Duncan foi realmente agraciado como cavaleiro por Sor Arlan?

Há alguns dias publicamos a notícia de que a história de O Cavaleiro dos Sete Reinos será publicada em quadrinhos no Brasil. Os três contos publicados pela Leya aqui no Brasil estão disponíveis aqui, e nossa resenha está disponível aqui. O texto a seguir contém spoilers dos contos.

Na primeira história das aventuras de Dunk e Egg em O Cavaleiro dos Sete Reinos, somos apresentados a Sor Duncan, o Alto, um garoto que serviu como escudeiro de Sor Alan de Centarbor e supostamente foi agraciado por este como cavaleiro em seu leito de morte.

dunk e egg

Apesar de Dunk contar sua história várias vezes, algumas pequenas pistas deixadas ao longo do conto sugerem que Dunk poderia estar mentindo ou escondendo alguma coisa. São poucas as evidências, mas vale a pena dar uma conferida na história e discutir as possibilidades.

Dunk e a espada de Sor Arlan. Arte de Mike S. Miller e Mike Crowell.

Dunk e a espada de Sor Arlan. Arte de Mike S. Miller e Mike Crowell.

ATENÇÃO: esse texto contém spoilers do livro O Cavaleiro dos Sete Reinos, se você ainda não leu o conto, veja nossa resenha aqui.


1. A HISTÓRIA DE DUNK

Quando Dunk vai se alistar no torneio em Vaufreixo ele explica ao intendente Plummer como Sor Arlan o agraciou com o título de cavaleiro com sua própria espada enquanto estava morrendo por causa de um resfriado (página 37).

A história parece plausível, mas um fato curioso é que Dunk nunca pensa sobre seu título recém conquistado, enquanto ele enterra Sor Arlan (páginas 13 -15). É possível supor que Dunk estaria feliz por ter se tornado um cavaleiro, mas ele nunca pensa sobre esse momento. Mesmo que a sua mente estivesse ocupada com assuntos mais urgentes, ainda existem outras coisas que podem levantar dúvidas para os leitores do conto de Dunk. Quando ele enterra Sor Arlan, ele considera primeiro se tornar um escudeiro de outro cavaleiro, ou aderir à Patrulha da Cidade (página 15). Estas são ocupações dificilmente desejadas por um homem que acaba de ser nomeado cavaleiro. De fato nenhum pensamento sobre o torneio de Vaufreixo passa pela mente de Dunk até que ele pega a espada de Sor Arlan… que, curiosamente, ainda está na bainha ligada ao cinto (página 16). Se Arlan tinha acabado de lhe dar o título enquanto morria, como ele poderia ter embainhado a espada depois?

Estes eventos podem ser explicados facilmente. Talvez o choque da morte de Arlan tenha levado toda a emoção do título de cavaleiro a fugir da mente de Dunk. Talvez ele estivesse tão acostumado a ser um escudeiro que o pensamento surgiu automaticamente na sua cabeça. E, talvez, Sor Arlan ainda tivesse força suficiente para colocar sua espada novamente em seu cinto. Mas a combinação destas pistas, criam circunstâncias que levam o leitor a duvidar da veracidade da história contada por Dunk .

Ilustração da Graphic Novel "The Hedge Knight". Arte de Mike S. Miller.

Ilustração da Graphic Novel “The Hedge Knight”. Arte de Mike S. Miller.

2. AS MENTIRAS DE DUNK

Quando Dunk foi preso após agredir Aerion, Aegon (Egg) vai visitá-lo em sua cela. O menino pede perdão por esconder a sua identidade de Dunk e um pensamento curioso vem à mente de Dunk:

Dunk olhou para ele, pensativo. Sabia como era querer tanto algo a ponto de ser capaz de dizer uma mentira monstruosa apenas para chegar perto do que se deseja (página 89).

Este trecho é interessante. O que Dunk desejaria de tal forma que o faria contar uma mentira monstruosa por isso? Pelo conhecimento do leitor, o único evento que se encaixa na história é a possibilidade de Dunk ter mentido sobre ser um cavaleiro a fim de alistar-se no torneio de Vaufreixo. No entanto, Dunk já viveu por pelo menos 16 anos e, provavelmente, tem outros eventos em seu passado que são ainda desconhecidos ao leitor. Ele poderia estar se referindo a algo que o leitor ainda não sabe, mas parece provável que Dunk estivesse mentindo sobre o seu título de cavaleiro.

duncan o alto

Duncan por Mike S. Miller.

