Bispo não quer que catedral seja usada nas filmagens da 5ª temporada

sibenik1v

Há pouco tempo informamos aqui que Šibenik, na Croácia, estaria (supostamente) entre as locações para filmagens da quinta temporada de Game of Thrones. Essa semana, o prefeito Danijel Mileta anunciou publicamente que a equipe de produção da HBO realmente estará na cidade em Setembro desse ano.

No entanto, a a confirmação oficial veio acompanhada de uma controvérsia. Segundo o site Sibenik.in, a HBO está tendo problemas com uma das locações escolhidas na parte mais antiga da cidade: Por causa do conteúdo e dos temas abordados na série, 0 bispo decidiu não permitir que uma construção gerida pela diocese local fosse utilizada no projeto.

Sibenik_Cathedral_of_St_James_detailsA construção referida é, provavelmente, a Catedral de St. James (foto acima), cuja parte exterior terá um papel fundamental na quinta temporada por causa do portão distintamente ornamentado e das cabeças de pedra que decoram a fachada. Alguns atores precisariam aparecer entrando e saindo do santuário, o que será impossível se ele não for liberado pelo bispado.

É, cabeças de pedra, portão gigantesco… Parece mesmo a Casa do Preto e Branco, templo do Deus de Muitas Faces localizado em Bravos, como nós suspeitávamos.

Vamos torcer pra que a produção da série consiga resolver esse problema nas reuniões que acontecerão nos próximos dias.


A quinta temporada de Game of Thrones retorna em 2015 mas ainda não tem data oficial de estreia (provavelmente final de março/início de abril).

[Fonte: winteriscoming.net]

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Eduardo Storm

    Bom, considerando que uma das últimas cenas num Septo foi um estupro incestuoso ao lado de um cadáver, não é de admirar que fiquem com um pé atrás… mas gostei do templo e das cabecinhas, espero que os produtores consigam resolver

  • Messinho’

    Se não liberarem usem CGI ahauhauha

  • Vaz

    É isso aí, vão ter que fazer uma cena sem estupros e violência. Sou ateu, mas entendo que deve-se respeitar lugares religiosos por causa das pessoas que acreditam neles.

  • É isso aí; CG neles. Azar do Bispo, que vai perder o turismo, hehe.

  • Luna

    Sinceramente? Isso cheira mais a uma relação de força do que, sei lá, religiosidade propriamente dita…
    Antes de tudo, a Igreja (com I maiúsculo) é uma estrutura de poder que vem sendo acanhada ao longo dos últimos dois séculos. Então sempre que um bispo/padre desses prepotentes se vêem com a possibilidade de reafirmar seu poder eles vão lá e usam de sua força (ou abusam?).
    Só lembrar q outro dia um curta do Padilha (Padinha?) foi proibido pela diocese do Rio de filmar o Cristo Redentor no seu projeto.
    Oq isso tem a ver com religião?

    E os casos de pedofilia que eles encobertam eles nem tocam no assunto, né?!

  • Rodrigo MariMoon

    Esse bispo aí tem que entender que Crônicas de Gelo e Fogo é uma obra fictícia, não um documentário ou algo do gênero.
    Sim, Game of Thrones tem cenas fortes e tudo mais, mas é isso que faz a série ser tão boa; além de ensinar sobre política melhor que muita ficção e muito jornal por aí, até sobre a vida, em certos casos, como abordar traições e conflitos pessoais… E tudo isso da mente de um escritor gênio! Esse povo tem que entender que é uma série que ensina e entretém… Acham que tudo é apologia, que tudo é influenciável, que “aai, se as pessoas verem isso, vão tentar fazer igual!” Não é porque um ou dois fizeram que o resto vai imitar, né…! Eu, hein…
    Falo isso como escritor, pois sei bem como é um conservadorzinho tentar difamar minhas obras por serem +16/+18 – no mínimo, um +14…! Em meus livros, já abordei estupro, castração feminina e inquisição. E abordei pra deixar os meus livros mais realistas e sombrios. Não é como se eu dissesse “gente, façam o que ‘tá nos meus livros! Se ‘tá na história, tem que fazer no mundo real também!” Não mesmo… É uma ficção que criei. Nada mais. Entenderam?
    Essa gente é fogo, viu –‘…

  • Sano

    Ou mesmo construir de verdade. Não parece algo tão complicado assim de ser reproduzido.

    Azar o do bispo, pois a igreja deixará de receber visitantes fãs da série.

  • Vaz

    Isso não tem nada a ver com é ficção ou não. A igreja de certa forma pertence aos seus fiéis, àqueles que a frequentam. Se nessa igreja os frequentadores não gostam de GoT e/ou não querem que a mesma seja usada para representar o templo de um deus de muitas faces, eles tem o direito e não podemos julgá-los simplesmente porque gostamos de GoT.

  • Rodrigo MariMoon

    Nem sempre… Eles tem que entender que é preciso daquele local pra continuar as filmagens. Vai empacar semanas de filmagem por causa dum bispo ignorante? Claro que não… Nada que uma conversa franca – e um cachê generoso – não resolvam…
    A série é um sucesso e lucra tanto com a audiência tanto com a venda dos figures, cosplays e pôsteres, então dinheiro pra convencer o pessoal a deixar gravar a série não falta.
    Tipo, sou cristão e tal, mas sei que tem situações em que não devemos pensar na religião, senão só vai nos empacar… E essa é uma dessas situações.
    E na falta de paciência, faz a Maisie Williams atuar num estúdio de chroma key, e modelar essa catedral em CG, e prontinho.

  • Pablo B. Silvino

    Se não liberar, dá tranquilamente pra eles reproduzirem isso em estúdio; não parece tão complicado de construir, e a equipe da série é super competente, dá conta do recado tranquilamente

  • Felisberto Albuquerque

    O mais importante disto é : ARYA no Templo do Deus de Muitas faces …. UHUUUUUU… e recebendo treinando Ninja pra se tornar a gata do canais…..

  • Rolnei Tavares

    Eu acho a atitude do bispo compreensível. Se a igreja fosse aparecer apenas compondo o cenário de fundo eu acharia bobagem, mas a igreja vai ser emprestada para a produção usa-la como um templo de outra religião, pelo que entendi. Primeiro que igrejas tem um propósito religioso específico, portanto eu ja entenderia a resistência em deixar interromper os serviços religiosos de uma igreja para ela ser usada em uma peça de entretenimento. A situação fica insustentável quando a igreja vai representar uma coisa na série que é contrária àquilo que a igreja prega (porque o templo do deus de mil faces de braavos não tem nada a ver com o que essa igreja deve pregar, eu imagino).

    É como usar a sede do greenpeace pra ser usada num filme como uma industria destruidora do meio ambiente. Por mais que o roteiro não fosse anti-ambientalista, o greenpeace nunca permitiria ser associado com um destruidor do meio ambiente, mesmo que fictício.

    Se o bispo não visse problema nenhum e aceitasse uma grana pra filmarem lá seria sinal de que ele é um hipócrita.

  • Vaz

    Eles NÃO tem que entender nada! Eles não tem que acatar o querer dos envolvidos em GOT. Ademais o Rolnei Tavares respondeu legal aí em cima.

  • Haroldo

    O problema não é esse e sim de orçamento. Se utilizarem computação gráfica para reproduzir a Casa Do Preto E Branco, vai faltar para alguma outra cena. Como na segunda temporada que sumiram com os dragões da Dany para juntar orçamento para fazer a Batalha Da Água Negra. Ou na terceira, onde os Lobos Gigantes sofreram defasagem em relação aos Dragões. É muito mais fácil e real gravar uma locação existente e usar os efeitos gráficos apenas para alguns detalhes do que fazer tudo do zero, pois assim sobra verba para partes que realmente precisariam de efeitos gráficos.

  • Rhuagh

    O Bispo está certo. Rolnei Tavares já disse o que eu gostaria de dizer.

  • Pablo B. Silvino

    Não falo nem em cgi, mas em cenário real mesmo. Se é só a fachada que vai ser usada, dá pra construir tranquilo, acredito

  • Lucas Hansen

    “Eu sou um bispo e sou cuzão pra caralho.” Foi isso que eu tirei da notícia. rs

  • Rafaela Bastos

    É só deixar uma doação pra Igreja, eles adoram dinheiro, sempre gostaram!

  • Vinicius Costa

    Não Rodrigo. Eles não tem que entender. É religião , e não é por isso que o bispo é “ignorante”. Os fiéis não precisam ver seu local de culto sendo usado como cenário para uma série de TV adulta, onde o próprio propósito do lugar vai ser desvirtuado. É como querer entrar numa igreja e falar de Alá e Maomé. Entende? Não é tão simples.

  • Barbosa

    Tomara que não consigam, não gostei do cenário. Comum demais.
    Que procurem um mais grandioso. ahaahahah

  • Vaz

    Manda eles visitarem a globo e suas novelas.

  • gabriel

    ele esta no seu direito.
    o seu espaço termina quando começa o do próximo.
    considerando q a 4 temporada teve até incesto com estupro em um velório.
    deve ser beeeeem ofensivo para a religião cristã.

  • gabriel

    o bispo está mais do que certo.
    o lugar é uma igreja.
    game of thrones vai contra TUDO que um cristão acredita.
    o seu espaço termina quando começa o do outro.

  • gabriel

    vc acha mesmo que eles n ofereceram dinheiro pro bispo libera a catedral?
    e mesmo assim ele n deve ter aceitado, oque mostra q ele n quer dinheiro…
    ta na hr de abri um pouco essa sua cabecinha e parar de pensar q todo cristão é hipócrita.
    TODA generalização é burra.

  • mauricio braglia

    Aquestão é quanto de grana opa contribuição para obras da diocese ou donativos para os pobres bolsos digo pessoas desvalidas e necessitadas rsrsrsrs

  • Rafaela Bastos

    Só tava zoando, hômi cheio do ódio e da superioridade.

  • D_a_v_z

    Inclusive essa que você fez?

  • rodrigo_Seven

    Concordo, mas.. pensando no retorno (esse provavelmente deve ser o argumento principal além do dinheiro) as sedes do seriado ganham mais notoriedade turística depois que a produção passa. Aumentando a visita a Catedral e por sua vez, uma oportunidade evangelística que o Bispo deveria considerar.
    Eu acho que eles conseguem convencer o bi$po 🙂

  • gabriel

    qual?