Minha opinião sobre o lançamento d’A Fúria dos Reis

Estava doente ontem (um ataque de alergia) não tive condições de escrever post comentando o “lançamento” do livro A Fúria dos Reis (resenha aqui).
Lançamento vírgula, por que o livro não sai mais em Fevereiro como foi divulgado aqui e aqui no blog, mas somente em Março =(
Enfim, vim avisar a quem não me segue ainda no twitter que a LeYa disponibilizou com exclusividade no Omelete o primeiro capítulo do livro.
A capa está muito bonita, exatamente como tínhamos divulgado aqui.
Após toda a polêmica do livro anterior (aqui e aqui), A Guerra dos Tronos, parece que a LeYa resolveu ouvir os nossos apelos e oferecerá um trabalho bem melhor.
Eu continuo sendo contra a “tradução” do livro de Portugal, mas a tradução do Jorge Candeias é excelente, quanto a isso não tenho do que reclamar.
Fiquei extremamente feliz ao ler o texto e não encontrar um “ora pois” na primeira página, o livro aparentemente está bem melhor que o anterior.
O que me supreendeu dessa vez foi ler alguns comentários que estão lá na página do Omelete, eu não respondi por que não vou me registrar num site só pra fazer um comentário e não queria acalorar a discussão por lá. A surpresa foi ver alguns leitores teimando em dizer que a tradução d’A Guerra dos Tronos está excelente e que foi apenas um mimimi por parte de algumas pessoas. 

Então, não custa nada lembrar que não foi apenas um mimimi, a LeYa cometeu vários erros ao lançar o livro sem uma adaptação completa do português lusitano para o brasileiro (ninguém aqui fala ora pois!), o tradutor não estava ciente de que seu trabalho seria usado aqui e além disso ele mesmo mostrou que a tradução não estava adequada ao português brasileiro , concordando com a opinião daqueles que reclamaram, como eu.
A quem ainda não sabe, esses fatos geraram na época várias críticas por parte do próprio tradutor em relação a atitude da LeYa.
Eu sei que o livro é excelente e que é quase um crime ficar sem ler essa obra, mas a LeYa sabia que o livro é um campeão de vendas no exterior, GRRM já ganhou zilhões de prêmios e o livro está entre os melhores de qualquer lista de fantasia. Então qual o problema em gastar um pouqinho mais e lançar um livro bem acabado como deveria ter sido?
Será que seria um prejuízo tão grande?
A resposta é não,  pois aparentemente corrigiram os erros agora no lançamento do segundo livro, que tem tudo pra ser melhor ainda que o primeiro. Mas algumas pessoas, ainda tem aquele sentimento enraizado de que é melhor ter uma coisa meia boca do que não ter nada. Esse sentimento parece estar enraizado no pensamento dos brasileiros, muita gente vota pensando: esse aí rouba, mas faz, é melhor do que não fazer nada. Você compraria um celular que só liga pra uma operadora? Uma televisão que só funciona em um canal? Uma ventilador que não funciona no verão? Eu não compro nada com defeito, então por que comprar um livro em que ao se ler as primeiras páginas aparece a expressão “ora pois“, nunca vi ninguém falar isso aqui no Brasil…
Então, por causa disso, deveríamos ter ficado calad@as e esperar que a LeYa empurrase a mesma coisa novamente, mas não, o livro está aí, e parece bem melhor do que o primeiro, graças a todas as cobranças feitas! Temos que deixar de lado esse “conformismo” e reclamar quando temos esse direito!
Enquanto estava divulgando a capa da nova edição de Game of Thrones, que será lançada em março nos EUA, fiquei pensando no seguinte: quando True Blood saiu, foi lançada uma nova capa para o livro Morto até o Anoitecer (aqui tem as duas capas), a LeYa poderia fazer uma reedição (com a tradução revisada lógico!) do livro e lançar novamente junto com a série!
Os fãs agradecem e se sair eu compro (sim, fico com as duas)! Aposto que muita gente vai ficar interessada também!
Dessa vez espero que o livro seja um sucesso de vendas (lógico que será!!) e que as próximas edições sejam ainda melhores!
E vocês o que acharam do preview? Ansiosos para o lançamento definitivo? Quando será que começa a pré-venda? =D

Compartilhe:

Ao comentar no site você aceita as regras previamente estabelecidas.

Posts Relacionados