Matéria especial: A Dança dos Dragões, parte I

Como o lançamento do livro  está previsto para o próximo dia 25, vamos publicar alguns textos especialmente dedicados ao lançamento do livro.

Arte da capa brasileira:
Marc Simonetti.

Nesse texto, serão apresentadas algumas informações interessantes sobre o livro e cruciais para quem pretende viajar pela aventura do quinto livro da coleção As Crônicas de Gelo e Fogo.

Esse texto NÃO contém SPOILERS sobre o enredo.
Capa americana do livro.
Arte de Larry Rostant
A Dance with Dragons (título original) seria, originalmente, o quarto romance da série A Sonf Of Ice And Fire, destinado a cobrir grande parte da história. No entanto, durante o processo de escrita, GRRM percebeu que, para preencher esta lacuna, ele estava criando uma dependência excessiva de flashbacks; depois de algum tempo de trabalho, o autor decidiu abandonar o que já havia sido escrito e recomeçar, desta vez iniciando imediatamente após o final do terceiro livro, A Tormenta de Espadas. A obra foi então  renomeada, passando a se chamar O Festim Dos Corvos — A Dance with Dragons passou a ser, então, o quinto romance da saga. Mesmo assim, o manuscrito do quarto livro tornou-se grande demais para ser publicado em um único volume; ao invés de simplesmente dividi-lo ao meio e publicá-lo como, essencialmente, O Festim dos Corvos: Parte I e Parte II, Martin decidiu dividir o manuscrito por personagens e localização. Com isso os dois livros, O Festim dos Corvos e A Dança dos Dragões foram divididos da seguinte forma:
O Festim dos Corvos (2005) é narrado principalmente por pessoas no Sul dos Sete Reinos e nos novos locais das Ilhas de Ferro e Dorne;
A Dança dos Dragões (2011) é narrado pelos habitantes do Norte e por aqueles do outro lado do mar estreito.
Resumindo, Martin pegou a mesmo história e separou em duas partes, porém no lugar de fazer a divisão temporal, ele dividiu entre personagens (por regiões). Com isso, uma grande parte dos personagens a que já estamos acostumados ficam desaparecidos desde Tormenta e só reaparecem em Dança. O que pode confundir um pouco o leitor no início, e deixar Festim um pouco mais enfadonho já que esperamos voltar a história com os mesmos personagens que deixamos ao final de Tormenta.
Não vou citar quais personagens aparecem em cada livro por que aí seria spoiler. 😉

PUBLICAÇÃO
Esperava-se uma possível conclusão de A Dança dos Dragões para o final de 2006, porém Martin finalizou a obra somente em abril de 2011, quase cinco anos depois.
A escrita e o processo de revisão para este quinto livro foi mais difícil do que o previsto. O autor fez diversos anúncios — em 2007, 2008 e 2009 — de possíveis datas de publicação para o tomo, porém todas se mostraram inverdadeiras. Em 3 de março de 2011, a editora norte-americana anunciou que o romance, embora naquele momento ainda não concluído, seria oficialmente publicado em 12 de julho daquele mesmo ano.
Essa longa espera fez com que alguns fãs criticassem o autor e com que outros achassem que Martin tivesse perdido o interesse em escrever a coleção As Crônicas de Gelo e Fogo. As críticas ao processo de trabalho foram tantas que o número de haters cresceu assustadoramente, a cada previsão e atraso no lançamento do quinto livro Martin teve que lidar com a fúria dos fãs ensandecidos pela espera maior que a Longa Noite. Foram criados diversos sites com essa temática como o Is Winter Coming?
A raiva dos fãs chegou a tal ponto que um leitor enviou uma mensagem a Neil Gaiman solicitando explicações sobre a falta de previsão e de compromisso de GRRM em escrever e publicar o quinto livro. Neil enviou a seguinte resposta ao leitor: “George R.R. Martin is not your bitch”  e aproveitou para explicar que pessoas e escritores não são máquinas. Que George tinha todo direito de levar o tempo que fosse preciso para escrever o livro, afinal ele não estava trabalhando para qualquer pessoa em questão.
A mensagem de Neil Gaiman é incrível, vale a pena conferir ( em breve pode ser traduzida e postada aqui!) e é tão incrível que virou até uma música!
Antes de reclamar sobre os próximos livros se lembrem George is not your bitch!
Martin alegou que a data de lançamento de 2011 era diferente das previsões de publicação anteriores, e que esta era “real”, em oposição às demais. Em 19 de maio de 2011, ele revelou que o manuscrito já revisado continha 1.510 páginas, tornando-o o segundo maior volume em toda a série — atrás somente do terceiro livro, A Tormenta de Espadas.
Neste vídeo é possível ver o tamanho do manuscrito final do livro, apresentado pela Bantam Books como a prova final de que o livro havia acabado.
Ao finalizar o livro, Martin postou em seu site apenas a imagem de King Kong morto, que foi interpretada pelos fãs como a finalização do quinto livro.
Mais tarde em uma “Conversa sobre A Dança” ele confirmou que Kong estava morto, o livro estava finalizado e que ele havia tirado um peso das costas.
Em 29 de junho, Martin anunciou que a filial alemã da loja de comércio eletrônico Amazon.com lançara equivocadamente 180 cópias do romance cedo demais e pediu para que aqueles que possuíam cópias não revelarem seu enredo, podendo estragar o livro para os fãs que tiveram de esperar. Como resultado, várias pessoas conseguiram receber o livro antes da data prevista para o lançamento, 12 de julho.

RECEPÇÃO
A obra foi, em geral, bem recebida por leitores e por críticos especializados. jornal norte-americano Los Angeles Times afirmou que a decisão de Martin de dividir aquele que seria o quarto volume em dois e lançá-los como romances individuais “agora parece sensata e realmente generosa para os leitores”.A publicação também salientou que Martin reagiu bem à hostilidade de alguns fãs, dando continuidade ao que chamou de “uma das melhores séries de fantasia da atualidade”. Lev Grossman, resenhista da revista TIME, disse que A Dance with Dragons era, até à data, “o melhor livro de As Crônicas de Gelo e Fogo — o grande épico de fantasia da nossa era”. Roz Kaveney, do jornal britânico The Independent, destacou a qualidade da escrita de Martin, e finalizou dizendo: “Este é um mundo de tortura, estupro e assassinato ocasional graficamente retratado. Se você falhar no jogo dos tronos, você morre — se tiver sorte”.
Darren Franich, da revista norte-americana Entertainment Weekly classificou-o com uma nota “A”, dizendo: “Felizmente, Martin tem mais dois livros a caminho [para a conclusão da série]. Mas não vamos apressar o homem, pessoal: quando a escrita é tão boa, vale a pena esperar”. Thomas M. Wagner, do site sobre fantasia e ficção científica SF Reviews, afirmou: “A Dance with Dragons, posso relatar fielmente, revela que As Crônicas de Gelo e Fogo não perdeu nada do seu poder de impressionar”.
Assim como os dois volumes anteriores da série, foi indicado ao Prêmio Hugo.
Com informações da wikipédia
Esperamos que os leitores do site que estão ansiosos pelo lançamento gostem do livro. Eu (@LidianyCS) li na época do lançamento e posso dizer que atendeu as minhas expectativas gerais sobre o andamento da história, mas isso já é assunto para um outro post, quem sabe uma resenha do livro…
Fiquei atentos que iremos publicar mais notícias e informações até lançamento do livro e não deixem de garantir um exemplar (aproveitem que o preço caiu!)

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados