Quando uma égua rouba todas as atenções

Uma série de postagens sobre essa visita foi feita (parte I e parte II), esta em especial apresenta uma resposta de George R. R. Martin a uma pergunta feita sobre a morte da égua de Daenerys na segunda temporada: a Prata. 
Não sei se vocês se lembram, mas há algum tempo David e Dan comentaram sobre a dificuldade de se gravar com cavalos em cena, pensei que eles tinham se referido a cena da briga entre Jaime e Ned, quando ele sai do bordel de Mindinho e Ned foi ferido, nos livros eles estão montados, mas na série brigaram no chão mesmo. Então, parece que os cavalos são muito mais polêmicos do que isso…
Essa resposta (e o título do post) foi extraída do site tvdependente.net, onde mais uma vez foi discutida a visita de GRRM a Portugal. 

Ele começou por contar que esteve presente nas gravações da primeira versão do piloto, aquela antes de todos os recasts conhecidos, gravada em Marrocos e que os criadores da série tinham planejado que a cena da consumação do casamento entre Drogo e Daenerys se assemelhasse mais com a cena decorrida no livro (onde, resumidamente, Dany iria montar a égua e dar a ideia de que ia fugir a galope mas depois dava a volta e regressava para o seu novo marido e, ao fazê-lo, saltaria, a cavalo, um tronco em chamas). Porém, passaram meio dia a tentar fazer com que a égua saltasse por cima do tronco em chamas e ela nada. Depois apagaram as chamas, decidindo colocá-las em pós-produção recorrendo a CGI, mas a égua continuou sem colaborar. E assim decidiram não perder mais tempo com a cena e decidiram torná-la naquilo que é hoje conhecido. Mais tarde, na cena de sexo, estavam a decorrer as gravações e Martin diz que começou a ouvir risos. Naturalmente ficou admirado. Não percebia porque é que as pessoas estavam a rir-se numa cena daquelas, tão íntima, sensual e até algo séria visto representar quase uma “meia-violação”. Momentos depois, reparou então que a suposta égua era afinal um cavalo. E porquê? Porque este exibia uma enorme ereção.

RISOS.
Como foi o casamento de Daenerys no episódio exibido.
Bom, esse pode não ser o melhor dos exemplos, mas já justifica o por que de muitas coisas na série terem de ser adaptadas, enfim não dá pra reproduzir pura e simplesmente o que está nos livros, e apesar de tudo o próprio Martin tem consciência disso, ao contrário de alguns fãs.

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados