George R. R. Martin comenta sua participação em Game Of Thrones e sua responsabilidade para com os fãs

Como um residente de Santa Fé, George R. R. Martin foi o mais novo entrevistado no Novo México em Foco. O autor participou de uma longa entrevista no seu Cinema Jean Cocteau para falar sobre seu trabalho. George discutiu muitos elementos de As Crônicas de Gelo e Fogo, incluindo as questões éticas e morais que ele levanta, as raízes de fantasia da história, líderes questionáveis e religião.

Um dos temas polêmicos da discussão recentemente tem sido a obrigação que Martin tem para com seus fãs em terminar a história. Martin responde que ele sente essa obrigação e comenta sobre a pressão de todos os lados para terminar o próximo livro ter qualquer efeito sobre o seu trabalho.

A entrevista foi filmada antes de ele saber que não estaria escrevendo nenhum episódio de Game of Thrones nesta 5ª temporada, mas ele admite que desejaria poder estar mais envolvido em todo o processo de produção da série, e explica como escrever apenas um episódio atrapalha seu trabalho no próximo livro.

Ele também fala sobre como sua vida mudou desde que se tornou um escritor “celebridade” por causa da série da HBO e espera que uma vez que seus 15 minutos de fama passem, ele seja lembrado como um dos grandes nomes da história da televisão.

Veja abaixo a entrevista completa em vídeo (com legendas em inglês) e logo depois a transcrição de algumas partes do áudio.

 

(02:04) Agora você tem milhões de fãs leais que estão clamando pela próxima edição, e por clamando, quero dizer, às vezes não tão educadamente, eles estão pedindo, exigindo. Você sente uma obrigação para com eles?

Obrigação é uma palavra estranha, eu não sei se usaria essa palavra. Eu certamente sinto um desejo de terminar o livro. E devo dizer que, enquanto eu recebo um monte de e-mails e e-mails do tipo que você está descrevendo, também há muitos, muitos que são favoráveis ​​e, provavelmente, muito mais pessoas dizendo “tome o seu tempo, eu adoro seus livros, quando estiver pronto eu vou estar aqui.” É claro que é uma atitude que eu acho muito mais agradável do que “quando você vai terminar? ” Eu realmente desisto de responder à pergunta” quando termina? ” Nos primeiros dias, especialmente após o terceiro livro, porque o quarto livro levou muito tempo, e eu continuei errando. As pessoas diziam quando vai terminar, e eu dava uma resposta e não estava pronto até então, eu acabava com um problema, ou decidia reescrever ou eu precisava mudar de rumo. E uma vez que você dá uma data e, em seguida, você perde essa data, há um elemento do público que acha que você está fazendo isso deliberadamente. Há mesmo alguns teóricos da conspiração estranhos lá fora, que estão convencidos de que eu terminei a coisa toda anos atrás, mas eu estou apenas escondendo os livros na minha adega para liberá-los, a fim de maximizar uma coisa ou outra. Há um monte de loucura, mas é a pressão e a obrigação e o trabalho em si. Eu estou contando uma história, porém por mais livros em que a história seja divida, em três livros, quatro livros, sete livros, que é o que eu estou atualmente tentando, é uma história, tanto quanto o Senhor dos Anéis, de Tolkien é uma história . Tem um começo, tem um meio, e, eventualmente, vai ter um fim.

(04:01) Mas será que a pressão de todas essas pessoas, da HBO e da sua editora,  sob a pele, não abalam você, não tornam mais difícil para você sentar e escrever?

Sim, até certo ponto é verdade, mas quando a escrita está indo bem, não importa. Quando estou lá trabalhando, eu meio que entro pela tela do meu computador e esqueço do mundo, eu esqueço prazos, eu esqueço a série, os e-mails e todas essas coisas. São apenas eu, os meus personagens e o mundo que eu estou descrevendo, e eu estou escrevendo uma página de cada vez, e uma cena de cada vez, e uma palavra de cada vez.

(19:18) Você passou um tempo como um roteirista e você escreveu vários episódios para a HBO. Você desejaria poder escrevê-los todos?

Eu gostaria de poder escrever mais deles. Fazemos dez episódios por temporada e eu escrevo um geralmente. Mas se eu não estivesse escrevendo os livros eu gostaria de escrever uma grande parte da série, eu poderia escrever dois episódios, talvez três episódios por temporada, o que seria divertido. Eu posso desejar, mas isso não vai acontecer, ainda tenho dois enormes livros para escrever. Eu tenho The Winds of Winter no qual eu estou trabalhando agora, e que vai ser outro monstro, e então quando eu terminar, eu ainda tenho o último livro, Um Sonho de Primavera, que vai ser outro monstro de 1500 páginas, em que eu tento finalizar isso. Esses livros me tomaram um longo tempo, por isso, mesmo escrevendo apenas um episódio por temporada, estava cada vez mais difícil. Tinha que colocar o livro de lado, e meio que voltar no tempo para as coisas que foram escritas há dois ou três ou cinco ou sete anos atrás e fazer novas versões, isso quebra o ritmo um pouco. Eu gostaria de poder estar mais envolvido na série, eu gostaria de poder estar lá em Belfast, no set, eu gostaria de poder tomar parte em todas as audições e filmagens, vendo os jornais, e trabalhando como quando eu trabalhava em programas como A Bela e a Fera e The Twilight Zone, quando eu era mais ativo na televisão, mas a verdade é que eu não posso.

Fonte: [winter is coming]

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Alexandre Rosso

    1500 páginas caralhooo

  • Tassio Luan

    Deve irritar bastante essa pressão vindo de todos os lados em cima dele para escrever os livros. Além disso, tem a galera que sempre alega que ele morrerá antes de concluir o livro 6 ‘-‘ Bom que agora ele se dedicará em tempo integral e já reafirmou que os livros finais serão grandes <3 1500 lá fora e aqui quase 900 (Mesmo de ADwD). Agora, é esperar chegar o dia em que ele postará em seu blog que terminou o maravilhoso Winds of Winter <3

  • Jean Paulo

    Eu tenho um calculo que o george levaria pra escrever o livroo seis.
    Tomando por base que o manuscrito tenha 1500 pags e tbm considerando q ele leve quatro anos, seriam 1461 dias contando desde a data de lançamento do livro cinco. Ai dividi 1500 por 1461 e deu um pouco mais de uma pagina por dia.
    Claro se ele seguiu a risca o modo como eu estipulei.mas. sei que nao. Mas mesmo ele nao tenha escrito uns dias ainda da pra termos o livro em 2015 e inicio de 2016 prq leva tempo pra traduçao e revisao todas essas coisas q fazem parte da composição de um livro
    Portanto tenho esperanças que o livro nao demore taaaanto assim. MAS CONHECENDO O ESTILO PERFECCIONISTA DE GEORGE R R MARTIN NE?
    vamos ser otimistas…

  • Jean Paulo

    Equipe do game of thrones br tenho um assunto otimo sobre uma teoria de o syrio forel ser jaqen hgar e que ele eh o alquimista do prologo de AFFC (acho que quase td mundo sabe disso) e q o objetivo dele en westeros eh ele coletar informações sobre dragões para o mindinho

  • doutor duh

    Essa teoria já está completamente batida. haha

  • hey_johnny

    ADwD teve 1500 em inglês? Tava achando que seria +- 1500 aqui tbm, não consigo imaginar o por que de ser 600 paginas de diferença, a não ser tamanho do livro e das letras.

  • Jean Paulo

    Quais pontos q podem não validar essa teoria?

  • Ecio Barbosa

    Ninguém alega que ele vá morrer, o problema é que ele mesmo já deixou tudo certo para que se ele morrer não possam terminar o livro por ele (exemplo tosco, o autor do mangá naruto já deixou autorizado ao irmão terminar pra ele caso morra ou fique incapacitado).
    Repetindo o que eu mesmo já disse aqui, caso ele morra sem escrever o livro 7 (ou até mesmo terminar o 6) vai ser provavelmente o primeiro grande fail da história da literatura do século 21.

