Sophie Turner fala sobre o casamento de Sansa em “Second Sons”

O site da Vulture realizou uma entrevista muito bem humorada com a atriz Sophie Turner que interpreta Sansa Stark (agora Lannister) em Game of Thrones. O papo girou em torno do episódio 3.08 “Second Sons”, e Sophie cedeu a entrevista na manhã seguinte a exibição do mesmo. Ela falou sobre a dificuldade de gravar a cena da caminhada até o altar (foram 10 horas!), Peter Dinklage bêbado e sua amizade e respeito para com o ator Jack Gleeson:

Vulture: Tyrion bêbado! Ele está de volta!
Sophie: Ah meu Deus, foi tão engraçado. Nos divertimos muito. A cada vez que fazíamos a cena, Peter fazia algo diferente. Ele é um amigo de trabalho hilário.

Vulture: Isso trouxe de volta boas lembranças do Peter Drunklage.
Sophie: Ooooh, o bom e velho Peter. Ele é bom em se fingir de bêbado, não é? Ele ficava fazendo todas essas coisas para nos distrair e para nos fazer rir, como ficar caindo quando estávamos filmando. Foi tão difícil de se concentrar. Eu estava tentando me manter ocupada misturando a comida no meu prato, porque já estava nojenta mesmo. Então Conleth Hill, que interpreta Varys, continuou tentando distrair a Peter e a mim quando as câmeras estavam sobre nós. Você já ouviu falar de Facejacker?

Vulture: Não.
Sophie: É esse programa britânico, onde esse cara se veste de personagens e interage com pessoas reais. Ele tem este personagem, Brian Badonde, que faz, “Baaa!” o tempo todo, e Conleth ficou fazendo isso durante toda a cena. Totalmente profissional. Ele é a pessoa mais difícil de se trabalhar mantendo uma cara séria.

Vulture: Por que a comida estava nojenta?
Sophie: Nós filmamos o banquete durante dois dias e eu acho que a comida era a mesma desde o primeiro dia, e no set havia um monte de moscas. Foi realmente muito bom beliscar o pão e as frutas no primeiro dia, no segundo dia já estava meio rançoso. E depois tem o vinho, que é suco de uva. Todo mundo odeia. Peter tem que beber o tempo todo. É até bom em uma ou duas cenas, mas Peter está constantemente bebendo aquilo porque é o que Tyrion faz, então ele sempre diz: “Podemos dar uma pausa no suco de uva? Por favor?”

Vulture: Achei que o vestido de casamento da Sansa foi um pouco cafona pra idade dela. Ela não consegue se vestir como Margaery. O que você acha disso?
Sophie: Bem, certamente foi o vestido mais elaborado que ela usou. Se você pudesse ver o bordado de perto, era tão bonito, e eu achei que foi muito bem desenhado. Ele não tinha mangas e a forma como o colar foi colocado em volta dela a fez parecer ainda mais vulnerável. Ficou muito legal! O colar tinha até um pequeno leão nele! É uma pena que vocês não puderam ver todos os detalhes, porque foi muito inteligente.


Vulture: Qual foi a sensação de fingir se casar?
Sophie:
Foi tão estranho [risos]. Muito estranho. Eu ganhei um cartão da HBO, dizendo: “Parabéns pelo dia do seu casamento falso!” A caminhada ao altar levou um dia inteiro para ser gravada, foram dez horas apenas andando pelo corredor.

Vulture: Por quê?
Sophie: Acho que foi porque tivemos muitas tomadas e eu continuava tropeçando naquele vestido. Eu não posso nem te dizer quantas vezes eu tropecei ao subir as escadas. Foi tão embaraçoso. Eu uso saltos com todos os meus outros figurinos, e este vestido era super longo, super pesado. Eu não parava de cair.

Vulture: Você leu os livros, então você sabia que esse dia estava chegando para ela, certo?
Sophie: Sim. É uma das grandes mudanças na linha da história da Sansa. Eu sempre pensava nisso e estava realmente ansiosa por esse momento.

Vulture: Você e Peter discutiram como fazer essa cena?
Sophie: Nós realmente não fizemos nada de especial para nos preparar, porque todas as três cenas – o casamento, a festa, e a noite seguinte – foram feitas pra ser bastante embaraçosas. Considero Peter um ótimo amigo, mas eu não acho que as cenas precisavam de qualquer discussão, isso teria tirado a estranheza da situação.

Vulture: Enquanto isso, Joffrey estava sendo o pior. Mas todos os atores gostam de dizer que o ator, Jack Gleeson, é a pessoa mais legal no set. Sempre “o mais legal.”
Sophie: É porque ele é a pessoa mais educada, adorável e inteligente em todo o elenco! Ele é tão humilde e todo mundo gosta dele. Não há nada que alguém possa dizer de ruim sobre Jack. Ele literalmente se transforma. Assim que eles gritam, “Ação!” ele vai de Jack adorável ao sádico mais horrível da televisão. Entre as tomadas, temos conversas adoráveis. E naquele dia, porque a caminhada pelo corredor levou tanto tempo, tivemos que fazer o nosso próprio entretenimento e por isso cantamos muito rap.

Vulture: Você cantou rap?
Sophie: Nós rimamos muitos raps no set. É um rap muito ruim, obviamente, mas tentamos o nosso melhor. E são nossos próprios raps. Eu diria que ele é o único que faz todo o rap, eu apenas dou o ritmo. É mais uma tentativa minha de fazer beat boxing. Eu me sinto tão triste pela equipe que usa fones de ouvido, porque eles ficam todos prontos para ouvir a nós fazendo nossas cenas e, em seguida, por 15 minutos todos tem que ouvir Jack e eu darmos o nosso melhor. Jack estava rimando sobre O Ursinho Pooh e todo o dinheiro que ele tem – “Monies and Honeys.” Alguém deveria ter registrado isso para os extras do DVD.

