O que aconteceu antes d’ A Guerra dos Tronos?

Um leitor do blog que começou a ler A Fúria dos Reis, me enviou um email perguntando sobre algumas coisas que aconteceram antes do livro I (A Guerra dos Tronos) envolvendo a rebelião contra os Targaryen.
Basicamente a dúvida era sobre o papel de cada personagem e uma confusão com alguns nomes.
Então, depois de descrever toda a história, resolvi fazer um post, pois serve também como uma base para o início da série.
Afinal essa história não é nenhum pouco complicada, né?
Pode haver algum erro aí, também não coloquei tudo na ordem cronológica exata, apenas quis fazer um resumo-guia da história, espero que seja útil!

Rhaegar era casado com Elia de Dorne e tinha 2 filhos: Rhaenys e Aegon. Ele era filho de Aerys II, o rei louco.


Rhaegar e Elia

Brandon era o herdeiro de Winterfell, filho de Rickard Stark irmão de Ned e noivo de Catelyn.

Ned e Robert viviam no Ninho da águia com Jon Arryn, eram seus protegidos.


Cersei, apesar de amar Jaime, cresceu a vida toda achando que ia se casar com Rhaegar e ser a rainha. Ela morava na corte com Lord Tywin que era a mão do rei Aerys, mas ela convence Jaime a virar um Guarda Real para que ele ficasse com ela na corte.
Mas Aerys o torna cavaleiro da Guarda Real contra a vontade de Lorde Tywin e além disso Rhaegar se casa com Elia, então Tywin fica com raiva disso e das loucuras de Aerys, pega Cersei e volta pra Rochedo Casterly, enquanto Jaime fica em Porto Real com o rei.

Então, no torneio da falsa primavera, Rhaegar vence e dá o prêmio de rainha do amor e da beleza para Lyanna, ao invés de sua esposa Elia.
Depois ele rapta (ou eles fogem juntos…)  Lyanna (que era noiva de Robert) e Brandon ia se casar com Catelyn em Correrio quando sabe do rapto de Lyanna, vai até Porto Real tomar satisfação e acaba sendo preso.
Seu pai, Rickard Stark (e o pai dos outros 4 que foram com Brandon) vão até a corte convocados por Aerys para responder pelo crime dos filhos. Então Aerys ateia fogo em Rickard na frente de Brandon (e Jaime) e Brandon se mata estrangulado tentando salvar o pai.

Depois disso, Aerys ordena a Jon Arryn (o protetor do Oeste Leste) que mate Robert e Ned, mas ele desobedece, pois os considera como filhos.
Então, ele chama seus homens e inicia a rebelião contra o rei louco e as casas aliadas aos Targaryens.

Aerys, envia sua mulher Rhaela, com Viserys e Daenerys ainda no ventre para Pedra do Dragão, ficando com a princesa Elia e os netos, tentando garantir a ajuda de Dorne.
Enquanto isso, Rhaegar vai lutar na rebelião e é morto por Robert no Tridente.

Aerys, o rei louco, planeja colocar fogo em toda a cidade, sendo visto de perto por Jaime Lannister.
Lorde Tywin que até então não tinha entrado na guerra, aparece em Porto Real, finge estar do lado do rei e entra na cidade através do portão principal. No entanto, após entrar os homens de Lannister iniciam o saque. Ao perceber que fora traído, Aerys vê que não tem saída e ordena a queima da cidade, Jaime tenta impedi-lo e recebe ordens para matar seu próprio pai.
Então, num ato impulsivo ele mata o homem que recebeu a ordem de queimar Porto Real e também o rei. Após isto, Eddard chega com seu exército e encontra os Lannisters saqueando a cidade, os filhos e a esposa de Rhaegar brutalmente assassinados e Jaime sentado no trono, enquanto Aerys jazia na poça de sangue.

Ned parte então para Tombastela onde luta com os últimos três soldados da guarda real, ainda leais a Rhaegar e encontra Lyanna em seu leito de morte.

Os Greyjoy ainda não se submetem ao reinado de Ned Robert, Balon Greyjoy se proclamou rei das Ilhas de Ferro e não aceita a rendição. Robert, Ned e os Greyjoy entraram em um confronto, que resultou na derrota dos Greyjoy e na morte dos dois filhos mais velhos de Balon, Rodrik e Malon. Além disso, Theon Greyjoy é levado por Ned como protegido e de certa forma refém, para assegurar a aliança e rendição das Ilhas de Ferro.


Ned retorna para Winterfell, levando seu bastardo Jon, onde mais tarde Catelyn, já casada com ele, leva consigo Robb ainda bebê.

Robert, acaba subindo ao trono, devido a uma fraco parentesco com os Targaryen. Mais tarde, ele nomeia Jon Arryn a Mão do Rei e este o aconselha a se casar com Cersei.

Imagens: TheIronThrone

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados

  • Tiago Muniz

    meu deus agora tudo faz sentido, Jon snow e um Targaryen