    São poucos os autores que tem capacidade de prender o leitor e fazer com que os jovens esqueçam um pouco toda a titica que hoje em dia eles chamam de cultura (justin bieber, crepusculo, 50 tons de cinza…) e deitem pra ler um bom livro, por isso eu tiro o chapéu pro GRRM e pra JKRowling.

  • michel

    Ele diz que não se sente obrigado em terminar os livros, é logico que ele é obrigado, quantos fãs gastaram dinheiro com os livros e deram Ibope para a série, ele tem obrigação para com os leitores, sinto muita gratidão pela obra que o Martin fez e não acho que ele tenha obrigação de ficar todo dia na frente do computador todo dia, mas ele não pode reclamar dos leitores que pressionam ele pelo lançamento do livro.

  • paulofelcio

    O George não tem dentes? o.O

  • paulofelcio

    Já tá mais do que na hora né.

  • paulofelcio

    Primeiro: Um dos roteiristas da série disse que o George confirmou que Syrio Forel está morto. Segundo: Qual seria a verdadeira identidade dele? Syrio ou Jaqen? Se for Syrio, por que ele iria seguir Arya e ajudá-la? Se for o Jaqen, pq é que ele passou tanto tempo disfarçado de Syrio e deu aulas à Arya?

  • paulofelcio

    Já fizeram uma teoria parecida e estipularam que seria em Fevereiro de 2015, o que eu acho besteira. E o livro não depende de tradução para ser lançado, visto que o original é em inglês. Ele pode demorar mais pra ser lançado aqui no Brasil, mas em inglês ele vai ser lançado assim que for revisado e editado.

  • paulofelcio

    Mas o que faz vocês pensarem que ele vai morrer antes de terminar o sétimo livro? Tudo bem que ele demora muito pra escrever os livros, mas ele não é tão velho assim. O Tolkien era mais velho do que ele quando morreu. E creio que o intervalo entre o sexto e o sétimo livro não vai ser tão grande assim.

  • Vaz

    É isso mesmo, diagramação.

  • Ecio Barbosa

    O ponto não é ele ser velho ou não, é simplesmente o conjunto de fatos, além dele não ser tão novo e também não estar exatamente em perfeita forma, ele fez questão de proibir a continuação da série por outro ator, aliado a demora entre os livros gera esse desconforto nos fãs.

  • Fyama Santos

    ficarei feliz apenas por ele terminar de escrever .. hehe

  • Paulo Frank

    Que cara mais inteligente e sábio! Poderia escutar ele falando por horas!

    Adorei a critica q ele fez à obra do Tolkien falando do Reinado do Aragorn, sobre qual seria a politica de taxas e tb do que fazer em relação aos orcs remanescentes.
    Gosto mto dessa abordagem realística que ele dá a sua história que, a principio, nao precisaria ser dessa maneira, haja vista que é uma obra de fantasia e não precisaria se ater a isso, poderia ser uma viagem total, sem qualquer conexão com o nosso mundo. Essa mistura entre as caracteristicas e aspectos historicos do nosso mundo com Westeros foi tão coesa e surpreendente que não é de se admirar o sucesso que a obra vem fazendo por ai.

  • A questão não é só a idade, o G.R.R. Martin já passou por alguns problemas de saúde sérios, e pelo que sabemos sobre seus hábitos, ele não tem uma rotina muito saudável.

  • Baldor Ironwolf

    Paulo onde eu vejo ele falando sobre Tolkien?

  • Paulo Frank

    Ele começa a falar do Tolkien a partir do instante 13:35 mais ou menos…

  • Jean Paulo

    Se demorar a lançar um monte d sites vai traduz ir o livro ne?
    Quem perde um pouco sao as editoras

  • paulofelcio

    Bom, o sexto livro está em andamento! Creio que esteja quase pronto. Vamos esperar que o intervalo entre o sexto e o sétimo livro seja menor e que ele consiga pelo menos terminar o manuscrito antes de morrer! rs