Vulture: Agora que Sansa é casada com Tyrion, que tem sido tão gentil com ela, as coisas vão ficar melhor para ela?
Sophie: Bem, isso basicamente significa que ela é uma espécie de prisioneira em Porto Real com nenhum meio de fuga [risos]. Ela recusou a ajuda de Mindinho, que era sua única maneira de escapar. Então ela está realmente presa. Isso significa que ela tem mais responsabilidades, mais deveres. Nunca é um bom momento para ela.

Vulture: Ela poderia aprender a amar Tyrion?
Sophie: Essa é uma boa pergunta. No futuro, talvez, mas eu acho que seria esse tipo de falso amor. Ela definitivamente tem problemas de confiança, então ela se agarra a qualquer um que estiver remotamente perto dela, ela realmente se apega. Eu acho que se ela e Tyrion se tornarem bons amigos, ela provavelmente acabará convencendo-se de que está apaixonada por ele.

Vulture: E sobre Mindinho? Ele parecia ter a intenção de ajudar Sansa no começo da temporada. Seus planos não deram certo, mas ele poderia tentar novamente?
Sophie: Vamos ver. Por enquanto, nós o vimos velejar em seu navio. Pra longe. Muito longe. Não seria impossível para ele voltar.

Vulture: Sansa passa muito tempo, infelizmente, olhando para os navios.
Sophie: Muito tempo. Ela está sempre sonhando com esses navios, que está em um deles. Na verdade, estou olhando para o nada, é claro. Água. Estou olhando emocionalmente para a água.

Vulture: Além da cena do banquete, o que mais você gostou de fazer nesta temporada?
Sophie: Eu realmente não sei por que, mas quando Sansa está chorando com Shae no final do episódio seis. Isso poderia ser a minha cena favorita, provavelmente porque era a primeira vez que eu senti como se eu fosse uma atriz de verdade. Eu realmente não gostei de filmar aquilo porque eu estava ficando bastante emotiva, e eu meio que desabei depois que terminamos. Lembro-me de ir para o episódio piloto dizendo para minha mãe: “Eu vou ter que aprender a chorar.” Eu não esperava que eu ia ter que chorar tanto.

Vulture: Conseguir essas lágrimas tem sido mais fácil?
Sophie: Bem, sempre foi muito fácil para mim, porque era a maneira que eu conseguia sair da escola quando eu era mais jovem. Eu desenvolvi isso rápido, mas é um tipo de habilidade que eu tenho desde que eu era muito pequena.

Para ler a matéria original em inglês, clique aqui.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • HU3zileiro

    LIN-DA!

  • Aline Rocha

    Vulture: Conseguir essas lágrimas tem sido mais fácil?
    Sophie: Bem, sempre foi muito fácil para mim, porque era a maneira que eu conseguia sair da escola quando eu era mais jovem.
    LOL

  • Vulture: Enquanto isso, Joffrey estava sendo o pior. Mas todos os atores gostam de dizer que o ator, Jack Gleeson, é a pessoa mais legal no set. Sempre “o mais legal.”
    Sophie: É porque ele é a pessoa mais educada, adorável e inteligente em todo o elenco! Ele é tão humilde e todo mundo gosta dele. Não há nada que alguém possa dizer de ruim sobre Jack. Ele literalmente se transforma. Assim que eles gritam, “Ação!” ele vai de Jack adorável ao sádico mais horrível da televisão. Entre as tomadas, temos conversas adoráveis. E naquele dia, porque a caminhada pelo corredor levou tanto tempo, tivemos que fazer o nosso próprio entretenimento e por isso cantamos muito rap.

    Muita gente (burra) vai engasgar lendo isso………

  • Tamir M. Silva

    AI RAINHA DEMAIS SOS A/Os serie/os deveria terminar que nem nesse gif, imo

  • Eduardo Amorim

    Simplesmente maravilhosa linda a sophie pq a sansa realmente me irrita parece uma criança vive sonhando.

  • Mari Sb

    “Estou olhando emocionalmente para a água.” UHSUHAHUSAUHDHUAHUSHUAS mto bom!

  • Messinho’

    Imagina se a história terminasse com Sana no trono de ferro?

  • SCHH

    Isso me lembra de uma notícia que li sobre ela! hahahahaha

    http://oglobo.globo.com/megazine/atriz-de-17-anos-de-game-of-thrones-sai-da-escola-8239765

    Acho que Sophie chorava mais na escola do que Sansa em Porto Real! hahahahahaha

  • Wenderlly Araujo

    Mas ela é uma criança, não?

  • Vittor Gazetti

    Acho que no mundo de ASOIAF, não… Mas posso estar errado :]

  • Wenderlly Araujo

    Joffrey é sempre chamado de “boy king” (“rei menino”, mas acho que traduziram aqui como “rei rapaz”) então sim, a Sansa é uma criança já que são mais ou menos da mesma idade.

  • Vittor Gazetti

    Creio que o chamam de Boy King por ele ser um rei de aparência jovem, e não uma criança, mesmo suas atitudes demonstrando o contrário. Como considerar crianças pessoas que se casam e tem filhos com 14 anos? Na idade com certeza, mas apenas no nosso mundo.