Waterstones divulga roteiro original de As Crônicas de Gelo e Fogo no Twitter

Atualizado: o conteúdo da carta  foi confirmado como legítimo pelo site Westeros.org

1512487_805434456186534_4262102530034528636_n

Ilustração por Minske

Algo inesperado aconteceu essa tarde no Twitter. A famosa livraria inglesa Waterstones publicou em seu perfil do Twitter uma carta que George R. R. Martin enviou a um colega editor, Ralph Vicinanza, em outubro de 1993. Nela, se revela o roteiro original do que ele pretendia fazer com As Crônicas de Gelo e Fogo. O primeiro livro viria a ser publicado apenas em agosto de 1996, três anos mais tarde. É muito interessante observar as mudanças que George fez na espinha dorsal da história, bem como na motivação de alguns personagens principais. No entanto, é esquisito ver a Harper Collins entregando um conteúdo tão precioso para uma livraria divulgar nas redes sociais.

Seja como for, traduzimos o conteúdo da carta pra vocês:

B9AcViAIIAAcpcy
B9AcWENIAAAkSza

B9AcTYHIUAAocJV

Querido Ralph,

Aqui estão os primeiros treze capítulos (170 páginas) no romance da alta fantasia que eu havia lhe prometido, e que chamarei de A Game of Thrones. Quando estiver completo, esse será o primeiro volume do que eu vejo como uma épica trilogia que levará o nome de A Song of Ice and Fire.

Como você sabe, eu não faço esboço de meus romances. Acho que se eu souber exatamente para onde um livro está indo, perco todo interesse nele. No entanto, tenho uma boa noção da estrutura geral da história que estou contando, e o destino de muitos dos personagens.

Grosseiramente falando, são três grandes conflitos acontecendo simultaneamente com os personagens. Eles formarão os principais eventos da trilogia, sobrepondo-se uns com as outros no que deverá ser um complexo e excitante (eu espero) enredo. Cada uma das histórias apresentará uma grande ameaça dentro do meu universo imaginário, os Sete Reinos, e para as vidas de meus personagens principais.

A primeira ameaça a crescer será a inimizade entre as grandes casas Lannister e Stark, que se dará em um ciclo de conspiração, contra-conspiração, ambição, assassinato e vingança, com o trono de ferro dos Sete Reinos como o prêmio derradeiro. Essa será a espinha dorsal de A Game of Thrones, primeiro título da trilogia.

Enquanto o leão dos Lannister e o lobo gigante dos Stark rosnam e brigam, uma ameaça maior toma forma além do Mar Estreito, onde os senhores de cavalos Dothraki preparam sua manada para invadir os sete reinos, liderados pela bela e feroz Daenerys Nascida na Tormenta, a última dos Senhores de Dragões Targaryen. A invasão dothraki será o centro do meu segundo volume, A Dance with Dragons.

O maior perigo de todos, no entanto, vem do norte, das planícies geladas além da Muralha, onde muitos demônios esquecidos nas lendas, os outros inumanos, levantaram uma horda de mortos-vivos e não nascidos gelados e se preparam para cavalgar durante os ventos de inverno para extinguir tudo o que conhecemos como “vida”. A única coisa que fica entre os Sete Reinos e a noite eterna é a Muralha e um punhado de homens de negro chamados Patrulha da Noite. A história deles será o coração do meu terceiro volume, Os Ventos de Inverno. A batalha final reunirá personagens e enredos deixados de lado nos dois primeiros livros, e se resolverá em um gigantesco clímax.

Os treze capítulos adiantados te darão uma noção da minha estratégia de narrativa. Os três livros terão um complexo mosaico de pontos de vista intercalados, entre meus vasto e diverso elenco de personagens. O elenco não será sempre o mesmo. Personagens antigos morrerão, e novos serão introduzidos. Algumas fatalidades serão cometidas em personagens queridos com pontos de vista. Quero que o leitor sinta que ninguém está a salvo, nem mesmo os personagens que parecem ser heróis. O suspense sempre será crescente quando você sabe que qualquer personagem pode morrer a qualquer momento.

Cinco personagens centrais passarão pelos três livros, no entanto, passando de crianças para adultos, e mudando o mundo e eles mesmos no processo. De certa maneira, minha trilogia é quase uma saga sobre gerações, falando sobre a vida desses cinco personagens, três homens e duas mulheres. Os cinco jogadores principais são Tyrion Lannister, Daenerys Targaryen e três das crianças de Winterfell, Arya, Bran e o bastardo Jon Snow. Todos eles serão introduzidos em algum momento nesses capítulos que você está prestes a ler.

Este será (eu espero) um épico e tanto. Épico pela sua escala, pela sua ação, e épico pelo seu tamanho. Vejo os três volumes como livros grossos, com 700 ou 800 páginas de manuscrito, então as coisas estão sendo encaminhadas ainda nesses capítulos que te mandei.

Tenho uma noção clara de como o enredo irá se desdobrar no primeiro volume, A Game of Thrones. Temo que as coisas ficarão muito ruins para os pobres Stark antes de melhorarem. Lorde Eddard Stark e sua esposa Catelyn Tully estão os dois condenados, e perecerão nas mãos de seus inimigos. Ned descobrirá o que aconteceu com seu amigo Jon Arryn e antes de poder agir o rei Robert sofrerá um acidente e o trono passará para seu bruto herdeiro Joffrey, ainda menor de idade. Joffrey não será compreensivo e Ned será acusado de traição, mas antes de ser pego ele irá ajudar sua esposa e sua filha Arya a fugir para Winterfell.

Cada uma das família rivais terá entre elas um membro de lealdade incerta. Sansa Stark, casada com Joffrey Baratheon, lhe dará um filho, herdeiro do trono, e quando o conflito começar ela escolherá o marido e filho ao invés dos pais e família, escolha essa que irá se arrepender mais tarde. Tyrion Lannister, enquanto isso, fará amizade com Sansa e Arya, enquanto ficará cada vez mais desapontado com a família.

O pequeno Bran sairá de seu coma, depois de um estranho e profético sonho, para descobrir que jamais voltará a andar. Ele se voltará para a magia, primeiro com a esperança de curar suas pernas, mas depois para uma causa maior. Quando seu pai Eddard Stark é executado, Bran verá a sombra da destruição projetar-se sobre todos eles, mas nada do que ele disser fará com que seu irmão Robb deixe de convocar suas bandeiras em rebelião. O norte será inflamado pela guerra. Robb terá esplêndidas vitórias, e irá mutilar Joffrey Baratheon no campo de batalha, mas no final não conseguirá enfrentar Jaime e Tyrion Lannister e seus aliados. Robb morrerá em batalha e Tyrion irá sitiar e queimar Winterfell.

Jon Snow, o bastardo, permanecerá no extremo norte. Ele crescerá e se tornará um patrulheiro de grande estima e chegará a substituir seu tio como Senhor Comandante da Patrulha. Quando Winterfell queimar, Catelyn se verá obrigada a fugir para o norte com Bran e Arya. Seguidos por homens Lannister, eles procurarão refúgio na Muralha, mas os homens da Patrulha renunciam de suas famílias quando vestem o negro, e Jon e Benjen não poderão ajudar, para angústia de Jon. Isso levará a um estranhamento entre Jon e Bran. Arya será mais tolerante… até ela perceber, com terror, que se apaixonou por Jon, que não só é seu meio-irmão como também um homem da Patrulha que jurou celibato. A paixão  atormentará Jon e Arya durante todos os livros, até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro.

