Conheça os brasileiros que ilustram o ‘History & Lore’ e os Card Games de Game of Thrones

ilustradores0gameofthrones

Da esq.: Mariana e Diego (e filho recém nascido do casal) ilustram card games da Fantasy Flight e João ilustra vídeos do Bluray.

Uma das coisas mais legais que a HBO faz com a adaptação de Game of Thrones não está na série, mas nos boxes de Blu-ray lançados todo ano para cada temporada. Estamos falando especialmente dos extras História e Tradição, aquelas animações que narram a história das casas e dos continentes. Veja os da 1ª temporada aqui e os da 2ª temporada clique aqui.

Os vídeos são muito bonitos, informativos e bem feitos. Dentre as animações produzidas, uma delas foi feita por um artista brasileiro. De Fortaleza, Ceará, mas nascido em Santo André, João Bosco (32 anos) contou um pouco sobre o trabalho dele pra gente:

– Qual a sua relação com Game of Thrones de maneira geral? Leu os livros? Você gosta de assistir? Do que você gosta mais na série?
Ainda não li os livros, embora meu irmão já tenha devorado todos! A minha relação é de fã, e ao mesmo tempo profissional. Gosto muito do clima inesperado e o texto arrojado da série. Profissionalmente já fiz dois trabalhos ligados a Game of Thrones: ilustrações para os extras do DVD/ Blu-ray da segunda temporada, e card games pra Fantasy Flight Games do jogo do Game of Thrones (veja aqui).

– Onde você estudou e qual sua formação como artista?
Comecei como autodidata, e depois de 4 anos já profissional fiz faculdade de Artes Plásticas aqui em Fortaleza no IFCE.

– Como rolou convite pra ilustrar as animações de Game of Thrones? Você fez isso pra um estúdio que te contratou ou foi diretamente com a HBO?
O convite apareceu no meu email. Foi de um estúdio que trabalhou pra HBO.

– Quais vídeos você fez? São só os da segunda temporada?
Fiz apenas um: o vídeo sobre os Warlocks da segunda temporada:

warlocks_joao

warlock_3
warlocks_1warlock_2

– Quanto tempo demorou pra produzir? Você recebe bem por isso?
Demorei algo em torno de duas semanas, e foi um valor bacana pra esse tipo de trabalho.

– Essas ilustrações são feitas de maneira digital? Qual o processo de criação delas? Como você recebe o roteiro?
Essas ilustrações dos extras foram totalmente tradicionais, embora tenham tido tratamento digital para serem animadas no vídeo, mas essa etapa já não foi minha na execução do projeto. O processo de criação seguiu a linha padrão para ilustrações comerciais: recebo um script com as descrições de cada cena, com seis imagens ao todo. Pesquisei bastante as referências do seriado e passagens do livro (com a ajuda do meu irmão) para criar os layouts. Uma vez aprovados parti para as ilustrações finais. Durante o processo apareceram ocasionalmente pequenas correções e ajustes, mas por sorte esse trabalho foi muito tranquilo.

– Tem alguma dica pra quem está estudando ou pretende estudar arte e design?
Tenho três: prática, prática e prática! Muita gente pensa que basta aprender uns tutoriais que pode dar saltos no aprendizado e em pouco tempo se torna profisisonal. No mundo real tudo depende essencialmente de muito estudo e prática. Isso vale para a questão técnica, para a visão estética, para saber se divulgar, etc.

Como vimos, João está desenvolvendo ilustrações para o card game baseado nos livros. O interessante é que conhecemos uma garota brasileira talentosíssima que também trabalha ilustrando os cards.

O nome dela é Mariana Vieira, carioca de 27 anos. Ela é ilustradora freelance além de sócia fundadora do Black Fox Studio, um studio localizado no centro do Rio que é especializado em arte digital. Trabalham com ela  seu marido Diego de Almeida e  Julio de Carvalho.

A Mariana leu todos os livros e é bastante fã da saga. Ela nos contou que, como trabalha diretamente com fantasia medieval, a historia enriquece o seu vocabulário visual, e a leitura a força a imaginar, ajudando posteriormente nas criações. Ela é bacharel em Pintura tradicional pela escola de Belas Artes, UFRJ, com pós-graduação pela UCAM:

– Como rolou convite pra ilustrar os card games de Game of Thrones? Você fez isso pra um estúdio que te contratou ou foi diretamente com a Fantasy Flight?
Recebi o contato diretamente de um dos diretores de arte da Fantasy Flight Games. A direção de arte, por sinal foi uma das melhores que já recebi, com uma participação muito ativa do diretor, fazendo paint-overs, enviando fotos e referências. Tem sido uma ótima experiência trabalhar com eles, tenho feito além disso, alguns cards para “Lord of the Rings LCG”, sob NDA (Non-Disclose Agreement).

– Sobre os personagens, você ilustrou apenas a Ygritte, certo?

Ygritte do Game of Thrones card game

Ygritte do Game of Thrones card game, ilustrada por Mariana Vieira

Não, mas a Ygritte é a única que posso divulgar até agora. Antes de começar as ilustrações, nós assinamos um contrato de sigilo (NDA) e só podemos divulgá-las depois da permissão da empresa. O prazo médio para liberação é por volta de seis meses, mas isto varia de acordo com a empresa.  Por enquanto só esta ilustração foi liberada para divulgação.

– essas ilustrações são feitas de maneira digital? qual o processo de criação delas? você recebeu um roteiro ou já havia produzido e vendeu os direitos?
O trabalho passa pela direção de arte da equipe da FFG e pela aprovação final pela equipe do R.R. Martin. Esta ilustração foi feita inteiramente de maneira digital. Normalmente são feitos alguns rascunhos, de acordo com o briefing que descreve a cena. São selecionados os mais promissores e estes são enviados para o cliente. Recebendo a aprovação do sketch continua-se a ilustração com os envios de alguns WIPs para o diretor acompanhar o processo.

Conhece outros artistas que estão envolvidos no projeto?
Brasileiros, conheço poucos. Meu marido, Diego de Almeida também está ilustrando para o jogo.

Muito bacana o trabalho deles, certo? Se você é ilustrador, estudante ou auto-didata não deixe de seguir as dicas passadas pelos nossos entrevistados. O mundo criado ao redor dos livros do R. R. Martin é muito inspirador, e você pode fazer parte dele não apenas como um leitor.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Matheus

    Nossa, essa ilustração da Ygritte me lembrou a Julia Shumway (Rachelle Lefevre) de Under the Dome, muito boa essa ilustração, obrigado gotbr por me proporcionar alguma coisa pra fazer nessas férias sem graça

  • Acho super legal quem tem o dom de desenhar e externa isso para uma coisa profissional. Adoro as FanArt que encontro as vezes na internet sobre cenas do livro que ainda não se passaram na série. Muito bom!

  • Parabéns pra Mariana mostrando seu talento e fazendo sucesso nesta área. Incrível saber que temos esse pessoal tão talentoso e trabalhando em algo que admiramos aqui pertinho, com trabalhos tão importantes e pro exterior. Awesome!

  • Joao Palmadas

    Depois de ver o trabalho desses desenhistas brasileiros, e também as gravuras em estilo japonês, eu creio que G of T pode não ser a melhor série da história, mas com certeza é a série de TV que mais inspirou desenhistas de talento. (Star Wars talvez seja rival de G of T nisso, mas Star Wars não é uma série de TV e sim do cinema).