Pedro Pascal fala sobre a cena final de “The Mountain and the Viper”

Esse texto possui spoiler do episódio 4.08 de Game of Thrones. Você foi avisado.

large
O lance com o Víbora Vermelha é que, não importa o que aconteça ou quanto tempo passe, essa morte nunca será superada. Foi feia e foi gráfica, tanto no livro quanto na série. E cruel, principalmente por se tratar de um personagem que é tão fascinante e que se vai tão cedo na história. Mas essa história está cheia de possíveis desdobramentos legais. Primeiro sabemos que as filhas do personagem foram escaladas para a quinta temporada. E elas são sensacionais. Mas, talvez mais importante do que isso, é saber que a HBO ajudou a revelar um ator tão bacana e peculiar, que com certeza terá uma carreira muito legal pela frente depois deste papel. A Vulture e a EW falaram com Pedro, ator chileno de 39 anos, sobre como foi dizer oi e adeus para uma franquia tão grande como Game of Thrones em um curto período de tempo:

Sobre estar sendo reconhecido nas ruas:

Estou em Nova York agora ensaiando Muito Barulho por Nada para o Shakespeare in the Park e, quando estou indo para casa de metrô, como tenho feito há 20 anos em Nova York, de vez em quando um estranho me dá um sorriso e faz um ‘joinha’, ou me pede para tirar os fones de ouvido para perguntar se eu sou Oberyn Martell o príncipe de Dorne. Todo mundo tem sido muito gentil.

Sobre o ‘sotaque latino’ que ele inventou para a série e o fato de que todos os dorneses escalados terão que ‘imitá-lo’ agora:

Algumas pessoas sabem que tenho sotaque americano. Espero que eles não fiquem muito desapontados ao se darem conta que não falo assim. Vou me sentir um pouco culpado se os atores tiverem que imitar meu sotaque, espero que não os obriguem a falar como um bi-guerreiro-amante-latino. Eu tenho certeza que eles vão encontrar atores que trarão seu próprio jeito de falar.

Sobre o conceito de julgamento por combate ser absurdo: “Um julgamento por combate é um conceito muito estranho – se você ou seu campeão são capazes de matar alguém, isso significa que você não matou quem você está acusado de assassinato. Isso é um absurdo, logicamente”:

É como o julgamento das bruxas de Salem. Se você sobreviver a essa horrível tortura física, isso significa que você é uma bruxa, então você é morta. Se você não sobreviver, se você morrer, uh oh! Eu acho que você não é uma bruxa. Eu acho que a série coloca um holofote sobre essas contradições, e se recusa a dar-lhe o sentido típico da justiça do gênero de fantasia, sabe? E é frustrante e fascinante e terrível. As pessoas adoram a honestidade brutal da série que é intransigente. Eu tinha todos os dez episódios da temporada antes de voar para a Europa, e eu os li vorazmente. Eu sou um fã da série, e eu estava lendo como um fã em primeiro lugar, sabe? E eu li todos os episódios muito, muito rapidamente. E quando eu cheguei ao meu episódio final, eu fiquei realmente impressionado com a semelhança que foi à cena nos livros.

Sobre o treinamento que teve para a cena de duelo:

Hafthor estava em uma competição de força na China, e ele voltou com o título de terceiro homem mais forte do mundo! Isso é muito impressionante . O nosso coordenador de dublês me disse: “Só para você saber, ele é o terceiro homem mais forte do mundo. É oficial.” [Risos] E então nós realmente tivemos que pular para o ensaio imediatamente. Eu nunca tinha feito nada parecido antes. Eu já tinha feito aulas de combate típicas, e tive papéis que foram mais físicos – interpretei um boxeador uma vez, e eu lutei com Maggie Q em um episódio de Nikita – mas nada como isso. E eu tive sorte em muitos níveis, com essa equipe de luta incrível, e este gigante tão gentil. Daí nos divertimos muito. Era muito, muito desafiador, e eu estava totalmente intimidado, e eu queria fazer direito – para os leitores, para a produção, e para mim.

A HBO me deu a oportunidade de ir à Los Angeles para ter aulas de artes marciais acrobáticas chamada Wushu, com esse cara chamado Master Hu, aprender como segurar a lança e outras coisas. Usamos longas varas de bambu, e ele começou a me ensinar o básico, as possibilidades de movimentos em uma luta, coisas assim. E daí depois eu teria que praticar sozinho. Eu comprei uma haste de cortina na Home Depot, e eu tinha um apartamento vazio alugado em Los Angeles. Eu vivi em Nova Iorque a maior parte da minha vida adulta, mas comecei a ter que ir para LA cada vez mais nos últimos tempos. Então eu tinha todo este espaço para aprender este movimento particular de helicoptering com a lança e fazê-la emitir este ruído sibilante. [Risos] Então, eu praticava no meu apartamento vazio, e vez ou outra machucava meu próprio rosto. [Risos]

Sobre como foi filmar a luta:

Foi muito intenso, as filmagens duraram três dias. Estávamos na arena exposta à luz solar durante todo o dia. Eu estava coberto em camadas de roupas e armadura e voando ao redor como uma vespa, e tinha que ser ágil. Voando em torno deste cara com 2.06 metros de altura e 170 kilos, que literalmente tinha uma espada que ia do chão até o meu queixo. Não me machuquei mas poderia ter feito mais alongamentos, o figurino rasgou-se.

Sobre o que Oberyn fez de errado:

Ele ficou muito perto e muito longe e foi entregue por sua própria paixão. Porque, em última análise, trata-se de derrotar este homem que estuprou e matou sua irmã, mas antes que ele pudesse fazer isso, antes que ele pudesse acabar com a vida deste homem, ele precisava de uma confissão. Ele precisava ouvir. E curiosamente eu tive uma grande conversa com Lena Headey sobre a jornada de Oberyn, e como mesmo que acabe mal, ele ainda ouve a confissão, sabe? E o êxtase de conseguir isso, mesmo que custe o seu fim.

Sobre o último dia no set de filmagens:

Foi muito agradável e tranquilo. Foi a cena passeando pelo jardim com Lena Headey e a última coisa que eles filmaram foi quando eu estava olhando para a Mar Adriático. Então eu arranquei minha roupa e pulei no oceano. Daí disse adeus a todos e entrei na van que seguia para o aeroporto.

Sobre o que ele levou com ele dessa experiência:

Interpretando o melhor personagem que já consegui, no maior elenco eu já estive parte, e trabalhando com a HBO e Dan e David foi uma oportunidade de uma vida. Eu não saberia como simplificar isso em uma resposta apropriadamente.

Pedro também participou de uma entrevista muito engraçada com o site da Variety. Ele descreve como seria o funeral de Oberyn e, acredite, esse é o tipo de coisa que mostra como Pedro é um cara excelente e definitivamente ENTENDIA seu personagem:

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Felisberto Albuquerque

    Teve alguém lá no comentário do episódio com spoilers que, citou ser um exagero e fora da realidade um homem esmagar o cranio de outro homem… Bom, o ator que enfrentou o Montanha é “somente” o 3º homem mais forte do mundo… que coisa hein…
    Alguém também citou sobre os movimentos do Oberyn serem parecidos com Wushu… acertaram…
    Oberyn Vai fazer falta na série, mas deixou o seu legado.. E este legado responde pelos nomes de Serpentes de Areia… E são tão mortais quanto Oberyn.

  • Thales Quintiliano

    o cara é demais mesmo!!!!!

  • Juliana Ribas

    A entrevista descontraída é uma forma de suavizar um pouco esse pesar que nos abate pós morte…

  • Gorgonzola

    Está aí um cara MUITO FODA! Espero que tenha uma ótima carreira pela frente. Eu com certeza vou acompanhar e aplaudir.