3. O TÍTULO DE RAYMUN FOSSOWAY

Com a aproximação do julgamento, Dunk é forçado a dar o título de cavaleiro a Raymun Fossoway para ter combatentes suficientes ao seu lado (página 109). Neste ponto, Raymun pede a Dunk que lhe dê o título de cavaleiro. Mas estranhamente, Dunk hesita na oferta e diz que ele não deveria, mesmo com Raymun e Lyonel Baratheon lhe pedindo. Finalmente, Sor Lyonel torna Raymun um cavaleiro, deixando Dunk “sentindo-se tão aliviado quanto culpado.
Agora surge a dúvida por que Dunk se sentiria aliviado, ou culpado, por não tornar Raymun um cavaleiro? Para isso não há nenhuma explicação real. Talvez Dunk tenha se sentido perturbado por ter a honra de agraciar um nobre sendo imposta a ele, ou por ter envolvido outros cavaleiros em seu julgamento. Isto poderia explicar porque Dunk estaria aliviado, mas não explicaria por que ele se sente culpado. As emoções de Dunk permanecem um mistério, e parece que a única explicação possível é que ele não queria fazer isso por que ele mesmo não era um cavaleiro. Certamente ele não se sentia culpado pelo crime do qual havia sido acusado.

Podemos concluir que existem várias evidências marcantes que apontam para a possibilidade de que Dunk nunca foi agraciado cavaleiro. Talvez as pistas não signifiquem nada, mas combinadas, sugerem fortemente que Dunk mentiu sobre seu título e Sor Arlan de Centarbor nunca tenha lhe tornado um cavaleiro.

Em A Tormenta de Espadas, descobrimos que Dunk eventualmente se tornou o Comandante da Guarda Real de Aegon. Dunk parece ser um homem muito honrado, e parece provável que ele não teria entrado para a Guarda Real sem ser condecorado por alguém. Por enquanto só o tempo e novos contos poderão dizer se Dunk estava ou não mentindo sobre o seu título de cavaleiro.

Fontes: O Cavaleiro dos Sete Reinos, tradução de Márcia Blasques, George  R. R. Martin, 2014, editora LeYa. /Tower Of The Hand.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Paulo Silva

    Um dos maiores exemplos da cavalaria não era de fato um cavaleiro (oficialmente), já na prática era outra história, acho que Dunk acaba contando ao Egg sobre isso, provavelmente ao subir no trono Egg o condecora e encerra o assunto.

  • rafael silva

    Dunk não se sentiu culpado por tornar Raymun um cavaleiro… a culpa era de que: ele sabia que homens morreriam por ele. E isso o atormentava, saber que bons cavaleiros perderiam as vidas.

    Não acho que ele mentiu sobre ser um cavaleiro.

  • Islan Oliveira

    Eu acredito que ele não era um cavaleiro e que depois, talvez tenha sido armado, nunca tive dúvida sobre ele ter sido armado ou não, sempre achei que estivesse inventando.

  • Carol BB

    na minha opinião, na forma como a história foi contada, Dunk parece ter mentido.
    Embora Ser Arlan provavelmente tivesse a intenção de um dia tornar Dunk um Cavaleiro, parece que ele não teve tempo de fazer isso antes de morrer.

  • Jason Costa

    Eu sempre achei meio óbvio que ele tenha mentido sobre ser um cavaleiro.

  • reborn

    ué ? não sabia que isso era duvida ?
    para mim na leitura, ficou claro que ele mente para entrar no torneio.

  • Bob Nerd

    Para mim era óbvio que Sor Arlan não teve tempo de sagrar Dunk cavaleiro. E aí ele ele resolveu mentir para poder entrar no torneio, uma vez que se ele contasse a verdade os outros cavaleiros iriam pensar que Dunk teria matado Arlan.

  • Felisberto Albuquerque

    Tudo leva a crer que não….

  • Flavio Lazar

    é impressionante como eu n percebo essas coisas obvias, mas agora eu n sei no que acreditar

  • Hugo Franco

    Unica duvida que eu tenho é quando deve sair os próximos contos de Sor Duncan, o Alto e Aegon V Targaryen, o Improvável. kk

  • Daniel Rohrer

    Poxa, os capitulos são do ponto de vista de Dunk, podemos ler seus pensamentos. Tomando como base o fato de que em nosso subconsiente ou pensamentos, nós não mentimos, não acho que seja mentira.

