Entrevista com Nikolaj Coster Waldau

Em um bate-papo com a Digital Spy, Nikolaj Coster Waldau (que interpreta Jaime Lannister), fala um pouco sobre as filmagens da terceira temporada e seu personagem em Game of Thrones. 
Você já está filmando alguma cena para a terceira temporada? 

Acabamos de iniciar as filmagens e estamos indo muito bem. Para Jaime Lannister, meu personagem, essa temporada será especialmente gratificante. Ele estará livre  e em movimento.

O que será diferente nessa temporada em relação às outras? Pelo que os fãs devem esperar? 

A única coisa que posso dizer é que estamos fazendo de tudo para exibir um trabalho ainda melhor. Espero que sejamos bem sucedidos.


Como tem sido a reação dos fãs em relação ao personagem Jaime? 

Está sendo surpreendente para mim. Fiquei preocupado depois que a primeira temporada acabou, pensei que as pessoas o odiariam. Mas parece que todos, de alguma forma, amam odiá-lo. Tenho me sentido realmente aliviado. Nós tentamos… não mostrá-lo apenas como um terrível vilão, mas também mostrar um pouco de humor, ainda que seco e arrogante. Jaime não é simplesmente aquele que tem prazer em atirar crianças da janela e atormentar pessoas, há mais para se conhecer sobre ele do que isso. As pessoas com as quais eu tenho conversado estão curiosas para saber qual será o destino dele.

Então, eu posso ser uma pessoa boa, só tenho prazer em atirar criança pela janela. Oi? 

Jaime se tornou, gradualmente, um personagem mais simpático. Você sente falta de interpretar o vilão? 

Bem, é sempre divertido fazer “o cara mau”. Você pode quebrar as regras e isso sempre é divertido. Mas na verdade, o melhor em ser vilão é que você pode, de certa forma, fazer escolhas com as quais se identifique, mesmo que elas sejam ultrajantes. 

Diz ainda:

O que há de fascinante em Game of Thrones é a mudança constante de perspectiva (os POV’s). Então você lê uma história contada por um dos personagens e diz: “Oh, que horrível”, mas aí talvez no futuro você leia a mesma história contada justamente pela pessoa que você acreditava ser a mais horrível, mais vil das criaturas. E então você conhece a versão sob o ponto de vista dessa pessoa, o qual pode divergir do anterior de uma maneira substancial e essa é a natureza humana. Nós somos super rápidos em rotular os outros e às vezes não percebemos o que há além.

“Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu fizeram-no de carne e sangra todo dia.”
Acho que Jaime citou Saramago, por isso que Catelyn o soltou.

De fato, muitos leitores admitem mudar de opinião quanto ao Jaime no decorrer da narrativa. Depois de ter contato com outros pontos de vista, podemos perceber que aquele personagem talvez não seja tão mau assim, ou que ele agiu por razões diferentes das que tínhamos imaginado. Mas a questão é: você pode confiar mais em uma versão do que em outra. (Ok, ainda acho o Jaime antipático).


A terceira temporada trará novos atores e atrizes para o elenco, como Dame Diana Rigg e Mackenzie Crook. Como tem sido trabalhar com eles(as)? 

As pessoas falam das Olimpíadas, do bom trabalho que estão fazendo, mas também temos essa incrível piscina de ótimos atores e atrizes e eu me considero sortudo por estar com eles. Pelo fato de eu não morar na Inglaterra, não conheço todos e não sei pelo quê são famosos, eu apenas trabalho com essas pessoas e elas são terrivelmente talentosas. O que é assustador, claro. 

Você era fã de Game of Thrones e do gênero fantasia antes? 

Eu sou fã de grandes histórias. E entendo que a maioria destas incluem fantasia, drama, comédia. Mas, de certa forma, as histórias boas de verdade tem um pouco de tudo.

E vocês, o que estão achando do Regifida Jaime nos livros? E na série?

Via: Digital Spy 

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados