A grande conspiração dos Meistres da Cidadela. Parte I

Diversas teorias com base em acontecimentos de todos os livros apontam para a existência uma grande conspiração orquestrada pela Ordem dos Meistres e que estes pretendem acabar com a magia do mundo. Dentre as ações tomadas pelos Meistres para conseguir exterminar a magia está a destruição de todos os dragões, feito que eles deveriam acreditar ter conseguido até que Daenerys deu vida a três dragões de uma só vez.

Nesta primeira parte da análise da teoria começaremos pela Rebelião de Robert Baratheon ou Guerra do Usurpador. Nesse texto iremos analisar o que realmente pode ter acontecido por trás da Rebelião e o que nos leva a crer que pode ter sido uma ação manipulada pela Ordem dos Meistres com a finalidade de acabar com o reinado dos Targaryen em Westeros e tomar de volta os Sete Reinos, pondo fim a linhagem de Aegon o Conquistador.

meistres

ATENÇÃO: esse texto contém spoilers dos livros até A Dança dos Dragões.

O QUE SABEMOS SOBRE A REBELIÃO DE ROBERT?

O conflito teve início depois que Rhaegar Targaryen sequestrou Lyanna Stark, que estava prometida a Robert Baratheon. Apesar dos apelos de Hoster Tully por paciência, Brandon Stark rumou a Porto Real. Lá, ele foi até a Fortaleza Vermelha e, aos gritos, desafiou o príncipe Rhaegar a sair e morrer. O Rei mandou prendê-lo junto com sua comitiva (seu escudeiro Ethan Glover, Jeffory Mallister, Kyle Royce, e o neto e herdeiro do Senhor do Vale Elbert Arryn) por conspirar a morte do príncipe herdeiro.
O Rei Aerys II Targaryen, cada vez mais insano desde o Desafio de Valdocaso, ordenou que os pais dos prisioneiros se apresentassem diante do Trono de Ferro para responder às acusações feitas contra seus filhos. Quando o fizeram, todos foram mortos sem julgamento. Ethan Glover foi o único sobrevivente. Lorde Rickard Stark exigiu um julgamento por combate e foi assado vivo em sua armadura, enquanto seu filho Brandon, preso pelo pescoço em um dispositivo, acabou estrangulando a si mesmo tentando salvar o pai. Logo depois, o Rei Louco exigiu as cabeças de Robert Baratheon, de Eddard Stark e de seu protetor, Jon Arryn. Porém, o Lorde Arryn reuniu seus vassalos e iniciou uma rebelião, protestando contra os injustos atos do Rei Louco.

Robert Baratheon e Eddard Stark (Arte de Enife)

Robert Baratheon e Eddard Stark (Arte de Enife)

POR QUE DUVIDAR?

Sempre fomos ensinados que a guerra de Tróia se iniciou após Paris sequestrar Helena, a esposa de Menelau, mas hoje sabe-se que a guerra teria sido motivada por interesses políticos e pela rivalidade comercial entre Tróia e o reino mercantilista micênico.

O assassinato do arquiduque Ferdinando é conhecido como o estopim para o início da Primeira Guerra Mundial, mas ao estudar um pouco mais sabemos também que o conflito foi um resultado das políticas das grandes potências imperialistas. Já havia sido criado o clima para o início da guerra, o assassinato do arquiduque foi apenas o gatilho para que a guerra se iniciasse.

Sabemos que o rei Aerys estava cada dia mais louco e paranoico em relação a uma possível tentativa de golpe, os nobres estavam cada dia mais descontentes com sua loucura afetando a política do reino. Mas por que estes não apoiaram a sucessão de Rhaegar ao Trono de Ferro já que este era o príncipe amado pelo reino e herdeiro de direito?

Como será que surgiu essa ideia de colocar Robert na linha de sucessão ao trono?

VAMOS AOS FATOS!

No capítulo 37 de A Dança dos Dragões, O príncipe de Winterfell,  Lady Dustin conversa com Theon a respeito dos Meistres.

Quando o Meistre Medrick caiu sobre um joelho para murmurar ao ouvido de Bolton, a boca da Senhora Dustin torceu-se de desagrado.
— Se eu fosse rainha, a primeira coisa que faria seria matar todas aquelas ratazanas cinzentas. Correm por todo o lado, vivendo das sobras dos senhores, chiando umas com as outras, sussurrando aos ouvidos dos seus amos. Mas quem são
realmente os amos e os servos? Todos os grandes senhores têm o seu meistre, todos os senhores de menor gabarito aspiram a ter um. Se não se tem um meistre, isso é visto como querendo dizer que se é de pouca importância. As ratazanas cinzentas leem e escrevem as nossas cartas, mesmo para senhores que não sabem ler, e quem poderá dizer com certeza que não estão distorcendo as palavras para os seus próprios fins? De que servem eles?, pergunto-vos.
— Curam — disse Theon. Parecia ser o que se esperava dele.
— Curam, pois. Nunca disse que não eram subtis. Tratam de nós quando estamos doentes ou feridos, ou perturbados com a doença de um pai ou de um filho. Sempre que estamos mais fracos e mais vulneráveis, lá estão eles. Às vezes curam-nos, e ficamos devidamente agradecidos. Quando falham, consolam-nos na nossa dor, e também ficamos gratos por isso. Por gratidão, concedemos-lhes um lugar sob o nosso teto e deixamo-los ao corrente de todas as nossas vergonhas e segredos, fazemo-los participar em todos os conselhos. E não demora muito até que o governante passe a governado.

“Foi isso que aconteceu ao Lorde Rickard Stark. O nome da sua ratazana cinzenta era Meistre Walys. E não é inteligente o modo como os meistres respondem só pelo primeiro nome, mesmo aqueles que tinham dois quando chegaram à Cidadela? Assim, não podemos saber quem realmente são ou de onde vêm… mas se se for suficientemente decidido ainda se pode descobrir. Antes de forjar a sua corrente, o Meistre Walys era conhecido como Walys Flowers. Flowers, Hill, Rivers, Snow… damos esses nomes a crianças bastardas para as assinalar como o que são, mas elas são sempre rápidas a verem-se livres deles. Walys Flowers tinha uma garota de Torralta como mãe… e um arquimeistre da Cidadela como pai, segundo se dizia. As ratazanas cinzentas não são tão castas como nos gostariam de levar a crer. Os meistres de Vilavelha são os piores de todos. Depois de Walys forjar a corrente, o seu pai secreto e os amigos dele não perderam tempo a despachá-lo para Winterfell para encher os ouvidos do Lorde Rickard com palavras envenenadas doces como o mel. O casamento Tully foi ideia dele, não tenhais dúvidas, ele…

No capítulo 41 de A Dança dos Dragões, O vira casacas, Lady Dustin continua sua história a respeito de Lorde Rickard Stark.

Mas no dia em que soube que Brandon ia casar com Catelyn Tully… não houve nada de doce nessa dor. Ele nunca a quis, garanto-vos. Disse-me isso mesmo na última noite que passamos juntos… mas Rickard Stark também tinha grandes ambições. Ambições meridionais, que não seriam promovidas se o seu herdeiro se casasse com a filha de um dos seus vassalos. Depois disso, o meu pai nutriu alguma esperança de me casar com o irmão de Brandon, Eddard, mas Catelyn Tully também ficou com esse.

No primeiro trecho ficamos cientes de que Lorde Rickard estava sendo influenciado pelo seu conselheiro, o Meistre Walys. Depois disso, Lady Dustin complementa a história dizendo que Brandon foi prometido a Catelyn a fim de garantir uma aliança entre as duas casas, Tully e Stark, o que seria uma ambição do Lorde Stark ou possivelmente do Meistre Walys. Lady Dustin pode apenas odiar os Starks por ter perdido a oportunidade de se casar com o homem que amava, Brandon ou será que há algo mais profundo na história? A ambição de Lorde Rickard Stark mencionada por Lady Dustin parece indicar que há algo mais além da loucura de Aerys que o levou a suspeitar de uma conspiração para tirá-lo do trono. De modo que podemos suspeitar que não foi um simples sequestro que levou a eclosão da rebelião.

meistre

Mas onde isso nos leva? À possibilidade de que os Meistres estavam conspirando uma aliança entre as grandes Casas de Westeros. Lyanna foi prometida a Robert, unindo os Starks aos Baratheon, Catelyn prometida a Brandon, unindo os Starks aos Tully, seria uma parte do plano. A aliança entre os Stark, Baratheon e Arryn seria uma outra parte, quando Eddard e Robert foram enviados para viver no vale.

O “rapto de Lyanna” por Rhaegar pode inclusive ter sido premeditado, a fim de quebrar a aliança entre essas quatro grandes casas, já que Rhaegar estava cercado por um pai louco e súditos que estavam se aliando contra seu pai, além de acreditar na profecia e no fato de que precisava de um terceiro filho…

Voltando um pouco no tempo, anteriormente a Rebelião, sabemos que muitos dos senhores das grandes casas se encontraram no Torneio de Harrenhall. Jon Arryn , Steffon Baratheon, Rickard Stark, Hoster Tully e Tywin Lannister são todos velhos companheiros de guerra, pois lutaram juntos na Guerra dos Reis de Nove Moedas. A exceção de Tywin, todos parecem ter cultivado uma amizade além da guerra. O que explicaria por que eles criaram laços entre as suas casas: Eddard e Robert foram para o Ninho da Águia. Robert estava apaixonado de Lyanna e um noivado foi realizado. Lorde Hoster Tully queria casar suas filhas com os herdeiros de Winterfell e Rochedo Casterly, respectivamente.

Corrente dos Meistres, Arte de Tim Durning

Corrente dos Meistres, Arte de Tim Durning

Estas alianças, se observadas mais profundamente são bastante incomuns, uma vez que normalmente os herdeiros casam-se com seus próprios vassalos.  Hoster Tully casou-se com Minisa Whent, Tywin Lannister com Joanna Lannister, sua prima. Steffon Baratheon com Cassana Estermont. A esposa de Rickard é desconhecida, mas sua mãe era do Clã Flint. Mace Tyrell casou-se com Alerie Hightower e Balon Greyjoy com Alannys Harlaw. Os casamentos entre os vassalos é de suma importância para todos os senhores do reino, pois garante a influência política e estabilidade em seu próprio domínio. Casar-se com um aliado de outro território seria importante apenas para  selar a paz ou se para selar uma aliança.  Caso contrário, isso não é interessante, porque ganhar ou reter a influência de seus próprios vassalos é muito mais importante, especialmente em um reino remoto como o Norte.

No entanto, o que vemos é que todos os senhores das grandes Casas estão indo na direção exatamente oposta, criando um grupo de alianças entre si. Observa-se que ficaram de fora apenas os Martell, pois eram aliados do rei, já que Ellia era a esposa de Rhaegar e futura rainha dos Sete Reinos, os Greyjoy e os Tyrell que não tinham herdeiros em idade suficiente para se casar. Até os Lannister estariam incluídos na aliança, caso Jaime se casasse com Lysa Tully. Ao que tudo indica, pelo menos cinco das grandes casas estariam envolvidas em um plano para acabar com o reinado de Aerys e possivelmente da dinastia Targaryen como um todo. A morte de Lorde Rickard Stark e de Brandon Stark pode não ter sido parte do plano, já que levou o reino inteiro a uma guerra. Porém, como resultado da guerra e da rebelião, os os Sete Reinos conseguiram se livrar do reinado dos Targaryen, colocando Robert Baratheon no Trono de Ferro, que mesmo sendo um descendente distante dos Targaryen é também descendente dos Ândalos, dos Roinares e dos Primeiros Homens.

Em O Festim dos Corvos, Jaime se lembra de quando Rhaegar partiu da Fortaleza Vermelha para o Tridente e afirmou que quando retornasse convocaria o conselho e que haveria mudanças. Podemos especular que Rhaegar tenha tomado conhecimento da insatisfação do reino com o governo de seu pai e da conspiração entre as grandes casas (Stark, Tully, Arryn, Baratheon) e tenha pensado em propor uma trégua e transição para um novo governo, onde ele seria o novo rei. Mas infelizmente, sabemos que os planos dele terminaram com a sua morte na Batalha do Tridente.

Batalha do Tridente, Robert e Rhaegar por Mike Miller

Batalha do Tridente, Robert e Rhaegar por Mike Miller

No fim, o objetivo principal dessa suposta conspiração dos Meistres foi por um fim ao reinado dos Targaryen em Westeros, acabando com qualquer possibilidade de que os dragões retornassem e com eles a magia estivesse de volta ao mundo. Mas como tudo não passa de teoria, é possível que a aliança entre as casas esteja além da conspiração dos Meistres e faça parte de um outro grande plano. O fato é que ainda não sabemos boa parte do que aconteceu antes de A Guerra dos Tronos, mas esperamos saber a verdade sobre todas essas teorias até o final da história.

O que vocês acham? De onde pode ter surgido esta conspiração? Será que os Meistres estão realmente por trás de tudo? Aguardem a próxima parte da teoria onde iremos um pouco mais além dos fatos, discutindo os acontecimentos que envolvem o Meistre Marwyn, o mago.

Fontes: Reddit, Tower of The Hand, Wiki, aFoIaF, A Dança dos Dragões, O Festim dos Corvos.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Maluco

    Sensacional. Eu já desconfiava muito disso, mas a teoria confirmou mais ainda.E temos o Aemon, que é meistre e foi mandado lááá pra muralha. E o que vcs acham do Marwyn? Será que ele quer o bem ou o Mal da Dany?

  • Parte II, tá no final do texto. 😉

  • Felipe Bini

    Marwyn = Moqorro não, PLZ

  • Helena Cristina Neri Grandinet

    sabe o que mais poderia ‘suportar’ essa teoria ?… o fato de que a cidadela estará mais em foco nos próximos livros ( na teoria né), ja que o Sam foi pra lá… e temos um suposto Jaquen lá, para cumprir alguma outra missão que não sabemos qual é… não seria interessante tentar descobrir se haveria algum ponto de ligação nisso tudo ?

  • Victor Welbert

    Achei a teoria legal sobre os meistres estarem envolvidos com a queda da dinastia targaryen, só não entendi muito bem o porquê da magia dos dragões estar envolvida nisso, já que a maioria deles já tinham sido extintos na dança dos dragões. Acho que se a ideia deles era mesmo acabar com a magia do mundo e com os dragões, a gente deveria pensar mais no que eles andam conspirando a partir do festim dos corvos, que é onde chega a notícia de que a daenerys tá viva e com três dragões, o que é interessante pois é a partir desse livro que a gente começa a saber mais sobre toda a magia da cidadela. Queria entender também qual seria o motivo pra eles conspirarem pra toda essa situação, sabe? Achei o post interessante, mas espero que o próximo esclareça mais algumas coisas.

  • Bom, se vc leu até o final, será na parte 2 em que começaremos a discutir isso que vc falou. Começamos pela queda dos Targaryens, que supostamente seria consequência da conspiração. Tá td no texto…

  • Leiam o texto até o final, POR FAVOR: na próxima parte da teoria iremos um pouco mais além dos fatos, discutindo os acontecimentos que envolvem o Meistre Marwyn, o mago.

    NA PRÓXIMA PARTE

    NA PRÓXIMA PARTE

    NA PRÓXIMA PARTE

    NA PRÓXIMA PARTE

  • zzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

  • Bruno Jesus

    Não acho que os meistres tenham grande influencia nisso tudo, pq além deles existe todo um conselho por trás. A opinião do conselho é bem mais forte que a de um só meistre. Eles podem possuir um objetivo próprio, mas não tão influente em decisões vitais. É o que eu penso!

  • Athos Guizzardi

    Vcs nn fazem ideia do quanto eu estava ansioso por este post.

  • Athos Guizzardi

    “Mas como tudo não passa de teoria, é possível que a aliança entre as casas esteja além da conspiração dos Meistres e faça parte de um outro grande plano.”

    Pode ser, mas não é muita coincidência termos um meistre manipulado Lorde Rickard ao mesmo tempo em que temos também – algo que vocês não mencionaram na teoria -, o Meistre Pycelle sendo o único na corte convencendo Aerys a abrir os portões a Tywin, o que foi o fim definitivo da Dinastia do Dragão sendo que toda a Linhagem de Aerys e Rhaegar foram mortos ali com excessão da rainha Rhaella e seus filhos que haviam fugido dias antes?

  • Monyze Negreiros

    CARAMBA!
    Quando eu acho que não tem mais teoria pra aparecer surge uma nova. E plausível!
    Vou esperar a próxima parte sair antes de fazer observações.
    Mas deixa eu comentar, de qlq forma: meistre Aemon era um Targaryen. Acham que o fato da Cidadela ter despachado ele lá pra Patrulha da Noite poderia ter a ver com tudo isso? Sabe, uma forma de mante-lo o mais longe possível da rede conspiratória que estavam formando? (Pergunto isso porque eu realmente não lembro pq ele foi parar lá com os irmãos negros)

  • José Luiz Borsatto Junior

    Até aqui? kkkkkk

  • Kauly Bohm

    Acho que vocês estam enganados sobre casamentos entre casas de reinos diferentes. Temos varios exemplos de casamentos assim no livro e isso não quer dizer nada. A Senhora Dustin notei que ela é bem burrinha pelo fato dela ter essa esperança de se casar com o Brandon e do mau julgamento que ela faz do Lord Manderley.

  • Sim, ele poderia estar servindo qualquer Casa Nobre, mas estava justamente no lugar mais remoto do reino, o que já uma coisa bastante suspeita. pq logo ele estava na Muralha enquanto não podia fazer nada para ajudar sua família?

  • Pedro Oliveira

    Muito bom, acabo de ler A Dança dos Dragões hj e no momento que li esses capítulos do Theon, de fato fiquei com a sensação de conspiração.
    Agora, até imagino o pq dos meistres quererem tirar os Targaryen da jogada (afinal, produziram tantos reis bons quanto maus, e ficar aturando reis insanos não deve ser nem um pouco fácil), mas pq também os dragões e a magia?
    Controle absoluto do conhecimento e do poder magico? Pra mim seria um objetivo um tanto quanto fraco, creio que algo maior deva estar por trás disso e espero que sejam respondido nos próximos prováveis dois livros.
    Ótima matéria (y)

  • Carolina Devens Rabelo

    Aemon quando descobre que Daenerys tem dragões cita uma profecia que envolvia o seu ressurgimento por um dos Targaryen. Essa profecia pode muito bem de conhecimento dos meistres, visto que o rei sempre possuiu um. E também temos o misterioso meistre mago, que utiliza magia, mas é mau visto por meistres importantes da Cidadela. E não vamos esquecer do meistre sem corrente que, pelo jeito, possui conhecimentos em magia mas foi renegado.

  • Augusto Barros

    Não tenho certeza, mas a decisão de servir na muralha foi do próprio Aemon. Ele não queria dar brecha para desestabilizar o trono de ferro…

  • Augusto Barros

    Se a teoria estiver certa, então bate de frente com aquela de que Jaqen H’ghar treria sido contratado para roubar o livro sobre a morte dos dragões, tendo sido ordenado pelo Mindinho.

  • Eduardo Amorim

    Bem observado msm Pycelle me parece meio estranho e muito pouco confiável.

  • Eduardo Amorim

    Não tem nada haver com o assunto mais essa imagem do Robert e do Rhaegar tá muito da hora *-* vo até por de Papel de parede lol.

  • Nando Ferraz

    Bom, não consigo ver uma conspiração dos Meistres juntando as grandes casas pra tirar os Targaryens do poder, pois acredito fielmente na teoria de que Lyanna fugiu com Rhaegar por vontade própria, logo, levando as teorias do Jon Snow ser um Stark/Targaryen.

    Obviamente existem diversas conspirações para ter o poder de Westeros, mas envolvendo Meistreis e Dragões, acredito que Petyr Baelish esteja por trás de tudo, com Jaqen H’ghar a seu mando na Cidadela atrás de informações de como derrotar dragões (conhecimento qual parece que Meistre Marwyn, o mago, possui).

    E aproveitando a deixa de conspirações, uma das principais vem por parte de Varys juntamente do Magíster Illyrio Mopatis para colocar os Backfire no poder, pois “Negro ou vermelho, um dragão ainda é um dragão.”

  • LyannaStarkWIC

    As pistas desta suposta conspiração estão muito escondidas nas entrelinhas. Uma delas a inclusão da casa Hightower no apêndice do último livro o que indica que futuramente haja um maior destaque para as tramas em Citadel.

    Quanto as alianças formadas durante a rebelião é bem possível que os meistreis possam ter influenciado os casamentos. Se não me engano no penúltimo capítulo de Sansa em ASOS, Mindinho mencionou como ele conseguia persuadir seus alvos implantando sutilmente uma ideia que no final acreditavam ter sido de suas próprias autorias. O fato é que o meistreis podem ter utilizado meios de persuasão semelhantes junto as grandes casas de Westeros.

    O difícil será o desdobramento desta teoria, pois todos os lideres da rebelião estão mortos, inclusive Ned que era o único dentre eles com POV. Da parte dele entendo que seu casamento com Cat foi apenas uma aliança para manter os votos dos Starks para com os Tullys, além de garantir o apoio bélico para trazer justiça pela morte de seu pai e irmão, e apoiar a causa de seu amigo, Robert Baratheon.

    PS: nunca acreditei que Robert amasse Lyanna, apenas o vejo como um garoto mimado e revoltado por terem tirado um brinquedo que ele nem usava

  • Lyanna, Cat só casou com Ned pq Brandon morreu. Mas antes disso Rickard tinha únido as duas casas, sabe se lá por que…

  • Joao Palmadas

    Eu estava pensando justamente no Meistre Aemon. E me pergunto: Será que a presença voluntária dele na muralha não pode ser sinal de interesse da Cidadela nos White Walkers? Se eles pretendem acabar com a magia no mundo, os White Walkers estão incluídos, não?

  • Joao Palmadas

    Será que o Lorde Varys sabe alguma coisa sobre essa conspiração? Por que ele achou necessário matar o Pycelle? Se o objetivo era promover a volta de Cersei para ela continuar f… o reinado do Tommen, não bastaria matar Lorde Kevan?

    Aliás, Varys tem uma conversa interessante com Tyrion sobre os meistres na “Tormenta de Espadas”, Tyrion II:

    “Meu nobre pai trabalha com tanta diligência que já quase não o vejo. Diga-me, é verdade que ele vai restituir ao Grande Meistre Pycelle o cargo no pequeno conselho?

    – É, senhor.

    – Devo agradecer à minha querida irmã por isso? – Pycelle tinha sido uma criatura da irmã; Tyrion despojara o homem do cargo, da barba e da dignidade, e atirara-o em uma cela escura.

    – De modo algum, senhor. Agradeça aos arquimeistres de Vilavelha, que decidiram insistir na restituição de Pycelle com o argumento de que só o Conclave pode fazer ou desfazer um Grande Meistre.

    Malditos idiotas, pensou Tyrion.

    – Acho que me recordo que o carrasco de Maegor, o Cruel, desfez três com o seu machado.

    – É bem verdade – disse Varys. – E o segundo Aegon deu o Grande Meistre Gerardys de comer ao dragão.

    – Infelizmente, não disponho de um dragão. Creio que poderia ter mergulhado Pycelle em fogovivo, incendiando-o. A Cidadela teria preferido assim?

    – Bem, estaria mais em concordância com a tradição. – O eunuco soltou um risinho abafado. – Felizmente, cabeças mais sensatas prevaleceram, e o Conclave aceitou o fato da destituição de Pycelle e tratou de escolher seu sucessor. Depois de considerar devidamente Meistre Turquin, o filho dosapateiro, e Meistre Erreck, o bastardo do pequeno cavaleiro, assim demonstrando, para sua própria satisfação, que em sua ordem a competência conta mais do que o nascimento, o Conclave estava à beira de nos enviar o Meistre Gormon, um Tyrell de Jardim de Cima. Quando contei isso ao senhor seu pai, ele agiu de imediato.

    Tyrion sabia que o Conclave se reunia em Vilavelha a portas fechadas; suas deliberações eram supostamente secretas. Então Varys também tem passarinhos na Cidadela.

    – Entendo. Portanto meu pai decidiu apanhar a rosa antes que desabrochasse. – Não conseguiu evitar um risinho. – Pycelle é um sapo. Mas antes um sapo Lannister do que um sapo Tyrell, não é?

    – O Grande Meistre Pycelle sempre foi um bom amigo da sua Casa – disse Varys suavemente.”

    Vai ver que no final do sétimo (se forem só sete, é claro) livro vamos descobrir que tudo isso é uma guerra Mindinho X Varys X Meistres da Cidadela, e eles manipulam os grandes senhores a vontade…

    Claro, o problema dos White Walkers vai continuar. Eu tenho a teoria há muito tempo que os White Walkers são subestimados pelos leitores e as intrigas políticas são sobrestimadas. A minha teoria é que no final todo o reino terá que se unir contra os White Walkers e as intrigas políticas serão reduzidas à insignificância.

  • Messinho’

    Gente vocês não trabalham não? Ficam só aí fazendo teorias mirabolantes e me fazendo ler todas e criar minhas próprias teorias mirabolantes enquanto deveria estar fazendo minha resenha crítica. Isso é injusto kkkkkkk

  • Husky

    Gostei do final. Ao considerar que Jon não esteja mais na muralha, não sobra ninguém com relevância para série. E é bem possível que os Outros invadam o norte ( acabando com a patrulha da noite) e os 7 reinos ( Dany no trono com seus dragões) se unam para salvar westeros.

  • Husky

    Qual a ligação Jaqen-Baellish?

  • Édipo Pereira

    É citado nos livros o destino do Meistre Walys?

  • Eu? Tenho 2 empregos! kkkkk

  • Felipe Bini

    Historicamente isso nunca foi comum, só da última geração das casas pra frente que isso banalizou. Antes as Grandes casas casavam geralmente com casas vassalas suas.
    A Barbrey me sai como mais esperta do que aparenta.

  • Felipe Bini

    Hahahahahahaha chateação sem limites

  • E olhe que tem os exemplos…

  • José Luiz Borsatto Junior

    Abstinência causa ilusões, visões e alucinações ahuhauhuahua

  • Messinho’

    Mas ao contrário da Rochele, você precisa disso (das teorias e dos dois empregos) kkkk

  • kkkkkkkkkkkkkkkkkk vou fazer igual a ela, um dia desses eu grito não preciso dessa p%$#&% e vou embora.

  • Felipe Bini

    O Aemon foi pra Muralha depois que o Grande Conselho de 233 decidiu que coroar o Aegon V, (Egg). O Conselho ofereceu a coroa pro Aemon primeiro (porque ele era mais velho que o Aegon), mas ele recusou (nessa época ele já era Meistre). Então, pra não eliminar a possibilidade de ele mesmo ser usado em futuras intrigas contra o Aegon, o Aemon decidiu se juntar à Patrulha.

  • Felipe Bini

    Uma mirabolância que existe por aí, com evidência textual quase nula, que afirma que o Mindinho quer matar dragões e contratou os faceless para esse fim. Teoria fraca.

  • Messinho’

    E sai mais assim: Tô cagando e andando pra você ahuahuahhau

  • ausaushahsahs

  • uashauhsushas pior que é bem assim…

  • a equipe toda do site tem ‘mais o que fazer” e mesmo assim a gente fica inventando moda todo dia, hahahaha 🙂 (eu tenho duas faculdades, um tcc e um trabalho).

  • cara, essa tua barriga me dá muita aflição. beba menos vinho, rei robert.

  • uashuasuasas eu tenho uma dissertação pra fazer também. Tá osso…

  • Felipe Lobato

    Uia! o trecho da Rebelião de Robert que postaram é o que eu coloquei na wiki. – se sentindo colaborador

  • uhulll Obrigada Felipe <3

  • LyannaStarkWIC

    Isso mesmo, ou ele seguia com o compromisso com os Tullys que ele “herdou” de seu irmão casando com Cat ou ficava com a Ashara Dayne e correria o risco de perder o apoio militar de Riverrun e manchar sua honra.

  • Nando Ferraz

    Discordo, teoria bem fundamentada e que possui alta evidência textual.

    Postei o link aqui, porém acho que não aprovaram por ser de outro site.

  • Felipe Bini

    Fala o site aí que eu acho

    Se for a do drunkwookie nem conta

  • Maria Wilma Rodycz

    Todas essas teorias só me fazem chegar a conclusão que a minha leitura de game of thrones é rasíssima. Nunca tinha pensado mais profundamente nessa fala da Sra. Dustin. Sempre achei q era amor ferido e ponto.

    De fato dá a entender que algo rodeia Citadel. Qual era a importância do bem dado por Pate ao viajante desconhecido? Pate morreu e um Faceless Man assumiu o seu lugal? Qual o intuito disso? São muitas perguntas… Tio Martin vai ter que colocar tudo em 2 livros, tô achando meio dificil.

  • Tattinha

    Lembrando q Egg tentou trazer os dragões de volta em Solarestival e talvez essa tentativa tenha despertado o interesse dos Meistres em acabar de vez com os Targaryen…

  • Athos Guizzardi

    Até onde eu sei Varys assassinou Pycelle apra criar clima de desconfiança na corte, os Lannister acusariam os Tyrells e os Tyrells acusariam os Lannister, o que Varys quer é deixar Westeros cada vez mais instável para facilitar a conquista de Aegon

  • Messinho’

    Mas o vício é maior. Sempre é maior ehuehueheuhe

  • Joao Palmadas

    A questão é que, se há conspiração dos meistres, Pycelle tem que estar envolvido e Varys provavelmente sabe disso. E pelo dialogo entre Varys e Tyrion, sabemos que o substituto de Pycelle seria um meistre da casa Tyrell. A Cersei nunca aceitará isso, e provavelmente os outros leões apoiarão ela contra o meistre rosa.

  • Felipe Machado

    Tudo isso foi orquestrado por Tywin Lannister. As quatro casas Stark, Baratheon, Tully e Aryn eram mais da metade do reino, praticamente. Tywin queria o reino para si, mas sua filha acabou estragando os seus planos ao conspirar para Jaime tornar-se um Cavaleiro da Guarda Real. Após isso só restaria a própria Cersei para uma aliança, mas ele não tinha ninguém com quem casá-la. Tywin era influente em porto real, principalmente com o Meistre Picely, que como todos os meistres é conselheiro do rei. Creio que o sequestro de Lyanna foi obra de Tywin, assim como as mortes que se sucederam após seu sequestro (Brandon e Rickard Stark) esse foi o estopim da guerra. O Meistre convence o Rei Louco a abrir os portões para Tywin, então Jaime o mata, Tywin pilha a cidade e com a morte da Noiva de Robert, apenas Cercei seria a melhor indicação para Rainha, já que seu pai foi o maestro que entregou o reino a Robert e seu irmão matara o Rei antecessor. Após isso vieram as tramas da morte de Jon Aryn e aquelas outras coisas descritas nos livros até que Tywin chega ao comando dos Sete Reinos, não como rei, mas como regente, que no caso dele era um Rei sem a coroa.

  • Alvaro Reis

    Você falou o que eu queria falar!

    A turma viaja demais!

  • Alvaro Reis

    Eu não vi muita sustentação nessa teoria não…

    O relato de Lady Dustin não trouxe nada de novo. Que os meistres são influentes não é nenhuma revelação nas entrelinhas… nada bombástico e, muito óbvio para todos os westerosis.

    Quanto aos casamentso entre as grandes casas, também não vejo uma maquinação de meistres. Qual a lógica? Os exemplos de casamentos entre nobreza e vassalos? O argumento é frágil.

    Eu acho que estamos começando a pensar que Martin tem uma revelação oculta por trás de cada linha!

    As vezes um charuto é só um charuto…

  • Bruno Lopes Vasconcelos

    Concordo contigo. Nem tudo é uma conspiração velada. É óbvio que há mistério no núcleo dos Meistres de Citadel, mas tem mais a ver com a magia e a vontade deles de a extinguirem. Me pergunto qual era a importância do bem que o Pate roubou, quem matou o Pate e assumiu a sua personalidade(Faceless Man). Alguns dizem que é p Jaqen Hghar. Mas pq o Jaqen Hghar? Cenas dos próximos capítulos….

  • Bruno Lopes Vasconcelos

    Importante ressaltar que na sociedade moderna quase sempre o verdadeiro detentor do poder NÃO é o governante. Ele é apenas mais um fantoche de todo a teia do jogo político. A imprensa, as grandes corporações e a Igreja tem, muitas vezes, mais poder do que Presidentes ou Parlamentares, e no caso de GoT, Reis e Rainhas.

    O Banco de Bravos, A Citadela e, talvez agora que foram restituídas, as Ordens da Fé dos 7 terão até o fim da saga importância crucial na história.

    G.R.R. Martin é mesmo incrível. Tenho um certo conhecimento de budismo, yoga e ensinamentos ocultos(pitagóricos, egípcios, astrológicos etc). É bem interessante como o discurso dos livros que leio sempre falam que a grande elite mundial oculta esses ensinamentos(ditos por alguns como mágicos) para controlar social e politicamente a população. É exatamente esse o papel dos Meistres na trama das Crônicas.

  • Athos Guizzardi

    Seu pensamento está um tanto confuso. Mas talvez Varys saiba disso sim, para todos os efeitos já aprendemos que quem é mais periogoso do que Varys nessa história toda não é o eunuco, é Mindinho. Não que isso tenha a ver com sua hipótese

  • Athos Guizzardi

    Talvez Robert e o Joffrey não fossem muito diferentes assim, né?
    Mas eu acho dificil, isso pq mesmo depois de tantos anos Robert ainda está chorando no túmulo de Lyanna. O q eu vejo bem claro é que Robert a amava, mas Lyanna não compartilhava este amor visto que já tinha alguém que gostasse devido ao torneio de Harrenhal, esse amor era Rhaegar no qual ela se entregou de bom grado na hora do rapto pq tbm queria fugir do casamento com Robert que com certeza faria com ela uns dois meses depois do matrimônio o que fez com Cersei, veja bem, faria igual ao que fez com a rainha, não qro dizer que ele a amava de depois a tratou com descaso.

  • Pedro Henrique

    Poderia dizer várias coisas,mas vou me limitar a dizer não… apenas não.

  • Stenio Camara

    Tambem acho Bruno. “A Ordem da fè nos 7” vai ter papel crucial e acredito que suas alianças nao sejam pro lado que gostaríamos que fosse.

  • Stenio Camara

    Acho bem razoável a citadela ajudar a destronar os targaryens. Acho que eles tiveram papel nisso mas talvez nao tanto quanto essa teoria em questão sugere. Fica obvio que a citadela pretende acabar com a magia do mundo e nada melhor do que influencias politicas para faze-la.

  • Mary Martell

    lendo isso só aumenta o meu sonho (meio impossivel) de o GRRM escrever pelo menos um livro depois ASoIaF contando a historia da rebelião na perspectiva dos envolvidos Rhaegar, Lyanna, Robert, Ned, Elia …

  • Alvaro Reis

    Eu já acho que sendo os meistres os sábios de Westeros, não há o porquê deles desejarem acabar com a magia.

    Não sei aonde vocês estão observando uma ligação em tudo isso.

    Seria mais plausível eles tomarem a magia para si, e não destrui-la.

    A magia nas Crônicas reside em Essos e não em Westeros.

    Mesmo assim, vou esperar a parte 2 da explicação para ver se consigo achar alguma motivação nisso tudo.

  • Stenio Camara

    Alvaro. Acho que voce nao leu o Festin dos Corvos e a Dança dos Dragões. Ambos mostram em poucos capitulos, como o epilogo e prólogo do Festin, a conspiração da Citadela para abafar, esconder e acabar com a magia do mundo. Isso é bem claro. Só não se sabe ainda a motivação. Se não me engano, Sam chega na Citadela com a esperança de obter ajuda para derrotar os White Walkers e virar meistre e acaba encontrando um cenário hostil com relação à magia, no qual ninguém pode seque citar que existam criaturas magicas.Leia o primeiro e os ultimos capitulos do Festim dos Corvos e depois vc me diz!

  • João Álvaro

    vale lembrar que foi meistre luwin quem fixou na cabeça de ned a ideia de ele se tornar mão para que pudesse ajudar robert, enquanto cat dizia pra que ele não o fizesse.

  • Nigellus

    Não lembro muito bem onde esta mas se não me engano os meistres também são responsaveis pelo desaparecimento dos Dragões de Westeros.

  • Pedro Henrique

    Cat disse ao Ned pra ir,depois que a Lysa mandou uma mensagem pra ela,dizendo que os Lannisters estavam por trás da morte de Jon Arryn.

  • Também tenho esse sonho e que a rebelião virasse um filme até (que seria muito foda), mas já me contento se ele não morrer antes de terminar as crônicas.

  • Como foi dito aí, eu concordo, casamentos com estrangeiros(querendo ou não, as outras grandes casas tem cultura diferente) não são comuns, mas também não acho que tenha sido APENAS para derrubar os Targaryens não, acho que foi porque eles queriam demonstrar que o poder do rei agora não poderia e não seria mais tão absoluto e arbitrário como sempre foi e que agora os grandes senhores deveriam ter mais representatividade nas tomadas de decisões do reino, é o que acho. :B

  • Vish ‘-‘, até onde sabia os dragões tinham morrido na dança ou não, Nigellus? ‘-‘

  • Não, leia o conto novo. The Princess and The Queen, tem resenha aqui no site.

  • Pode linkar? Não encontrei 🙁

  • Se vc usar a busca, vai achar, se olhar a home está lá e ainda tem o menu com as resenhas.

  • Lucas Oliveira

    Não creio que foram os meistres os principais causadores do fim dos dragões.
    A dança dos dragões foi a principal causa, quase todos sumiram. E isso culminou no enfraquecimento da dinastia Targaryen, pois quando se tinha dragões, os Reis eram temidos. Com a coroação de Aegon IV, fica a suspeita de que ele envenenou os ultimos dragões, pois ele viu sua mãe ser comida viva na dança além de ter voado muito precoce em seu dragão e em condições estremas.

  • Alvaro Reis

    Eu acho que a posição dos meistres em negar a magia, se deve ao fato deles serem os “cientistas” daquele mundo, tendo que estudar vários anos para obter o conhecimento de determinado assunto.

    Da mesma forma hoje como a ciência nega os fenômenos digamos paranormais, os meistres também negam a magia.

    Talvez a magia confronte os conhecimento formal deles, talvez… ou quem sabe eles se incomodem com uma outra forma de conhecimento que os deixarão para trás.

    Mas daí a ter ums conspiração de meistres é mais 500.

    Como eu disse, vou esperar a segunda parte para encaixar alguma coisa no raciocínio.

    Por enquanto só acho que não faz sentido e como já falei, as vezes nem tudo é conspiração.

  • Nigellus

    como os dragões morreram? os Targaryen criavam dragões a muito tempo e é estranho como eles simplesmente deixaram a “maior” fonte de sua força desaparecer assim do nada, quando Samwell chega na cidadela enviado por John da a entender que os Meistres estão envolvidos de alguma forma com o desaparecimento dos dragões, se não me engano isso esta no prologo de a dança dos dragões.

  • Leia The Princess and The Queen.

  • Gomes, Allan Gomes

    Acho que essa ligação Mindinho-Jaqen só tem lá…

  • Mas aquela conversa entre Aemon e Sam? Não tem nada a ver? Vou reler, não acho que Aemon pediu para dar o recado com má fé. Ou foi? >,<
    Ou estou viajando na maionese e esta conversa não entra neste assunto?

  • Stenio Camara

    verdade Nigellus. Como ja faz algum tempo que li, não tenho certeza de onde li isso. Mas creio que é por ai…Os Meistres tiveram influencia direto no desaparecimento dos dragoes…

  • Luis Izalberti

    Parte II logo, PLZ!!!

  • Hugo Leonardo

    Quando vai ter no blog uma teoria sobre a conspiração dos tyrell, que podem ser ou não aliados de mindinho? O post sobre “qual a família mais ricas de westeros” não fala quase nada sobre isso. Aguardando resposta. (Por favor, respondão!)

  • em breve!

  • Vinicius

    Na verdade é por isso que ela fala pra ele NÃO ir. Se os Lannister mataram Jon Arryn, ele não estaria seguro indo pra Capital. O meitre Luwin então diz ao Ned que se aquilo realmente for verdade, o Rei estaria em perigo, e só ele (Ned) seria capaz de ajudar. Por isso Ned decido aceitar o pedido pra ser Mão.

  • Lucas

    o tywin era mao do aerys quando resolveu propor jaime para lysa arryn. nao acho q ue os lannisters estejam incluidos nisso. tywn tbm queria casar a cersei com o rhaegar o que torna mais provavel que eles nao estejam incluidos

  • Matheus

    Cara, essa foi a teoria que mais me deixou perturbado. Como e Por que os meistres da cidadela iriam querem derrubar as grandes casas e acabar com os DragõesTargaryen??

  • Katarina Lima

    Tá certo que toda história que lemos e adoramos dependem do fato do Rhaegar ter sido morto pelo Robert, mas me dá um aperto tão grande imaginar essa cena (tipo aquela ilustração, me dá muita raiva do Robert), apesar de no livro falar pouco do Rhaegar eu gosto tanto dele, todos que falam dele é só elogios, queria que ele tivesse sudo rei, pelo que todos os que conheceram ele dizem, ele teria sido o melhor rei de todos…

  • espectomorfador

    não me parece muito possivel

  • Jon Snow

    Velho, a primeira prova da teoria vc deveria reconsiderar, a Sra. Dustin odeia os Stark, e é o ponto de vista dela neste trecho. O casamento com os Tully foi uma das melhores coisas que se podia fazer, selar um pacto do norte e as terras fluviais com um casamento (outro exemplo: casamento de Jon Arryn com Lysa Tully, nenhum dos dois se casou por amor, mas o casamento traria bem as duas casas). Na minha opnião o Meistre Walys foi astuto, mas o ponto de vista é de uma pessoa que odeia a casa, logo ela vai falar mal sem pensar duas vezes. E é o que acontece nos capítulos da Cersei e de outros vilões, as vezes ela julga alguém no ponto de vista dela. e nós, como leitor sabemos que ela está errada.

  • Jon Snow

    E outra. pra mim é bem óbvio que não foi só o sequestro da Lyanna que levou à Rebelião, mas também não acho que foi por causa dessa teoria. O cara era louco (Rei Aerys) e ele já deveria ter desagradado a várias casas (como fez com Tywin Lannister) o que gerou revolta em grandes lordea, e como você falou o sequestro só foi um gatilho para tudo que aconteceu depois.

  • Jon Snow

    rsrsrs isso não é uma teoria, isso é um fato mano

  • Iggggor

    Pra magia não voltar ao mundo. Também sabemos que há muito alguns meistres podem optar por ter conhecimentos sobre magia (o elo de aço valíriano da corrente) e, basicamente, o curso prova que a magia não existe. Mas nós sabemos que ela existe, não sabemos?

  • Hugo Rafael

    Mas o que a redatora escreveu faz sentido. Mesmo Aerys sendo o louco que era, em um reino estabilizado, o casamento entre casas de regiões diferentes não traz grandes vantagens além de alianças ou um selo de paz. O ódia da Senhora Dustin pelos Starks não é a causa do noivado, mas sim a consequência. Isso pode ter sido sim maquinado pela Ordem dos Meistres.