  • Daniel Batista

    nossa, eu nem tinha pensado nessa hipótese, mas lembro que fiquei meio perdido quando o raymun pediu pro dunk fazer dele um cavaleiro e o dunk fica meio que com o pé atrás, eu fique pensando tipo “ei, eu perdi alguma coisa?”

  • Paulo Schaper

    Só uma duvida (não critica, duvida). Ele não ser cavaleiro implicaria em que? Ok, ele não poderia ser da guarda real, mas houve algum evento dele na Guarda Real que causaria algum problema real?

  • Turim

    GRRMARTIN é FODA!

  • Martins

    Eu cheguei a desconfiar na hora que pediram pra ele sagrar Fossoway como cavaleiro….sabe-se lá, tem q aguardar os próximos contos.

  • Júlio Domeneghini

    minha duvida tambem./ kkkkkkkkkkkk

  • Calvin

    Acho que já fizeram essa pergunta ao Martin, e a resposta parece foi que Dunk mentiu mesmo. Ou seja, mais uma vez ele resolveu ser irônico, aquele lembrado na história atual como um dos maiores cavaleiros não o era de fato (e ainda bem, heróis “perfeitos” tendem não serem bons personagens). Uma pena que também não tenha esclarecido se Brienne é ou não descendente de Sor Duncan.

  • Brum

    A grande graça da história é essa, o sujeito nascido na sarjeta é aquele que se torna o ideal de cavalaria, de nobreza, é ironia pura, típica de Martin, o aliás engrandece ainda mais a personagem, num mundo onde os nobres e bem nascidos são em geral os menos cavaleirescos.

  • Andrei Batista

    Sim, quando eu li pela primeira vez hora nenhuma eu achei que ele não tivesse mentido, isso fica bem claro nesses pontos que o autor da teoria citou.

  • Paloma Ribeiro

    Desde o início pensei que ele não tinha sido consagrado cavaleiro coisa nenhuma, achei estranho isso parecer como uma hipótese aqui. Tinha isso como certo já.

  • João Fernandes

    Concordo com você, Paloma. Achei essa teoria bem forçada…

  • Mari

    Ele mentiu. Eu acho que a moral da história é essa mesmo. A cavalaria (e qualquer concessão de títulos) não passa de pura burocracia e hipocrisia. Aquele que reúne todas as características ideais de um cavaleiro na verdade não é um simplesmente por questão de nascimento, já os cavaleiros “oficiais” dos contos raramente se mostram dignos de suas posições. Ironia típica do Martin.

  • Joao Palmadas

    É verdade. Isso dele ser ou não tecnicamente um cavalheiro não tem grande importância.

  • Joao Palmadas

    A Brienne tem quantos anos? Eu acho que o Ducan já deve ter morrido antes dela nascer. Nos livros, ela ainda é uma donzela com a qual se pode casar, num tempo onde moças que não casaram aos trinta anos são solteironas. Para mim, isso é um sinal que ela nasceu bem depois da morte de Ducan, o alto.

  • Joao Palmadas

    E notícias sobre a série baseada nos contos de Sor Ducan? Será que a série virá, se vier, depois da ultima temporada de GoT?

  • Entendam uma coisa: não é pq vcs acharam óbvio que [email protected] acharam.
    Várias pessoas comentaram que não haviam percebido isso, assim como em várias outras teorias, algumas pessoas percebem logo de cara, outras não.

  • Vangelis Matos Medina

    2 pontos: Até agora não fez diferença ele ter mentido ou não.
    No livro não tem argumento suficientes nem para provar e nem para negar.

  • Flavio Kilers

    eu nem li a materia, mas quando você le o livro você que ele é um verdadeiro cavaleiro, com honra, então acredito que ele não mentiria, e provavelmente sor Arlan viu isso nele e viu que ele seria um perfeito nobre cavaleiro.

  • Don Ramon

    pois é.

  • drmingus

    Sempre considerei que ele mentiu. Quando eu li esse começo do livro já me veio à mente um filme com o Heath Ledger chamado Coração de Cavaleiro (muito legal, e a trilha sonora é ótima!), onde acontece algo bem parecido e eu só fiz essa associação porque acho que ele mentiu mesmo.

  • Islan Oliveira

    Sor Duncan morreu na Tragédia de Solarestival, que foi quando Rhaegar nasceu. Considerando que a Brienne esteja entre 20 e 30 ela não era mais que uma criança quando Rhaegae morreu, portanto no máximo nasceu vários anos depois da morte do Dunk. Ela pode ser no máximo neta dele (considerando as teorias).

  • Calvin

    Martin deveria ter colocado algum personagem fazendo essa pergunta, acho que ficaria interessante.

  • Pati

    Pra mim desde o começo pareceu claro que a história da condecoração era mentira.

  • Pati

    Exato, é isso mesmo.

  • Stenio Camara

    pra mim também…

  • joao

    nos 3 livros a história se passa no ponto de vista de dunk, se fosse
    isso ele teria “pensado alto” e falado que não foi consagrado
    cavaleiro….., ele nao iria mentir pra si mesmo, e dunk é um personagem
    muito honrado (ao contrário da maioria dos personagens no mundo de
    GRRM). ele mentir para se tornar cavaleiro contradiz a maioria de suas
    ações muitas vezes estúpidas para ajudar os outros ou manter as
    tradições de cavalaria.

  • Valdir

    Exatamente. Desde o primeiro conto ficou óbvio que ele não foi ordenado.

  • spaizer

    para mim tb, tanto que a história dele faz um paralelo com a história contada pela titeriteira do “bobo que se passou por cavalheiro”, e ainda faz paralelo tb com o livro Donquixote de La Mancha, pra mim é mais que óbvio que Duncan “usurpou” o título de cavalheiro logo no começo do livro e isso não é nada de mais, é algo mt fácil e comum no contexto da história.

  • Bruno Furtado

    Peguem sues volumes (em português) de o cavaleiro dos sete reinos e na contra-capa, 4º parágrafo:
    – Alguns anos depois, o cavaleiro MORRE e Dunk, já adulto, DECIDE TOMAR seu lugar e fazer fama no torneio de Campina de Vaufreixo.
    E ai? O que acham?
    Abraços

  • Gabriel Fonseca

    No Trecho q vocês citam sobre ele se sentir “Aliviado e culpado” ele deixa bastante claro o por quê.
    Faltava um campeão ao seu lado,e ele se sentiu aliviado por achar um,mas culpado por colocar sor Raymun Fossoway em risco de vida

  • Gabriel Fonseca

    Discordo,ele se coloca em risco para defender a cavalaria muitas vezes,e Não é “esperto” o suficiente para esta artimanha.
    Boa parte dos argumentos dessa teoria tem refutação.
    Ex: Ele não quis ordenar Raymun,simplesmente porque não queria colocar a vida daquele jovem em risco por sua causa,ma caso ele não fosse ordenado,Dunk perderia a vida.Daí o “Aliviado e Culpado”

  • Gabriel Fonseca

    Discordo,ele se coloca em risco para defender a cavalaria muitas vezes,e Não é “esperto” o suficiente para esta artimanha.
    Boa parte dos argumentos dessa teoria tem refutação.
    Ex: Ele não quis ordenar Raymun,simplesmente porque não queria colocar a vida daquele jovem em risco por sua causa,ma caso ele não fosse ordenado,Dunk perderia a vida.Por isso o “Aliviado e Culpado”

  • Francieli Almeida

    Mas talvez Dunk seja um narrador não confiável. Em muitos livros o PDV mente e confumde o leitor.

  • GUILHERME COLOCERO

    Mudando um pouco de assunto… Num site americano vi uma teoria que indica uma possível previsão sobre o futuro de Sansa. Nessa teoria, eles relacionam os campeões do Torneio da Campina de Vaufreixo com os possíveis pretendentes dela. No Torneio os campeões foram apresentados assim: Lyonel Baratheon, Leo Tyrell, Tybolt Lannister, Humfrey Hardyng e Valarr Targaryen. Os pretendentes de Sansa foram em ordem cronologica: Joffrey Baratheon, Willas Tyrell, Tyrion Lannister, Harrold Hardyng e ??? Targaryen. Achei muito interessante, pois nada é coincidência no mundo de Mr Martin….

  • Ser Kyle, the Bold

    Pelos deuses antigos e novos, quem ousa difamar o passado de Sor Duncan, o Alto?!

  • Gustavo Menezes

    O livro é narrado em terceira pessoa.

  • Diogo Marques

    OMG!!!