  • Joan Martins

    “Lannisters burning in the fire!!!” loool I loveeeeed it!!! Esse cara é demais!!!!!!!!

  • Eduardo Amorim

    #LutoOberyn. Valeu Pedro Pascal vai fazer muita falta na serie :'(

  • Sano

    A morte cruel do Oberyn só reforçou a grandiosidade e o lamento que sentiríamos pela perda do Pedro Pasca/Oberyn. Morrer em Game Of Thrones é normal, ótimos personagens morreram e ainda morrerão, mas alguém como ele ter uma morte tão brutal só nos faz lamentar ainda mais, porque ele não merecia isso. Desde o Ned eu não senti tanto o falecimento de alguém em GoT.

  • João Gabriel

    “Daí disse adeus a todos e entrei na van que seguia para o aeroporto.”… fiquei muito triste ao ler isso… Pedro Pascal vai deixar saudades na série, assim como Oberyn :'(

  • Telma

    Um ator excepcional, um personagem maravilhoso e cativante e claro um homem lindo. Fará uma tremenda falta por tudo isto.

  • Ivone

    Arrepiante a cena final e parabéns a todos os envolvidos pela realização, especialmente Pedro Pascal, muito bem caracterizado e que já deixa saudades do seu Oberyn. A propósito, curti muito encontrar no twitter várias brincadeiras no estilo “Numa escala de 0 a Oberyn, qual o nível da sua dor de cabeça?” 😀

  • João Gabriel

    “Daí disse adeus a todos e entrei na van que seguia para o aeroporto.” Fiquei muito triste lendo isso… Pedro Pascal vai fazer muita falta na série, e o Oberyn também. Estou profundamente arrasado :'(

  • Lukkas Souza

    que sujeito maneiro, além de ser um excelente ator!

  • Lian Castro

    No quesito, “mergulhar de cabeça” na interpretação do personagem, ele só perde pra Peter. Ambos sensacionais.

  • Bryam

    hehe ele realmente foi um excelente personagem kkk e que fez todos cometerem o “maior erro” de game of thrones, gostar de um personagem x.x

  • Maria Jordão

    Nossa, ele além de ótimo ator, é muito simpático.
    Sabia que já visto ele em outra série, mas só agora descobri qual… Nikita <3

  • Gabriel Galvao Oliveira

    mais um personagem dos livros que cresce na serie graças a uma excelente atuaçao do ator

  • Allan Camuri

    ele e mo gente boa

  • Triste pensar que nessa temporada 2 dos atores mais fofos foram embora 🙁

    (o Jack Gleeson e agora o Pedrinho)

  • Vítor Barreto

    A personalidade dele parece ser tão semelhante a do próprio Oberyn. É incrível!

  • Luis Fernando

    O que ele fumou antes de falar do funeral??? BRILHANTE! Vai deixar saudades!

  • Júlio Felipe Hartmann

    Muito bacana a entrevista. Ajudou a aliviar um pouco meu trauma do ultimo episódio (e do livro).

  • Fernando Araújo

    Com certeza um breve personagem que cativou a muitos, da minha parte nunca sera esquecido, parabéns ao grande Pedro Pascal que foi capaz de dar vida a Oberyn Martell e eternizá-lo na mente de muitos, não importa o que li ou vi, Oberyn foi o vencedor…

  • Djalma

    Tomara que vejamos mais o Pedro Pascal em filmes e séries por ai.

  • Ecio Barbosa

    Um comentário que acabei de ver em outro post:
    Perdemos um Oberyn, mas ganharemos pelo menos 4 versões dele femininas.

    Eu refleti um pouco sobre isso, cheguei numa conclusão meio cruel.
    Não sei se é a mesma equipe que faz a seleção dos atores infantis para o restante do elenco, mas considerando que as víboras tem praticamente a mesma idade do Jon, Dany e Robb (atores que deixaram a desejar)… Como eu queria que os responsáveis pelo elenco infantil (se é que tem diferença) fossem responsáveis pelo restante, depois de ver atuações dos atores que fazem Arya, Sansa, Joffrey, Bran, e até o brasileiro Robin, fazendo um ótimo trabalho, até mesmo tornando suportáveis personagens tão chatos (bran e sansa!), sem mencionar o restante que tenho a impressão de só não terem a oportunidade de se mostrarem mais por estar em personagens com menos foco. É uma pena que o “Joffrey” decidiu não seguir carreira de ator.

    Vendo as cenas da Dany, eu imagino o Jackie Chan no mais recente Karate Kid, ele falando: agora sem careta kkkkkk

    Ps.: Fiquei com preguiça de olhar os nomes dos atores, por isso só ta o do personagem.

  • Peterson

    Vc é/foi de mais cara! parabéns!

  • Eduardo Barbosa Barros

    Ele é foda demais!

  • Victor Hugo Macedo

    Não tinham como escalar melhor :~ sdds

  • a verdade

    GOT revela grandes atores ou tornar aqueles que já são grandes mais conhecidos: Obreyn, Joffrey, Lysa Arryn, Ned, Catelyn, Rob (só citei os que já morreram).

  • Larissa Lins

    Nossa, ele parece ser MUITO legal, tipo de gente que dá vontade de ser amiga. 🙂

  • Casa Stark

    Parabéns pelo ótimo ator e grande personagem, sentiremos falta desse personagem, como nosso bom fã falou logo abaixo, alguns dos personagem que já morreram tmb foram bem reconhecidos, principalmente Ned Stark grande cavaleiro do escudo em O Senhor do Aneis, grande e ótimos atores, parabéns HBO.

  • Dom Paulo Dornas

    São essas mortes no qual lamentamos que acarretam em grandes desdobramentos da história, vide Ned Stark… Agora com o Oberyn… qual será a proxima morte impactante?

  • Ana Lúcia Silva Costa

    A temporada ainda não acabou!!! hahahaha!

  • Felisberto Albuquerque

    Hmmmm… acho que não pode spoilear aqui… Mas vai deixar o povaréu em polvorosa…

  • Daiana

    Entrevista incrível.. fácil de ler por ser um ator até então realmente cativante no que fala e como atua.. legal saber sobre o trabalho feito e sobre a ultima cena também… Game of Thrones é viciante em tudo,, literalmente TUDO.

  • Marco Antonio de Oliveira Jr.

    Grande ator…

  • Roberto

    Será que o episódio 09 (conhecido pelo clímax que atinge) conseguirá superar o ápice desse episódio…

  • Sano

    Ele participou da sexta temporada de The Mentalist como um agente do FBI, Pike.

  • Thaynan Galhardo

    Ele foi perfeito!!! Pena que o Martin gosta de nos fazer sofrer…. rs… seria ótimo ter ele por mais tempo na série.

  • Leandro Mendes

    Excelente ator. Gostei muito de sua participação. Aliás todos os atores da série são excelentes. HBO soube escolher.

  • Gregor Mendes

    O casamento vermelho foi pior…

  • Gregor Mendes

    A atriz que interpreta a Cat está trabalhando no 24hs 9ª temporada.

  • Paulo Frank

    Achei sensacional essa ideia de funeral! Especialmente a parte da orgia! hahahaha
    Já pensou? Uma orgia em um funeral? hahahaha mto massa

  • Carolina

    Eu adorava o sotaque do Oberyn… Pensei que ele falasse assim na vida real

  • Larissa_Alves

    Ri muito… Como esse cara é legal, vou sentir muitas saudades de seu Oberyn. Por que a HBO escalou um ator tão bom assim?! Só pra destroçar nossos corações, é isso?… :'(

  • aline

    Pedro Pascal calou a boca de muito fã. Não fiquei particularmente chateada com a escalação dele na época que foi anunciada, mas lembro que estranhei – imaginava alguém mais esguio e com mais jeitão de “amante latino” pro Oberyn. Mas ele foi fantástico. 🙂 Todo mundo vai sentir falta. Pelo menos ele abre as portas para o núcleo de Dorne na série, que de longe é o que estou mais a fim de ver *__*, e o faz com muita justiça.

  • Don Ramon

    Nos livros, pra mim, só mais uma. Mas é interpretativo o sentido dela.

  • Ciro Leipripej

    Foi a cena passeando pelo jardim com Lena Headey…

    Acho que rolou um clima.

  • Carolina Alvarenga

    vai ser legal a proxima morte relevante

  • Ed

    Martin errou feio nesta morte, pois ficou o gosto de derrota e não de vitória! Se Obelyn fosse ferido mortalmente e daí em um golpe fatal matasse o Montanha, a sim seria uma cena com direito à orgasmo do espectador, que tanto sofre com as desgraças e injustiças da série.

  • Victor Santos

    A verdade é que a cena final de Oberyn ficou na minha mente durante dias, quando fecho os olhos ainda consigo escutar aquele grito mortal de sua amada ao ver um final tão trágico… triste, curtia muito a víbora!

  • Ecio Barbosa

    Olha o easter egg, pike é o tipo de lança que ele usou na luta.

  • Bruna Estrella de Lucena

    Leia os livros jovem gafanhoto.

  • Martell_Member

    Oberyn precisava morrer, sem a morte dele não aconteceria 90% das coisas que vão acontecer daqui para frente. Eu já tentei imaginar como seria se ele tivesse vencido, não daria para encaixar em absolutamente nada. Ele é o meu segundo Martell preferido mas… foi melhor assim! Chegou, mitou, morreu e jamais sera esquecido!

  • Castle_Bravo

    Se o espectador não sofresse não seria GoT.

  • JPaulBeaubier

    Bruna, nada a ver o que vc falou. Releia a parte dele.
    Caso típico de quem quer se sentir especial porque leu os livros.

  • Gorgonzola

    Bullshit.

  • Rodrigo Silva

    Aquela morte que vai dar origem a frase que ecoa na nossa mente ao decorrer do livro 5. Sera que a teremos na serie? Poxa, a cada ep que vejo eu fico com uma vontade imensa de reler todos os livros novamente. Uma pena o tempo da vida adulta seja tao disputado por responsabilidades e obrigações q tomam mto tempo. Quando li pela segunda vez o 1°, me emocionei com o dialogo final entre o Ned e o Robert.

  • Fyama Santos

    grande responsabilidade, que encarou perfeitamente! Oberyn, eternizado em minha mente através de Pedro Pascal <3

  • Sheila Albuquerque

    é tipo o povo q usa Mac e se acham os Jobs da vida

  • Eduilson

    Tudo bem que ele precisava morrer…mas não daquele jeito, poderia ter uma variação melhor da morte dele

  • Yze

    Teve gosto de derrota pq foi uma derrota, ué…

  • Roberto

    Parabéns. vc nos cativou desde o início. Sentiremos saudades!

  • Ed

    Concordo com vc…foi isso que eu quis dizer! Poderia ser diferente, menos cruel pra ele e mais cruel para o Montanha!

  • Gigante

    To muito puto!!! Esse cara foi demais… não poderia morrer, puts!!! pra não dizer outra coisa.

  • Lígia Portela

    <3 E ASSIM SE FOI UM DOS ÚLTIMOS PERSONAGENS MASCULINOS CARISMÁTICOS DESSA TEMPORADA( E COM CERTEZA O ÚNICO QUE ERA UM COLÍRIO PROS OLHOS) <3 Pronto, desabafei. Mas sério…tirando o Daario Naharis, que praticamente não aparece, não existe mais nenhum personagem que possua as duas coisas. O Jaime quando era "mau" pelo menos tinha um humor ácido, umas tiradas inteligentes, agora tá um saco.