o máximo que haveria de grave, se é que haveria, seria Dorne se separar dos 7 reinos.

    O que é fato e ninguém nunca se deu conta é que o Jon, por direito, seria o próximo na linha de sucessão e não a Daenerys.

  • Rose Eneas Vacco

    Acho que os costumes de Dorne são muito diferentes para Dorne entrar em Guerra pelo Rhaegar “fugido”com a Lyanna…
    Acredito que a linha de sucessão seguiria o seu rumo…

  • Letícia

    Que lindo! Rhaegar e Lyanna apaixonados! Só que o pai e o irmão dela morreram de uma forma horrível por causa dela. Agora pense: A senhora Lyanna apaixonadinha e vivendo a falsa primavera na ensolarada Dorne com um príncipe magnífico até que eles recebem um corvo contando o que está acontecendo. Pq ela não avisou que estava lá pq queria? Pq Rhaegar não interferiu e salvou o pai e irmão dela? Pq o Rhaegar não gritou para o mundo que simplesmente casou com senhora Lyanna, já que “Targaryens praticam bigamia e nunca ngm se importou, já que Dorne não se importaria, pq o costume de lá é diferente”.
    Pois, é. Não é tão simples assim. A coisa foi feia e bem feia. Acredite, Lyanna e Rhaegar não fugiram juntos para namorar naquela torre. Se a coisa fosse ser tranquila, ele poderia ter evitado a guerra, e hoje o pequeno Jon poderia ser um jovem targaryen feliz. Mas não. Resultou na morte de milhares de pessoas e no fim de uma dinastia. Agora pensei de novo: pq eles estavam se escondendo se estavam apaixonados e se casar não seria um problema?

  • Letícia

    São sim! E muito. Ned matou Arthur Dayne isso é fato, o que já era motivo para os Dayne odiarem os Stark. Fazer sexo com uma mulher sem se casar com ela, é desonrá-la no contexto histórico de Westeros. Especialmente se ela for uma senhora como é o caso da Ashara Dayne. É bem provável que Ned tenha se apaixonado pela Ashara, mas não foi ele quem dormiu com ela, foi Brandon. Brandon Stark é citado como um homem sedutor e ele tinha várias amantes e pelo menos, uma nós temos certeza, a senhora Dustin. É mais provável que ele tenha levado Ashara para cama do que o frio, contido e honrado Ned Stark. No final do Dança, Sor Barristan diz que Achara teve uma filha…provavelmente de Brandon e deve ter se matado pq ele morreu nas mãos do rei. Pode ser que o bebê que ela teve tenha sido o próprio Jon. Tem muitas terias sobre isso, não vou falar delas aqui. O que eu quis dizer é que tanto amor é esse que os Dayne tem pelos Stark a ponto de esquecer tudo o que os Stark fizeram com eles!!!
    BTW: o próprio Ned afirma que a Willa é mãe do Jon. Ou seja, eles inventaram isso de comum acordo, provavelmente para esconder a parentalidade do bebê, fosse filho do Rhaegar com a Lyanna ou do Brandon com a Ashara. De qualquer forma, a criança seria uma vergonha para a casa Stark e Ned escolheu carregar essa vergonha sob seus próprios ombros.

  • Letícia

    “Quem conta a história de um pai covarde?” – eu ri alto!!!

  • Rose Eneas Vacco

    Eu ainda acredito que não foi o Brandon quem dormiu com ela, o Ned pode ter sido muito honrado, mas era solteiro, pode ter se apaixonado perdidamente por Ashara, trocaram juras de amor, o que o impediria de nesse momento se casar com ela? Não era o herdeiro, não era prometido a ninguém e a casa Dayne era nobre… Porque o Ned Dayne diria que a tia comentou que Ashara era apaixonada pelo pai da Arya e dormiria com o irmão Brandon? Porque o Brandon arranjaria para o irmão super tímido dançar com Ashara se era interessando nela?
    Barristan Selmy, comenta que ela se jogou de uma torre após o bebê nascer morto… então “aparentemente”não há bebê…”
    Também não entendo o amor dos Dayne pelos Stark, mas também, não vejo porque o ódio seria tão grande… Se fosse, porque não mataram o Ned quando foi entregar a espada a casa Dayne após matar Sor Arthur?
    O Ned Dayne afirma realmente que Jon seria filho de Ashara mas e se fosse só a ama de leite? São muitas perguntas que só nosso Mestre Martin responderá…

  • Letícia

    Exato, você abre um excelente palco para que o Jon seja filho do Brandon Stark ou do Ned mesmo. Uma das coisas mais fortes que embasa a teoria R+L=J , é a nobreza de Ned que não trairia a Cat e nem desonraria uma mulher no sentido de fazer sexo com ela sem se casar. Ele não se casou com a Ashara, Nobres não podem se casar com qualquer uma porque querem, isso é Westeros, os casamentos são arranjados. Coloque as coisas no contexto antes de criar teorias. Mas como você mesma apontou, Ashara teve um bebê, morto ou não, ou seja, alguém transou com ela. E esse bebê pode sim ter sido Jon.

  • Weberson Rocha

    Obrigado Letícia abriu meus olhos quanto a isso.

  • Weberson Rocha

    meu pensamento é esse Jon é o rei por direito e o filho prometido!

  • Hugo Leonardo

    Mas o Barristan no Dança dos Dragoes enquanto conversa com a Daenerys, não fala que esse bebê da Ashara era uma filha?

  • Letícia

    Sim!!! Mas essa história é muito complicada, acho que houve gestações e bebês, mas não necessariamente os filhos são das mães que achamos que são…

  • Adriano

    Que ela tinha certa habilidade isto era fato…dai a vencer três cavaleiros experientes, sendo os combates sendo travados sequencialmente (um após o outro) são outros quinhentos. Mesmo sendo habilidosa tem a questão cansaço…Até Brienne que tem uma força descomunal se cansa (sendo mulher).
    Os três cavaleiros ganharam lugares entre os campeões, o que significa que não eram medíocres.
    Outro fato importante e que eu considero preponderante que indica Howland Reed como o Cavaleiro da Árvore que Ri, seria o fato de que ele sobreviveu a Batalha na Torre da Alegria. Além de ter sobrevivido, o que mais corrobora coma minha teoria é o fato, que nesta batalha, Howland salvou Ned Stark de ser morto por Arthur Dayne…e todos nós sabemos que Arthur Dayne era um espadachim fenomenal (talvez o melhor espadachim daquela época) …. Um guerreiro que conseguisse derrotá-lo, poderia derrotar 3 outros cavaleiros em combate individual.
    E como disse o Leandro Soares em um post logo acima: quem é conta uma história de um pai covarde???

  • EddieMartins

    Na verdade, o motivo é mais pureza sanguínea mesmo. Aerys mandou não apenas Steffon Baratheon, mas também Tywin Lannister para as Cidades Livres (vide PoV Mercy), mas ninguém encontrou alguém efetivo. O fato é que todas as 3 últimas gerações antes de Jaehaerys II não se casaram com Targaryen (Daeron se casou com uma Nymeros Martell, Maekar com uma Dayne e Aegon com uma Blackwood) e com isso o sangue estava ‘misturado’.

    Daenerys ainda não havia nascido, então o parente mais próximo de Aerys II (para se casar com Rhaegar) eram os descendentes de Rhaelle, que se casou com um Baratheon, mas estes eram todos homens. Então há a prole de Rhae e Daella que por algum motivo é ocultada. Em seguida há os descendentes de Daenerys, irmã de Daeron II, que se casou com um Nymeros Martell. Daí vem a ideia do casamento com Elia.