Abandonada pela Patrulha, Catelyn e seus filhos encontrarão proteção e esperança apenas no mais extremo norte, além da Muralha, onde eles caem nas mãos de Mance Rayder, Rei Além da Muralha, e têm um vislumbre dos outros inumanos quando são atacados no acampamento selvagem. A magia de Bran, a espada Agulha de Arya e a selvageria dos lobos gigantes os ajudarão a sobreviver, mas Catelyn morrerá nas mãos dos Outros.

Ao longo e além do Mar Estreito, Daenerys descobrirá que seu marido, o dothraki Khal Drogo, tem pouco interesse em invadir os Sete Reinos, para frustração de seu irmão. Quando a reivindicação de Viserys passa do ponto tático e sábio, Khal Drogo se irritará e o matará finalmente, eliminando o último pretendente Targaryen e deixando Daenerys como a última de sua família. Daenerys esperará seu tempo, mas não esquecerá. Quando o momento for certo, ela matará o marido para vingar o irmão e fugirá com um amigo de confiança para o deserto além de Vaes Dothrak. Lá, perseguida pelos dotrhaki, ela (???) ovos (???) um jovem dragão dará a Daenerys o poder de fazer os dothrakis de ajoelharem. Então ela começa a planejar sua invasão aos Sete Reinos.

Tyrion Lannister continuará a viajar, tramar, e jogar o jogo dos tronos, tirando finalmente o brutal rei menino Joffrey seu caminho. Jaime Lannsiter substituirá Joffrey no trono de ferro, simplesmente matando todos os que estão na linha de sucessão e culpando o irmão Tyrion pelos assassinatos. Exilado, Tyrion mudará de lado, se aliando aos Stark para derrubar seu irmão e se apaixonando perdidamente por Arya no meio do caminho. Sua paixão não é recíproca, mas não menos intensa por isso, o que levará a uma rivalidade mortal entre Tyrion e Jon Snow.

(Aqui vemos linhas grifadas de preto, conteúdo censurado)

Mas isso é o segundo livro…

Espero que você encontre editores interessados tão interessados nisso tudo como eu estou. Sinta-se a vontade para compartilhar essa carta com quem qualquer um que queira saber pra onde essa história irá.

Meus melhores cumprimentos,

George R. R. Martin

Como podemos perceber, parte do conteúdo que falava sobre o segundo volume (que na época seria A Dança dos Dragões) foi censurado. As partes em que colocamos “(???)”, o conteúdo estava ilegível por conta do reflexo da luz.

_gamegrrmartinPontos principais do que lemos aqui:
– O bebê de Sansa
– O romance entre Jon e Arya
– A paixão de Tyrion por Arya
– A morte de Joffrey por Robb
– Ned salva Arya e Catelyn
– Benjen como Senhor Comandante
– A morte de Catelyn pelos Outros
– A utilização de “não nascidos” no exército dos Outros
– Descrever os Outros como demônios
– A ganância de Jaime
– Winterfell queimada por Tyrion
– O assassinato de Khal Drogo por Daenerys

Em diversas entrevistas George já disse que As Crônicas de Gelo e Fogo seriam no começo uma trilogia, mas que a história acabou crescendo, como continua a crescer descontroladamente. É interessante perceber como Martin fez mudanças pontuais que não necessariamente mudaram o alinhamento dos personagens, exceto Arya.

 

O que vocês acharam dessas mudanças dos personagens? Comente e não se esqueça de indicar [spoiler livro = x] nos comentários caso cite algum enredo de O Festim, A Dança ou Os Ventos.

Continue acompanhando nossas redes para confirmarmos se o conteúdo aqui divulgado é legítimo.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Melhor notícia da semana (e olha que a semana tá conturbada).

  • diego

    que delicia foi ler isto em !!! eu não sei se gostei ou desgostei das mudanças pois acho que gostaria muito de ver o duende como um grande general e queimando Winterfell , que teve um fim um tanto sem brilho , a parte mais instigante foi das não nascidos creio que este fato ainda continua ,os romances foram interessantes , quem não gostaria de ver o duende x arya , e eu queria muito ver um grande conflito Jaime x Robb como eu queria Tyrion como general Jaime como espada e Robb morrendo de forma digna e é claro Joffrey apanhando muito de robb

  • Júlia Machado

    Engraçado ele falar que não gosta de fazer esboços nem saber exatamente onde a história vai… por mais que muito tenha mudado, naquela época ele fez um belo de um esboço haha

  • Raava

    “A paixão atormentará Jon e Arya durante todos os livros, até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro.” Hmmmm…

  • João Vitor Oliveira

    Ele planejou três grandes eventos, um para cada um dos três livros. Hoje tmos cinco e apenas um dos eventos aconteceu, será que essa história realmente vai acabar em sete? (SPOILER) Porque a Dany não parece ter a mínima vontade de sair de Meereen e essa grande guerra contra os Outros… Quem tem força pra lutar contra eles sem os dragões? Melisandre? Jon (que morreu?)? Realmente, mesmo que esses dois livros sejam maiores que a Tormenta e tenham capítulos mais seletivos que o Festim e a Dança, acho quase impossível ter espaço pra esses dois eventos e a resolução de todas as histórias…. Sem falar que temos muito mais PoV’s para acompanhar do que tinhamos na Tormenta… Será que dois livros serão o suficiente?

  • Hugo Oliveira

    E o mais importante de tudo: Jon Snow realmente não é filho do Ned. Ele já tinha esse plano antes de escrever o primeiro livro e deixa isso bem claro.

  • Thiago Corrêa

    Porque que divulgaram isso só agora? hummmm

    Mas gostei da informção e outras coisitas. 🙂

  • João

    Interessante a parte onde ele fala que somente 5 personagens com ponto de vista passariam pelos 3 livros. Será que esse detalhe poderia ser considerado pra história atualmente também, com a adição ou redução de um personagem ou outro? Sem mencionar essa polêmica sobre os pais do Jon, onde indiretamente confirma que o fim do personagem não será no livro 5, como muitos ainda teimam dizer. É também meio estranho esse romance entre alguns personagens como Tyrion e Arya, será que originalmente eles teriam idades mais aproximadas?

  • Celino filho

    Bela Fanfic

  • Igor

    Puxa vida… Será que é mesmo verdade?
    Se for verdade, na minha humilde opinião, ficou muito melhor. Esses romances ficariam muito enjoativos.

  • Celino filho

    Sdds Cersei

  • Luh

    Robb mutila joffrey? QUEM DEEEEERA

  • spaizer

    o que um bom “vou pensar nisso de novo” não faz en, se esse for mesmo o roteiro original, tava bem bostinha kkk

  • Tássia Bosi Ribeiro

    HAHA TYRION APAIXONADO PELA ARYA KKKKKKKKKKKKK

  • Tássia Bosi Ribeiro

    Cara, adorei ler isso. Claro que do jeito que saiu ficou beeem melhor, mas foi interessantíssimo

  • Andrey

    Jaime Rei seria muito foda, porra Martin!

  • “Quando estiver completo, esse será o primeiro volume do que eu vejo como uma épica trilogia que levará o nome de A Song of Ice and Fire.”

    You know nothing George Martin.

  • Antonio Junior

    O romance entre Jon e Arya ue :v

  • Brenda Gomes

    Maldito conteúdo censurado.

  • MadHatter

    Eu gostei disso. Eu gosto da amizade fraternal deles dois e se no reencontro eles descobrissem a paixão um pelo outro ou algo assim eu acharia bem legal ;-;

  • Paloma R F

    Eu sempre achei que o Jon ficaria com a Sansa

  • MadHatter

    Só senti falta do Robb matando Joffrey, maaaas a morte do capetinha Lannister foi bem feita e me fez amar ainda mais a Sansa e seu núcleo.

  • Olavo Santana

    E essa “verdade sobre a paternidade” do João das Neves….

  • Gilson Amorim

    “Quero que o leitor sinta que ninguém está a salvo, nem mesmo os personagens que parecem ser heróis.”

    Miseraveeeeeel!!!!!!!!!! Ainda sofro pello casamento vermellho!!!

  • RedViper

    Nossa mudou tanta coisa e pra mim ficou melhor. Não sei porque mais depois de ler isso fiquei com um sentimento de que George perdeu o tesão de escrever. Mais agora é que o pessoal pira com as teorias dos pais do Jon.

  • Guilherme Müller

    “A paixão atormentará Jon e Arya durante todos os livros, até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro.” Mais uma pista que confirma a teoria R+L=J?

  • maria

    jon e arya, nao pf

  • Felipe

    Acho (não me julguem, não me julguem!) que se Crônicas de Gelo e Fogo fosse uma trilogia (não me julguem, não me julguem!) teria sido…melhor? Pelo menos já teria acabado.(já disse para não me julgarem?)

  • Ler isso só me deu mais vontade de ler os próximos livros….e mais medo dessa história não ser terminada!

  • Leonardo Caumo Biasotto

    SPOILER DE A DANÇA DOS DRAGÕES

    A parte no roteiro onde diz “um jovem dragão dará a Daenerys o poder de fazer os dothrakis de ajoelharem.” pode ser o que vai acontecer com a Dany em Os Ventos, pois no final de A Dança ela acaba encontrando Khal Jhoqo.

  • Fernanda Vespasiano

    Concordo Andrey, seria bem legal.

  • Robson Lima

    fanfic horrivel.

  • Felipe Thomaz

    E esse romance do Jon e Arya. eu hein…

  • Tamires

    Concordo com você, o Martin viaja muito, por isso demora, e dá medo de ele se perder (não me julguem!).

  • Loan Medeiros

    “…até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro.”

    Suspeitei desde o princípio.

  • Altieres Pinheiro

    Bom, se soubermos analisar isso, podemos ter um vislumbre de como a história deverá seguir… Ou, ao menos de alguns detalhes que poderão vir a aparecer nos próximos livros, não de forma idêntica, mas similares. Vejo a invasão dos Outros pelo Norte e a invasão de Daenerys com os Dothraki como algo praticamente certo. Só deveremos tentar entender quais mudanças estes eventos sofreram devido ao crescimento da história (como a questão do *SPOILER ADWD* Aegon e os Martell). Outra questão praticamente confirmada nisso aí é a paternidade (ou não) de Jon. O que pode ser menos relevante são os romances citados. E, bem, Jon lives. eu nunca duvidei. 🙂

  • Tamires

    Isso é totalmente absurdo, mas é interessante pensar que o contexto seria totalmente diferente, daí não seria tão absurdo assim. Foi muito legal ler isso.

  • Tamires

    Acho que sim em relação a Arya, porque o Martin já revelou que no iníco faria as crianças Stark crescerem e ficarem adultas, mas depois desistiu da ideia.

  • Tamires

    Concordo com suas indagações, o Martin prolongou demais as coisas. Mas o Jon não morreu hahaha

  • Liz

    Então ele pode não ter mudado isso.Isso só reforça a teoria do Ned não ser pai de Jon.

  • Aegon VI

    Quer dizer que a Arya seria mais uma garotinha no estilo Sansa ? Porra, anda bem que mudou, pq ela é pra mim a personagem com maior construção no decorrer dos livros. A parte que diz “…até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro” me animou bastante. R+L=J só não tá confirmado oficialmente por questão de marketing, pois até o Martin soltou essa nessa carta.

  • Laura Chaves

    Acabaria com a angústia da espera, porém a história perderia seus detalhes.

  • PHSA

    Acho que pra mim ficou absolutamente claro o fim da história sobre a paternidade do Jon, está lá desde o esboço da porra toda! E cara, ainda bem que ele mudou essa da Arya, Jon e Tyrion, isso, pra mim, é puro clichê, e não clichê bem usado, mas aquele clichêzão de novela. PS.: pra mim, minha opinião!

  • Stenio Camara

    Que coisa tosca…cruz credo…ia me sentir mal lendo isso. Acho q tambem pelo modo como os vejo hoje.

  • Fernando Permanhane

    E a Cersei? Será que os Martell estavam fora tb? Pelo que ele descreveu, o primeiro livro seria gigante ‘-‘

  • Stenio Camara

    Sempre me pareceu claro q os dothrakis vao ajudar ela…me parece q vai srr isso mesmo agora

  • Wanderson Eduardo Laureano Ped

    A paixão atormentará Jon e Arya durante todos os livros, até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro
    ” Jon é Dragão ”

  • Thiago Croft

    Toda cagada

  • Mateus

    Onde acho essa teoria? Quero saber kkk

  • Nadine Mendonça

    Cara, ele é mto gênio msm, com as mudanças que fez ou sem, ainda seria bom. Vi mudança drástica só na Arya, mas o que mais me animou foi ele “afirmar” que Ned não é pai do Jon.. Aaah *——-*

  • Vanessa

    É, ainda bem que parte da Arya foi mudada, porque nada a ver essa paixonite… E o Tyrion queimando Winterfell tbm , hj em dia seria impensável ele fazendo algo desse tipo…

  • Gabriela Rosa

    Não sei se ler “até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no ùltimo livro” me animou ou me deprimiu. Porque se foi divulgado assim, não me surpreenderia se o Martin tiver abandonado essa ideia, assim como ele parece ter abandonado as outras.

  • Aegon Blackfyre

    Arya tem um dos piores desenvolvimentos!

    Ela presenciou a morte do pai, a morte da mãe e do irmão. Sem falar em Winterfell destruída e Bran e Rickon teoricamente mortos. Ela não tem mais nada a se ligar a esse mundo, talvez a Nymeria, isso saberemos nos próximos livros. E por conta disso, Arya deixa de ser Arya Stark e passa a ser um espectro desumano que um dia foi uma garotinha.

    Arya não tem mais nada a perder e virou uma espécie de personificação da Vendetta, tudo se resume a mais pura e simples vingança.

    Não dá pra chamar isso de maior construção no decorrer dos livros.

  • Aegon Blackfyre

    Ele só transferiu o incesto pros Lannisters…

  • brunna

    Eu comecei a rir enquanto lia, principalmente nos rumos que a Arya possivelmente iria ter (Deus, ainda bem que não).

  • Aegon Blackfyre

    assim como parece ter abandonado um prazo razoável de publicação de livros.

  • Martins

    Olho pro teclado, nem sei o que escrever, apenas sentir.

  • Johnny Winter

    E pensar que poderia ter sido uma trilogia fechada e não esse monstro interminável que virou essa saga .

  • João

    Uma coisa desse esboço eu gostaria de ver, é a Arya na Muralha, ” A primeira mulher patrulheira”, ela como uma guerreira forte e selvagem, talvez com uma pitada de “romance” com o Jon ( mas romance entre irmãos, carinho um pelo outro ), e ela começa a ver que o Jon muda quando se torna Senhor Comandante e começa a trilhar seus próprios caminhos, mas a Arya é muito nova, e isso ficaria muito estranho.E outra coisa que eu gostei foi do Robb matar o Joffrey, acho que ficaria melhor no enredo, porque a ideia que deu na série e nos livros é que o Robb começa a vencer as guerras, mas ele não ganha nada de relevante, porque ele vence um monte de batalhas, mas ninguém importante é morto, sei lá, eu acho que pra dar um ar de vencedor mais forte pro Robb, ele devia ter matado pelo menos um dos figurões Lannister: Tywin, Joffrey, Jaime, Tyrion ( talvez ), ou algum Senhor próximo dos Lannister.

  • Camila Garcia

    Essas tarjas estão me incomodando, creio que algo de muita importância está escondido lá e-e

  • ”Robb morrerá em batalha e Tyrion irá sitiar e queimar Winterfell” mas olha esse macaquinho demoníaco que o tyrion seria

    ”Arya será mais tolerante… até ela perceber, com terror, que se apaixonou por Jon” mas QUE?

    ”até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro” será que ainda podemos esperar isso? skpsoksj

    ”Jaime Lannsiter substituirá Joffrey no trono de ferro, simplesmente matando todos os que estão na linha de sucessão e culpando o irmão Tyrion pelos assassinatos” imagina o jaime do jeito que nós conhecemos no trono a desgraça que seria

  • João Vitor Oliveira

    Depois de algumas mortes eu ja nao duvido nem de um cometa vermelho cair e matar todo mundo

  • João

    Sim, eu também achei que ficou super clichê, mas temos que considerar que isso era um resumo, acho que provavelmente não iria ficar tão “novela da globo” nas páginas propriamente ditas, creio que ele saberia desenvolver. Porém também sou grato dele ter mudado isso, esses triângulos amorosos são tão coisa desses livros de romance adolescentes, nada contra quem gosta, mas seria tão encheção de linguiça pra uma obra desse tipo… :s

  • João

    Eu já ouvi falar desse suposto time skip, admito que gostaria muito de ver isso. Mas ainda acharia um pouco estranho caso a diferença de idade deles permanecesse a mesma que eles possuem na história oficial. =p (a Arya começa com 9, e o Tyrion com uns 24/25…)

  • Messinho’

    Procura aqui no site. Tem uma série de posts “quem são os pais de jon snow”

  • Messinho’

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKK MEU DEUS TÔ SEM AR

  • Otávio De Roma Barreto

    chora

  • Raphael de Melo Bernardino

    acho que no inicio ele nao pensava em criar a Sansa. entao a Arya era deveria ser uma personagem mais velha e que tivesse as caracteristicas da Arya e da Sansa atuais.

  • Meistre Alex

    Acho que não entendeu. Robb mutilaria Joffrey, mas não o mataria. Provavelmente Joffrey perderia a mão ou ficaria com algum ferimento no rosto como Tyrion. Quem causaria a morte de Joffrey seria Tyrion.

  • Meistre Alex

    Provavelmente o livro se passaria durante anos, já que Jon se tornaria um patrulheiro respeitado, Sansa se casaria e teria um filho, além de Daenerys passar anos tramando matar Khal Drogo ainda no primeiro livro. Assim Arya já estaria mais velha do que está agora nos livros.

  • Meistre Alex

    Morreu, que nem Catelyn e Beric Dondarrion. hehehehe

  • Ptolomeu

    George tomou um rumo mais ameno no livro final, a ideia original era muito mais ousada, nao digo melhor, mas ousada. Jon nunca deixaria Catelyn morrer, nem Tyrion queimaria Winterfell no livro atual. Mas ele acabou cedendo ao que agradaria a maioria dos leitores, deixando estes personagens mais simpaticos e heroicos, e menos realistas. Só nao salvou Ned.

  • Flavio Matheus

    O mundo criado pelo Martin é tão rico que se ele quiser pode escrever por mais 100 anos …. pena ninguém viver tanto ….

  • Manu

    Pois eu, enquanto lia, só lembrava do meu
    namorado, que sempre me disse que achava que se Jon tivesse que ter algo com
    alguém seria com Arya, pois os dois tem muito a ver um com o outro e, se vocês notarem, eles sempre pensam um no outro.

  • Manu

    Muitos acham que a paixão de Arya e Jon não tem sentido mas, enquanto eu lia essa carta, só lembrava do meu namorado, que sempre me disse que achava que se Jon tivesse que ter algo com
    alguém seria com Arya, pois os dois tem muito a ver um com o outro e, se vocês notarem, eles sempre pensam um no outro. Há vários trechos nos livros em que eles estão lembrando com carinho um do outro.

  • Manu

    Aqui no site tem as três teorias sobre a origem de Jon Snow.

  • Concordo. De tudo que tem ali a única que ficou pior foi Arya, que ao que parece era uma personagem ativamente envolvida na trama e passou a brinquedo do GRRM, completamente alheia.

  • Jonarya é o novo Jonerys kkkk

  • Glauber Silva

    Ainda bem que ele não insistiu no romance Tyrion > Arya > Jon. Tudo que GoT NÃO precisa é de um romance/drama enlatado estilo novela mexicana. Outra coisa, esse roteiro, prova como os páreas, ou desajustados, são os personagens preferidos do Martin é mais do que provado que eles são os protagonistas da série.

  • Glauber Silva

    Clichezão de novela mexica pra ferrar mais ainda. Ainda bem que ele abandonou essa ideia idiota.

  • Ana Carolina Alves

    Hahaha tá confirmado que o Jon é filho da Lyanna agora!!! Sei que o Ned só mancharia a honra dele por ela. Agora a Arya + Jon? Hahahahahaha e vocês ficam aí julgando quem acredita em Jonerys

  • Andrea Avalos

    Nossa, meus olhos estão sangrando só de ler “paixão entre Jon e Arya”.

  • Evandro

    essa parte do Jon e da Arya é muito novela da globo com um desfecho igual a novela mesmo

  • Felipe

    HAHAHA pensei que eu era o único herege!

  • Ivan Milazzotti

    Um roteiro como esse, tão fora do que foi publicado realmente não impacta em nada. A história tomou rumos totalmente diferentes e na minha opinião esse roteiro acabou ficando desatualizado e inverossímil. Por isso eu acho que essas páginas não agregam.

  • Eduardo

    “até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro.”

    mais confirmada a teoria R+L impossível..

  • Mauricio Scaglione

    E é como ele diz na primeira página “Se eu sei exatamente para onde o livro vai(tradução livre), perco o interesse de escrever” ou seja, não seria o que é se o Martin não fosse desse jeito. Falei muito e não falei nada, me desculpem hahaha Quero dizer que, mesmo sendo angustiante, prefiro desse jeito.

  • Tássia Bosi Ribeiro

    é uma boa teoria!!

  • Mas tudo isso todo mundo já sabe.

  • Calvin

    Martin pode ter pensado mesmo inicialmente em fazer Jon e Arya terminarem juntos, mas acho que já foi completamente descartada a chance disso acontecer. É praticamente certo que venham se reencontrar, entretanto seria necessário tempo para desenvolver um romance entre eles e não considero haver o suficiente nos dois livros restantes (mesmo caso venham ter extensão semelhante ao terceiro), sem falar no fato da Arya ainda nem ter chegado a adolescência e ser pouco provável dela crescer muito até o fim da saga, ia ficar estranho o Jon sentir atração por uma menina e ao qual ainda por cima cresceu chamando de irmã. O máximo que pode acontecer é um amor platônico.

  • Celino filho

    mas quem sabe eles poderiam ter um carater diferente,mas estranho o Tyrion passar pro lado dos Stark sendo que ele queimou Winterfell

  • Fiquei com dúvida sobre o Tyrion. Ele era pra ser anão sempre?
    Acharia muito mais foda a Sansa casar com o Joffrey.

  • Celino filho

    Agora eu me pergunto onde estava o Tommen e a Myrcella

  • Celino filho

    Cade Varys,Cade Littlefinger

  • Alice Cavalcante

    Esses (???) tão escondendo algo importante… Sei não, mas jovem dragão também pode se referir a um certo dragão sem asas, se é que me entendem…

  • Thiago Leite

    Pensei a mesma coisa.

  • Sérgio Oliveira

    Só acho q tirando os romances, a história teria ficado boa assim, mais curta e com muito menos espaço pra milhares de teorias complexas q envolvem todos os livros e dão um nó na sua cabeça.

  • Aegon Blackfyre

    Mas acho que ele irá encaixá-la em algum lugar.

    Ou não, pela demora (embora vc discorde hehe) é capaz dele tá perdidão e não saber mais como fechar pontas soltas.

  • Ser Pounce

    Tive que reler para ver se eu tinha entendido tudo corretamente. É hilário pensar em um triângulo amoroso entre Tyrion x Arya x Jon.

  • Rafael

    Acho que muitas coisas foram mudadas pela idade dos Starks e quando o Tyrion virou um anão, isso foi o que desencadeou varias das mudanças, depois foi por motivação dos personagens, algo normal.

    Arya e Jon, muda pela idade, existe sim um amor genuíno entre os dois, mas não um amor romântico ou sexual e acho dificil existir, pois lembraria Jaime e Cersei, acho que ele vai ficar mais no campo fraterno.

    A parte da Dany também é bem diferente, pois ele muda de vingar o irmão, para ver ele morrer.

  • Ah sim, que ela ainda vai ter alguma participação importante não tenho dúvidas tampouco.
    Mas é que até agora foi uma embromação do diabo, pra alguém que tem POVs em todos os livros.

  • Leandro Soares

    Esse roteiro original só prova que devemos dar tempo ao Martin para terminar seus livros.
    Se ele fosse um escritor rápido e tivesse terminado sua “trilogia”, provavelmente nem ouviríamos falar dos livros pq seria uma bosta, Convenhamos.
    Fico mais tranquilo de saber que ele está desenvolvendo todas as tramas para nos surpreender futuramente.

  • Stephen Norton

    hahaahhaahahah muito legal ver o quanto a história evoluiu a partir disso

  • wildfire35

    Eu já tinha levantado esta bola de Jon e Arya, basta reler o os primeiros livros que da para ver o clima este os 2, a despedida deles, a forma que Arya sempre pensa em Jon, etc…

    Mas isto só poderia acontecer com o planejamento anterior, quando a historia daria um salto de 5 anos, pois Arya voltaria para Westeros uma mulher feita, agora sem este salto temporal, acho muito difícil que isto aconteça.

    Quanto ao resto, gostaria de ter visto, Sansa casada com Joffrey, seria bem interessante as consequências disto.

  • Alysson Fonseca

    hahaha olha só, quanta mudança kkkkk, e o q vem no “Os Ventos de Inverno” só Deus sabe….
    rsrsrs e o triangulo amoroso entre JON, ARYA e TYRION kkkkk dificil de imaginar….

  • Stephen Norton

    Estranho mesmo é a ausência de Littlefinger e Varys… Será que foi um “conceito” que só ocorreu ao Martin mais tarde? O de grandes jogadores nas sombras por trás dos grandes eventos da guerra?

  • Ptolomeu

    A verdade é que embora muitos leitores implorem personagens cinzas, eles rejeitam o personagem quando este é frio ou cruel. Catelyn é o melhor exemplo, uma mulher extraordinaria, mas sofria forte rejeiçao dos leitores por rejeitar Jon Snow, que ela acredita ser o fruto escancarado da traiçao do marido. Ela cuidou de Jon Snow, apenas nao suportava olhar para ele pelo que ele representava, mas foi o suficiente pra ser rejeitada por milhares. É facil amar um Ned que nao falha jamais, um Derfel Cadarn ( de “Cronicas de Artur” que nao comete um deslize moral) os autores sabem disso e fazem deste personagens perfeitos os protagonistas. Nao veremos Jon Snow ou Daenerys fazerem algo cruel, eles podem até titubear, mas no fim farao o que é certo e bonito e heroico, para nos deixar felizes…. Nao é uma critica a GOT, se Jon fosse mais pragmatico e Daenerys impiedosa com inocentes que atrapalham, nao seriam tao amados.

  • Ptolomeu

    George mudou o incesto stark pra incesto Lannister

  • [Harvey BLUEBIRDMAN]

    JONARIAAAAAAAAA

  • Márcia Neves

    Lembrei a mesma coisa, ela toda “digna” cagada dos pés à cabeça………….kkkkkkkkkk

  • leitor

    “e preparam para cavalgar durante os ventos de inverno para extinguir tudo o que conhecemos como “vida” ”

    Durante os ventos de inverno, só observo

  • MadHatter

    Gente, acho que só por matar sem dó qualquer escravista, a Daenerys já tem seu lado negro. Jon falhou com seu juramento e ele tem o lado negro dele, só que muitos não jogam pedras nele só porque são protagonistas.

  • MadHatter

    é obvio que o Jon, como warg, vai voltar no próximo livro
    morrer ele morreu, mas ele vai voltar de um jeito ou de outro <3

  • MadHatter

    dshasdahsadh JonxDaenerys é tão sem fundamento que o único argumento é “Gelo e Fogo”.

  • Matheus Laste

    O momento em que você percebe que as mudanças que o David Benioff e o D.B Weiss fizeram não são drásticas e sem sentido como você havia imaginado previamente hahaha. Mas sério, esse Tyrion e essa Arya são personagens diferentes das suas versões atuais, porque imaginem só um triângulo amoroso com esses três tal como nós os conhecemos hoje kkkkkkkkk. Ainda bem que não foi mantido essa ideia hahaha!
    OBS: Pra você que (como eu) acha que o romance entre Verme Cinzento e a Missandrei é forçado e sem nexo com a saga, imagina se tivessem mantido esse triângulo amoroso kkkkk. Agora vejo que não tenho do que reclamar hahaha.

  • Daenerys tem vários momentos cruéis: além da crucificação dos Mestres aleatoriamente, também autorizou tortura de inocentes.

  • Calvin

    A Sansa ainda pode vir a ter um filho? E com quem seria?

  • Pedro HS

    Queria que ele mudasse isso só pra ver a reação da galera kkk. Ms tbm axo provável que essa teoria se confirme…

  • Laercio vilanova

    a tua foto de capa casa perfeitamente com a reação da maioria das pessoas ao ler o trecho do triangulo amoroso.

  • MatheusKrepel

    Meu Deus do céu. Não paro de rir aqui com essa carta. Romance entre Jon e Arya? Tyrion queimando Winterfell? Com certeza o resultado final dos livros ficou muito melhor do que isso, pelo menos pra mim. Aliás, senti um cheiro de R+L=J em uma certa frase: “até a verdade sobre a paternidade de Jon ser revelada no último livro”.

  • MatheusKrepel

    Tem certeza? Note que, com a trama desse jeito, não teríamos as aventuras de Arya além do mar estreito, a tristeza de Catelyn pensando que os filhos estão todos mortos (algo que me tocou profundamente enquanto lia), o polêmico, inesperado e inesquecível Casamento Vermelho, as conquistas de Dany na Baía dos Escravos e os problemas que ela tem em Meeren (que vão mostrar nessa temporada).

    Sem falar de que as pessoas provavelmente não gostariam de personagens como Tyrion, Jaime e Khal Drogo, que pareceram ter ficado meio como “vilões”, o que é até estranho, já que os personagens do Martin são sempre “cinzentos” (não são bons, nem maus, exceto o Joffrey) e muito mais reais.

  • Evylen

    “A batalha final reunirá personagens e enredos deixados de lado nos dois primeiros livros (A Game of Thrones e A Dance with Dragons) e se resolverá em um gigantesco clímax.”

    Serão os Martel ou os Tyrel???

  • Ptolomeu

    Desculpe, mas matar um vilao odioso como um escravista, e abandonar o juramento pra salvar alguem nao é lado negro nao. Lado negro seria se ela tivesse mandado matar o pessoal atingido pela praga que veio atras dela em socorro, pra poupar os saudaveis, seria uma açao dura mas necessaria, mas claro que ela nao fez isso…. Ou se Jon tivesse matado aquela selvagem que ele gostava, quando ela atacou a muralha, decisoes de lider.

  • brunna

    “imagina o jaime do jeito que nós conhecemos no trono a desgraça que seria” morta

  • brunna

    Mas esses pensamentos é de irmão, até a Sansa para pra pensar no Jon em algum momento. Jon e Arya são mais unidos pelo fato da Arya parecer mais com ele em todos os aspectos. Eles são lindos juntos como irmãos, e pensando que ela poderia se apaixonar por ele parece simplesmente errado (pra mim).

  • brunna

    Acho que ele queria muito incesto nos livros haha

  • Patrick Ramos

    Era o antigo Jonerys, na verdade.

  • MadHatter

    Ptolomeu, seu pensamento é o que eu falei na última frase do meu último post: “só que muitos não jogam pedras nele só porque são protagonistas”.
    Você justifica os atos cruéis e ruins dos dois só porque eles tem motivos, mas até Cersei tem seus motivos. Mas ao contrário da Cersei, Daenerys e Jon são vistos como protagonistas cheios de boas intenções.

  • Saga Boladão “Morra Seiya”

    Não consegui sentir hora nenhuma um amor além do de um irmão/amigo para com o outro nas passagens de Arya e Jon, fica claro que os 2 se gostam pois tem muitas coisas em comum e não por atração ou coisa do tipo!

  • Vou a lua ontem

    Muito legal ver como certos personagens do esboço deram origens aos da versão definitiva;
    “Jaime” –> Cersei + Tywin
    “Arya” –> Sansa

    Considerando que o começo dessa trilogia acabou por originar O Jogo, A Fúria e A Tormenta, os melhores livros da saga, as chances de Os Ventos e Um Sonho, por partirem das ideias das partes finais do esboço, serem SENSACIONAIS e recheados de ação (diferentemente de O Festim e A Dança, que mais pareceram um período de preparação e transição para eventos futuros) são imensas!!! 😀

  • Matheus Almeida

    Histórias semelhantes,mas totalmente diferentes.A única coisa que continuou igual foi a Sansa ser uma vadia traidora antes e uma vadia traidora depois! A batalha final que teve a historia sempre negligenciada com certeza será dos Outros contra Westeros isso eu não tenho duvida. Agora resta saber quais os personagens estarão envolvidos nesse conflito.
    Ah George mudou o incesto Stark para incesto lannister e o triangulo amoro entre Jon/Arya/Tyrion pro triangulo amoroso entre Jaime/Cersei/Poder kkk
    P.S.:Arya(Maisie Williams) a melhor dos livros e da serie , não tem nem comparação o resto dos personagem com ela,quem não pensa igual pode fica no recalque e na inveja ai!!!

  • wallison

    Wow seria mt interessante ver um romance entre os três

  • Calvin

    Pra mim não seria muito verossímil Tyrion destruir Winterfell, e depois ser aceito como aliado pelos Starks, Martin deve ter percebido isso e resolvido que talvez fosse melhor que outro queimasse o castelo.

  • wildfire35

    Cara, não quis falar de amor carnal, até porque Arya é uma criança no 1º livro, o que eu falei era de “clima” de cumplicidade e admiração, diferente da relação com os demais irmãos.

    E que este clima poderia evoluir a medida que ela ficasse adulta e descobrisse que Jon não é seu irmão e sim um primo.

    Mas como eu disse, agora sem o salto de 5 anos, vejo esta possibilidade praticamente morta.

  • Tatielma

    Eu gosto da Catelyn, devo ser a única…

  • Stephen Norton

    Eu acho que não. Eu acho que a tarja preta ali no final indica que houve dedo do Martin no que poderia ou não ser revelado desse esboço original (o que foi censurado, ainda será usado)

    Se for assim, então tudo que está aí são ideias que já foram mesmo abandonadas e não terão mais repercussão nos caminhos que a história tomou.

  • Nathália Do Vale

    acho que como o primeiro livro ainda foi escrito com essa influência da trilogia, talvez indícios desse amor estejam presentes.. porque, pelo menos no meu ponto de vista, isso acabou se perdendo ao longo da narrativa, provavelmente porque o GRRM desistiu da ideia. aí o amor carnal virou amor normal de irmão.

  • Don Ramon

    verdade

  • Giovanna Givoni

    nunca mais reclamo que os livros demoram!

  • Ptolomeu

    Nós 2 entao, era meu pov favorito até ser degolada

  • Ptolomeu

    Escravistas sempre foram criaturas crueis no livro, nao se mostrou o lado humano deles, foram exibidos como monstros, que fizeram uma trilha de crianças escravas mortas pra ela ver, ou capavam crianças e as faziam matar o caozinho para endurece-las. Matar monstros nao é um ato negro jamais, é um tipo de justiça até, o leitor se sentiu realizado lendo isto. Isso nao é obvio? E Jon nao traiu o juramento em troco de dinheiro pra gastar em prostibulos, ele queria vingar o pai, e depois deitou com uma selvagem q ele estava apaixonado, isto faz vc gostar do personagem, sempre movido por sentimentos nobres. Isto nao é obvio? Agora, digamos que Dany tivesse mandado matar Jorah pela traiçao, apesar do que ele fez por ela depois, ai sim, seria frio da parte dela. Cruel. Perturbaria o leitor. Mas claro que ela nao fez. E quanto aos doentes pela praga, ela podia ter seguido os conselhos e abandonado os pestiados, ja que esta em guerra e precisa guardar comida e agua, pra nao falar do risco de contaminar o povo dentro da cidade. Mas claro que ela foi mamae e cuidou deles. Martin nao expoe seus principais personagens ao desagrado do publico. Ned entao, era um santo na terra. Leia Cronicas de Artur, de Bernard Cornwell, e veja o Artur dele, este sim era um heroi cinza, tomou algumas decisoes que fez o leitor odia-lo, mas no geral era um homem extraordinario, teve que tomar decisoes duras em nome do que era certo ou necessario. Dava ódio, mas o leitor compreendia. Ja Martin sempre poupa os herois deles de decisoes duras, sao simpaticos sempre. Matar viloes desumanos ou abandonar um juramento em nome do amor familiar nao faz leitor nenhum torcer o nariz.

  • Stephen Norton

    Percebam que isso tudo é um esboço do que seria o PRIMEIRO livro. Ou, o “primeiro ato” da saga. Tudo isso aí evoluiu e se modificou para o que acabou se tornando os 3 primeiros livros (ou talvez até mesmo os 5 publicados até agora!!!!!!)

