Esmé Bianco fala sobre Ros em entrevista para a HBO

A entrevista a seguir contém spoilers referentes a todas temporadas de Game of Thrones. Leia por sua conta, você foi avisado!

Todos acham que ela tem pouca ambição. Acho que as pessoas a subestimam porque ela não é alguém que está tentando se casar com o rei ou roubar o trono para si.

– Esmé Bianco

Em entrevista recente à HBO, a atriz Esmé Bianco, que interpreta a prostituta Ros em Game of Thrones falou um pouco sobre o desenvolvimento de sua personagem ao longo da história e sobre as suas impressões do arco de Ros na série de forma geral. Confira abaixo a entrevista traduzida na íntegra:

HBO – Considerando que Ros não é uma personagem que existe nos livros, você pode nos dizer como veio a fazer parte da série?

Esmé Bianco – Na verdade era para eu aparecer apenas em uma cena do piloto, aquela com Tyrion, no bordel. Mas logo após a confirmação de que a série iria além do piloto eu recebi um e-mail do David [Benioff] e do Dan [Weiss] dizendo “Nós realmente amamos sua personagem, gostamos do que você fez. Você consideraria voltar e fazer mais cenas se nós as escrevêssemos?”; E então eles continuaram me mandando cenas e assim foi. Progrediu naturalmente conforme eles escreviam a temporada.

HBO – Você acha que não ser um personagem original dos livros te colocou em desvantagem em relação aos outros atores e atrizes? Quanto da história original você conhecia?

Esmé Bianco – Para Dan e David foi bom, pois eles tiveram a liberdade de criar cenas para ela de acordo com as necessidades. Eu li até o terceiro livro (“Tormenta de Espadas”), não queria estragar muito as surpresas da história para mim mesma. Acho que se minha personagem existisse nos livros eu não os teria lido, porque não iria querer estragar a surpresa.
Para os fãs… Bom, alguns a amam justamente porque ela não existe nos livros, então ela é algo novo e diferente. Outros, mais radicais, a odeiam completamente justamente por isso.

HBO – Ros tem algumas cenas memoráveis – como a cena com Theon na 1ª temporada ou a cena no bordel de Mindinho, na 2ª. Você tem alguma favorita?

Esmé Bianco – As cenas que envolvem Theon foram as que eu mais gostei de gravar. Alfie [Allen] e eu temos uma química muito boa, trabalhamos bem juntos; ele é um ator incrível de se trabalhar. Eu me sinto orgulhosa das cenas que gravamos juntos. Ros não leva desaforo para casa, e sabe como lidar com garotos como ele. Theon é arrogante e presunçoso. Eles funcionam perfeitamente juntos porque tem uma boa dinâmica, uma espécie de atração.

Também gosto das cenas com Varys. Existe uma semelhança em seus personagens: Ambos tentam chegar o mais alto, vindo de baixo. Eles são definitivamente “alpinistas” (no sentido social). Gravar a cena na 2ª temporada em que tive de bater na outra prostituta, e a cena com o assassinato do bebê foram as mais difíceis para mim.

HBO – Ros conseguiu de alguma forma adquirir a confiança de Varys e Mindinho. O ela tem que lhes fez confiar nela?

Esmé Bianco – Todos acham que ela tem pouca ambição. Acho que as pessoas a subestimam porque ela não é alguém que está tentando se casar com o rei ou roubar o trono para si. Ela está num outro nível. Mas ela é tão inteligente à sua maneira feminina. Ela sabe como usar seus recursos para ganhar confiança, e então as pessoas confiam nela, mas acabam subestimando suas verdadeiras ambições.

HBO – Ros se torna cada vez mais informada e sagaz, guardando o segredo de Tyrion, percebendo o inventário de Mindinho. Você se surpreendeu com essa evolução?

Esmé Bianco – David e Dan discutiram isso comigo ao longo do processo. Eles haviam me dito que ela cresceria e faria essa escalada, mas eu não podia dimensionar o quanto. Ela se infiltrou tão bem nesse jogo de intrigas e ganhou tanta confiança. O fato dela ter chegado onde chegou é sem dúvida uma surpresa, mas eu tinha as minhas suspeitas de que ela iria sim para algum lugar interessante desde a 1ª temporada. Aquela cena na carroça, com Theon. Ela sabe que deve ir para onde os homens estão indo.

HBO – Por sinal, quando sua profissão vem à tona na conversa, Ros diz a Varys que ser prostituta foi apenas o início. Que tipo de futuro você acha que ela viu para si mesma?

