Leya divulga prefácio do livro “O Cavaleiro dos Sete Reinos”

Hoje a tarde, a editora Leya divulgou em sua fanpage o que eles chamaram de “primeiro capítulo” do livro O Cavaleiro dos Sete Reinos (The Tales of Dunk and Egg), mas aqueles que clicaram no link se decepcionaram ao ver que se tratava apenas do prefácio – que não deixa de ser uma leitura interessante se você não conhece muito a história de Westeros e não sabe exatamente em que período se passam as aventuras de Sor Duncan e  seu escudeiro Aegon.

(Notem que no final do texto o editor confirma o lançamento das antologias Legends: Stories by the Masters of Modern Fantasy (1998), Legends II: New Short Novels by the Masters of Modern Fantasy (2003) e Warriors (2010) no Brasil… Será?)

Aí vai:

Sinopse: Duzentos anos após a Conquista, a dinastia Targaryen vive seu auge. Os Sete Reinos de Westeros atravessam um tempo de relativa paz, nos últimos anos do reinado do Bom Rei Daeron. É neste cenário que Dunk, um menino pobre da Baixada das Pulgas, tem uma chance única: deixar a vida miserável em Porto Real para se tornar escudeiro de um cavaleiro andante. Quando adulto, o cavaleiro morre e Dunk decide tomar seu lugar e fazer fama no torneio de Campina de Vaufreixo.

É quando conhece Egg, um menino de dez anos, cabeça totalmente raspada, que é muito mais do que aparenta ser. Dunk aceita Egg como seu escudeiro e, juntos, viajam por Westeros em busca de trabalho e aventuras. Uma grande amizade nasce entre eles – uma amizade pela vida toda, mesmo quando, anos mais tarde, os dois personagens assumem papéis centrais na estrutura de poder dos Sete Reinos.

As aventuras de Dunk e Egg trazem para os fãs de “As Crônicas de Gelo e Fogo” a oportunidade única de vivenciar outro momento da história de Westeros, de conhecer e analisar fatos que teriam desdobramentos noventa anos depois, na guerra dos tronos.

Será que a Leya desistiu de substituir “Egg” para “Ovo”? O Cavaleiro dos Sete Reinos: Histórias do Mundo de Gelo e Fogo tem laçamento previsto para o dia 14 de fevereiro de 2014, mas você já pode garantir o seu através da pré-venda clicando aqui.

Para saber mais sobre os contos de Dunk e Egg clique aqui.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Bruno Dionisio

    Egg? Prefiro assim, mas acho que deveriam ser coerentes, ja que no Festim é dito Ovo, ta igual quando os Dorneses viraram Dornenses

  • ai meus deusesssssssssss!!!!!!! Ansioso pakas

  • Pedro Alves

    No fim do prefácio, o tradutor/editor confirma 3 antologias.

  • cristiane dornelas

    Peguei essa notícia agora e estou boiando aqui. É um conto, livro, história antes do fim da série? O que é isso? Oo

  • SirBeyond

    Sabe… no submarino ta falando que estreia dia 18…. e na fnac dia 10…..

  • Felipe Bini

    graças ao bom deus aparentemente vão manter “Egg”

  • Bruno Barbosa

    Já tem na amazon Brasil loja Kindle … acho que vou comprar!!

  • leoff

    Comprei o ebook na Amazon e realmente colocaram como “Egg”. Numa nota do tradutor explicam o trocadilho egg/ovo.

  • Na tradução de Jorge Candeias ele também fez isso, era o que deviam ter feito em Dança também. Acho que quem traduziu não sabia desse trocadilho antes de fazer o trabalho. =/

  • Felipe Bini

    Muito bom. Exatamente o que sempre pensei ser a melhor solução, uma “N. do T.” resolveu o problema facilmente.

  • Renan

    Aliás, sabem porque mudaram de tradutor no 5º livro? Sinceramente, preferi as versões do Jorge Candeias.