    Ou seja, ainda há dois atos que ele só esboçou nessa parte que foi censurada. Então essas são realmente ideias para o primeiro livro que foram abandonadas para sempre.

  • Felipe Melo

    serio?

  • Calvin

    Não exatamente igual, originalmente, na minha opinião, Sansa, pelo menos, contaria com um atenuante bastante aceitável: Ela seria uma mãe preocupada com o destino de seu filho. Sua opção de ser leal aos Lannister, portanto, seria mais justificável; acredito que a ideia era faze-la tentar retornar para sua família paterna depois da morte da criança, caso Jaime não a eliminasse também.

  • Jaren

    hahahaha seria?

  • Flávio Gama

    Interessantíssimo! Obrigado pela tradução.
    É evidente como ele sempre deu um destaque maior a Arya. Ainda bem que ele decidiu desenvolver a personagem infinitamente melhor nos livros. Aliás, parece que tudo foi ficando melhor com o tempo.
    Sobre os cinco personagens centrais: acredito que seja um super spoiler! Mas como George mesmo diz a gente nunca sabe quem pode morrer.

  • Flávio Gama

    É natural que eles se lembrem um do outro nos livros. George mudou a história, mas manteve a proximidade afetiva.

  • Daniel Miranda

    Ia ser roteiro de novela essa primeira versão das crônicas.

  • Belle S

    Fui a unica que morri de rir quando li sobre o Tyrion se apaixonar pela Arya???

  • Matheus Almeida

    Mas, Sansa é uma garota mimada e x9 nas duas historias kkk

  • Roberto Aprigio Gonçalves dos

    Bem quero destacar algumas coisas… alguns acham que a carta não foi muito reveladora, mas eu penso o contrário.. sei que muitos enredos e personagens foram modificados, mas a espinha dorsal das Crônicas foi revelada… então segue minhas considerações:

    1. A obra possui 3 grande conflitos, sendo o terceiro o climax final: O Primeiro seria a rivalidade entre os Starks e os Lannistes, Norte x Sul. Foi o enredo central dos primeiros 3 livros. O Segundo grande conflito é o que estamos acompanhando nos livros 4,5 e parte do 6 será além do mar estreito: Daenerys x Cidades Escravagistas que têm como principal objetivo narrar a ascensão de Daenerys e sua investidada pela tomada pelo trono dos setes reinos..( Vale salientar que os Dokratis ainda terão papel importante nessa vitória da Kalessi). O Último conflito e mais esperado será mesmo contra os Outros ( Inumanos, no livro 6 e 7). É aqui que teremos o Fogo X Gelo, a Vida x Morte. E aqui quero só confirmar o que pode nos dar uma certa ideia do 6º livro a importância de Jon e Bran… Bran como sendo portador da magia antiga e Jon como o grande líder a liderar os humanos ( Não acho q a ” história” de Jon tenha acabado).

    2. Os personsagens principais foram revelados. Podemos até ter uma ou outra mudança, mas acredito que Martin permaneça com esses 5 como os grandes protagonistas ( Arya, Jon, Bran, Daenerys e Tryon). São personagens com importantes pontos de vistas e que têm tido um papel importante na saga. Talvez Martin tenha acrescentado mais 1 ou 2 nessa lista seleta ( Jaime e Sansa?), mas os 5 permanecem na minha opinião.

    3. A paternidade de Jon é sim um importante acontecimento na Saga e que mudará os rumos de Jon e dos Sete Reinos. Cada dia mais forte a certeza de que R+L=J. É evidente que essa revelação será essencial na grande e última batalha contra os Outros

    4. Arya é um mistério. É de fato a que mais está distante desse roteiro original. A relação com Jon permanece forte, como irmãos e não amantes ( É tanto que ele abriu mão dos seus votos pra resgatar “ela”).. Mas de fato não sei em que parte ela irá entrar aqui no grande final da saga. Como uma assassina? Espiã? Será que após descubrir a paternidade de Jon, ela se apaixonará por ele? Não sei.. Pra mim Arya se tornou a personagem mais intrigante após essa carta.

    5. Jon x Tryon. Será mesmo?? Será que dois dos personagens mais amado pela galera travarão uma luta mortal?

    Agora é esperar novas revelações ou pistas na série e torcer que essa carta tenha feito Martin acelerar seu prazo de entrega do livro 6.

  • Ptolomeu

    .”A única coisa que continuou igual foi a Sansa ser uma vadia traidora antes e uma vadia traidora depois!”

    Sempre que alguem vai ofender uma mulher, mesmo neste caso que a mulher é um personagem de ficçao, existe a necessidade de chama-la de vadia, puta, piranha, etc. Claro que o usuario nao quis chama-la de promiscua. Mas acho curioso, e desprezivel, que adjetivos do tipo sempre acompanhem ofensas a mulheres, sempre e sempre. Afinal, Sansa nao podia ser uma traidora imunda antes e depois, ou uma traidora maldita antes e depois, tem que ser traidora e vadia.

  • Victor

    parentage significa parentesco e não paternidade 🙂

  • Victor

    Mas na história original a Arya e o resto das crianças Stark cresceriam né? É um atenuante… Mas sim, o Tyrion e a Arya de hoje, são totalmente diferentes desses.

  • Tata Baughtter

    Também fiquei na duvida! Parece que não, já que não ha nenhuma menção a isso.

  • Kelvin

    Só eu fiquei me perguntando se Martin já planejava que Tyrion seria um anão?

  • Júlio César

    Não teria o casamento vermelho? Grhrhr.
    Pode demorar Martin!

  • Perfeito.

  • Felisberto Albuquerque

    Neste roteiro original não é citado Stannis, os Greyjoys, os Martells e o Jovem Griff….

  • Rodrigo MariMoon

    não, isso foi hilário mesmo XD.

  • Celino filho

    Vdd tipo o Jon e a Arya sao muito iguais tanto que que nos livros a Arya relata que um dia perguntou se ela tambem era bastarda e tambem os dois nao sao aceitos nas sociedades Jon(por ser um bastardo) e Arya(po rnao ser uma ‘dama’)

  • Matheus Almeida

    frescura sua no caso.Eu so gay e não fico de xororo quando me chamam de viado.Você quer que a sociedade mude seu jeito de pensar e agir por um simples capricho seu?

  • Matheus, mulheres morrem o tempo todo por causa de misoginia, nós mulheres esperamos sim que os machos mudem um dia e nos tratem como gente. Então melhora essa linguagem misógina aí cara.

  • Ptolomeu

    Duvido que voce nao fica puto quando alguem te chama de viado num sentido que te ofenda, e mesmo que nao fique, nao justifica usar insultos promíscuos toda vez que criticar uma mulher, ou personagem, no caso.

  • Gabriel Pedro Gonçalves

    Muito bom os pontos levantados. Só pra levantar mais um ponto. Jon é obviamente o Azor Ahai. Se Arya seria a “mulher” destinada a ele, significa que ela é Nissa Nissa? Outro ponto, claramente Jon e Tyrion têm destinos muito próximos. O que faz pensar sobre a paternidade de Tyrion. E também sobre a idéia dos 3 dragões.
    Muito obrigado, gameofthrones.br, por trazer isso. Não aguento mais esperar pelo “Os Ventos do Inverno”. Precisava de alguma coisa assim pra me fazer pensar.

  • Bom, não é “óbvio” que Jon seja Azor Ahai, inclusive é bastante possível que ele não seja. Além do mais, nas versões da profecia do renascimento do herói de que temos conhecimento, não é mencionado em nenhum momento que deva haver uma nova Nissa Nissa.
    Mas sim, a carta põe a gente pra pensar bastante.

  • Téo Oliveira

    “A batalha final reunirá personagens e enredos deixados de lado nos dois primeiros livros, e se resolverá em um gigantesco clímax.”

    – Seria Rickon Stark? Que sempre é deixado de lado nas histórias, só sabemos o que acontece com ele atraves de 3ª pessoa e mesmo assim são poucas coisas.
    – A Casa Arryn? Que até o momento não mostrou a que veio na história exceto pelo fato de Jon Arryn ser a causa principal da mesma.
    – A Casa Tyrell? Que até o momento não vi um único pdv de algum membro da família, nem o que se passa em Jardim de Cima.

    Obs: A última espada forjada por Mikken o ferreiro e armeiro de Winterfell para ficar no túmulo de Eddard Stark é a Luminífera. Nela Creio que repousa a alma de todos os mortos na destruição de Winterfell, mais a de Eddard. E ela está nas mãos de Osha, que está com Rickon.

    kkkkk

  • Daniel Miranda

    Pelo visto seria uma versão mais nova do Jaime.

  • Calvin

    Pelo menos a ideia de ter Tyrion, Daenerys, Bran, Arya e Jon como os personagens centrais permaneceu (embora isso não quer dizer que estejam a salvo), então não podemos considerar que tudo foi abandonado.

  • Gomes, Allan Gomes

    Gente, quando vocês listam ao final do texto os pontos principais, tem uma parte que vocês dizem que Robb mata o Joffrey, mas no texto tá dizendo apenas que ele MUTILA, quem aparentemente mataria o Joffrey é o Tyrion.

  • Stephen Norton

    Pode ser, mas eu acho que essa lista de principais já aumentou. No mínimo temos mais Jaime e Sansa. (sei lá, só acho)

    Note que a Arya e o Tyrion desse esboço iam por caminhos totalmente diferentes.

  • Aline Rocha

    Apesar de que adoraria ver o Joffrey mutilado, nada superaria os casamentos do terceiro livro. Outra mudança boa foi a da Arya, tô tão acostumada com a personagem que não a enxergo nesse drama amoroso.

  • Aline Rocha

    Não dá pra não ficar delumbrado com a complexidade da história, mas que eu queria que alguns núcleos, como o da Dany, fossem mais simplificados, isso eu queria.

  • Marcus Cruz

    ali esta falando que o robb matou o joffrey o que não é verdade porque fala que o robb MUTILOU o joffrey mutilar não é matar, e fala que o tyrion o tirou do seu caminho isso quer dizer que quem matou o joffrey foi o tyrion

  • Marcus Cruz

    tambem percebi issso

  • Marcus Cruz

    fala sobre o jovem dragão que ajudara a daenerys a fazer os dothrakis se ajoelhar e como o viserys ja estava morto e de supor que ele seja o jovem griff

  • Marcus Cruz

    nesse roteiro nao se menciona a cersei que e importante na historia

  • MatheusKrepel

    Como assim “Jon é Azor Ahai”??? A profecia diz que: “Quando a estrela vermelha sangrar e a escuridão se aproximar, Azor Ahai irá renascer em meio a fumaça e sal para acordar os dragões de pedra”. Daenerys queimou Drogo sob um cometa vermelho, numa pira com muita fumaça (do sal eu não sei), teve um renascimento (deixou de ser uma garota para ser a Mãe dos Dragões) e acordou Drogon, Rhaegal e Viserion, que estavam em ovos petrificados pelo tempo. Até o Meistre Aemon já disse no Festim que Dany é Azor Ahai renascido. Pra mim, o Jon só passa de uma Nissa Nissa.

  • Roberto Aprigio

    De fato é possível sim que seja Daenerys.. essas pistas ai são contudentes.. mas o também temos boas pistas que Jon seja Azor Ahai; A melissandre talvez nos dê uma das melhores :

    “Rezo por um vislumbre de Azor Ahai e R`hllor envia-me apenas o Snow. A Dança dos Dragões – Capítulo 31, Melisandre I.

    A velha Ama contando histórias pra Bran no primeiro livro:

    “E assim, enquanto o frio e a morte enchiam a terra, o último herói
    decidiu procurar os filhos da floresta, na esperança de que sua antiga
    magia pudesse reconquistar aquilo que os exércitos dos homens tinham
    perdido. Partiu para as terras mortas com uma espada, um cavalo, um cão e
    uma dúzia de companheiros”. A Guerra dos Tronos – capítulo 24, Bran IV

    E também temos sonhos do próprio Jon

    “Snow — gritou uma águia, enquanto inimigos amarinhavam pelo gelo acima como aranhas. Jon estava couraçado de gelo negro, mas a espada ardia‐lhe, rubra, na mão cerrada. A medida que os mortos iam chegan do ao topo da Muralha, ele atirava ‐os para baixo para voltarem a morrer. A Dança dos Dragões – capítulo 58, Jon

    Um coisa é certa é que: Azor Ahai ou é Daenerys ou Jon, não vejo outra possibilidade. Em relação aos últimos capítulos deles, não sabemos se Jon vai sobreviver.. mas também, se vermos o último capítulo de Daenerys, ela parece estar muito doente ( Talvez egua descorada?).. A expectativa é enorme em Ventos de Inverno. Não acho que Daenerys ou Jon vao morrer.. eu acredito que os mesmo são os principais personagens, assim como revelado acima no roteiro original.. Vamos torcer pra Martin acelerar logo a entrega de Ventos de Inverno 😀

  • MatheusKrepel

    Agora, é esperar pra ver. Acho que a Dany como Azor Ahai seria mais interessante, mas talvez não haja apenas um escolhido para derrotar os Outros. Não podemos esquecer de que eles odeiam fogo. Logo, um dragão seria uma arma muito maior contra eles do que uma espada luminífera. E o dragão tem três cabeças…

    (SPOILER)
    Sinceramente, espero que o Jon tenha morrido. O Martin ganhou meu respeito quando matou Ned Stark. Nesse momento eu vi que ele era um escritor diferente, que tece a sua história de uma forma muito real, onde ninguém escapa da morte, que vem, muitas vezes, de forma surpreendente e súbita. Se o Jon ainda estiver vivo, do que terá adiantado o último capítulo dele na Dança? Pra dar um suspensezinho entre um livro e o outro pra depois ficarmos todos felizes por ele estar vivo? Caramba, o Martin não é assim! Se o bastardo sobreviver, vou ficar muito decepcionado.

  • Thiago Marcelo Risso

    Ele pode ter morrido e ressuscitado com o sopro de vida da Melisandre. Da mesma forma que o Thoros fazia com o Beric Dondarrion. Assim justificaria o último capítulo, também justificaria ele continuar vivo e por tabela criaria uma dívida com a Melisandre.

  • Danilo Pereira

    Ou o jovem dragão talvez sr refira literalmente a um dragão…

  • Danilo Pereira

    Acredito que sim. Já vi uma entrevista do Martin em que ele fala que aiinspiração para o Tyrion lhe veio no início dos anos 80, e que o imaginava como o homem mais feio do mundo, porém o mais inteligente

  • Orlando Netto

    Concordo,Danilo,no contexto se referiu realmente a um dragão de verdade!

  • Orlando Netto

    Nossa,quem faturou com esse alongamento da história foi Cersei,de uma simples coadjuvante passou a ser protagonista!Não imagino GOT sem a Cersei que há atualmente!