Esmé Bianco – Acredito que acima de tudo ela gostaria de ser independente de todos os homens que a dominaram durante sua vida. É importante que ela diga “que foi apenas o início” porque definitivamente ela quer algo mais para si mesma, algo mais próximo de uma vida “normal” – pensando em Westeros. Como você pode ver, não foi uma vida fácil para ela. Acho que ela só quer poder ficar em paz e ter uma família.

HBO – Como você ficou sabendo da morte de Ros?

Esmé Bianco – Eu recebi um e-mail da produção com as cenas em que eu apareceria, e pensei “Não temos tantas cenas dessa vez”. E então eu recebi uma ligação de David e Dan. Eles foram tão gentis. Eles mesmos me ligaram para me dar a notícia. Honestamente, é incrível que ela tenha sobrevivido o tempo que sobreviveu, considerando que Ned Stark perdeu sua cabeça no Nono episódio da 1 temporada. Mas eu não fiquei sabendo de cara como seria. Fiquei furiosa quando descobri que foi o Joffrey – Joffrey? Entre todas as pessoas?

HBO – Você acha que foi melhor não termos visto os detalhes?

Esmé Bianco – Acredito que sim. Nós vemos muitas mortes terríveis em Game of Thrones. Foi outro exemplo do quão cruel e mal Joffrey realmente é, mas eu gostei que não tenhamos visto acontecer. Acho que foi mais chocante assim. Da forma como foi feito parece quase uma pintura. Sério, é como se todas cenas dela fossem pinturas de Caravaggio. Já estou muito satisfeita por ela não ter tido sua cabeça cortada fora.

St Sebastian, c. 1620, Caravaggio / Esmé Bianco, Game of Thrones

HBO – Mindinho já havia avisado à Ros que não gostaria que ela fosse um mal investimento. Ela sabia dos riscos?

Esmé Bianco – Acho que sim, e provavelmente ela subestimou Mindinho. Ela estava ciente de que havia um risco quando começou a espionar para o Varys, mas isso era algo que ela tinha que fazer se não quisesse ser uma prostituta de Petyr para o resto de sua vida. Você não chega em lugar algum na vida sem assumir riscos. Ela entendia que fazia parte do jogo, mas eu não acho que ela tenha imaginado que chegaria a isso. Ela provavelmente pensou que Varys poderia protegê-la.


PENSE RÁPIDO

HBO – Qual personagem você mais admira?

Esmé Bianco – Acho que seria fácil dizer Daenerys, mas eu sinto muita admiração por Catelyn Stark. Eu acho que Catelyn se mantém firme ao que ela acredita ser o certo – como por exemplo quando ela solta Jaime. Ela passou por tantas coisas e continua de pé, forte, dando suporte ao seu filho. Quero dizer, não que os outros personagens tenham uma vida fácil, mas eu realmente a admiro.

HBO – Qual personagem ou criatura mais te assusta?

Esmé Bianco – Eu morro de medo do Grande Meistre Pycelle. E os bruxos com lábios azuis também me dão arrepios.

HBO – Algum objeto favorito das filmagens?

Esmé Bianco – Tenho esse anel que eu uso no meu dedão. Ele tem um compartimento para de guardar poções, pílulas e coisas assim. Eu amo ele. Uma vez que o coloco, já me sinto totalmente dentro da personagem. Esse anel e também o colar dos Lannister que Tyrion deu à Ros.

HBO – Considerando os diferentes locais em que a história se passa, em qual você gostaria mais de viver?

Esmé BiancoPorto Real. Eles estão sempre falando sobre bolos de limão e figos por lá.

HBO – Você gostaria de poder trocar de pele com algum animal?

Esmé Bianco – Oh eu gostaria de ser o corvo de três-olhos e levar todas as mensagens secretas.

HBO – Qual frase você mais gostaria de dizer em Alto Valiriano?

Esmé BiancoDracarys. Eu gostaria de poder dizer isso e observar as coisas pegarem fogo espontaneamente na minha frente.


Para fechar o post, reações diversas à morte de Ros:

Eu sobre a morte de Ros:

Mindinho sobre a morte de Ros:

Ros sobre a morte de Ros:

Daenerys Targaryen sobre a morte de Ros:

Por quê não comenta o que achou da entrevista e aproveita para deixar um gif que expresse para você o que foi a morte da Ros?

Posso incluir os mais legais aqui no post mais tarde! 😉

ATUALIZADO

Mariana Schneider sobre a morte de Ros:

Camilla de Oliveira sobre a morte de Ros:

Monica sobre a morte de Ros:

Victor Dias sobre a morte de Ros:

Mariana Schneider sobre a morte de Ros:

Laís Batista sobre a morte de Ros:

Renata Freitas Bastos sobre a morte de Ros:

Diego Paiva sobre a morte de Ros:

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados