Leia excerto traduzido de ‘The World Of Ice And Fire’: Os Dez Mil Navios

Elio e Linda do Westeros.org apresentaram em seu site, mais um trecho do livro ‘The World of Ice and Fire‘, que foi escrito em parceria com George R. R. Martin. O trecho apresenta o início de “Os Dez mil navios“, uma parte do livro dedicada aos eventos que levaram à chegada dos Roinares a Westeros, começando com a relação e passando pelo conflito entre os povos do Roine e os Valirianos. O livro será ricamente ilustrado vários artistas, uma dessas ilustrações que pode ser vista abaixo, mostra uma representação da princesa Nymeria pelo artista JK Drummond.

A Rainha Nymeria por J.K. Drummond.

A Rainha Nymeria por J.K. Drummond.

Leia abaixo o trecho traduzido do conto Os dez mil navios. Para ler o primeiro trecho publicado do livro, clique aqui.

A versão completa do conto estará disponível na versão final do livro. Caso não consiga visualizar o trecho, faça o download aqui.

Para ler os demais posts sobre ‘The World Of Ice And Fire’ clique aqui.

Como um bônus, Elio e Linda publicaram um vídeo no Youtube, discutindo o livro, o processo de escrita, e falando um pouco sobre seu conteúdo. Veja o vídeo abaixo, sem legendas.

“The World Of Ice And Fire” já está em pré-venda na Amazon e não tem previsão de lançamento no Brasil divulgada.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Vou cometer uma blasfêmia aqui mas acho que estou mais ansioso para este livro do que para The Winds Of Winter

  • Pequeno Cícero Aposentado

    Kkkkkk fui vendo que a primeira guerra entre esses povos foi A Primeira Guerra da Tartaruga, e lembrei que, segundo a Wikipedia, hoje é dia da tartaruga kkkkkk:

    “23 de maio – Dia Mundial da Tartaruga desde 2000 – American Tortoise Rescue”.

  • Matheus Borges

    ”Ao invés de enfrentá-lo em campo, os volantenos
    recuaram para trás de suas paredes pretas e apelaram para a Cidade
    Franca de Valíria por ajuda.

    E os dragões
    vieram. Não três, como o príncipe Garin havia enfrentado em Volon
    Therys, mas trezentos ou mais, se os que dizem as lendas que chegam até
    nós pode ser acreditado. Contra o fogo, os Roinares não puderam
    suportar. Dezenas de milhares de pessoas queimadas, enquanto outros
    correram para o rio, na esperança de que o abraço do Mãe Roine fosse
    lhes oferecer proteção contra chama de dragão…só para se afogar no
    abraço da mãe.”

    PÁ-TA-CA-PÁ-REU

    Quando a gente pensa que o Martin já esgotou as idéias para histórias épicas ele joga isso na nossa cara.

    Exigo um livro de ao menos 1000 páginas e um filme disso! Pra ontem! :V :V

  • Dom Paulo Dornas

    Vão lançar em portugues?

  • Eduardo Amorim

    PQP! 300 dragões *-*

  • Pequeno Cícero Aposentado

    Kkkkkk nem rola de pedir “na cara não, pra não estragar o velório”.

  • Pequeno Cícero Aposentado

    Eu estaria mais se a história principal dos livros já tivesse acabado.

  • Pequeno Cícero Aposentado

    É sabido que sim.

  • Faltou um Túrin Turambar nas histórias do Martin pra matar esses dragões. O bagulho é tipo um super trunfo. “To perdendo na guerra, chama os dragão”.

    Pensar que no Skyrim era tão fácil matar dragão.

  • Elaine Oliveira

    Não vejo a hora desse livro chegar por aqui!!!

  • yuri

    Nossa, que mundo fantástico esse criado por Martin.

  • RedViper

    300 dragoes? imaginei a cena na minha cabeça e mano…não ter como isso ser menos que EPICO!

  • Gildo Cravo Batinga Neto

    Nem todos os dragões podem ser gigantescos, imagino dragões do tamanho de cavalos. Perceba que os Targaryen eram uma das mais nobres famílias da antiga Valíria, que previram a sua destruição e fugiram para as terras além mar – isso explica os ovos de Daenerys serem de uma ótima espécie, talvez, até mesmo sejam filhotes de Balerion, Meraxes e Vhagar.

  • Joao Palmadas

    Eu acho que os Targaryen eram uma casa menor, entre os nobres de Valíria. Dragonstone era um posto avançado do Império, longe da capital e portanto longe do centro de poder.

  • Joao Palmadas

    Vai ter cópia pirata?

  • diegomarcelini

    Da até inveja de quem vai ler o livro depois de ler esses textos, principalmente os capitulos do Tyrion no Dança…

  • Guilherme Caran

    Da Wiki:
    “A Casa Targaryen é uma das quarenta casas antigas, os chamados Senhores de dragões, da Cidade Franca de Valíria, um grande império que dominou a maior parte do continente oriental. Porém, os Targaryen não eram uma das famílias mais poderosas, sendo que a supremacia do império era disputada entre dois outros clãs mais importantes.
    Antes da Perdição, Daenys, a Sonhadora, previu o cataclisma que se seguiria. Seu pai, Aenar, deu ouvidos à filha e se mudou com a família para o posto mais ocidental da Cidade Franca, a ilha-fortaleza de Pedra do Dragão. Para os outros nobres valirianos, isso foi visto como fraqueza. Doze anos depois que os Targaryen haviam se instalado em Pedra do Dragão, ocorreu a Perdição, o que levou ao colapso do império. Os Targaryen foram os únicos senhores de dragões que sobreviveram.
    Aenar havia levado os cinco dragões da família para a ilha, mas quatro morreram em circunstâncias desconhecidas, deixando apenas Balerion. No entanto, dois ovos foram chocados, originando Vhagar e Meraxes.”

  • Edu Mad-Hatter

    Mesmo assim nos vemos a historia se repetir. Grandes impérios, príncipes e reis crescem e desaparecem. A magia e criaturas fantásticas estiveram la presentes mas o tempo destruiu a todos e so tem a lembrança ou poucos para se constatar que existiram.
    Estes arcos so me fazem pensar que teremos uma mudança profunda no final da saga e ela ja começou.

  • Rodrigo Poncinelli

    Muito rica a história dos roinares, me lembrei da passagem do Tyrion de navio pelo rio, e a fantástica visão dele da tartaruga gigante.

  • Eduardo Amorim

    Eles mataram 3, ai vem a porra toda logo 300 huehue

  • Messinho’

    Eu só pude pensar como isso seria lindo de se ver no cinema.

  • Calvin

    É uma pena, Arianne aparentemente ao contrário do pai não herdou a prudência de sua ancestral, mas quem sabe? Ela ainda é jovem talvez a adquira futuramente.

  • Lucas Lotti

    Tinha que rola um filme com direção Peter jackson.

  • Alexandre

    Eu queria muito que lançacem uma edição ” de luxo” desse livro, tipo, com o dobro do tamanho, capa dura, páginas de altíssima qualidade, quem sabe até com as páginas douradas ( a parte lateral) pra eu botar na minha sala. Eu pagaria qualquer preço… ( ou quase:-)

  • leandrosr

    Não queira isso Lucas. Iam ser três filmes de 3 horas cada com muito cg descarado e vc só ia achar legal quando aparecessem os dragões lá no final do segundo filme!

  • Everton Santos

    Só eu que achei que a Nymeria dessa arte ficou parecidissima com a Evangeline Lilly?

  • Daniel Batista

    300 dragoes *-* iamgina a cara de “fudeu” do principe Garin quando viu eles

  • Fernando Santos

    Cara, olha bem. ela é a cara da Charlotte Gainsbourg.

  • Gomes, Allan Gomes

    É sabido que sim.

  • Vangelis Matos Medina

    kkkkkk o hobbit ta foda msm.

  • Rodrigo Cristoforeti

    Agora tá explicado pq os nymeros dorneses demoraram a se juntar aos dragões e o porquê de seu lema ser: Insubmissos, não curvados, não quebrados.

  • Sensacional, não vejo a hora de ser lançada.

  • mauricio braglia

    Que maravilha um trabalho belo e delicado esta “enciclopédia”, tomara q chegue logo ao Brasil.
    Mais uma vez vocês da equipe games of thrones br se superaram uma tradução escelente se a editora tiver algo entre as orelhas vai chamar vcs pra tradução
    parabéns de novo.