Bryan Cogman fala sobre os desafios da adaptação de Game Of Thrones

Alyssa Rosenberg do site ThinkProgress.org postou uma longa e interessante entrevista com o escritor e editor Bryan Cogman. A entrevista é bastante extensa e são comentados vários pontos sobre a Segunda Temporada vale a pena a leitura completa, a seguir apresentamos alguns dos pontos mais importantes.

Sobre Ros e seu papel na história:

Há uma grande divisão na comunidade de fãs sobre Ros, o que eu acho que é muito injusto para Esme [Bianco] que fez um trabalho absolutamente fantástico no papel … Em Porto Real, na maior parte do tempo, você está vendo coisas através dos olhos dos nobres, e Ros oferece uma visão para outra classe de pessoas. Foi divertido nesta temporada para explorar essas pessoas marginalizadas.

Sobre Robb e sua relação com Talisa:

Nós sempre soubemos que queríamos manter Robb mais a frente e no centro. No livro, ele é ausente, exceto no primeiro capítulo. Ele já aparece no terceiro livro casado. Sabíamos que queríamos manter relação tênue entre Robb e Catelyn em destaque. Sabíamos que a representação de Walder Frey e o casamento com uma mulher nova seria parte da história. Originalmente, era Jeyne Westerling. Nos livros, Jeyne cuida de suas feridas, Robb recebe uma notícia terrível, e eles passam a noite juntos lidando com essa dor, e ele se casa com ela depois disso. [Na série], não é apenas sobre reparar um erro, é que ele se apaixona e escolhe o amor acima do dever, é uma escolha permanente, que é trazida de novo e de novo toda a série.

Sobre retratar o background histórico na série:

… há uma enorme riqueza histórica na mitologia da série, milhares de milhares de anos de mitologia que George criou. Mas, como David já disse, a série iria entrar em colapso com o peso de tudo isso … Um dos grandes temas dos livros é a relação dos personagens com o passado, e eu quero que esse seja um tema enorme na série. É que eu acho que isso vai emergir ainda mais forte quando a série prosseguir. Mas quando você está começando, um monte de longos discursos sobre personagens que existiram há muito tempo, é interessante, mas não faz sentido para a televisão. Então você tem que escolher os momentos em que isso vai afetar o que está acontecendo no presente para lançar essa informação por aí. Um personagem como Rhaegar Targaryen, é seguro dizer que nos livros você conhece muito mais sobre Rhaegar do que neste momento da série. Isso é proposital. Nós não queremos sobrecarregá-los antecipadamente.

Sobre a relação com os livros, ler e escrever a série ao mesmo tempo:

De certa forma, isso me deixou um pouco triste. Eu não pude desfrutar de “A Dança dos Dragões”, infelizmente. Claro, eu gostei, mas foi o primeiro dos livros que li como um escritor de Game of Thrones, então tudo que eu poderia fazer é pensar “vamos ter que mudar isso, não seremos capaz de nos dar a esse luxo, ou há uma grande cena.” Eu não podia simplesmente fugir e desfrutar do livro. Eu estou bem, eu estou indo bem, eu vou ficar bem. Mas é definitivamente uma experiência de leitura diferente.
Isso tem sido uma espécie de publicidade, a comunidade de fãs, para melhor ou para pior, eu era conhecido como Keeper of the Mythos. Esse não é um título que eu amei, porque agora, se alguma coisa mudou, eles vão me culpar.

Em sua abordagem de longo prazo para a adaptação:

Se você voltar e olhar para a segunda temporada do começo ao fim, é essencialmente o segundo livro. Havia um monte de desvios, e as coisas que foram cortadas e deslocadas ao redor. Mas segue-se se não de todos, a maioria das histórias e sacadas emocionais do segundo livro. Nós salvamos algumas coisas para mais tarde. Certas coisas tiveram que ser cortadas. Certas coisas tiveram de ser deslocadas. Mas estamos muito bem indo para a terceira temporada onde você está quando você terminar o segundo livro. Não é como True Blood e The Walking Dead, que desviaram completamente fora do curso, o que eu não estou dizendo que é necessariamente uma coisa ruim ou uma coisa boa.

Mas eu tive que aprender isso também, eu tive que aprender que, como estávamos trabalhando nisso. Tudo bem se Jojen e Meera [Reed] não aparecem na segunda temporada porque precisávamos, por uma série de razões, lentamente Bran toma consciência sobre o que está acontecendo com ele … [Arya], nos livros, ela é neste momento uma assassino, sua contagem de corpos é muito maior do que é na série. Estamos diminuindo a jornada um pouco, porque estamos pensando em vários anos de uma série de TV. Eu acho que, enquanto isso funciona muito bem nos livros, teria sido muito estranho no meu episódio, em que a batalha final, ela estar matando esses caras Lannister que estão completamente armados. No contexto da nossa série, não teria feito sentido. No livro, o modo como a cena é encenada, faz sentido.

Quando estou falando em mudanças, nunca é “nossa versão está melhor que no livro, ou isso não funcionou no livro.” Eu nunca diria isso. Mas se você está assistindo a nossa série, esse momento não teria sido obtido por esse ponto, por isso estamos adiando.

Além da entrevista, vale a pena destacar alguns pontos interessantes sobre Bryan Cogman. Ele é viciado no mundo de Game Of Thrones, ao assumir se papel como escritor ele foi colocado como o referencial para toda a mitologia da história, nessa entrevista concedida ao Westeros.org ele comenta como é estranho ser visto como o guardião da história por todos. Em 21 de Maio, quando a segunda temporada ainda estava sendo exibida, ocorreu uma situação embaraçosa com Bryan. Ele escreveu um tweet dizendo que não escreveria mais no twitter, que algumas pessoas eram legais, mas outras não e era impossível continuar sendo insultado publicamente todos os dias, por isso ele estava deixando o twitter. Depois, disso, ele deu uma longa declaração pedindo desculpas pela intempestividade e concluiu da seguinte forma:

“Por favor, saibam, que do fundo do meu coração, espero que todos gostem destes próximos dois episódios de nossa adaptação de As Crônicas de Gelo e Fogo e de todos os próximos episódios. E se você não gostar, tudo bem também … eu só não quero ouvir mais sobre isso.”

via Winter is Coming.net

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados